Clima da Europa: saiba a temperatura de cada região

por Rain Brinati

Clima da Europa: saiba a temperatura de cada região

Conhecer o clima da Europa é muito importante quando se está planejando uma viagem pelo continente. A temperatura, as chuvas e até mesmo a umidade do ar influenciam na experiência! Ninguém quer viajar com tempo ruim e acabar perdendo dias preciosos por conta de chuva e nevascas.

Você certamente já escutou falar das tais mudanças climáticas. Se não escutou, ao menos deve ter notado que anda fazendo calor quando era para fazer frio e que chove quando não era comum. Pois bem, o clima na Europa tem mudado bastante. E, claro, tem gente muito grande estudando esse fenômeno. Afinal, o clima não afeta só quem sai de férias.

Há 14 anos atrás, em 2005, o pesquisador Marc J. Metzger, da Universidade de Edimburgo, publicou um estudo muito completo sobre as regiões ambientais da Europa, baseado no clima de cada uma delas. Esse estudo foi revolucionário, pois apresentou uma nova visão sobre o clima no Velho Continente, que influencia diretamente a hidrografia, relevo e toda a vegetação da região.

De lá para cá, uma parceria entre o pesquisador e a INSPIRE (Infraestrutura para informação aeroespacial na Europa) vêm publicando vários outros estudos que acompanham as mudanças climáticas, sempre com o foco no meio ambiente.

Planeje sua viagem => Dicas sobre internet na Europa

Tudo sobre seguro viagem na Europa »

Tipos de clima da Europa: regiões ambientais

Clima dos Alpes na Europa

Segundo o estudo já citado, além dos Alpes famosos, que atravessam partes da Suíça e também da Áustria, Alemanha, França e Estônia, também se encaixam no clima alpino as montanhas altas da Escandinávia, Dinamarca, Noruega, Suécia e Finlândia, as regiões mais elevadas dos Cárpatos, Pireneus, certas partes (sempre as mais altas!) da península dos Bálcãs e outras cadeias de montanhas da Europa.

O clima nestas regiões é basicamente frio. No Norte, durante os longos meses de inverno, a temperatura pode chegar a extremos -40°C, embora a média anual fique ao redor dos 3°C, na maioria das cidades. O verão é curto, durando pouco mais de 2 meses.

Já nas localidades mais ao sul, temperatura varia bastante. A média anual fica entre os 3 e os 8°C, porém, no inverno pode chegar a -10° C e no verão passar dos 30° C, em certas localidades dos Pireneus, por exemplo.

clima no Velho Continente
Alpes suíços.

São regiões com alto índice de pluviosidade, isso quer dizer que chove bastante. Nos Alpes, os meses mais secos são os de inverno, enquanto em regiões como os Pireneus e os Bálcãs, o verão é a época em que chove menos.

O verão sempre é a melhor época para caminhadas e até mesmo para se aventurar em escaladas. Mas vale comentar que as trilhas mais populares costumam receber uma boa quantidade de visitantes no período. Os habitantes locais adoram atividades ao ar livre e lotam as localidades montanhosas, buscando desfrutar o solzinho gostoso do verão.

O outono já é mais frio. A natureza se ocupa da preparação para o inverno e o ventinho é bem gelado por ali. Quem escolhe fazer a visita nessa época não pode esquecer um moletom para usar durante o dia e a jaqueta para a noite.

Se você pretende visitar as regiões de clima alpino no outono, prepare-se para alguma possível nevasca. Se estiver passeando pela Noruega, aproveite para colher amoras e outras frutinhas vermelhas da floresta (há aos montes!).

O inverno nos Alpes europeus é longo, frio e, durante boa parte do que seria o dia, escuro. Tudo fica lindo, coberto de neve branquinha, mas o número de horas de sol diminui consideravelmente.

Fazer um passeio para os Alpes Suíços, por exemplo, só será agradável estando bem agasalhado. Mas há uma grande oferta de estações de esqui e outros esportes de inverno. Quem curte vai se deliciar!

Na primavera, a natureza se mostra em todo seu esplendor novamente. As plantas florescem, o clima se torna mais ameno (ainda friozinho, verdade seja dita!) e se pode aproveitar para pescar em um dos belos lagos da região e confraternizar com os vários viajantes que costumam visitar o parque e outras regiões montanhosas para curtir as horas extras de luz.

Cadeia de montanhas da Europa
Zugspitze, o “topo da Alemanha”, com seus 2962 metros de altura

Fora os Alpes propriamente ditos, um dos lugares mais interessantes para se visitar é o Jotunheimen National Park, localizado bem no coração da Noruega. É dentro desse magnífico parque onde se encontra o pico mais alto do país e de toda a região climática: o Gadhopiggen, com 2469 metros de altura.

A viagem para lá, para quem sai de Oslo, é de mais ou menos 5 horas, em trem ou ônibus. Ir de ônibus, aliás, é uma maneira muito prática: há linhas especiais e diretas para o parque, saindo de algumas das principais cidades norueguesas durante o ano todo.

CLIQUE AQUI para comprar passagens de trem baratas na Europa »

Clima Atlântico na Europa

Clima frio continental na Europa
Irlanda está na parte central.

Influenciadas pelas correntes do oceano Atlântico, as regiões ambientais que se enquadram dentro desse tipo de clima da Europa foram divididas em duas partes: Norte e Centro. Essa divisão ocorreu porque, embora todas as localidades tenham características similares, existe uma diferença considerável de temperatura média entre elas.

A região central abrange a Irlanda, o sul da Grã-Bretanha, a região central da França, a Bélgica, a Holanda e a Alemanha Ocidental. Sua temperatura média anual gira ao redor dos 10°C, com picos no inverno e verão.

Exceto as variações de altura encontradas nas montanhas da Bretanha e Cornualha, toda a região denominada como Atlântico Central é composta por planícies. Nunca peguei temperaturas inferiores aos -3°C, nem superiores aos 30°C, o que é muito, muito calor mesmo, e só acontece de forma pontual.

Temperatura em Amsterdam
Canal em Amsterdam.

Um dos meus (vários) lugares na Europa preferidos fica dentro dessa região: Amsterdam, na Holanda. Chove moderadamente o ano todo, o inverno não é dos mais gelados e o verãozinho é bem gostoso. Dá para curtir o ano inteiro fazendo os melhores passeios em Amsterdam.

Durante os meses de verão na Holanda é muito mais gostoso fazer o passeio de barco pelos canais da cidade, visitar museus interessantíssimos como a Casa de Anne Frank e o Museu Van Gogh ou fazer o imperdível tour pela fábrica da Heineken em Amsterdam.

Quem pretende viajar pela região de clima Atlântico Central pode evitar o mês de abril. Ele costuma ser o mais instável: há anos nos quais neva e faz frio, outros em que o calor é de matar. Até os meteorologistas encontram mais dificuldades em prever o que esse mês trará para a região!

A zona ambiental do Atlântico Norte, por sua vez, abrange as terras altas e baixas do centro e norte da Grã-Bretanha, Irlanda do Norte, parte das planícies da Jutland dinamarquesa, a costa ocidental da Escandinávia e o norte da Alemanha.

A temperatura nessa zona costuma ficar entre os 12° e 15° C no verão, e baixar até os -7º C no inverno. Mas, claro, tudo depende da cidade em questão e de suas características geológicas!

Belfast, na Irlanda do Norte, é uma das cidades que se enquadra na zona Atlântico Norte. Por ali, as temperaturas não costumam baixar mais que -1°C, nem subir acima dos 22°C, em verões mais calorosos. Os dias são nublados, o ano todo!

Para se ter uma ideia, mesmo nos meses de verão, uns 40% dos dias costumam ser nublados. Chove mais entre outubro e fevereiro, janeiro sendo o mês mais chuvoso dos últimos anos.

Tomar sol não é uma das atrações da cidade. No entanto, Belfast é uma capital cultural e histórica importante, cheia de atrações. Os pontos turísticos de Belfast são ótimos para visitar.

Minhas recomendações são: tome um café gostoso no St. George’s Market enquanto escuta músicos locais tocando canções tradicionais irlandesas, faça uma visita ao museu dedicado ao Titanic e aproveite para passear por uma réplica dos ambientes do famoso navio. Ele foi totalmente construído na cidade.

Se tiver tempo, vale também conferir as paisagens e castelos das cidades próximas. Muitas séries e filmes foram gravados lá. Dá para fazer o tour de Game of Thrones em Belfast e ver Winterfell de perto, ou conhecer as locações da série Vikings e de filmes famosos também, como o Conde de Monte Cristo e Star Wars.

Clima boreal na Europa

Letônia clima
Letônia está nas planícies do nordeste da Europa.

A zona ambiental boreal se encontra nos baixos planaltos da Escandinávia, nas chamadas planícies ondulantes (com pequenas elevações) e também nas planícies do nordeste da Europa, em parte de países como a Letônia, Estônia e Lituânia, beirando o Mar Báltico.

A temperatura oscila entre os -7°C no inverno e os 23°C no ápice do verão, ficando em 12°C de média anual. No outono e inverno, a luz dá as caras pelas 9h. Os dias são curtos, anoitecendo ali pelas 15 horas. Já no verão, as 6 da manhã já está claro e a noite só chega ao redor das 21 horas.

Na capital da Lituânia, Vilnius, já se registraram temperaturas mais baixas nos meses mais frios, chegando aos -17° C, mas não é nada comum. Esse friozão assustou até o povo que mora por lá.

   

E o máximo de calor já registrado foi de 29°C. Vilnius é uma cidade incrível para visitar.

A melhor época para ir para lá é entre o final de junho e o meio de agosto, quando os dias são mais longos e a temperatura mais amena. Durante o mês de julho chove um pouco mais, mas nada que impeça de aproveitar bastante a visita. Leia mais sobre quando ir para Lituânia.

À beira do rio Neris, a cidade não é muito grande, mas tem muito o que ver. Dá para começar a rota a pé, pelo centro da cidade e visitar o majestoso Palácio dos Duques da Lituânia, as belas catedrais da cidade, curtir um delicioso passeio de barco e conhecer mais da história local.

Mas, se preferir, saiba que é possível conhecer todos os principais atrativos a pé ou de Uber e guardar o seu dinheiro para gastar em um dos restaurantes para conhecer as comidas tradicionais da Lituânia. Ela é deliciosa!

Clima continental na Europa

Clima da França
Ardenas, na França, fica na zona denominada como Continental.

A zona denominada como Continental se localiza nas planícies e terras baixas da Europa Central e Oriental, e também nas montanhas mais baixas da península dos Bálcãs. Na prática, a região vai mais ou menos de Ardenas, na França, até a Ucrânia.

Praga, a capital da República Tcheca, é uma das cidades que se encontra na região. As temperaturas registradas por lá nos últimos anos são de -2°C no inverno e 26°C no verão. A época mais chuvosa é entre maio e agosto, mas não é nada assustador: o maior registro de chuvas é em junho, com 9 dias de água.

Algumas dos pontos turísticos de Praga mais legais estão na Praça da Cidade Velha. Vale a pena reservar algumas horas para curtir o passeio, sem pressa. Pelo menos uma vez, quando der a hora em ponto, posicione-se diante do Orloj, o relógio astronômico.

Observar seu funcionamento e a movimentação das 12 figuras dos apóstolos de Jesus é um espetáculo!

Ainda na Praça, não perca a visita a Igreja Nossa Senhora de Tyn, as salas históricas da prefeitura e beba alguma coisa em um dos pequenos, antigos e charmosos bares e cafés. Depois, aproveite para explorar a cidade. Vá ao Bairro Judeu, a Cidade Nova, os castelos de Praga…. Tem bastante o que fazer em Praga!

Clima lusitano na Europa

Clima lusitano
Portugal é o país mais afetados pelo clima lusitano.

A região ambiental lusitana foi chamada assim em homenagem ao país que são mais afetados por esse tipo de clima europeu: Portugal. No entanto, a faixa desse tipo de clima da Europa abrange o oeste da França e vai até Lisboa, passando pela Espanha, pelos bosques dos Pireneus e também pelas regiões pantanosas portuguesas.

A característica mais notável é que o clima é mais úmido que em outros locais. O verão não é muito longo, mas é bem quente, ensolarado e de céu limpo, com pouca chuva. Já o inverno é fresco, ligeiramente chuvoso e meio nublado.

As temperaturas variam entre os 6° C e os 28°C de média, mas, de novo, tudo depende das características da cidade em questão. No geral, a melhor época para visitar a região é entre o fim de junho e o início de setembro.

Uma das cidades legais para se visitar é Moura, em Portugal. Na região do Alentejo, a cidade fica a quase duas horas e meia de viagem de Lisboa. A temperatura ali costuma variar entre os 6°C no inverno e os superquentes 34°C no verão.

