Cicloturismo no Vale Europeu: guia completo do circuito

por Mariana Fernandes

Cicloturismo no Vale Europeu: guia completo do circuito

Fazer cicloturismo no Vale Europeu é uma das melhores formas de conhecer as belezas naturais do estado de Santa Catarina, além de ser uma experiência inesquecível. Se você gosta de esportes de aventura e passeio de bike, este circuito será perfeito para sua próxima viagem!

Como sou nascida e moro nesta região, me sinto à vontade para recomendar este roteiro o ano todo; afinal, diferentemente das praias (mais bacanas no verão) e da serra catarinense (cobiçada no inverno), o circuito do Vale Europeu pode ser visitado em qualquer época.

Assim, o turista nunca fica entediado quando viaja para a região, que além das belezas proporcionadas pela natureza ainda possui estrutura e todo o charme da cultura europeia, refletida na culinária, nas festas, nos costumes e, principalmente, na arquitetura.

Essa parte de Santa Catarina é bastante famosa por suas trilhas e rotas. Inclusive, é o primeiro circuito brasileiro feito especialmente para ser percorrido de bicicleta Por isso, para os viajantes que gostam de pedalar, o mapa do circuito Vale Europeu é o cenário perfeito para uma aventura inesquecível!

Quer conferir dicas para planejar essa viagem e também descobrir qual a melhor época para visitar cada cidade? Neste artigo, trago tudo o que precisa saber sobre o cicloturismo no Vale Europeu: quanto custa, o que fazer em cada dia, onde se hospedar e onde comer durante a viagem.

Então, continue acompanhando este artigo, confira todas as dicas e monte sua planilha do circuito Vale Europeu de bike para a viagem. Boa leitura!

Planeje sua viagem => Onde ficar no Vale Europeu

Seguro viagem para viajar no Brasil »

 

O que é e onde fica o Vale Europeu?

*Vídeo oficial da Santur SC

O vale Europeu é uma região de Santa Catarina localizada ao noroeste da capital do estado, Florianópolis. Para conhecer melhor a região, veja este artigo com o mapa do Vale Europeu.

A região recebeu este nome pelo fato de ter sido colonizada por povos europeus, especialmente alemães e italianos, que até hoje possuem suas raízes e costumes preservados em cada canto destas cidades.

Ao todo, são 15 cidades que compõem a região, sendo que cada uma delas possui ao menos um tipo de turismo que atraí muitos viajantes.

Como muitos destes municípios apresentam o cenário perfeito para se aventurar e curtir a natureza, foi criado o Cicloturismo no Vale Europeu, para que os turistas possam conhecer os pontos turísticos em passeios fantásticos de bicicleta.

Dentre as cidades do Vale Europeu que fazem parte do cicloturismo, Pomerode é a que mais recebe turistas e possui maior infraestrutura hoteleira e comercial para os viajantes, por isso é uma base para o seu roteiro no Vale Europeu.

Para chegar à região, você pode viajar de avião até Florianópolis e depois alugar um carro mais barato em Santa Catarina e seguir viagem levando sua bike, claro.

CLIQUE AQUI para adquirir pacote de viagem para Santa Catarina »

 

Cidades para Cicloturismo no Vale Europeu

  1. Timbó
  2. Pomerode
  3. Indaial
  4. Rodeio
  5. Ascurra
  6. Doutor Pedrinho
  7. Rio dos Cedros
  8. Apiúna
  9. Benedito Novo

 

Cicloturismo no Vale Europeu: como fazer

Cicloturismo Vale Europeu quanto custa
Roteiro de cicloturismo foi criado em 2006.

O passeio começa em Timbó, no restaurante Thapyoka, mesmo local em que o interessado deve fazer sua inscrição. O ciclista paga a taxa, ganha um mapa do trajeto, planilha detalhada e um guia com orientações técnicas.

Quem finaliza a rota ganha um certificado de conclusão, mas é preciso apresentar os carimbos que podem ser obtidos em estabelecimentos dentro da rota. Este trajeto é circular, pois começa e acaba no mesmo lugar.

Trata-se do primeiro roteiro brasileiro planejado especialmente para o cicloturismo surgiu em 2006 e inclui 350 quilômetros de estradas de terra próprias para passeio. Essas estradas atravessam cidadezinhas do Circuito do Vale Europeu, que existem desde a colonização europeia.

