Trem na França: roteiro, passagens, distâncias e paradas lindas

Trem na França: roteiro, passagens, distâncias e paradas lindas

Imagem do Autor por Guilherme Tetamanti
Atualizado em:

Fazer um roteiro de trem na França pode ser uma ótima opção para visitar o país. Criar um roteiro é uma excelente ferramenta para explorar além da capital e descobrir lugares fantásticos espalhados por todo o território francês.

Viajar de trem possui algumas vantagens em relação aos demais meios de transporte como: maior conforto, são mais rápidos que ônibus e carro, viajar a noite significa economizar uma noite de hotel e você tem a possibilidade de admirar a paisagem durante a viagem.

Por outro lado, apresenta também alguns inconvenientes. Embora a malha ferroviária francesa seja bem grande, há certos lugares onde ela ainda não é desenvolvida, as viagens podem ser mais longas em relação ao avião e muitas vezes é necessário comprar as passagens com meses de antecedência para garantir um lugar na hora e no dia desejado.

Há alguns tipos de trem na França, como o TGV ou trem bala, Trem Expresso Regional (TER), Intercité de nuit, Thalys e Eurostar. Os veículos tem acesso a todos os cantos do país e é bem simples viajar com eles.

Se você tem interesse em montar um roteiro de trem na França, continue a leitura deste artigo, pois vou te dar alguns sugestões e dicas para sua viagem!

Planeje sua viagem => Onde se hospedar em Paris, ótimas opções

Tudo sobre seguro viagem para França »

Tipos de trem na França

trem frança tgv
Trem TGV é o mais popular na França.

O tipo de trem mais conhecido talvez seja o TGV – Train de Grande Vitesse ou trem de alta velocidade em português. Este veículo possuí trajetos que percorrem o país inteiro, alcançado todas as cidades da França mais bonitas.

Esse trem bala – como também é conhecido – oferece trajetos mais curtos pra longas distâncias; por exemplo, é possível ir de Paris à Bordeaux em apenas três horas.

Assim, viajar de trem pode ser considerado mais confortável que de ônibus e, muitas vezes, mais prático do que viajar de avião.

O TER – Trem Expresso Regional faz trajetos que ligam cidades vizinhas ou cidades de uma mesma região, logo os itinerários são mais curtos; ao contrário do TGV, para esse trem não é necessário reservar com antecedência.

Já o Intercité e o intercité de nuit são trens de média velocidade que percorrem distâncias médias. O diferencial dessa linha é a possibilidade de fazer viagens noturnas (entre 20 e 7 horas).

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom VIAJARMAIS15, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Além disso, é possível comprar um assento inclinável ou um beliche, para quem deseja dormir de forma mais confortável no trem.

dicas da França
Trem Intercité | Foto: Mohatatou, via Wikimedia Commons.

Os trens noturnos contam com áreas isoladas para viajantes individuais, amigos, casais ou famílias. Existe a possibilidade de comprar bilhetes que dão acesso a compartimentos reservados só para mulheres, para quem está viajando sozinha.

Os tipos de trem mais relevantes para o seu roteiro são os descritos acima; mas a título de curiosidade, destaco o Eurostar que é um trem de alta velocidade, ideal em relação a como ir de Paris a Londres, pois o trajeto dura apenas 2h30. Por sua vez o Thalys liga os países da Europa como França a Bélgica, Holanda e Alemanha.

Para um roteiro de trem dentro da França, existe a opção de comprar um passe pelo site da EURAIL, o One Country Pass.

Com ele, você tem a possibilidade de escolher uma quantidade de dias em um determinado espaço de tempo para utilizar o trem de maneira ilimitada e efetuar sua viagem.

CLIQUE AQUI para comprar sua passagem de trem na França »

Passagens de trem na França

comprar passagens trem sncf
Bilhete de trem na França | Foto: Tangopaso, via Wikimedia Commons.

Você pode adquirir seus bilhetes pela internet com antecedência ou diretamente nas gares, que são as estações de trem, diretamente nos guichês ou nas maquinas automáticas. Confira o passo a passo para comprar passagens de trem na Europa.

As passagens para o TGV começam a ser vendidas com alguns meses de antecedência e é sempre indicado compra-las antes, dessa forma é possível encontrar bilhetes mais baratos e garantir seu lugar no horário e no dia que você deseja.

Já no caso do TER, não é necessário reservar com antecedência visto o as passagens não são numeradas e logo, os assentos não são marcados. O ponto positivo é que esses trens geralmente são maiores e disponibilizam vários lugares.

Em relação ao Intercité noturno é possível escolher seu tipo de assento ou compartimento no ato da compra; estes bilhetes noturnos podem ser comprados com 3 meses de antecedência da data da viagem.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na França. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos – sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 
Bilhete de trem na França
Há opções de trem diurno e noturno.

Ao ter internet na França, você pode comprar suas passagens diretamente pelo site da SNCF, que é a Companhia Ferroviária Nacional Francesa.

Caso busque por passagens mais baratas, além de adquirir os bilhetes com antecedência, existem passagens de trem low-cost no site da OuiGo, que é uma instituição afiliada.

Essas passagens mais baratas normalmente são relativas a trens de baixa velocidade e mais velhos. Além disso, é necessário verificar a questão das malas, pois existe um limite de bagagem, que é controlado e ao exceder um certo limite é necessário pagar uma multa.

Uma dica valiosa para faz um roteiro de trem pela Europa, após a compostagem ou validação do seu bilhete na máquina, que é obrigatória, guarde seu bilhete com você.

Na hora que o fiscal aparecer para fazer o controle é só lhe mostrar a passagem com um documento de identidade; se você não o tiver em mãos, corre o risco de pagar uma grande multa.

Estações de trem na França

estação de trem na frança
Estação Gare du Nord em Paris.

As estações de trem na França contam com os mesmos serviços de base, o que muda é o tamanho de acordo com cada cidade. Na capital Paris, as gares são maiores, com mais opções de serviços, lojas e agências de câmbio.

Já nas cidades do interior você vai encontrar os guichês, as plataformas de embarque e uma maquina de snacks. Saiba como economizar ao viajar de trem pela Europa.

Uma dica legal aqui é: compre comida nos mercados ao invés de fazer isso nas estações ou dentro do trem, pois você vai economizar uma boa grana. E chegue sempre com antecedência de 30 minutos do embarque, assim você evita a correria desnecessária.

Por último, mas não menos importante, evite muita bagagem ou que elas estejam muito pesadas; por experiência própria, os trens não tem tanta estrutura para comportar muitas malas assim e é difícil até de subir no trem com as malas. Para evitar problemas, saiba como funciona o seguro bagagem.

Elas ficam num compartimento próximo a entrada dos vagões, então é sempre bom ficar de olho aberto, pois roubos acontecem. Malas menores podem viajar com você em compartimentos abaixo dos assentos.

Roteiro de trem de 7 dias na França

roteiro de trem paris
Dois dias são suficientes para conhecer os atrativos de Paris.

Fazer um roteiro de trem pela França, além de ser mais prático, proporciona a oportunidade de viajar longas distâncias em um tempo mais curto. Assim, com sete dias no país é possível conhecer muita coisa no hexágono francês.

O roteiro começa na capital francesa, uma vez que a maioria dos brasileiros desembarca na Cidade Luz; contudo, fique à vontade para mudar o itinerário caso você chegue em outra cidade. Os dois primeiros dias aproveite para conhecer os pontos mais turísticos de Paris.

Visite a Torre Eiffel, se você deseja subir até o segundo andar ou topo, compre seus ingressos para subir na Torre Eiffel com antecedência para enfrentar menos filas.

Conheça também a emblemática avenida Champs-Elysées, a Pont des Arts, o Rio Sena,  o bairro mais bucólico da cidade Montmartre e a Basílica de Sacré Couer, onde você terá uma vista linda da cidade.

 
Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a America Chip, você ganha 10% de desconto com o cupom QUEROVIAJARMAIS para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão 4G de ALTA VELOCIDADE em diversos países. Conheça as vantagens:

  • Receber o chip na sua casa ainda no Brasi;
  • A configuração do chip é extremamente fácil;
  • Os planos têm excelente custo-benefício, com preços a partir de USD 31,00;
  • Muita economia, porque você contrata apenas os dias que for usar;
  • O pagamento pode ser parcelado em até 6x, com IOF de apenas 0,38%;
  • É sem dúvida a opção mais fácil, prática e segura para ter a melhor internet 4G;
  • Já falei internet ilimitada? 😉
 

Conhecer o máximo possível de Paris em dois dias não é tarefa fácil, pois existem muitos atrativos, monumentos, jardins, museus e uma lista infinita de opções para todos os gostos.

Sugiro que você escolha seus programas na capital, primeiramente em função dos seus interesses, mas também em função da época em que você está viajando.

Se você for na primavera ou verão, conhecer os melhores parques de Paris e o Jardim de Luxemburgo é um programa imperdível.

Caso sua viagem esteja programada para o outono ou para visitar Paris no inverno, conheça os museus do Louvre, D’Orsay e Rodin; além lugares fechados como galerias, centro culturais pode ser uma ótima ideia pra fugir do frio parisiense.

Minha dica é adquirir o Museum Pass, onde você terá descontos para conhecer cada um deles em até 6 dias.

mont saint michel frança
Mont Saint-Michel fica a 361 km de Paris.

Passados esses dois dias em Paris a segunda parada será nos passeios no Mont Saint-Michel, que é uma das atrações mais visitadas da França; trata-se de uma ilha rochosa erguida, onde foi construído um santuário para homenagear São Miguel Arcanjo.

Além de apreciar a paisagem incrível, existe a possibilidade de visitar a abadia e se deliciar com a gastronomia local. Se quiser evitar multidões, evite dias em que eventos religiosos estejam programados. Saiba como chegar no Mont Saint-Michel.

O próximo passo é pegar o trem em direção à Saint Malo, que é uma das maiores cidades portuárias da Bretanha, situada no extremo noroeste da França. Essa é uma cidade calma, pra relaxar depois dos dois primeiros dias agitados em Paris.

Nela você vai poder fazer uma caminhada pela praia, fazer compras e aproveitar para conhecer a talassoterapia, que utiliza da água do mar para trazer benefícios ao corpo de uma forma geral. A talassoterapia é um carro-chefe do turismo na cidade e atrai vários turistas.

Em seguida, para o quarto dia deste roteiro o objetivo é ir em direção as cidades do sul da França e, para começar bem, a próxima parada é Bordeaux.

Uma das cidades mais visitadas da França, ela é conhecida pelos seus vinhos; há um vasto patrimônio cultural e ambiental a ser explorado na cidade.

A arquitetura de Bordeaux, que lembra um pouco Paris, merece atenção é um atrativo turístico por si só. E se você curte a agitação há vários clubes, bares e cassino para curtir a noite bordelaise.

o que fazer em Toulouse
Arquitetura é um dos destaques ao visitar Toulouse, que fica a 680 km de Paris.

No quinto dia a penúltima cidade deste roteiro é a Ville Rose, Toulouse. Agitada, jovem, histórica e estudantil Toulouse é uma cidade vibrante que conserva muita história e está em pleno crescimento, sendo a quarta cidade mais populosa da França.

Pela Cidade Rosa, que ganha esse nome pelas suas construções com tijolos cor-de-rosa, você pode caminhar nas margens do Rio Garonne e pelo Jardim do Grand-Rond. Para conhecer um pouco da história local, visite a Praça do Capitole e a Basílica do Saint-Sernin.

Toulouse é uma cidade que vive, principalmente a noite; se você gosta de balada, você estará no lugar certo! A rua Jean Jaurès é uma rua repleta de bares e restaurantes, ideal para aproveitar a noite e conhecer locais.

A última parada desse roteiro de 7 dias será conhecer os pontos turísticos mais lindos de Lyon. Além de degustar alguns dos pratos tradicionais na capital gastronômica da França, você não pode deixar de conhecer o Vieux-Lyon e a Colina Fourvière.

Além disso, a cidade possui mais de 230 monumentos classificados como patrimônio histórico e só de caminhar pela cidade para observá-los já é um programa turístico bem interessante. Dessa forma, o roteiro de 7 dias na França fica assim:

  • Dia 1 e 2: Paris
  • Dia 3: Mont Saint Michel, Saint Malo
  • Dia 4: Bordeaux
  • Dia 5: Toulouse
  • Dia 6: Lyon
  • Dia 7: Retorno à Paris

Roteiro de trem de 10 dias na França

Pontos turísticos de Montpellier
Place de la Comédie em Montpellier | Foto: Fritz Geller-Grimm, via Wikimedia Commons.

Com 10 dias na França, é possível acrescentar mais cidades ao roteiro e explorar mais o país. Por outro lado, se seu objetivo é conhecer mais a fundo cada cidade, você pode simplesmente aumentar seus dias de estadia em cada destino.

Tendo como base o roteiro de 7 dias, repetiremos as primeiras paradas, acrescentando mais duas cidades do sul. Após sua visita a Toulouse pegue o trem com destino à Montpellier, uma cidade repleta de pessoas vindas de vários lugares do mundo.

Muitos a escolhem para trabalhar, estudar e morar na França; logo, o que você vai perceber de cara é que Montpellier respira diversidade e apresenta um mix de culturas diferentes.

Trem em Toulouse
Toulouse.

Você vai encontrar o centro da cidade que possui uma história milenar, ruas medievais e preservadas e bairros modernos que combinam com edifícios assinados por arquitetos famosos.

Não deixe de visitar o Museu Fabre e o Museu Languedocien, se você é um amante de história.

Montpellier é também um centro importante de compras e pra quem quer conhecer esse lado da cidade, não pode deixar de visitar os shoppings Polygone e o Odysseum; no centro histórico há diversas lojas independentes que atraem muitos turistas.

A segunda cidade sugerida para este roteiro é Marselha, famosa pelo seu antigo porto e é considerada a cidade mais antiga da França.

Entre algumas das coisas que você não pode deixar de fazer, além de pegar um sol na praia, é uma visita ao seu centro histórico, aos Calanques, ao Vieux Port ou porto velho e aos monumentos do Second Empire.

Depois da sua visita a Marselha sugiro que, diferentemente do roteiro de 7 dias, você passe dois dias em Lyon, pois há muito o que conhecer e explorar na capital gastronômica da França. Dessa forma o roteiro de 10 dias na França fica assim:

  • Dia 1 e 2: Paris
  • Dia 3 : Mont Saint Michel, Saint Malo
  • Dia 4: Bordeaux
  • Dia 5: Toulouse
  • Dia 6: Montpellier
  • Dia 7: Marselha
  • Dia 8,9: Lyon
  • Dia 10: Retorno à Paris

Roteiro de trem de 15 dias na França

cidades da riviera francesa
Nice é uma das cidades litorâneas mais bonitas da França.

Com um roteiro de 15 dias, é possível ser mais abrangente e visitar ainda mais cidades.

Contudo, ressalto que é importante saber quais são seus objetivos com o roteiro de trem: se é conhecer mais cidades ou viajar menos e aproveitar o máximo que cada uma pode oferecer.

Seguindo como base os roteiros anteriores, além de aumentar um dia de estadia na charmosa Bordeaux e para saborear as comidas típicas da França em Lyon, que vale muito a pena quando você tem mais tempo, incluo três novas cidades para explorar em solo francês.

Depois de um dia em Marselha, que tal explorar a Riviera Francesa? Então, a próxima parada é Nice, que se destaca entre as cidades da Côte d’Azur e fica localizada a 30 quilômetros da fronteira italiana; é um destino popular entre os turistas que visitam o sul da França.

Você vai se apaixonar pelas ruas pitorescas da cidade, pelo Vieux Nice, pelo mercado das flores e frutas, pela linda avenida beira-mar Promenade des Anglais e, claro, pelas suas praias. Nice é agitada, ensolarada e cheia de história para contar.

dicas da frança
Dijon | Foto: Christophe.Finot, via Wikimedia Commons.

Depois de passar dois dias descobrindo um pouco da Riviera Francesa, é hora de pegar o trem em direção a Lyon. Igualmente ao roteiro anterior. Em seguida, pegue um trem para Clermond-Ferrand.

Situada aos pés da Falha de Limagne e da Chaîne des Puy, Clermond-Ferrand possui paisagens naturais de tirar o fôlego.

Além de um centro histórico com a arquitetura medieval e renascentista, a cidade possui uma enorme gama de atividades de lazer e entretenimento que chamam a atenção dos turistas.

A última cidade do roteiro antes do retorno a Paris é Dijon. Entre os edifícios da Idade Média e espaços modernos e verdes, é cheia de charme.

Famosa pela sua mostarda, ela tem outras especialidades culinárias como trufas, gougères e o famoso e delicioso bœuf bourguignon; recomendo fazer tour Vinhos da Borgonha. O resumo do roteiro de 15 dias fica assim:

  • Dia 1 e 2: Paris
  • Dia 3 : Mont Saint Michel, Saint Malo
  • Dia 4 e 5: Bordeaux
  • Dia 6: Toulouse
  • Dia 7: Montpellier
  • Dia 8: Marseille
  • Dia 9 e 10: Nice
  • Dia 10 e 11: Lyon
  • Dia 12: Clermond-Ferrand
  • Dia 13 e 14: Dijon
  • Dia 15: Retorno à Paris

Saiba utilizar o trem na França

Viajar de trem pela França é muito fácil e prático. Com uma malha ferroviária abrangente é possível conhecer o país de norte a sul.

A França é um país relativamente pequeno geograficamente, se comparado ao Brasil, mas que é extremamente rico de atrativos turísticos e cidades maravilhosas para descobrir.

Neste artigo, sugeri alguns roteiros de trem na França, que foram baseados nas proximidades das cidades e, claro, destacando algumas das mais visitadas do país. Contudo, fique à vontade para acrescentar ou modificar os destinos da forma que você desejar.

O objetivo destes roteiros foi abranger um número maior de cidades, aproveitando a facilidade e o tempo reduzido das viagens de trem para conhecer o maior número de destinos.

Recomendo também o artigo mapa da França, onde você irá se situar melhor sobre cada região turística.

Espero que as dicas e as sugestões de roteiros possam te auxiliar na criação do seu próprio roteiro e no planejamento da sua viagem.

E você, pretende fazer um roteiro de trem na França? Já viajou assim e tem alguma dica para compartilhar? Deixe sua resposta nos comentários!

Dicas para ECONOMIZAR MUITO na França

Quer dicas para economizar com todo o planejamento da viagem para a França? Então confira quais são os melhores comparadores de preços para sua viagem sair muito mais barata!

  • Hospedagem => recomendo utilizar o buscador de hotéis na França para encontrar preços – geralmente mais baixos – dos melhores hotéis. É mais econômico devido a negociação em massa feita com as propriedades, além da segurança para reservar online!
  • Aluguel de Carro => ao fazer a pesquisa no comparador de aluguel de carro, você recebe instantâneamente cotações da melhores locadoras de veículos da França. O pagamento pode ser feito em até 12x sem juros, em reais e com isenção do IOF de 6,38%.
  • Passagens Aéreas => para economizar tempo e dinheiro na compra dos voos para a França, a dica é usar a ferramenta de pesquisa de passagens para você não precisar entrar no site de cada companhia, além de ter a certeza que está comprando em um dos sites mais seguros do Brasil.
  • Transfer do Aeroporto para o Hotel => nada melhor do que chegar no aeroporto e haver alguém nos esperando para levar até o hotel na França. Para ter esse conforto – sem gastar muito – indico o pesquisador de transfers para você escolher a melhor opção de trajeto e tipo de carro.
  • Viagens de Trem, Ônibus e Ferry Boat => é muito prático e fácil viajar de trem pela França, e por toda a Europa. Muitas vezes mais rápido, pois não se perde tempo com embarque e check-in. Minha dica para achar as melhores passagens – e mais baratas – é utilizar o buscador de tickets de trem. A ferramenta também busca bilhetes de ônibus e para travessias de balsa.

Melhores passeios na França

O ideal é reservar com antecedência os ingressos para seus passeios na França, para evitar filas de espera na entrada das atrações e garantir presença em atividades mais concorridas, pois elas podem ficar indisponíveis para compra de última hora.

Recomendo os sites da Get Your Guide e Civitatis, que oferecem os preços mais baixos, cancelamento gratuito até 48hs antes da data agendada e bilhetes otimizados para celular. Além de atendimento disponível 24/7 em português.

Chip de internet na França

Ter um chip de celular na França com internet 100% do tempo é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a America Chip, você ganha 10% de desconto com o cupom QUEROVIAJARMAIS para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão 4G de ALTA VELOCIDADE durante sua viagem na França.

Seguro viagem na França

Contratar um seguro viagem para a França é essencial para sua segurança no exterior, além de ser um requisito para entrar nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen, com cobertura médico-hospitalar de pelo menos 30 mil euros.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom VIAJARMAIS15.

CATEGORIAS
COMPARTILHE
Imagem do Autor
ESCRITO POR
ESCRITO POR
Guilherme Tetamanti

Paulistano de 40 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quero Viajar Mais