Início / Volta ao Mundo / Conseguindo os vistos para uma viagem de volta ao mundo

Conseguindo os vistos para uma viagem de volta ao mundo

Planejar uma volta ao mundo não é tarefa fácil e requer bastante paciência e dedicação. Primeiro precisamos decidir quais os países iremos visitar. Depois se iremos comprar as passagens aéreas conforme o decorrer da viagem ou se optamos por uma tarifa de volta ao mundo. E por aí vai…quais vacinas preciso tomar??? Qual a mochila ideal para uma volta ao mundo??? O que preciso levar???

Outro fator que devemos ter totalmente esclarecido, com certeza mais importante que qualquer outra decisão, é saber detalhadamente quais os países que exigem visto de entrada para turistas brasileiros. Também é importante ter em mente, que muitos países permitem que viajantes cheguem em seus aeroportos internacionais, apenas se já tiverem uma passagem marcada para deixar o país.

Recomendo => Dicas para encontrar os melhores hotéis no Booking.com

As 10 principais dicas e segredos para acumular milhas aéreas

 

Como organizar e conseguir os vistos

Visto para uma volta ao mundo

Antes de viajar como turista para qualquer país do mundo é necessário verificar se existem acordos de reciprocidade com o Brasil. Para os países que possuem o acordo, basta viajar portando passaporte com validade superior a 6 meses. Caso contrário, é necessário solicitar um visto de turismo no consulado do país aqui no Brasil ou em alguma embaixada no exterior. Fique atento, pois cada país tem uma legislação diferente e permite a permanência do turista por determinado período.

Existem casos também onde os países exigem o visto, mas é facilmente conseguido mediante pagamento de uma taxa nos aeroportos ou fronteiras na entrada do país. Isso aconteceu em grande parte dos países que visitei, com taxas que variam de 10 a 50 dólares. É importante sempre ter fotos 3×4 e 5×7, além de dólares em espécie para evitar alguns perrengues de viagem.

 

Já sabe em quais países precisará de visto?

Além de comprar uma passagem de volta ao mundo, uma das principais dúvidas durante o planejamento de minha viagem, era como conseguir vistos de entrada para tantos países. Felizmente, é possível ter o visto aprovado para muitos países na própria imigração, na chegada ao aeroporto. Para toda a viagem, solicitei vistos antecipadamente apenas para Austrália e Estados Unidos.

* As regras para vistos de turismo podem ser mudar frequentemente, considerando que o Brasil tem ótimo relacionamento com todos os Países. O ideal é sempre consultar o consulado de cada país.


Fazendo sua reserva através dos links parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA TAXAS EXTRAS, e dessa forma monetizamos nosso trabalho. Se houver dúvida, leia as políticas do blog, ou deixe um comentário.

Planeje sua viagem => Dicas para encontrar os melhores hotéis no Booking.com

Aluguel de Carros | Passagens Aéreas | Passeios e Tours | Seguro de Viagem


Quando criei o projeto viagem de volta ao mundo em 365 posts sabia que a viagem seria o estalo para transformar toda a minha vida. Ainda não tive a noção exata da dimensão de tudo, mas já consigo ter uma boa ideia de como funciona a rotina de um viajante. Este é o 225º artigo, veja outras dicas de viagem que podem ajudar em seu planejamento:

Planejando para conseguir seus vistos de turismo? Ainda tem dúvidas? Gostaria de contar suas experiências?

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

Deixe suas dicas e comentários!

Até + !!!

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 35 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

11 Comentários

  1. Maria Eduarda Alves silva

    Olá Guilherme, vou fazer uma volta ao mundo no meu sabático e existem alguns países que eu gostaria de passar, na qual é necessário tirar o visto antes, daqui do Brasil…

    Estive vendo o da Australia, por exemplo, e eles pedem passagem de ida e volta, comprovantes de vínculos com o Brasil (para saberem que vc vai voltar)… Mas eu não sei quando vou chegar lá, e provavelmente decida a hospedagem quando estiver em paises perto dele… então queria saber isso… como vc fez para tirar o visto? vc ja tinha a data certinha de sua ida para australia e EUA?

    obrigada

    • Oi Maria Eduardo,

      Que delícia esse momento!

      Sobre o visto americano, não precisa informar uma data de entrada. O visto geralmente tem validade de 10 anos a partir da emissão.

      O visto da Austrália é diferente, tem um prazo de validade para entrar no país, se não me engano é 1 ano. Veja tudo no site do governo.

      Abraços

  2. Oi Guilherme!
    Tenho acompanhado seu blog e pretendo começar minha viagem agora no meio do ano.
    Pretendo começar pela América do Sul e terminar na Austrália. Fiquei com a seguinte dúvida em relação aos vistos… se o visto é válido por 90 dias, como faço pra tirar o visto australiano? Se eu tirar antes de começar a viagem, ele vai perder a validade antes de eu chegar perto do destino…

    • Oi Juliana,

      90 dias é o período de permanência, que começa a partir da data de entrada no país. Aconteceu o mesmo comigo para a Austrália 🙂

      É diferente do visto dos Eua, que tem validade de 10 anos, mas que permite o turista ficar lá 180 dias de cada vez.

      Abraços

  3. eduardo glitz

    Olá, estou programando minha volta ao mundo e vi que realmente são muitos países que necessitam visto, Australia, Taiwan, India, Egito, China, Camboja, Indonesia…todos eles voce sugere que eu v’sem visto e pegue na entrada?

    Obrigado

    • Oi Eduardo,

      Desculpe a demora em responder, estava com problemas no site.

      Desses que você citou, o único que precisei de visto antecipado foi Austrália, mas parece que agora o Egito também exige isso. Não tenho certeza, mas acredito que China e Taiwan também exigem.

      Abraços

  4. Diana V Real

    Olá, meu marido e eu começamos querendo um ano sabático, mas agora já pensamos em viajar por 2 a 3 anos, basicamente na Europa, com um motorhome. Não sei se vc teve experiência, pois não encontrei nada no seu site sobre o Tratado de Schengen, mas se souber adoraria sua opinião. Pelo que já lemos do Tratado temos direito de ficar apenas 90 dias por cada período de 180 dias. Para viajar mais tempo, teria que ficar 45 dias em algum dos países do Tratado, 90 dias em países que não são do tratado, como na Turquia, Croácia etc., e depois mais 45 dias em países que são do tratado, para aí sim ter direito a ficar mais 90 dias consecutivos, o que nos daria 135 dias direto nos países do Tratado e depois teríamos que sair novamente para outros países que não são parte do acordo e começar tudo novamente. Mas leio tanta gente postando que viaja o ano todo, ou que vira nômade… como fazem isso?… Pergunto: 1) Meu raciocínio está certo quanto aos prazos e períodos ditos? 2) É realmente difícil conseguir visto nos países para ficar mais tempo? 3) Para viajar por lá por muito mais tempo (pretendiamos ficar cerca de 2 meses EM CADA PAÍS) como seria a melhor alternativa? Agradeço antecipadamente sua atenção.

    • Oi Diana,

      O que eu sei é realmente sobre os 90 dias, mas infelizmente não tenho mais experiência sobre entrada e saída na Europa para indicar quais os procedimentos adequados. Os nômades viajam de acordo com o período de permanência dos vistos de turismo. Para conseguir ficar mais tempo, somente aplicando para visto de estudo ou trabalho.

      Acho que uma boa fonte de pesquisa é procurar quem fez volta ao mundo de carro.

      Boa sorte e boa viagem.

      Abraços

  5. Eu adoro o Preciso Viajar da Fernanda, mas como ela tem cidadania italiana o processo de vistos é bem mais fácil, então encontrei seu blog e gostei bastante, virei leitor. parabéns.

    • Oi Mateus,

      Também adoro o blog da Fernanda, além de ser minha amiga que encontro em alguns eventos de blogueiros.

      Sobre os vistos, por incrível que pareça nós brasileiros temos muita sorte e não tive grandes dificuldades, pois temos bom relacionamento com a grande maioria dos países.

      Abração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *