Início / Hungria

Hungria

Vantagens de contratar seguro viagem internacionalO turismo na Hungria tem dois grandes atrativos para os viajantes: as belas paisagens e construções espalhadas pelo  país, com destaque para a vibrante capital húngara, Budapeste; e a história da formação da Hungria. O país é um dos mais antigos do Leste da Europa, tendo sido invadido por diversas vezes ao longo dos anos o que influenciou sua cultura e arquitetura.

Os primeiros habitantes da região foram os celtas em 1 mil A.C. mas, depois disso o país foi ocupado por romanos, hunos, eslavos, gépidas, ávaros, otomanos. Sua fronteira foi determinada, pela primeira vez em 1920, mas na Primeira Guerra Mundial estava do lado dos derrotados e perdeu 71% de seu território. Sob influência da União Soviética viveu o regime comunista até que, em 1989 tornou-se uma república parlamentar o que fez com que a economia do país só crescesse.

E, com economia em crescimento, também melhorou a estrutura turística que não para de crescer. Isso, aliado às belas paisagens do país, faz com que a Hungria seja um dos locais mais visitados do Leste Europeu. E com toda a razão. A Hungria é encantadora e vale a pena incluí-la em uma Eurotrip. Quer saber mais? Então leia este artigo e saiba tudo sobre o turismo na Hungria.

Planeje sua viagem => Hotéis em oferta na Hungria

Quanto custa o seguro viagem para a Europa? »

 

Turismo na Hungria

Turismo na Hungria
Budapeste, capital da Hungria.

Localizada no Leste Europeu, a Hungria faz fronteira com a Eslováquia, a Romênia, a Croácia, a Eslovênia e ainda a Áustria e a Ucrânia. Não há litoral no país. A língua oficial da Hungria é o complicado húngaro, mas nas regiões turísticas o inglês é muito falado também, e a moeda é o florím húngaro.

Por não ter voos direito do Brasil para a Hungria, muitos viajantes brasileiros optam por incluir o país em um roteiro de Eurotrip. É uma ideia boa e prática, sobretudo porque há rotas de trem e as estradas são muito boas, mas não deixe apenas um dia para visitar a Hungria, uma vez que há vários pontos turísticos espalhados pelo país que tem 93 mil km². Para turismo, brasileiros não precisam de visto, somente o passaporte válido.

A Hungria tem vários climas distintos: mediterrâneo, continental e atlântico. No geral, a maior parte do país é de clima continental. Isso quer dizer que, o inverno é bem frio e úmido e o verão é bem quente (e, por isso, a época mais lotada). Dessa forma, se possível, aproveita as estações de transição, como outono e primavera.

Além das informações gerais sobre o país que te ajudam a montar um roteiro de viagem, ressalto que a Hungria tem 8 atrativos turísticos na lista de Patrimônio da Humanidade da Unesco, como o bairro do Castelo de Buda e a Avenida Andrássy, a Vila de Hollókő, as Grutas Cársicas de Aggtelek, a Abadia Beneditina Milenar de Pannonhalma, entre outros.

Descubra => Melhores tours guiados na Hungria

 

O que fazer na Hungria

Budapeste

Pontos turísticos na Hungria
Castelo de Buda, em Budapeste.

A capital da Hungria é uma das cidades mais fascinantes e imponentes da Europa. Conhecida como “Pérola do Danúbio”, Budapeste tem diversos monumentos históricos fascinantes, prédios coloridos, igrejas góticas, castelos, cúpulas e estátuas.

Além do seu famoso rio Danúbio ser um cartão postal e tanto. É uma cidade absurdamente incrível. Experimente conhecê-la a bordo de um cruzeiro pelo rio Danubio.

Budapeste é divida pelo rio Danúbio em duas partes: Buda e Peste. Buda fica nas colinas, possui construções medievais e é mais tranquila. Peste fica na planície e é mais agitada, com seus restaurantes e hotéis. Neste artigo você poderá conhecer os principais pontos turísticos de Budapeste.

A lista conta com o Parlamento Húngaro, que é um dos cartões postais mais lindos da Europa; o Castelo de Buda; a Galeria Nacional Húngara e o Museu da História de Budapeste; a  Igreja Mathiasconstruída no século 13; o Mercado Central de Budapeste, que tem um edifício interessante construído em 1896.

Além da Ponte das Correntes que foi a primeira ponte a ligar Buda e Peste no século 19. E do Parque da Cidade onde estão localizado importantes lugares turísticos de Budapeste, como o Castelo Vajdahunyad, a Terma Széchenyi, o Zoológico e o Jardim Botânico. A cidade também tem o maior sistema de águas termais da Europa, sendo a mais famosa a Terma Szechenyi, veja um ingresso para o Spa de Szechenyi.

Programe-se => Passeios com guia em Budapeste

 

Outros destinos na Hungria

Dicas de viagem pela Hungria
Castelo Eszterháza, em Fertod.

Além de Budapeste, a Hungria tem outros destinos turísticos interessantes e muito bonitos. Vale muito a pena dar uma volta pelo país, passando por cidades do interior como Koszeg, perto da fronteira com a Áustria, Sopron, que tem um belíssimo centro antigos, entre outras.

Um dos pontos mais belos do país é o lago Ballaton, considerado do maior da região central da Europa. Ele está a cerca de 2 horas de Budapeste, em Balatonfüred, e é a maior atração do verão. Nessa estação, os húngaros e viajantes praticam diversos esportes aquáticos como vela, caiaque, pedalinho e até pesca. Inclusive, conheça uma excursão de Budapeste para o lago Ballaton.

Em Gyor há diversas construções em estilo barroco. Todas as construções do centro de Gyor seguem este estilo, assim como a Benedictine Church, que além da arquitetura chama a atenção pela pintura interna no teto. Há também a escultura de um homem no caiaque, a a Boatman.

Em Fertod, a principal atração é o Palácio Eszterháza, considerado o maior monumento rococó da Hungria.

Em Siklos há um castelo medieval construído no século XIII, o Siklos Castle, que conta um pouco da história da Hungria a partir da influência de cada povo que dominou o território – como contei um pouco no início do artigo -, além de exposições temáticas.

Na Vila de Hollókő vivia o povo mais antigo da área central da Europa, os palócs. Por sinal, você pode agendar uma visita a Vila de Hollókő na Hungria.

E a atração de Aggtelek são as Grutas Cársicas, que é o maior sistema de caverna da Europa Central.

Demais => Excursão para Gyor, Lébény e Pannonhalma na Hungria

 

Dicas de turismo na Hungria

Como citei no começo deste artigo, muitos viajantes incluem a Hungria na Eurotrip, mas como há muitos países no continente se organizar pode ser confuso. Por isso, veja o artigo com sugestão de roteiro de viagem na Europa de 7 até 30 dias pelo continente.

Reforço ainda que a Hungria é um país lindíssimo, desde a sua capital, Budapeste, passando por várias cidades do interior. Por isso, não deixe o país de fora da sua viagem pela Europa, vale muito a pena.

Caso você queira outras informações sobre o país, passa no site da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem (RBBV) e dá uma olhada no post índice da Hungria deles, que reúne artigos sobre a Hungria de vários blogueiros de viagem.

Já conhece a Hungria? Conte seus destinos favoritos no país. Ainda não conhece? Qual atrativo mais te interessou?

Até +!!

 

Leia os últimos artigos sobre a Hungria:

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!