Trata-se de uma cidadezinha agradável, construída ao redor das ruínas de um castelo que data do século XIII e é bem conhecida por suas fontes de águas termais. Além de fazer uma pausa relaxante nelas, também se pode visitar o Museu do Azeite, a Igreja de são João Batista, e, claro, o castelo.

Tem mais o que ver, na verdade. A cidade esteve sob domínio muçulmano até 1232 e a cultura deixou suas marcas pelo local. Há um bairro muçulmano chamado de Mouraria, onde fica o Museu Municipal, outra visita obrigatória.

Nele se pode aprender bastante sobre a história da cidade e sobre a conquista muçulmana. Bem pertinho estão outros pontos de interesse: A Barragem do Alqueva, conhecida por ser a maior da Europa, a cidade de Barrancos com seu Parque da Natureza e o Castelo de Noudar e o Santo Aleixo da Restauração, que vai encantar quem curte visitar igrejas e apreciar arte sacra.

Planeje-se => Roteiro por Portugal e Espanha

Clima mediterrâneo na Europa

Temperatura da Espanha
Espanha recebe muita influência do Mar Mediterrâneo.

Falando do clima da Europa é possível afirmar que uma das maiores influências vem do Mar Mediterrâneo. Esse tipo de clima atinge a maior parte do sul do Velho Continente, na região costeira de países como Portugal, Espanha, Itália, Grécia, Malta e Andorra.

Suas características principais são o inverno chuvoso e os verões quentes e secos. Cidades importantes e muito turísticas, como Barcelona e Atenas, se enquadram nessa classificação climática.

Durante os longos dias faz um calor considerável, mas as noites são frescas e agradáveis. Até é bom ter uma blusinha leve para jogar sobre os ombros quando cai a noite e a temperatura diminui. As temperaturas médias registradas também variam em relação ao local, mas vão de -3°C a 26°C.

O verão pode ser muito mais quente. Quem procura o clima mediterrâneo para suas viagens pode aproveitar algumas das cidades mais famosas da Europa sem medo, poderá aproveitar muito os melhores passeios!

Na capital catalã, o clima é bem tranquilo durante o ano todo. O inverno, mais nublado e chuvoso, não costuma baixar dos 8°C. O verão é mais caloroso, atingindo os 30°C facilmente, entre julho e agosto. Uma delícia para curtir um tinto de verano, bebida muito consumida em toda a Espanha, que mistura vinho tinto seco com sprite.

A cidade dispensa grandes apresentações. É a terra natal do Barça, um dos times de futebol mais importantes do mundo, e quem gosta do esporte vai desfrutar muito de um passeio pelo Camp Nou, o estádio do clube.

   

Tem um museu muito legal por lá! Além disso, quem vai para lá não pode perder uma visita à Basílica da Sagrada Família, ao Parque Guell, a Casa Milá e Batlló para ver a arte e obra do artista Antoni Gaudí, passear por Las Ramblas, a via que corta a cidade, visitar o Barri Gótic, com suas ruas medievais e muito mais.

Clima Nemoral da Europa

Temperatura na Escandinávia
Esse clima abrange a parte sul da Escandinávia.

A zona ambiental e climática chamada de Nemoral abrange a parte sul da Escandinávia, parte dos países Bálticos (Lituânia, Letônia e Estônia) e o noroeste das planícies da Rússia. A característica dessas regiões estabelece um inverno prolongado e frio.

Em média, as temperaturas variam entre os -15°C e os -5°C! Já cheguei a pegar neve para cima da altura do joelho, bem no meio da cidade. A primavera chega normalmente no mês de abril, mas ainda faz bastante frio e chove com frequência. A temperatura começa a subir entre maio e junho, com o termômetro marcando entre 5 e 12°C.

Quando finalmente chega o verão, as chuvas diminuem da metade de julho para a frente, mas a temperatura continua não sendo lá essas coisas: o período todo registra entre 8°C e 22°C. Como o que é bom dura pouco, ali por volta de setembro, o outono dá as caras e volta a fazer frio.

Clima Nemoral da Europa
Kolding | Foto: S.Juhl, via Wikimedia Commons.

O máximo de calor que se sente é ao redor dos 10°C. Esse é o clima de várias das cidades da Dinamarca. Kolding, a duas horas e meia de Copenhague, é um grande exemplo. Quando faz mais calor, se registra 21°C. E os dinamarqueses acham quente para caramba!

A cidade é bem legal. Trata-se do centro do transporte marítimo do país e tem um porto enorme e muito bem estruturado. Também tem bastante opções para quem vai de visita, entre museus, jardins super bem cuidados, edifícios de arquitetura majestosa e restaurantes incríveis.

Se for para lá, não perca uma visita ao Koldinhus, o último castelo de verdade da região, que hoje é um museu. O local oferece uma visita guiada em inglês, que vale muito a pena para quem quer aprender mais sobre a história do lugar.

Clima Panônico-Pôntico na Europa

Temperatura na Ucrânia
Norte da Ucrânia é afetado por essas condições.

Essa zona ambiental e climática da Europa ocupa as planícies, vales e regiões periféricas do médio e baixo Danúbio, assim como as planícies da região do Mar Negro. São afetadas por essas condições o norte da Ucrânia, o nordeste da Rússia, o leste da Geórgia e o Oeste da Romênia e Bulgária.

O clima dessas regiões se caracteriza por ser mais seco e com chuvas moderadas durante todo o ano. Nada muito anormal, costumam ser entre 3 e 6 dias de chuva durante todos os meses do ano. As temperaturas médias oscilam bastante, mas partem dos -6° no inverno e sobem até os 25°C no verão.

A época de verão é considerada longa: começa a esquentar no finalzinho de abril e o calor dura até setembro. O final do verão costuma ser mais frio e as temperaturas descem bem rápido, fazendo outubro um mês bem fresco. A partir daí, cada vez mais frio até a primavera seguinte.

Um bom exemplo de lugar com esse tipo de clima para visitar é Timisoara, uma das mais bonitas cidades romenas. Ela é a terceira mais populosa e também o mais importante centro acadêmico e cultural romeno.

Não é tão próxima de Bucareste, a capital (conheça o mapa da Romênia). São quase sete horas e meia de viagem de carro, percorrendo mais de 540 km. De Budapeste, na Hungria, fica bem mais perto: três horas e pouquinho. Mas, seja como for, a cidade merece mesmo a visita!

No centro histórico, fechado para os carros, há muita coisa para ver e curtir. As praças da cidade são show! São várias, uma mais linda que a outra, cheias de cafés, restaurantes, igrejas, monumentos, e merecem muitas horas de exploração.

Já do lado sul, fora da região histórica, se encontram os melhores restaurantes de comida tradicional da cidade! Vale muito a pena atravessar o rio Bega, que corta a cidade em duas partes, só para curtir as pratos típicos da Romênia. Se come muito bem no país!

Importância de saber o clima da Europa

Saber como é o clima da Europa é parte importante na preparação da viagem. Faz toda a diferença entender as particularidades de cada uma das regiões do continente. Agora que você já sabe como são as estações do ano e as temperaturas em cada diferente localidade, fica bem mais simples planejar a melhor época para viajar e arrumar a mala!

Veja imagens lindas dos lugares com clima mediterrâneo na Europa, feitas pelo site oficial de turismo do continente:

Ficou com alguma dúvida sobre o clima da Europa? Para onde você quer ir? Deixe o seu comentário!

Até + !!!

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Rain Brinati

ESCRITO POR

Rain Brinati

Rain Brinati, 36 anos, é professora de idiomas e está engatinhando na realização de um de seus sonhos: se tornar escritora. É uma pessoa muito curiosa, que quer aprender sobre todas as coisas e curte muito papear longamente sobre qualquer assunto. Se interessa por tudo, de livros, arte e música a futebol, games e cerveja. She's into everything. Morou na Europa por mais de 10 anos. É apaixonada por viagens e dizem por aí que já rodou bastante. Ela não concorda e segue embarcando em novas aventuras.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Quando Ir

Saiba quando é melhor viajar para aproveitar ao máximo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#06
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#07
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#08
Icone
Principais Praias

Descubra quais são as praias mais incríveis para curtir o dia

#09
Icone
Roteiro de Trem

Conheça as principais rotas de trem para explorar destinos

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Quando Ir

Saiba quando é melhor viajar para aproveitar ao máximo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#06
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#07
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#08
Icone
Principais Praias

Descubra quais são as praias mais incríveis para curtir o dia

#09
Icone
Roteiro de Trem

Conheça as principais rotas de trem para explorar destinos

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *