Roteiro diferente na Europa: 10 lugares para uma 2ª visita

Roteiro diferente na Europa: 10 lugares para uma 2ª visita

Imagem do Autor por Guilherme Tetamanti
5/5 - (10 votos)
Atualizado em:
COMPARTILHE

Roteiro diferente na Europa: 10 lugares para uma 2ª visita

Eu sou do time de viajantes que defende que existem países da Europa ideais para uma primeira visita. Mas depois dessa experiência, sugiro que você busque um roteiro diferente na Europa.

Assim, tenho certeza, irá se surpreender com a diversidade de países do continente, principalmente se é a sua segunda vez.

E na Europa não é difícil fugir do clássico. Há tantas opções incríveis as quais visitar que consegui juntar, inicialmente, as 10 mais. Embora, a lista seja enorme!

Você conhecerá agora cidades que nem sempre estão nos roteiros os brasileiros no Velho Continente, mas que valem muito a pena conhecer pois reservam belezas naturais, patrimônios históricos e muitas riquezas culturais.

Caso seu roteiro de primeira vez na Europa seja uma viagem de 30, 25 ou 20 dias dá até para conhecer algumas delas junto aos destinos mais tradicionais.

Confira e se apaixone por essas sugestões de cidades e países do roteiro diferente na Europa com minhas dicas de tours guiados e ingressos para lugares interessantes para visitar.

Chip => Quanto custa internet na Europa?

Seguro viagem para países da Europa »

Como fazer um roteiro na Europa

Há uma série de fatores a serem considerados quando você estiver planejando seu roteiro de viagem para a Europa. Qual a época ideal para ir, onde é melhor se hospedar, entre tantos outros que é preciso prestar atenção ao planejar o itinerário.

Em uma viagem pela Europa, visitar alguns países é quase obrigatório. E saber quantos dias ficar na Europa é primordial para montar o melhor roteiro possível.

Não programe menos de 20 dias, o ideal mesmo é organizar um roteiro de pelo menos 30 dias na Europa só para você começar a se apaixonar pelo continente.

Tudo isso considerado, aqui está um exemplo de roteiro na Europa:

  • 3 dias: Córsega, França
  • 3 dias: Budapeste, Hungria
  • 3 dias: Madeira, Portugal
  • 3 dias: Ilha de Malta, Malta
  • 3 dias: Berlim, Alemanha
  • 3 dias: Edimburgo, Escócia
  • 3 dias: São Petersburgo, Rússia
  • 3 dias: Viena, Áustria
  • 3 dias: Manavgat, Turquia
  • 3 dias: Cracóvia, Polônia

Quantos dias ficar na Europa?

Na minha opinião, o ideal é ficar pelo menos 20 dias no continente. Porém, é tão gostoso explorar tudo o que há para fazer na Europa, que você pode planejar um roteiro com 30 dias ou mais, e esse tempo será muito bem-vindo.

Roteiro diferente na Europa: onde ir?

A Europa é diversa. No seu mapa turístico você tem como unir destinos clássicos a países menos conhecidos. O resultado é empolgante! Um dos meus lugares preferidos é Budapeste!

A capital da Hungria é destino certo para quem quer descobrir um roteiro diferente pela Europa, sem se distanciar muito do tradicional. Abaixo, confira minha lista com 10 lugares incríveis no Velho Continente!

  1. Córsega, França
  2. Budapeste, Hungria
  3. Madeira, Portugal
  4. Ilha de Malta, Malta
  5. Berlim, Alemanha
  6. Edimburgo, Escócia
  7. São Petersburgo, Rússia
  8. Viena, Áustria
  9. Manavgat, Turquia
  10. Cracóvia, Polônia

Roteiro de 3 dias na Córsega – França

roteiro europa 30 dias
Cidade de Ajaccio | Foto: JeanbaptisteM, via Wikimedia Commons.

Abro o roteiro diferente na Europa com a Córsega, que é uma ilha localizada geograficamente na Itália, mas pertencente a França. Foi nesta ilha que nasceu o famoso Napoleão Bonaparte, na cidade de Ajaccio.

Mas não só por esse motivo que a ilha se tornou um destino de viagem conhecido ao longo do extenso mapa da Europa. Seu apelido – Ilha da Beleza – tem a ver com seus mais de mil km de praias aconchegantes e águas cristalina.

É um dos destinos mais legais da Europa para quem procura um ambiente relaxante, sol e praia. Localizada a quase 400 km da famosa cidade francesa de Marselha e a mesma distância da italiana Florença.

Chegar até Córsega é bem simples. Há voos frequentes de várias cidades europeias e há opção de viagem com barco nessa região, onde também recomendo fazer passeio de barco na Córsega.

roteiro diferente na europa frança
Córsega fica geograficamente na Itália, mas pertence a França.

Dá para ir por Nice, Toulon ou Marselha, na França, ou Gênova, Livrono, Piombino, Portoferraio e outras cidades italianas. Trata-se de um destino de verão, especialmente.

Tanto que muitos passeios são relacionados a água, como a caminhada aquática no Rio Gravona. As temperaturas na ilha alcançam os 28°C, o que garante dias de praia bastante inspirados pelo sol e céu azul.

No inverno, o dia mais caloroso não passa dos 13° C, mas o normal é que os termômetros fiquem ali pelos 5° C. Frio de mais para entrar no mar.

A fauna e a flora locais são dos maiores atrativos da ilha. No entanto, Córsega também é cultural e conta sua história desde muitos anos. A fundação da primeira cidade, Aléria, aconteceu por volta do ano 565 a.C.

Nessa época, etruscos, siracusanos, cartagineses e gregos disputavam o território. E todos deixaram suas marcas na cultura local. E hoje é possível admirar toda essa mistura nos povoados e cidades que recheiam a ilha de beleza e encanto.

Sugestões de passeios na Córsega – França

Para garantir o melhor roteiro na Córsega sugiro que você reserve com antecedência as entradas e passeios guiados para os 3 dias. Assim, você evita filas e consegue descontos online sem precisar chegar com antecedência nas bilheterias ou correr o risco de não conhecer os lugares imperdíveis na Córsega:

Roteiro de 3 dias em Budapeste – Hungria

Roteiro Europa - 20 dias
Budapeste é a capital e a sexta maior cidade da União Europeia.

Localizada na Baía dos Cárpatos, bem na Europa Central, a Hungria é outro dos melhores lugares para conhecer na Europa! E um dos grandes destaques é sua capital, Budapeste. Por isso, claro, faz parte deste roteiro diferente na Europa.

Sua cultura foi forjada através de guerras e ocupações sucessivas, que deixaram marcas em seu idioma e costumes. Celtas, romanos, hunos, eslavos, gépidas e ávaros ocuparam suas terras em diferentes períodos.

A Primeira Guerra Mundial dizimou sua população e devastou seu território. A Segunda Guerra a levou para o lado soviético, em um governo comunista que durou pouco mais de 4 décadas.

Descontente, seu povo se organizou, revolucionou e garantiu ao país uma participação importante no colapso do Bloco do Leste. Húngaros não fogem à luta!

roteiro diferente na europa hungria
Castelo de Buda é o mais famoso da Hungria.

A Hungria voltou a ser república em 1989. Desde então se centrou no crescimento econômico e na qualidade de vida de seus habitantes, com excelentes resultados.

Atraídos pelo maior sistema de fontes termais, pelas lindas cidades e pelas belezas naturais do país, turistas aos montes o escolhem como destino! Aproveite e veja como é o clima da Hungria para escolher quando ir ao país.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom VIAJARMAIS15, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Na Hungria não se usam euros para pagar as contas. A moeda da Hungria é o Florim, que possibilita um custo final de viagem mais em conta. Não esqueça de fazer o câmbio para garantir a economia!

A ‘pérola do Danúbio’

Mochilão Europa 2019
Faça um cruzeiro noturno pelo Rio Danúbio com jantar a luz de velas.

Budapeste é fascinante. Cortada ao meio pelo Rio Danúbio, a cidade se separa em duas partes: Buda, com suas colinas, construções medievais, arquitetura gótica e antiga, e Peste, o lugar onde rola toda a badalação.

Aproveite e veja um incrível roteiro em Budapeste. Em ambos lados da cidade há muito o que curtir. Em Buda, o lance é curtir a história, a arquitetura, a arte.

É em Buda onde está o famoso Castelo de Buda que você não pode perder. Peste é o lado mais moderno da cidade. É onde estão as melhores opções de o que fazer à noite em Budapeste e construções imponentes como o Parlamento.

Além da Magyar Államu Operaház e da grandiosa Ópera Húngara. Mesmo quem não é fã de ópera vai curtir dar uma olhada nessa incrível construção de estilo renascentista! Não deixe de fazer uma excursão guiada no Parlamento de Budapeste.

dicas de budapeste
Grande Sinagoga de Budapeste | Foto: Elelicht, via Wikimedia Commons.

Recomendo ainda que vá conhecer a Grande Sinagoga de Budapeste. É imperdível! Para escolher melhor, veja a lista dos passeios mais procurados em Budapeste.

E também como são as estações do ano em Budapeste para escolher sua época preferida. Adianto que primavera é uma boa época para visitar a cidade, assim como o outono.

Apesar das temperaturas no verão não passarem dos 28°C, a sensação térmica incomoda um pouco. Parece que faz bem mais calor do que marcam os termômetros. E, claro, há um número muito maior de turistas!

Sobre a comunicação, não se preocupe. Apesar do idioma ser bem complicado, quem fala inglês não terá problemas ao visitar o país. E se não, já sabe, né? Tradutor na mão te guia em qualquer viagem!

Sugestões de passeios para Budapeste – Hungria

Você percebe como Budapeste tem lugares interessantes para conhecer? Portanto, é hora de reservar seus passeios favoritos com antecedência e já deixar seu roteiro programado. As sugestões abaixo contemplam diversos pontos turísticos citados acima para conhecer em 3 dias em Budapeste:

Roteiro de 3 dias na Ilha da Madeira – Portugal

roteiro mochilão europa 25 dias
Atrativos turísticos de Madeira | Foto: Koshelyev, via Wikimedia Commons.

O arquipélago de Madeira, assim como as Canárias, fica na região da Macaronésia, no oceano Atlântico, mais perto da África que da Europa. De Lisboa, capital de Portugal, são umas duas horas de voo.

Por falar na capital portuguesa, leia também sobre as cidades para visitar perto de Lisboa. As ilhas já eram famosas por suas incríveis praias e belezas naturais, mas Cristiano Ronaldo as tornou ainda mais conhecidas.

É que o craque do futebol nasceu no arquipélago, na cidade de Funchal. A origem vulcânica das ilhas garante uma paisagem muito diferente e bonita. Um destaque neste roteiro diferente na Europa.

Suas praias de águas azuis são convidativas e, sem dúvidas, muito atraentes para os viajantes. No entanto, a ilha tem bem mais a oferecer: canyoning, voos em asa delta, parapente e escalada por suas lindas montanhas e mais.

roteiro diferente na europa portugal
Funchal.

Ah, se aventura é com você, reserve já a sua excursão de Jipe em Madeira. Quem não é muito fã de esportes radicais, mas curte a natureza, também vai gostar de conhecer as ilhas do arquipélago. Como a exploração em magníficas cavernas.

Uma delas são as Grutas de São Vicente – onde também se encontra o Centro de Vulcanismo – vão encantar, assim como visitas aos lindos jardins espalhados pela ilha. Ou mesmo fazer um passeio pela Cidade Velha de Funchal com Tuk tuk.

Entre eles, o Jardim Botânico e os Jardins do Palheiro são paradas quase que obrigatória. E não dá para esquecer das cascatas! Uma mais gostosa – e gelada – que a outra!

Museus de arte e história garantem visitas culturais muito interessante. No Madeira Story Center há até um bistrô gostoso, onde se pode comer e beber algo curtindo as vistas no terraço.

Sugestões de passeios na Madeira, em Portugal

Para garantir o melhor roteiro em Madeira sugiro que você reserve com antecedência as entradas e passeios guiados para os 3 dias. Assim, você evita filas e consegue descontos online sem precisar chegar com antecedência nas bilheterias ou correr o risco de não conhecer os lugares imperdíveis em Madeira:

Roteiro de 3 dias na Ilha de Malta

Roteiro diferente na Europa: países e cidades para uma segunda vez
Farol em Malta.

Malta é um arquipélago do Mar Mediterrâneo, a menos de 100 km de distância da ilha da Sicília, território italiano. São várias as ilhas que compõe o território desse pequeno país, mas apenas 3 delas são habitadas: Malta, Gozo e Comino.

A Ilha de Malta tem se tornado muito conhecida entre os brasileiros que procuram um local de língua inglesa com valores mais acessíveis para um intercâmbio.

Dentro da zona euro, o país que já esteve sob o controle de fenícios, cartagineses, romanos, bizantinos, árabes e britânicos oferece a possibilidade de aprimorar o idioma gastando menos que nos Estados Unidos ou na Inglaterra.

Mas, nem só de estudos se faz Malta! Com as influências de tantas culturas, o país desenvolveu uma identidade das mais interessantes, garantindo muita coisa para se fazer durante as férias. Sua capital, Valletta, é uma cidade vibrante.

Incríveis construções em diversos estilos arquitetônicos demonstram nas ruas sua história que parte de quase 6 mil anos atrás, enquanto os variados museus se encarregam de encher o visitante de informações sobre suas origens.

Conheça os destinos turísticos de Valletta e inclua Malta, e sua capital, no seu roteiro diferente na Europa.

Roteiro diferente na Europa por praias
Malta: boa opção para férias entre o meio da primavera e o final do verão.

Caravaggio, Mattia, Preti e Favray – artistas renomados- contribuíram em muito para embelezar o lugar. Suas obras são cuidadas com esmero e abrilhantam as paredes de igrejas, palácios e hotéis até hoje. Aproveite para descobrir quais são os melhores hotéis em Malta.

O inglês e o maltês são os idiomas oficiais. Mas, todo mundo fala italiano também. E o povo, habituado a receber estudantes e turistas, é muito receptivo e disposto a tentar compreender aqueles que não se comunicam em qualquer desses idiomas.

Uma informação importante para quem quer viajar para Malta é sobre a exigência de vacinas. Os brasileiros – mesmo os bebês, a partir dos 9 meses de idade – precisam comprovar que estão inoculados contra a febre amarela para poder entrar no país.

Para maiores informações sobre o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP), que é o único documento válido para comprovar que você tomou a dita-cuja, visite o site da Anvisa.

Boa opção para férias entre o meio da primavera e o final do verão, Malta é um incrível destino europeu de praias e sol, que alia dias deliciosos de mar com interessantes visitas culturais.

Vale mesmo a pena ir e aproveitar tours guiados como o passeio de Jipe com almoço e cruzeiro de lancha. Ressalto ainda que Malta é um dos países mais baratos da Europa para viajar.

Sugestões de passeios para a Ilha de Malta

Você percebe como a Ilha de Malta tem lugares interessantes para conhecer? Portanto, é hora de reservar seus passeios favoritos com antecedência e já deixar seu roteiro programado. As sugestões abaixo contemplam diversos pontos turísticos citados acima para conhecer nos 3 dias em Malta:

Roteiro de 3 dias em Berlim – Alemanha

Roteiro diferente na Europa pela Alemanha
Este é um dos países mais importantes do velho continente.

A Alemanha é um dos países que guarda uma relação forte com o Brasil. Quem mora no sul certamente já teve contato com essa cultura, especialmente em Santa Catarina! Quem é que nunca ouviu falar da Oktoberfest de Blumenau?

Dotada de paisagens encantadoras, marcada por seu passado e sempre de olho no futuro, a Alemanha se divide em metrópoles enormes e cheias de gente e pequenas cidades muito gostosas e bonitas. Conheça os destinos que valem a pena visitar na Alemanha.

Extremamente preparado para receber os viajantes, o que não faltam são atividades interessantes nesse país. Mas, mesmo sendo muito procurada pelos visitantes, é tão diversa que merece entrar na lista de roteiro diferente na Europa.

Museus históricos e de arte, monumentos importantes, pontos turísticos modernos e antigos… Diversão, música, eventos e história se fundem no país natal de Einstein e Goethe.

Como em quase todos os países europeus, o clima na Alemanha varia de região para região. Durante o verão é possível curtir dias bem quentes em algumas cidades, de 30°C para mais. O inverno, em contrapartida, pode ser brutal.

roteiro diferente na europa alemanha
Ponte em Bastei, na Alemanha.

Em algumas localidades parece que soltaram a Feiticeira Branca de Nárnia e a deixaram livre para congelar tudo. Os termômetros da Alemanha no inverno registram de -20°C para baixo. É lindo, mas extremamente frio.

Os custos de uma viagem pela Alemanha dependem de um bom planejamento. As grandes metrópoles são mais caras mesmo, mas oferecem várias opções de hospedagem e alimentação. Outra vez, estudar o destino é a chave!

De todos modos, as maiores cidades alemãs como Munique, Frankfurt e a capital, Berlim, ainda são consideradas bem mais baratas que Londres, Milão ou Paris.

Planificando direitinho, dá para curtir muito e gastar pouco. Una isso a tudo que o país tem para oferecer e pronto: já dá para entender porque é um dos melhores destinos da Europa!

Cidade globalizada e influente

Roteiro diferente na Europa histórico
Existem 7 orquestras como a Ópera Estatal e a Filarmônica de Berlim.

Amplamente reconhecida como um dos centros mundiais de cultura, ciência e política, Berlim é uma cidade repleta de eventos, vida noturna e arquitetura contemporânea.

O turismo é parte importante da economia local, e muito estimulado pelo governo alemão. São tantos os pontos turísticos que é até difícil escolher entre os passeios para colocar no roteiro por Berlim.

Segundo os dados governamentais, em 2016 só a cidade recebeu mais de 12 milhões de turistas, e registrou mais de 31 milhões de estadias de uma noite, contando as visitas a negócios e por puro prazer. O Memorial do Holocausto é um dos lugares que mais turistas recebe.

Trata-se de um imenso monumento dedicado as vítimas dessa terrível passagem da história alemã. Você pode conhecê-lo no city tour Alemanha dividida, que também passa nos fragmentos do Muro de Berlim. A visita exige muito respeito.

Até vale a pena procurar no Google sobre o projeto Yolocaust, do artista Shahak Shapira antes de ir. Berlim olha para trás com pesar, sim. Os alemães acreditam fielmente que só assim se pode evitar cometer os mesmos erros no futuro. Mas a visita à cidade não é só feita de tristes lembranças!

Catedral de Berlim
Catedral de Berlim.

Galerias de arte e museus estão espalhados por todas as partes. Castelos com jardins maravilhosos e edifícios de arquitetura belíssima também. Além disso, visitas gostosas e familiares também tem sua vez. Não perca uma visitinha à Praça Alexanderplatz e Catedral de Berlim.

Eles ficam bem no Centro da cidade e são pontos de parada de diversos tours. Reserve inclusive seu tour com ônibus turístico em BerlimO idioma não deve preocupar quem quer conhecer Berlim. Porque não é difícil encontrar quem fale inglês.

E também espanhol, italiano, árabe, português, romeno…são muitos os imigrantes radicados na capital alemã. Não é difícil driblar a dificuldade do idioma alemão com um pouco de jogo de cintura. Berlim é cidade cheia de vida o ano todo.

Ir entre junho e agosto garante ao visitante dias mais longos e mais tempo para explorar a cidade. O outono e a primavera também têm seus atrativos, ainda que chova um pouco mais. E no inverno, entre dezembro e março, as feiras e Mercados de Natal enchem Berlim de charme.

Sugestões de passeios para Berlim, na Alemanha

Para garantir o melhor roteiro em Berlim sugiro que você reserve com antecedência as entradas e passeios guiados para os 3 dias. Assim, você evita filas e consegue descontos online sem precisar chegar com antecedência nas bilheterias ou correr o risco de não conhecer os lugares imperdíveis em Berlim:

Roteiro de 3 dias em Edimburgo – Escócia

Roteiro diferente na Europa na Escócia
National Gallery of Scotland , escocês tocando gaita e Museu The Mound.

A Escócia é um país pequeno, porém cheio de atrações para quem o visita neste roteiro diferente na Europa.

Cidades grandes e pequenos vilarejos, lagos de águas límpidas, monumentais construções medievais, montanhas. Além de inúmeros castelos e parques naturais de beleza extraordinária.

E tudo regado ao melhor whisky do planeta! Terra boa para as férias de quem curte viajar sem rota, a Escócia encanta de verdade. Se você puder, vá com tempo, alugue um carro e explore tudo.

Recomendo não deixar Edimburgo de fora. Mesmo com a dificuldade de ter que dirigir do lado contrário, essa é a melhor maneira de conhecer o país, mas prefira um carro com câmbio automático, para não ficar procurando a marcha na porta.

Na Escócia se fala inglês. O idioma tradicional, o gaélico escocês, também é muito ouvido e lido. Mas, todo mundo vai te entender no idioma de Shakespeare. O risco é de, a princípio, se ter dificuldades com o sotaque. É bem diferente.

Mande ver em uma maratona da série Outlander em versão original antes de viajar que vai dar tudo certo. Quem não fala inglês vai precisar usar a criatividade, a mímica e o tradutor. Não é muito comum encontrar quem fale português.

roteiro diferente na europa escocia
Ilha de Skye, na Escócia.

De todos modos, a simpatia dos escoceses é incrível e eles vão fazer de tudo para te dar uma mão, quando você precisar. Pode ir sem medo! O clima não foge ao normal do Reino Unido: é chuvoso e instável.

A melhor época para ir e descobrir porque a Escócia é um dos melhores destinos da Europa é entre o final da primavera e o meio do verão. O sol dá as caras com mais frequência, os dias são mais longos e a temperatura é agradável.

E, vale avisar, mesmo assim pode rolar uma chuvinha. O inverno até pode ser bonito, mas eu não aconselho. A menos que você pretenda esquiar nas Highlands, onde existem excelentes estações para a prática do esporte. Mas, para curtir o passeio em si não vale muito a pena.

Muitas atrações turísticas fecham, o transporte público é afetado pelo clima, chove mais, neva em algumas localidades… a experiência pode não ser tão legal. A questão dos custos de viagem depende, de novo, de como você se planejar.

As libras são a moeda corrente no país, e, como você já sabe, essa moeda é bastante mais valorizada que o real. Mas, sempre há como viajar mantendo os gastos sob controle! Para aumentar sua curiosidade, conheça mais sobre a história das atrações turísticas de Edimburgo.

A cidade das lendas

Roteiro diferente na Europa incrível
Princes Street Garden.

Apesar de ser uma cidade muito divertida, de arquitetura incrível e com muita história para contar, há quem afirme que Edimburgo é cinzenta e macabra. Discordo completamente! Ela é meio amarronzada à primeira vista. Fria e chuvosa, também.

Mas tem tanta coisa bonita e interessante que logo seus olhos são cobertos com um belo manto de tartan colorido e passam a enxergar tudo em technicolor, garanto!

Viajantes que se interessam pela formação histórica do país e da cidade vão apreciar bastante passeios pela Old Town- a Cidade Velha.

Entre as visitas mais fascinantes cabe destacar o Castelo de Edimburgo. Separe umas boas horas para conhece-lo: o Castelo é enorme.

E de quebra ainda rolam encenações de momentos históricos e outras apresentações muito legais. Consulte o site para ser o que estará acontecendo em suas datas de viagem.

Para relaxar depois de caminhar pelos impressionantes salões do castelo, nada melhor que vivenciar a Scotch Whisky Experience!

Essa atração oferece tours que o levarão a tornar-se um especialista na bebida mais famosa da Escócia. E o mais legal: há pacotes em português!

Castelo de Edimburgo
Castelo de Edimburgo.

Bem próximo dele fica uma atração amedrontadora, mas muito divertida. Muito mesmo! Falo da experiência The Edinburgh Dungeon – o Calabouço de Edimburgo, que guia você pelas histórias mais macabras e assustadoras da cidade, com atores e efeitos especiais. É uma experiência fantástica de imersão pela história negra da cidade!

Para esse passeio mandar bem no inglês é bom. Mas as visitas também são oferecidas em espanhol, francês e alemão.

Quem procura arte também a encontrará em Edimburgo. A Galeria Nacional da Escócia abriga obras de artistas de renome internacional como Botticelli, Raphael, Rembrant, Monet, Van Gogh e Gaughin.

Além de obras primas da arte escocesa, finamente representada por Ramsay, Raeburn, McTaggart e outros grandes nomes. E o melhor: De graça!

 
Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a America Chip, você ganha 10% de desconto com o cupom QUEROVIAJARMAIS para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão 4G de ALTA VELOCIDADE em diversos países. Conheça as vantagens:

  • Receber o chip na sua casa ainda no Brasi;
  • A configuração do chip é extremamente fácil;
  • Os planos têm excelente custo-benefício, com preços a partir de USD 31,00;
  • Muita economia, porque você contrata apenas os dias que for usar;
  • O pagamento pode ser parcelado em até 6x, com IOF de apenas 0,38%;
  • É sem dúvida a opção mais fácil, prática e segura para ter a melhor internet 4G;
  • Já falei internet ilimitada? 😉
 

Apenas algumas exibições são cobradas. Castelos, jardins, praças, música e muito mais também se une à diversão que Edimburgo tem a oferecer.

Veja o que fazer em Edimburgo. Não deixe de provar comidas tradicionais escocesas como o Haggis e os Scottish Eggs, uma espécie de bolinhos de carne e ovos bem saborosos!

Sugestões de passeios para Edimburgo, na Escócia

Para garantir o melhor roteiro em Edimburgo sugiro que você reserve com antecedência as entradas e passeios guiados para os 3 dias. Assim, você evita filas e consegue descontos online sem precisar chegar com antecedência nas bilheterias ou correr o risco de não conhecer os lugares imperdíveis em Edimburgo:

Roteiro de 3 dias em São Petersburgo – Rússia

Roteiro diferente na Europa em São Petersburgo
No passeio guiado você poderá apreciar a bela arquitetura da cidade.

A Rússia é o ‘gigante pela própria natureza’ da Europa e do mundo. É o maior país de todos! E, sem sombra de dúvidas, um dos melhores lugares da Europa para se visitar! E, claro, outro destaque deste roteiro diferente na Europa.

Como seu próprio território, a noção de medida russa é também grandiosa. Tudo no país parece ser haver sido construído com pensamento de gigante.

Os museus são enormes, os parques parecem infinitos, os palácios são imensos…. Prepare-se para caminhar muito e não esqueça de calçar um tênis confortável.

Se você já teve a oportunidade de escutar o idioma ou ver algo escrito em russo já deve ter notado que é um idioma muito diferente. E, preciso comentar, são pouquíssimos os nativos que falam inglês.

roteiro diferente na europa russia
São Petersburgo, na Rússia.

Em cidades mais turísticas, como a premiada São Petersburgo, você terá mais facilidade em relação ao idioma. Se ouve mais inglês nas ruas, nas lojas e os menus de restaurante costumam ter tradução.

Em outras localidades, como Moscou, é bastante raro encontrar alguém que fale inglês fora dos hotéis. Ah, e aproveite para ler sobre as cidades para visitar nos arredores de São Petersburgo.

Claro que isso não vai te impedir de curtir as férias na Rússia, nem em nenhum outro país do mundo! Criatividade, mímica, tradutor…ative o ‘sevirômetro’ e vá na fé!

As noites brancas de São Petersburgo

Roteiro diferente na Europa por dentro de São Petersburgo
Barroco e o neoclássico se mesclam em suas paisagens.

A região onde se encontra São Petersburgo foi primeiro povoada por suecos, em 1611. Eles construíram um forte no local e se assentaram. Em 1703, o czar Peter I da Casa Romanov, capturou o forte e decidiu que ali construiria um novo porto para o Império.

O objetivo era vencer as dificuldades climáticas que se enfrentavam na principal cidade portuária de então, Archangelsk. Arquitetos renomados e de diferentes nacionalidades se uniram aos projetos de construção, que seguiram por mais de 100 anos.

O barroco e o neoclássico se mesclam em suas ruas, unidos ao estilo romântico das construções de 1840 a 1890. O efeito é incrível. Conhecida em toda Rússia como Gorod Muzei – a cidade dos museus – São Petersburgo tem mais de 100 deles.

Entre os mais famosos estão o Museu Hermitage, cheio de obras de Michelangelo, Rembrandt, Picasso e Matisse, e o Museu do Estado Russo. Este último, aliás, é uma visita ainda mais espetacular: Está dentro do Palácio Mikhailovsky, construção belíssima em estilo neoclássico.

Nevsky Prospekt, uma longa avenida com cerca de 4 km de extensão, é o coração da cidade.

Os belos edifícios e palácios dispersos por ela e pela região que a circunda mesclam o barroco, o neoclássico e o moderno. Eles competem pela atenção com igrejas ortodoxas que parecem castelos, lojas, praças, monumentos e artistas de rua.

Roteiro diferente na Europa nuturno
Esse passeio inclui as pontes levadiças da cidade.

Como se não bastasse, outras possibilidades dentro deste roteiro diferente na Europase abrem: um passeio em helicóptero para apreciar outra dimensão da bonita cidade, românticos passeios em barco e jantares em restaurantes flutuantes sobre o Rio Neva.

A melhor época para visitar São Petersburgo depende exclusivamente da sua capacidade de tolerar o frio: Ela é atraente em todas as estações do ano. Mas, como recomendação, maio e setembro são os melhores meses, já que contam com menor índice de chuvas.

Aproveite e reserve uma experiência de 2 dias em São Petersburgo. Durante o inverno os dias são curtos e frios. As temperaturas chegam aos -12°C sem dificuldade. A primavera e o outono elevam as temperaturas médias para algo ao redor dos 6°C.

Calor, o que eu chamo de calor, não há. Mesmo no verão, as médias ficam ao redor dos 17°C. O verão tem um atrativo extra: As Noites Brancas.

Não se trata exatamente de luz solar o tempo todo, mas algo como um pôr do sol que começa ao redor das 22 horas e só termina com o amanhecer do dia seguinte.

É como se o tempo parasse a partir desse momento, com a luminosidade das 18 horas, até voltar a clarear completamente ali pelas 4 horas.

Roteiro de 3 dias em Viena – Áustria

Roteiro diferente na Europa na Austrália
Festivais e eventos acontecem durante o ano todo na cidade.

A Áustria é considerada um dos melhores destinos da Europa porque além de absolutamente linda, tem muito a oferecer ao viajante em todas as épocas do ano, integrando o roteiro diferente na Europa.

Desde as montanhas magníficas dos Alpes aos belos vales enraizados entre elas, passando pela artística e agradável Viena e a cultural Graz. Todas as cidades austríacas são lindas e merecem ser exploradas e rendem ótimos tours guiados.

Os festivais e eventos acontecem durante o ano todo. Quem quer aproveitar boa música, deve optar por ir para lá entre maio e outubro, quando rolam os melhores concertos.

Nessa época, a temperatura se torna mais agradável, os dias se alongam conforme o verão toma conta do país e as caminhadas e passeios são bem mais gostosos.

europa quantos dias ficar
Áustria é considerada um dos melhores destinos da Europa.

O inverno é a época de prática de esportes de neve. A Áustria tem excelente estrutura para quem buscar esqui, patinação, snowboard e outros esportes gelados.

É um dos destinos mais top da Europa para quem procura curtir o inverno europeu! Aproveite e conheça os pontos turísticos mais famosos de Viena. Os idiomas oficiais são três: alemão, esloveno e húngaro.

Se você fala inglês, estará em casa: todo mundo ali também se comunica bem nessa língua. Muitos austríacos falam também francês, italiano ou espanhol.

A cultura da cidade

Cidades da Europa Viena indicadas
Viena é a segunda maior cidade de idioma alemão do mundo.

Linda e cheia de atrativos, a capital austríaca encanta viajantes deste roteiro diferente na Europa. Com um verão mais seco e temperaturas que não costumam ultrapassar os 27°C, e um inverno que não tem o hábito de descer abaixo de zero, qualquer época é boa para conhecer.

Cidade extremamente cultural e artística, museus, arquitetura e música chamam a atenção do viajante. Combinando-se com uma história rica, praças e parques encantadores e uma oferta gastronômica invejável, a cidade ganha o título de um dos melhores destinos na Europa com facilidade.

Para conhecer alguns dos pontos turísticos mais legais é preciso se planejar e comprar entradas com antecedência. No charmoso Palácio Schoenbrunn, por exemplo, a espera na fila de entradas pode se prolongar por várias horas.

Portanto, reserve de antes a sua excursão guiada ao Palácio de Schönbrunn. Viena é destino para todo tipo de público, desde quem busca cultura e música clássica a quem prefere badalação ou viaja com crianças.

Todo mundo vai se maravilhar com a cidade! Baladeiros vão curtir os muitos pubs (com cerveja boa e barata!) que Viena tem a oferecer. E também a Prater Dome, indicada pelos locais como a melhor festa da cidade!

E ainda tem o Prater, um parque de atrações superdivertido onde se localiza a Wiener Riesenrad, a roda gigante que se tornou um dos símbolos de Viena e que é uma das paradas do circuito do ônibus turístico. Não precisa ser criança para curtir!

Sugestões de passeios para Viena, na Áustria

Para garantir o melhor roteiro em Viena sugiro que você reserve com antecedência as entradas e passeios guiados para o 3 dias. Assim, você evita filas e consegue descontos online sem precisar chegar com antecedência nas bilheterias ou correr o risco de não conhecer os lugares imperdíveis em Viena:

Roteiro de 3 dias em Manavgat – Turquia

Roteiro diferente na Europa de dia
Rio Manavgat | Foto: Ad Meskens, via Wikimedia Commons.

A distância que separa Istambul e Manavgat não é pequena: São quase 800 km. Facilmente cobertos em um voo de pouco mais de uma hora. Se o orçamento e a vontade permitirem, dá para encaixar ambas em uma mesma viagem, sim.

Os principais atrativos da cidade são suas belezas naturais. Vários lagos e praias fluviais, cachoeiras e muita oferta de esportes relacionados à água encantarão o viajante. Se você curte se molhar, não perca um tour pelo Parque Koprulu Kanyon!

Marque o seu passeio de barco pelo rio Manavgat com visita ao bazar e almoço.

Visitas culturais também são favorecidas: Há museus, mesquitas lindíssimas, monumentos bonitos e diversas outras opções de lazer. Veja tudo o que conhecer na Turquia para encantar-se pelo país do roteiro diferente na Europa.

Sugestões de passeios para Manavgat, na Turquia

Você percebe como Manavgat tem lugares interessantes para conhecer? Portanto, é hora de reservar seus passeios favoritos com antecedência e já deixar seu roteiro programado. As sugestões abaixo contemplam diversos pontos turísticos citados acima para conhecer nos 3 dias em Manavgat:

Roteiro de 3 dias em Cracóvia – Polônia

Roteiro diferente na Europa, Polônia
País voltou a se tornar república em 1952.

Assim como os outros países da Europa, a Polônia constrói sua história há muitos séculos. Sua fundação ocorreu em meados do século X, mas há registro de comunidades na área desde o ano 700 a. C., durante a Idade do Ferro.

O país que integra essa lista de roteiro diferente na Europa é como uma ave fênix mitológica. Foi devastado várias vezes, invadido por suecos e cossacos, enfrentou diversas guerras com a Rússia.

Desapareceu completamente quando teve seu território dividido entre Rússia, Prússia e Áustria aos finais de 1700. E “ressurgiu das cinzas” em 1918 para ser novamente destruído e dividido entre Alemanha e Rússia na Segunda Guerra Mundial.

Após o fim da guerra, Stalin insistiu na criação de um novo governo polonês, com o intuito de legitimar a ocupação soviética no país. Conseguiu, mesmo contra a vontade do povo. O país voltou a se tornar república em 1952 após muita resistência armada, mas permaneceu sob regime comunista.

Ainda que menos opressivo que os demais estados do bloco soviético. A ruptura com o regime só ocorreu em 1990.

De lá para cá, a economia polonesa floresceu, as cidades foram remodeladas, o cinza soviético desapareceu e as belezas desse país começaram a ser conhecidas e visitadas por viajantes do mundo todo.

Não é à toa que a Polônia também ganhou seu lugar como um dos melhores destinos da Europa. O país é incrível e tem de tudo: cidades grandes, história, praias bonitas, lagos glaciais, planícies extensas, florestas esplêndidas, montanhas e – acredite- até mesmo um deserto!

Há opções para todos os gostos ao organizar um roteiro em Cracóvia. Além disso, ir para a Polônia significa uma viagem pela Europa mais econômica. A moeda local é o zloty, que atualmente está bem equiparado ao real, ficando praticamente no 1 a 1.

Seu rico dinheirinho rende lá que é uma beleza! A melhor época para ir é entre junho e setembro, quando o clima está mais firme e se pode aproveitar melhor. Escolha os meses com uma boa oferta de passagens e curta muito!

O charme turístico da cidade

O que fazer em Cracóvia
Conheça os melhores passeios em Cracóvia.

Cracóvia, localizada a 290 km de Varsóvia – a capital polonesa, demonstra com sobras porque a Polônia ganhou seu lugar no ranking dos destinos mais legais da Europa. Forte polo intelectual polonês, a cidade é cheia de atrações culturais.

Mas, ao ser um dos mais importantes centros universitários do país, já dá para imaginar a oferta de barzinhos gostosos que existem! Estudante é estudante no mundo inteiro! A visita começa pelo centro histórico, o ponto chave da cidade.

Stare Mistro, a Praça do Mercado, tem vários restaurantes e cafés com terraços para tomar um café (ou algo mais forte, você quem sabe!). A Basílica de Santa Maria e muitos artistas de rua deleitando os turistas com suas apresentações.

Outro lugar bem excêntrico e que merece uma visita é o Castelo Real de Wawel, com seus jardins bem cuidados, de acesso livre.

Para visitar por dentro o Palácio Real e a Catedral que estão no complexo tem que pagar. São visitas incríveis, mas mesmo quem ficar olhando só de fora vai gostar demais de passear por ali.

Cinéfilos vão gostar de saber que a Fábrica de Schindler (aquele do filme A Lista de Schindler) fica em Cracóvia.

Tem que reservar com antecedência e a visita é gratuita na primeira segunda-feira do mês! Você só vai pagar os 15 zlotys de custo do guia. Aproveite e garanta o ingresso para a sua excursão na Fábrica de Schindler.

dicas da Polonia
Basílica e Mercado de Cracóvia.

Kazimierz, o bairro judeu de Cracóvia, garante uma visita muito interessante, também. A comunidade judaica local trabalha pesado para reavivar a região, centrada em deixar para trás (sem esquecer!) os dias de terror vividos durante a Segunda Guerra Mundial. Sobre isso, marque uma excursão Auschwitz-Birkenau.

Na região há uma variedade incrível de bares e restaurantes, que conferem ao local uma atmosfera boêmia e muito divertida. É aqui onde se move a vida noturna com as melhores baladas de Cracóvia. Viajar para a Cracóvia no meio da primavera ou no outono é uma ótima ideia.

Julho e agosto são os meses favoritos dos turistas (é verão!), mas você já sabe que essa época é sempre mais cara, seja qual for o seu destino no Velho Continente. No inverno a cidade não para. Se curtir pegar um friozinho ali pelos -5° C também é uma boa pedida.

Veja ainda quais são os melhores passeios para fazer em Cracóvia, que valem a pena dentro desse roteiro diferente pela Europa.

Sugestões de passeios para Cracóvia, na Polônia

Para garantir o melhor roteiro em Cracóvia sugiro que você reserve com antecedência as entradas e passeios guiados para os 3 dias. Assim, você evita filas e consegue descontos online sem precisar chegar com antecedência nas bilheterias ou correr o risco de não conhecer os lugares imperdíveis em Cracóvia:

Quanto custa viajar na Europa por dia?

Para descobrir quanto custa a Europa por dia, a conta leva em consideração os meios de transporte utilizados nos deslocamentos, alimentação, passeios e hospedagem. E essa conta varia de acordo com o perfil do viajante.

A acomodação geralmente tem um peso grande no custo total da viagem, portanto recomendo escolher bem entre os bons hotéis na Europa, pois dependendo da localização o preço e gastos com o roteiro aumentam.

Já para as entradas dos passeios, você pode encontrar grandes ofertas comprando online. Por isso recomendo organizar as atividades com antecedência, até porque os ingressos das principais atrações podem ficar indisponíveis.

Ademais, reservar com antecedência seus passeios no exterior alivia o orçamento da viagem, pois você pode comprar no cartão de crédito e já ir pagando. Além de se livrar do IOF sob compras internacionais, cobrado quando você usa o cartão em sites que não vendem em reais.

No momento do planejamento do roteiro na Europa, acesse sites como o www.numbeo.com para verificar quanto custa o transporte público, alimentação e demais itens relevantes.

Assim, você evita surpresas desagradáveis no orçamento da viagem.

Onde e como comprar passeios na Europa?

O ideal para organizar o roteiro na Europa é comprar online os ingressos antecipados, sem filas de espera na entrada das atrações. Além disso, você garante a visita no dia planejado e ainda tem o direito de fazer o cancelamento gratuito até 48 horas antes.

Tenho algumas sugestões de boas empresas que vendem tours oficiais na Europa, assim como guias brasileiros, ou que falam português, sempre com dicas para você não gastar muito dinheiro em sua viagem.

Também recomendo comprar um passe de atrações, pois o custo total é mais baixo e você economiza muito tempo evitando longas filas.

Agências para organizar o roteiro na Europa

O melhor site para reservar são de empresas que vendem passeios com os preços mais baixos, garantidos, e sem taxas de reserva ou cobranças ocultas. Recomendo o Get Your Guide, agência de viagens online fundada em 2009, com sede em Berlim.

O site da Civitatis também é bom e confiável, empresa espanhola fundada em 2008 e com milhões de clientes ao redor do mundo. A vantagem para brasileiros é fazer o pagamento em reais em até 12x.

Pacotes de atrações para o roteiro na Europa

O pacote de atrações na Europa, ou os famosos passes turísticos, te permitem economizar tempo (acesso rápido, evitando filas) e dinheiro, oferecendo o ticket com acesso total para diversas atrações.

Ao adquirir o cartão de acesso, você tem direito à entrada nos principais museus e pontos turísticos, assim como a Basílica de Santa Maria, em Cracóvia; o Museu Nacional Húngaro, em Budapeste; e a Ópera Alemã, em Berlim.

O primeiro passo é escolher o seu passe online pelo site. O tipo de passe dependerá da sua disponibilidade de tempo, sendo oferecido o passe com diferentes quantidades de dias. Ele será ativado na primeira vez que passar no scanner da atração, e então será validado para usar nos dias consecutivos. Ao terminar o período comprado, o passe expirará automaticamente e você não poderá mais fazer os passeios.

Budapest Card: Transporte, Mais de 30 Atrações e Excursões

Adquira o passe oficial da capital húngara, um cartão que é a chave para a cidade. Desfrute de uma variedade de descontos, entradas gratuitas para atrações e transporte público ilimitado.

Berlin WelcomeCard: Descontos e Transporte Zonas ABC

Explore Berlim com um Berlin WelcomeCard de 2, 3, 4, 5 ou 6 dias. Utilize o transporte público nas zonas ABC (incluindo o Aeroporto de Berlim-Brandemburgo), receba descontos de até 50% em diversos parceiros e ganhe um guia de viagem de bolso.

Viena: City Card de transporte público e descontos em atrações

Desbrave Viena com o acesso gratuito e ilimitado ao metrô, aos bondes e aos ônibus da cidade. Explore a cidade com rapidez e facilidade. Desfrute de diversos descontos nas atrações mais populares, museus, lojas e muito mais.

Cracóvia: Cartão Turístico com 37 Museus

Obtenha acesso facilitado a 37 museus com um cartão turístico de 1, 2 ou 3 dias e explore a cidade de Cracóvia no seu próprio ritmo. Opte por um cartão avulso ou por um cartão que inclui transporte público.

Guias brasileiros que fazem roteiros guiados na Europa

A melhor maneira de conhecer as melhores atrações durante seu roteiro na Europa, é fazendo uma visita guiada com um guia brasileiro que mora no lugar. No iFriend, site brasileiro fundado em 2017, você pode escolher entre uma variedade de tours para indivíduos ou pequenos grupos, possibilitando uma interação pessoal entre turistas e moradores locais.

As excursões são conduzidas por falantes nativos de português que vivem na Europa há muitos anos, ideal para explorar o que há de melhor na Europa.

Mas também há passeios tanto no Civitatis como no Get Your Guide com tours em português na Europa. Os melhores são:

Roteiro pelos museus da Europa

Incluir no roteiro visitas nos melhores museus da Europa é fundamental para conhecer mais afundo a história local, assim como ter uma aula de história da arte, vendo de perto grandes obras de diversas partes do mundo.

Seja para adquirir com antecedência os ingressos ou fazer um roteiro guiado nos museus da Europa, vale muito a pena visitar alguns deles. Confira quais são as exposições e museus mais procurados:

Roteiro de barco na Europa

A Europa é o lugar ideal para se fazer um roteiro de barco, com muitas atrações maravilhosas a oferecer. Uma das maneiras mais legais de vê-la e explorar seus pontos turísticos de uma perspectiva única, é a partir dos barcos turísticos.

Veja quais são os principais cruzeiros para você incluir no roteiro na Europa, seja um barco de festa, para curtir um pôr-do-sol romântico ou mesmo para pequenos grupos.

Roteiro de ônibus turístico na Europa

Os roteiros de ônibus na Europa são ideais para visitantes de primeira viagem, pois com tantos lugares para visitar, é difícil saber por onde começar.

Essas rotas de ônibus turísticos, também conhecidas como hop-on hop-off, são uma ótima maneira de conhecer diferentes atrações turísticas em pouco tempo, sem gastar tanto dinheiro.

Oferecidos com audiodescrição em vários idiomas, o que é ótimo para obter informações sobre cada atração ao longo do itinerário, esses populares roteiros guiados de ônibus na Europa incluem paradas nas principais atrações das cidades europeias.

A melhor parte é que essas empresas de ônibus turísticos oferecem descontos se você reservar on-line com antecedência, ao comprar os tickets de 1, 2 ou 3 dias.

Para te ajudar a obter o máximo de sua visita, veja a lista dos melhores tours de ônibus para você organizar seu roteiro na Europa:

Roteiro de bicicleta na Europa

Os roteiros de bicicleta são uma excelente forma de explorar a Europa e ver tudo o que o lugar tem a oferecer.

A melhor parte é que os pontos turísticos mais famosos estão incluídos nos roteiros de bike. Além disso, com um guia ao seu lado você descobrirá lugares escondidos que geralmente passam despercebidos pelos olhares da maioria dos turistas.

Esses roteiros guiados de bicicleta na Europa são projetados tanto para ciclistas experientes como para aqueles que têm pouco contato uma bike. Há também a opção de aluguel da bicicleta para você fazer seu próprio roteiro.

Porém, às vezes pode ser difícil saber qual rota escolher, por isso separei abaixo as rotas de bike mais populares na Europa:

Roteiro a pé na Europa

Uma das melhores maneiras de conhecer uma cidade é caminhando, descobrindo suas joias escondidas e se perdendo em suas ruas.

Se você estiver interessado em história, arte, arquitetura, política, ou mesmo gastronomia, fazer um roteiro a pé na Europa é uma excelente forma de conhecer o destino a partir de um olhar local.

Seja um passeio pago com antecedência ou um free walking tour (quando o pagamento é opcional, feito no final da experiência), aqui estão minhas recomendações para os melhores roteiros na Europa para fazer a pé:

Roteiro na Europa com crianças

Montar um roteiro na Europa com crianças pode ser um pouco desafiador, mas definitivamente vale a pena. Se você está procurando ideias sobre como aproveitar a viagem com seus filhos, veja algumas sugestões de roteiros com crianças na Europa.

Primeiro, você deve decidir se quer um tour mais extenso ou de poucas horas, mais indicados para crianças mais jovens.

Desde museus e jardins até atrações bastante procuradas, muitas atividades estão disponíveis especificamente para famílias com crianças de todas as idades. Confira quais são os melhores lugares para visitar:

Roteiro gratuito na Europa

Nem todos os passeios na Europa precisam ser pagos. Tem muita coisa gratuita para fazer sem comprar ingresso. Para um roteiro mais econômico, sugiro os parques, praças e vista dos monumentos para importantes.

Além disso, a Civitatis promove uma série de roteiros sem preço fixo. No final do tour você decide quanto pagará ao seu guia. É uma iniciativa fantástica para você conhecer o melhor da Europa com um guia local pagando apenas o que você puder. Confira as principais opções:

Roteiro romântico na Europa para lua de mel

Anualmente, milhares de casais de todo o mundo visitam a Europa para celebrar seu amor. Mas quais atividades são as melhores para um roteiro em casal? E como escolher o que fazer durante uma lua de mel?

Se você está organizando uma viagem romântica na Europa, saiba que existem muitos lugares que você pode ir para desfrutar de um passeio com seu parceiro, e cada um deles tem um charme especial.

Aqui está uma lista de roteiros românticos na Europa para você curtir durante a lua de mel, aniversário de casamento ou mesmo uma viagem para curtir um ao outro:

Roteiro noturno na Europa

Planejar um roteiro noturno na Europa é uma boa maneira de fazer atividades fora dos circuitos turísticos, curtir uma noite romântica ou mesmo fazer algo emocionante com seus amigos e família.

Aqui estão alguns dos principais passeios para fazer à noite na Europa:

Roteiro gastronômico na Europa

Durante seu roteiro na Europa, você gostaria de visitar os lugares mais legais enquanto descobre o melhor da culinária local? Uma das melhores maneiras é fazendo um roteiro gastronômico 😉

Então, se você faz questão de comer bem enquanto explora a cultura, costumes e história local, um roteiro culinário na Europa é a opção ideal.

Além disso, te ajuda a economizar. Isso porque esses roteiros guiados são uma ótima maneira de experimentar muitas comidas e bebidas típicas enquanto aprende sobre a região.

Aqui estão algumas sugestões de roteiros gastronômicos para fazer na Europa:

Roteiro de aventura na Europa

Se você gosta de passeios de aventura ou experiências radicais, a Europa oferece algumas atrações cheias de adrenalina. Conheça e reserve a sua!

Roteiro alternativo na Europa

Quer fugir do óbvio na Europa? Veja esse roteiro com o lado B na Europa e faça um roteiro diferente e alternativo:

Roteiro na Europa para viajar sozinho

A Europa é um bom lugar para quem viaja sozinho. E a melhor forma de curtir bastante a região é agendar passeios guiados. Essa também uma ótima oportunidade de fazer novas amizades e se integrar com a cultura local.

Roteiro de luxo na Europa

Além de escolher hotéis luxuosos e restaurantes famosos, você também pode contar com experiências exclusivas e maior conforto e privacidade nos seus tours na Europa. Se a ideia é investir em um roteiro de luxo na Europa, confira essas sugestões:

Roteiro para relaxar na Europa

Você não precisa conhecer todos os pontos turísticos na Europa durante o seu roteiro. Para relaxar e aproveitar sem pressa e com experiências que proporcionem bem-estar para o corpo e mente, veja essas atrações relaxantes na Europa:

Roteiro para final de semana ou feriados na Europa

Vai passar um feriado na Europa e quer aproveitar as comemorações típicas? Confira alguns passeios que acontecem nas temporadas de Natal, Réveillon ou outra comemoração típica local:

Dicas finais para organizar o melhor roteiro na Europa

É impressionante a capacidade que a Europa tem que nos surpreender. Por conta das diferenças culturais e históricas, nós brasileiros, acabamos apaixonadas pelos países e cidades.

Se você deseja voltar sempre a continente, essas são boas opções para fazer um roteiro diferente na Europa. Mas você deve se programar com antecedência, sobretudo quanto aos passeios.

Após fechar a viagem, defina o tempo de estadia em cada lugar e traçe o roteiro pela Europa levando em consideração o perfil dos membros da trip.

Depois disso, comece a fazer as reservas dos passeios. Para isso, não abra mão de optar por sites confiáveis e com tempo no mercado, como o Get Your Guide e o Civitatis. Essas empresas, além de garantirem preços mais baixos, não cobram taxas de reserva nem trabalham com cobranças ocultas.

Outra grande vantagem em fazer a pré-reserva dos passeios e ingressos é não perder tempo com filas e o caso você mude de ideia, o cancelamento gratuito pode ser feito com até 48 horas antes da programação.

Dúvidas frequentes

O que fazer em 10 dias pela Europa?

Nos primeiros 10 dias na Europa você não pode deixar de fora as seguintes experiências:
Passeio de barco pela Córsega
Castelo de Buda em Budapeste
Budapeste: degustação de Vinhos, Queijos e Charcutaria
Madeira: Observação de Golfinhos e Baleias

O que fazer em 20 dias na Europa?

Em 20 dias na Europa aproveite para conhecer essas atrações imperdíveis:
Malta: gruta Azul e Mercado Dominical na Villa Marsaxlokk
Catedral de Berlim
Berlim: tour de ônibus Hop-on Hop-Off
Terras Altas da Escócia (Highlands)

Vale a pena programar um roteiro na Europa antes da viagem?

Sim, pois ao comprar com antecedência os passeios e tours imperdíveis na Europa você garante os preços mais baixos e ainda tem o direito de fazer o cancelamento gratuito até 48 horas antes da data prevista. Além disso, evita as longas filas na entrada das atrações. Saiba mais sobre um roteiro alternativo na Europa.

CATEGORIAS
COMPARTILHE
Imagem do Autor
ESCRITO POR
ESCRITO POR
Guilherme Tetamanti

Paulistano de 40 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quero Viajar Mais