A maior parte dessas cidades possui traços estrangeiros, principalmente germânicos, que podem ser notados na arquitetura e na gastronomia. O roteiro no Vale Europeu foi criado para que a cultura de contato com a natureza fosse incentivada na região e atraísse turistas de todas as partes do Brasil.

Por isso, tudo é muito bem organizado: existem pontos de apoio, hospedagens e restaurantes; tudo para que o viajante se sinta amparado durante todo o tempo. Mas, para quem gosta da sensação de solidão e liberdade, há trechos do caminho em que você pode se sentir como se estivesse sozinho em meio à natureza.

Quem faz essa rota se surpreende com a quantidade de nascentes, cachoeiras, rios e riachos. Além disso, é importante dizer que há sinalização em toda parte. Logo, mesmo os mais inexperientes saberão se localizar. Esse tipo de caminho é chamado de self-guided (auto-guiado).

 

Onde pedalar em Santa Catarina?

Ciclismo em Santa Catarina
Aproveite o circuito para conehcer Pomerode | Foto: Marinelson Almeida, via Wikimedia Commons.

Nove municípios, conveniados ao Clube de Cicloturismo do Brasil, fazem parte dessa rota: Timbó, Pomerode, Indaial, Ascurra, Rodeio, Dr. Pedrinho, Rio dos Cedros, Benedito Novo e Apiúna. O roteiro oficial indica que o ciclista faça o passeio em sete dias, pedalando cerca de 50 km por dia.

Assim, a média é de um dia de pedalada por cidade. Mas, nem todos fazem o roteiro completo ou conseguem finalizá-lo no cronograma. Tudo varia do tempo e da disposição do ciclista. Saindo de Timbó, os pedais seguem viagem para Pomerode, Indaial, Ascurra, Apiúna, Rodeio e Benedito Novo.

Depois seguem para Dr. Pedrinho, Rio dos Cedros (Altos Cedros e Palmeiras) e voltam para Timbó. Mesmo que você faça o roteiro por puro lazer, não se engane: é preciso preparo físico. O percurso pode ser dividido em parte alta e baixa, sendo que alguns ciclistas optam por fazer apenas um trecho do roteiro.

Ao invés dos 350 km em sete dias, a parte baixa pode ser percorrida em três dias, e a alta, que parte de Rodeio, em quatro. Se você tiver mais tempo, depois de pedalar no circuito faça alguns dos melhores passeios em Santa Catarina.

 

Cicloturismo Vale Europeu: quanto custa

Circuito Vale Europeu 2018
Faça o planejamento correto para aproveitar ao máximo esta experiência.

Isso vai depender da maneira que você deseja realizar o percurso. Para fazer o circuito de forma individual, a taxa de inscrição para o cicloturismo no Vale Europeu é de 16 reais.

Outra alternativa é fazer o passeio através de uma agência local, onde você pode alugar uma bicicleta e fará os trechos todos em grupo. As empresas mais famosas que organizam este percurso são a Biketour Vale Europeu e a ViaPedal.

 

Roteiro de Cicloturismo no Vale Europeu

vale europeu sc mapa
Mapa da área de cicloturismo no Vale Europeu | Foto: Site oficial.
  • 1º Dia: de Timbó a Pomerode
  • 2º Dia: de Pomerode a Indaial
  • 3º Dia: de Indaial a Rodeio
  • 4º Dia: de Rodeio a Doutor Pedrinho
  • 5º Dia: de Doutor Pedrinho a Altos Cedros
  • 6º Dia: de Altos Cedros a Palmeiras
  • 7º Dia: de Palmeiras a Timbó

De acordo com as indicações do site do Cicloturismo, o passeio começa na cidade de Timbó e dura sete dias. Veja agora como funciona o roteiro de cicloturismo no Vale Europeu a cada dia.

Importante: o nível de dificuldade física e técnica é medido de 1 a 5 pela organização, sendo que quanto maior a numeração, mais habilidades para condução da bicicleta e condicionamento físico é exigido para percorrê-lo. Caso seja inexperiente, opte somente pela parte baixa do percurso.

 

   

1º dia: de Timbó a Pomerode

vale europeu de bike santa catarina
Circuito de Timbó a Pomerode é cercado de muita natureza | Foto: Prefeitura de Pomerode.

De Timbó a Pomerode, o ciclista passa neste primeiro dia por uma pequena estrada de terra que cruza a cidade de Rio dos Cedros para então subir um grande morro, antes do Rio Ada. Apesar de cansativo, o visual da Mata Atlântica é espetacular.

Na sua planilha, preste atenção que no Rio Ada existem bifurcações. A ascensão máxima do circuito é de 510 metros.

Aproveite o caminho para observar a Rota Enxaimel e suas construções típicas alemãs. E, quando chegar na cidade, aproveite os mais badalados pontos turísticos de Pomerode, como a Casa do Imigrante, o Museu Pomerano e a Vila Encantada.

  • Extensão: 45 km.
  • Dificuldade física: 3.
  • Dificuldade técnica: 2.

 

2º dia: de Pomerode a Indaial

cicloturismo em Indaial
Mirante de Carijós é uma das paradas do percurso | Foto: Turismo de Indaial.

Neste segundo dia, o caminho é bastante povoado e cheio de belas paisagens e jardins você conhecerá os bairros de Wunderwald em Pomerode e Mulde em Timbó. Ao longo da subida, as casas dão lugar aos riachos, pássaros e diversas árvores.

O percurso de Pomerode a Indaial conta com duas subidas longas, mas que são mais leves do que o morro do primeiro dia. A ascensão máxima que o trajeto chega é de 520 metros.

Caso queira explorar melhor o trajeto, tem a possibilidade de subir até o Morro Azul, um dos pontos turísticos mais bonitos da região; porém saiba que terá pela  frente uma subida, além de precisar deixar a bicicleta e subir um trecho a pé.

Inclusive, é possível fazer um camping selvagem no topo, que vale muito a pena. Os pontos turísticos de Indaial inclusos nesta rota são: Mirante de Carijós, Avenida Beira-rio e a Ponte dos Arcos.

A recomendação é ter atenção aos pontos de encontro das estradas de terra com o asfalto, evitando acidentes. O primeiro deles é um trecho de 1 km, que liga Pomerode à BR-470; o outro fica no momento de cruzamento da 470, sempre muito movimentada.

  • Extensão: 40,1 km.
  • Dificuldade física: 3.
  • Dificuldade técnica: 2.

3º dia: de Indaial a Rodeio

cicloturismo em rodeio
Aprecie a bela Cascatas o Salto no trajeto | Foto: Turismo de Rodeio.

De Indaial a Rodeio, você passará pela parte mais baixa e tranquila de todo o circuito; o caminho é plano e vai beirando o rio Itajaí-Açú, com muitas pontes e arcos em Indaial, até cruzar novamente a BR-470 e chegar a Ascurra, e logo depois, Rodeio.

É importante ressaltar que não é obrigatório fazer o cruzamento destas pontes para permanecer no circuito; porém recomendo que as atravesse, pois é muito mais emocionante. A ascensão máxima deste circuito é de 170 metros.

No trecho até Ascurra que passa pela BR-470 tome cuidado novamente, pois trata-se de uma estrada com histórico em acidentes.

Os atrativos de Indaial que você conhecerá neste dia são: Região Histórica do Warnow, Igreja Evangélica Luterana (única em estilo enxaimel do Brasil), Ponte Pênsil e a ponte coberta de madeira.

Já os pontos turísticos de Rodeio que você passará ao fazer este trajeto são: Vinícola San Michele, Cascata O Salto, Caminho dos Anjos, Capela Nossa Senhora de Lourdes, Eremitério Beato Egídio de Assis e a tirolesa no Big Mountain Adventure Park.

A parte baixa do circuito termina aqui; são mais 16 km no caminho de volta para Timbó, pelo asfalto com acostamento.

  • Extensão: 26,9 km.
  • Dificuldade física: 1.
  • Dificuldade técnica: 2.

 

4º dia: de Rodeio a Doutor Pedrinho

Circuito Vale Europeu 2019
No quarto dia começa a parte alta do cicloturismo no vale Europeu.

De Rodeio a Dr Pedrinho, tem início a parte alta do trajeto. Apesar de não ser regra, esse trecho do percurso é mais indicado para quem tem um melhor preparo físico ou já é habituado a pedalar.

Trata-se da parte mais alta de todo o percurso, com 8 km de subida! A ascensão máxima que este trajeto chega é de 1.120 metros.

Mas, apesar de difícil, o caminho tem sombra e pontos de parada para descanso, como acontece no meio da subida, onde é possível se recuperar para seguir na estrada de frente para o caminho dos anjos; depois disso, a estrada segue plana com alternância de caminhos retos e outras subidas.

Dentre os pontos turísticos de Doutor Pedrinho que você encontrará neste percurso, o grande destaque é para a Cachoeira do Zinco, onde é necessário fazer um desvio para conhecê-la; é importante saber entretanto, que são 16 km a mais de trajeto, contando ida e volta.

  • Extensão: 41,1 km.
  • Dificuldade física: 5.
  • Dificuldade técnica: 2.

 

5º dia: de Doutor Pedrinho a Altos Cedros

cicloturismo em rio dos cedros
Visual deste percurso é simplesmente deslumbrante | Foto: Turismo de Rio dos Cedros.

O quinto dia tem o trajeto de Dr Pedrinho a Altos Cedros, um caminho super isolado e até mesmo com pouca sombra. São várias subidas, curtas, mas que cansam tanto como a do dia anterior; inicie o trajeto o mais cedo possível para aproveitar melhor o caminho.

Lembre-se de levar comida e hidrate-se, pois no final do percurso, haverá uma represa e uma estrada mais plana. A ascensão máxima do percurso é de 860 metros, sendo outra parte alta do circuito.

Ainda em Doutor Pedrinho, conheça a Cachoeira Véu de Noiva, que para conhecer você terá que caminhar por 20 minutos.

No caminho até de Rio dos Cedros, você passará por diversas casas e fazendas isoladas, por araucárias, e por uma represa; fique apenas atento pois no final do dia você irá se deparar com um trecho de grade circulação de veículos.

  • Extensão: 40 km.
  • Dificuldade física: 4.
  • Dificuldade técnica: 2.

 

   

6º dia: de Altos Cedros a Palmeiras

cicloturismo vale europeu cachoeiras
Trajeto até Palmeira é um dos mais bonitos de toda Santa Catarina | Foto: Site oficial.

De Altos Cedros a Palmeiras é a parte mais bonita de todo o caminho, que também é isolado e com pouca sombra. Mais uma vez: lembre-se de se manter hidratado e alimentado!

Neste terceiro dia, siga rumo a uma paisagem maravilhosa, rica em área verde, rochas e que conta com duas represas; após passar por elas a subida começa, com o tapete verde da Mata Atlântica embelezando o local.

O ponto mais alto deste trajeto é de 840 metros. O caminho final desse percurso tem um fluxo de carros que pode ser alto, principalmente na alta temporada e durante os feriados prolongados.

  • Extensão: 41 km.
  • Dificuldade física: 4.
  • Dificuldade técnica: 2.

 

7º dia: de Palmeiras a Timbó

Circuito do Vale Europeu Timbó - SC
Circuito completo começa e termina em Timbó, em uma paisagem exuberante.

De Palmeiras a Timbó, cidade onde se inicia o percurso, as paisagens mais habitadas voltam a fazer parte do cenário no último dia; mas ainda há riachos e mata em abundância no trajeto. Se antes as subidas eram exaustivas, agora as descidas são revigorantes!

Tudo isso para preparar o ciclista para a última, e talvez mais forte subida do percurso, em Rio Cunha, após Cedro Alto. A ascensão máxima do circuito é de 670 metros.

Depois de passar por ela e atravessar Benedito Novo, você deve alcançar a estrada que liga Rodeio a Timbó, para então chegar ao final deste incrível percurso.

  • Extensão: 53 km.
  • Dificuldade física: 3.
  • Dificuldade técnica: 2.

 

Onde se hospedar no Vale Europeu

Tour de bike no Brasil
Pomerode tem boas opções de hospedagem, como a Pousada Casarão Schmidt | Foto: Booking.

Opções não faltam na hora de escolher onde ficar no Vale Europeu para fazer o roteiro de cicloturismo da região. Como são diversas cidades que fazem parte desse roteiro, deixo aqui indicadas as mais bem avaliadas pelo Booking. Veja sugestão de cidades para ficar:

  • Ascurra: o Nona Rosina conta com jardim e wi-fi gratuito, todas as unidades do Nona Rosina dispõem de ar-condicionado e TV de tela plana. Há também um lounge compartilhado na propriedade, e você pode andar de bicicleta nas proximidades. Classificação: 9,4 | Fantástico. Veja outras opções entre os hotéis em Ascurra.
  • Benedito Novo: a Pousada Borboleta oferece bicicletas gratuitas, uma linda vista para o jardim, lounge compartilhado e wi-fi gratuito. Esta propriedade dispõe de cozinha compartilhada e churrasqueira, além de ter quartos com ar-condicionado e mesa de trabalho. Um buffet de café da manhã é servido diariamente e há uma variedade de atividades disponíveis na área ao redor da acomodação, incluindo ciclismo e pesca. Classificação: 9,6 | Excepcional. Veja outros hotéis em Benedito Novo.
  • Indaial: o Hotel Romer oferece quartos com ar-condicionado, wi-fi gratuito e recepção 24 horas, além de depósito para bagagem e buffet diário de café da manhã. No hotel, todos os quartos estão equipados com guarda-roupa, TV de tela plana e banheiro privativo. Classificação: 9,3 | Fantástico. Dicas de hotéis em Indaial.
  • Pomerode: a Pousada Casarão Schmidt tem um jardim e oferece serviço de concierge e piscina ao ar livre. Além disso, a acomodação tem recepção 24 horas por dia, serviço de traslado, cozinha compartilhada e wi-fi gratuito. Na pousada, os quartos têm TV, banheiro privativo, ar-condicionado. Um café da manhã continental é servido todas as manhãs na acomodação, que também oferece um parquinho infantil. Classificação: 9,5 | Excepcional. Veja mais hotéis em Pomerode.
Cicloturismo em Santa Catarina
Pousada Eco Locanda Tirolese, em Timbó, é uma ótima dica de “base”para o trajeto | Foto: Booking.
  • Rio dos Cedros: a Pousada LindnerHof oferece bicicletas gratuitas, jardim, bar e lounge. Também possui restaurante e um terraço ao ar livre, karaokê, wi-fi gratuito, e os quartos incluem TV, banheiro privativo e varanda. Você pode aproveitar um buffet de café da manhã e se divertir jogando bilhar e dardos. A pousada é um local famoso para trilhas a pé e mergulho. Classificação: 8,9 | Fabuloso. Veja hotéis baratos em Rio dos Cedros.
  • Rodeio: uma opção é o Cama Café Stolf, que dispõe de piscina e wi-fi gratuito. Todas as unidades tem ar-condicionado e TV, banheiro privativo com sabonetes e shampoos gratuitos. Você poderá desfrutar de um buffet de café da manhã e também relaxar no lounge. Classificação: 9,7 | Excepcional. Mais opções de hotéis em Rodeio.
  • Timbó: o Eco Locanda Tirolese oferece bicicletas gratuitas, piscina, jardim e bar. Com lounge compartilhado e parquinho infantil, os quartos do Eco tem ar-condicionado, vista para o jardim, guarda-roupa e wi-fi gratuito. Você pode desfrutar de um buffet de café da manhã, mesa de bilhar, pingue-pongue e fazer trilhas a pé ou de bicicleta. Classificação: 9,9 | Excepcional. Veja mais hotéis em Timbó.

 

Dicas de restaurantes e onde comer

Comida Santa Catarina
Há bons restaurantes no circuito de cicloturismo do Vale Europeu.

Existem diversas possibilidades para você se alimentar durante o trajeto por todas as cidades que compõem o circuito de cicloturismo no Vale Europeu, que trazem o melhor das comidas típicas locais e contam com um sabor fabuloso; afinal é importante comer bem para ter energia durantes os percursos.

Para te ajudar a se alimentar bem durante o circuito, confira abaixo uma dica de bom restaurante em cada cidade e bom apetite!

  • Timbó | Thapyoka: trata-se uma choperia e restaurante, que apresenta no cardápio carnes nobres deliciosas e, claro, especialidades da gastronomia alemã. Endereço: Av. Getúlio Vargas, 201 – Centro.
  • Pomerode | Restaurante Colonial Wunderwald:, com ambiente confortável, bonito e comida típica alemã, italiana e frutos do amr, possuí pratos que servem de 1 a 4 pessoas. Endereço: Avenida, R. 15 de Novembro, 8444.
  • Indaial | Krueger Restaurante: com um buffet tradicional e simples, baseado nas culinárias alemã e brasileira o localproporciona um lindo visual do lado de fora. Endereço;  R. dos Atiradores, 152 – Centro
  • Rodeio | Caminetto: este restaurante é ideal para quem gosta de massas, pois conta com diversas opções do melhor da culinária italiana. Aprecie também o chpp artesanal da casa. Endereço: R. Quatorze de Março, 50 – Centro.
  • Doutor Pedrinho | Container da Serra: localizado em uma rodovia, é uma excelente parada para fazer um lanche rápido e que conta ainda com uma loja de conveniência Endereço: Rodovia SC 477 São João da Esperança.
  • Rio dos Cedros | Lindnerhof: decorado de forma personalizada, o restaurante fica dentro de uma pousada na cidade; o restaurante conta ainda com uma linda vista para a cachoeira. Endereço: Estr. Geral Alto Cedros.

 

Dicas para o passeio de bike

Informações Circuito do Vale Europeu
Faça o roteiro em estações de transição, como outono e primavera.
  • O outono é um dos períodos mais indicados para o passeio. Mas a primavera também é uma boa opção.
  • Conheça o clima de Santa Catarina: as temperaturas caem bastante durante o inverno, e no verão o calor chega a ser insuportável! Isso sem contar os períodos de chuva.
  • O circuito é abastecido com locais para hospedagem e alimentação, mas não esqueça seus próprios lanches e água para a parte mais alta do percurso. Hidrate-se!
  • Organize seu roteiro pegando as dicas do site do Cicloturismo no Vale Europeu. Utilize esse meio inclusive para entrar em contato com os organizadores do roteiro e saber valores atualizados para ter direito ao seu certificado no final da rota.

 

Tudo sobre Cicloturismo no Vale Europeu

Você acabou de conhecer o primeiro roteiro de Santa Catarina e do Brasil que foi exclusivamente pensado para passeios com bicicletas. Em meio a uma natureza exuberante e uma estrutura preparada para receber turistas, a rota de cicloturismo do Vale Europeu é uma das melhores do Brasil para uma experiência única com a natureza!

Em família, sozinho, ou com os amigos, sua passagem por essas cidades incríveis com certeza será inesquecível, se você é fã de natureza, claro!

Assim, programe sua viagem, pesquise as melhores hospedagens e paradas utilizando o auxílio do site oficial e salve esse post em seus favoritos para as próximas férias!

Para finalizar, leia o artigo cidades de Santa Catarina, com dicas dos principais destinos turísticos presentes em todo os estado.

E você, pretende fazer cicloturismo no Vale Europeu em Santa Catarina? Já fez estes percursos e tem experiências para compartilhar? Deixe sua resposta nos comentários!

Até + !!!

 

ESCRITO POR

Mariana Fernandes

ESCRITO POR

Mariana Fernandes

Mariana Fernandes, 25 anos, é jornalista e leitora assídua. Nasceu em Blumenau (SC), mudou-se para São Paulo ainda criança e lá ficou por 17 anos. Agora, de volta às origens, vive em Blumenau novamente e é apaixonada por (re) conhecer sua cidade e o Estado de Santa Catarina. Faz pós-graduação em Marketing Digital e ama passar tempo com seu vira-lata de 4 anos: Bolt, o supercão.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Cicloturismo

Confira todas as dicas para viagens de bike

#05
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#06
Icone
Rota da Cerveja

Conheça os principais destinos para provar cervejas

#07
Icone
Cidades

Conheça as cidades para incluir no roteiro

#08
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#09
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Cicloturismo

Confira todas as dicas para viagens de bike

#05
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#06
Icone
Rota da Cerveja

Conheça os principais destinos para provar cervejas

#07
Icone
Cidades

Conheça as cidades para incluir no roteiro

#08
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#09
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *