Visto para Argentina: estudante, turismo, trabalho

Visto para Argentina: estudante, turismo, trabalho

Igual aos demais países, para trabalhar, estudar ou simplesmente morar, o visto para Argentina precisa ser tirado e existem diferentes modalidades e formas e obtê-lo.

Apesar dos problemas econômicos que o país atravessa, a imigração brasileira na Argentina, tem sido constante e são procurados diferentes tipos de vistos, como visto de estudante, visto de trabalho ou o Mercosul.

Conheça quais são os principais tipos de visto para Argentina e como você pode fazer para morar no país conforme a legislação.

Planeje sua viagem => Melhores hotéis na Argentina

Seguro viagem econômico para a América do Sul »

 

Quais são os tipos de visto para Argentina?

Pelos diferentes acordos que existem entre os dois países e o acordo do Mercosul é que os brasileiros estão isentos de apresentar passaporte.

O brasileiro pode entrar como turista ou solicitar o visto Mercosul que permite estudar e trabalhar, com os mesmos direitos que um cidadão argentino.

 

Visto de turista na Argentina

visto argentina turismo
Passaporte Mercosul.

Como comentei, o brasileiros podem entrar como turista na Argentina sem nenhum tipo de restrições nem problemas, seja de avião, barco ou terrestre.

A Argentina tem uma fronteira muito grande com o Brasil e, por isso, o caminho terrestre é muito prático e as estradas do lado brasileiro são muito boas. Já do lado argentino, a infraestrutura é menor.

O turista na Argentina não pode trabalhar nem estudar, mas pode viajar tranquilamente pelo país todo, adquirir passagens, comprar chip para celular, cartão de ônibus para se deslocar e fazer tudo com normalidade.

O visto como turista permite que você fique até 90 dias e logo pode solicitar uma extensão por mais 90 dias, ou simplesmente retornar ao Brasil e voltar a entrar na Argentina. Mas caso você esteja indo para atuar no país não deixe de ler o post sobre como trabalhar na Argentina.

Umas das principais vantagens que você tem como turista na Argentina é que você estará isento de realizar o pagamento do IVA, que é o imposto ao valor adicionado que todos os argentinos pagam ao comprar um produto ou serviço.

Esse valor é de 21% sobre o total adquirido e o turista pode solicitar o estorno caso tenha sido realizado pagamento, na hora de ir embora do país.

CLIQUE AQUI para fazer remessa online de dinheiro para exterior »

 

Visto de estudante na Argentina

vacinas para entrar na argentina 2018
Estudante também pode precisar de visto na Argentina.

O visto de estudante já precisa da realização de um trâmite adicional, mas depende do tempo que você for ficar para morar na Argentina.

Se por exemplo você está viajando para realizar um curso de espanhol nas férias de verão, e o tempo no qual residir no país não extrapolar os 90 dias, não vai precisar de nenhum visto pois pode ficar simplesmente com o visto de turista.

Já se passar dos 90 dias, por exemplo para ficar um semestre inteiro de intercâmbio em alguma universidade pública ou particular, você precisará fazer a correspondente solicitação de visto de estudante.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na Argentina. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Você deve solicitar na Dirección Nacional de Migraciones em até 30 dias após sua chegada ao país o visto, com a seguinte documentação:

  • Comprovante da Inscrição na Instituição Educativa. A inscrição pode ter sido feita no Brasil ou na Argentina;
  • Passaporte válido e vigente, cédula de identidade ou certificado de nacionalidade, expedido pela representação consular autorizada do país de origem na República Argentina;
  • Certificado de antecedentes criminais emitido pelo último domicílio de residência nos últimos três anos, legalizados ou apostilados;
  • Certificado de antecedentes criminais emitido na República Argentina, expedido pela Polícia Federal Argentina;
  • Pagamento da respectiva taxa.

entrar na argentina com cnh

Tem alguns cursos específicos para os quais você irá precisar alguma documentação adicional, por exemplo o caso de Medicina, no qual é necessário demonstrar certo nível de conhecimento para estudar no país.

Se você se encontra em um curso de graduação no Brasil, é importante pesquisar sobre quais são os programas e convênios que a sua universidade possui com universidades argentinas, ou programas de bancos ou instituições particulares de mobilidade internacional.

Existem vários acordos entre universidades pelo Mercosul, principalmente entre universidades do sul e da região sudeste do Brasil com universidades de diferentes cantos do país, não somente Buenos Aires, como tem por exemplo a Universidad Nacional de Córdoba, uma das mais antigas da América, UNCuyo em Mendoza, UNTucuman em Tucuman e muitas outras.

Se você está pensando em fazer algum curso de pós graduação, como Mestrado ou Doutorado, também irá precisar fazer a legalização do seu título.

Ele precisa ser corretamente legalizado nas autoridades educacionais brasileiras e logo no Consulado Argentino da sua região.

 

Visto do Mercosul na Argentina

Graças ao acordo do Mercosul é que os brasileiros (também os argentinos ao migrar para o Brasil) podem solicitar um visto de residência de uma forma muito simples e prática.

   

O visto pode ser solicitado diretamente na Argentina ou em algum Consulado Argentino que fique próximo a você.

Porém, esse último processo é mais caro e até pode ser mais complexo, mas caso você decida viajar com tudo pronto, segue uma lista dos documentos necessários:

 

Visto do Mercosul para Argentina desde o Brasil

consulado argentino

  • 2 cópias do seu RG e do seu CPF;
  • 2 cópias das três primeiras páginas do seu passaporte;
  • 4 fotos 4×4 (atenção que tem que ser exatamente esse tamanho e não 3×4);
  • 2 cópias da Certidão de Casamento no caso de ter cônjuge;
  • Certidão negativa de antecedentes da Polícia Federal;
  • 2 cópias da Certidão de Nascimento.*

* Você precisará reconhecer e legalizar a sua certidão de nascimento no Ministério das Relações Exteriores.

A taxa que é cobrada nos consulados é de 300 dólares e ainda assim você deverá pagar algumas documentações e fazer várias filas ao chegar na Argentina.

Você receberá um documento comprovando que você já recebeu o visto do Mercosul, mas na Argentina terá que solicitar seu DNI.

 

Visto Mercosul para Argentina na Argentina

Visto para Argentina: estudante, turismo, trabalho

Já se você decide fazer sua solicitação de visto Mercosul diretamente na Argentina, o processo é mais simples e até econômico.

Você precisar entrar como turista no país e logo agendar no sistema de Migraciones, com 2 semanas de antecedência pelo menos.

Em cada província tem um e em Buenos Aires tem dois, você deverá procurar qual corresponde onde você decidir morar.

Para conseguir a residência, precisa apresentar a seguinte documentação:

  • RG com CPF (ou o número do CPF impresso do site da PF);
  • Certidão de Nascimento (se for menor de 16 anos – totalmente legalizada);
  • Emancipação se for menor de 16 anos (com reconhecimento, sinal público e apostilamento);
  • Comprovante de Residência;
  • Antecedentes Penales Argentinos;
  • Antecedentes Criminais Brasileiros clicando;
  • 4 Fotos 4×4;
  • 1 Cópia simples de todos os documentos anteriores;

Uma vez que você conseguiu apresentar a documentação e está tudo ok, você receberá um documento provisório por 3 meses, até seu DNI ficar pronto.

 

O que é o DNI Argentino?

Visto para Argentina é difícil?
DNI é um documento argentino como o RG do Brasil.

O DNI é o Documento Nacional de Identidad, semelhante ao RG brasileiro, mas com ele você consegue fazer qualquer outro tipo de trâmite, além desse, na AFIP (Receita Argentina), você tem que solicitar seu CUIL, que é como o CPF e com o qual você pode trabalhar. O número vai estar também no DNI, então somente precisa andar com essa única carteirinha.

É importante sempre levar esse documento consigo, pois na Argentina é comum solicitar o DNI para entrar em festas, fazer compras com o cartão de crédito e muitas outras, por isso guarde com cuidado na sua bolsa ou carteira.

 

Imigração brasileira na Argentina

Visto para Argentina é fácil?
Obelisco | Foto: QVM.

Apesar da crise pela qual Argentina vem passando nos últimos anos, o país ainda é o que mais imigrantes recebe na América Latina, principalmente do Paraguai, Uruguai, Chile e Peru, como também de alguns países europeus.

Os brasileiros não foram muitos, mas em Buenos Aires, Córdoba e Mendoza é comum encontrar uma boa comunidade de brasileiros, que abriram restaurantes, fazem rodadas de samba, ou que foram para estudar em algumas das universidades públicas da Argentina. P

   

Por sinal, recomendo a você que depois leia o post sobre o custo para viver na Argentina, com informações financeiras para morar em Buenos Aires, Córdoba e outras cidades.

Atualmente, o ritmo de brasileiros se mudando para Argentina cresce em aproximadamente 80% ao ano, sendo quase 100 mil pessoas que já adaptaram o país vizinho como residência.

Entre os trabalhos mais comuns, a maioria não trabalha necessariamente com seu curso de graduação que obtiveram no Brasil, muitos trabalham com passeios turísticos em Buenos Aires, visitas guiadas em vinícolas em Mendoza, ou são professores de português.

 

Consulados brasileiros na Argentina

Visto para Argentina a trabalho
Foto: Núcleo Editorial, via Wikimedia Commons.

Sempre é bom saber onde se encontra um Consulado Brasileiro por se precisar de alguma ajuda, seja para receber dinheiro, solicitar alguma documentação, renovar passaporte ou qualquer outra eventualidade que aconteça.

O Brasil possui atualmente uma Embaixada no centro de Buenos Aires, mas que funciona principalmente para questões diplomáticas e de negócios, já se você precisar de alguma ajuda pode entrar em contato com o Consulado Geral do Brasil em Buenos Aires.

Nas duas principais cidades de fronteira também tem um consulado, que são Paso de Los Libres, fronteira com o Rio Grande do Sul e Puerto Iguazu, onde tem as Cataratas que são divididas com o Estado do Paraná.

No interior da Argentina o Brasil tem consulados também nas cidades de Córdoba e de Mendoza, que concentram a maioria da população brasileira residente no país e também os investimos brasileiros na região.

E falando em cidades argentinas, não deixe de ler sobre as melhores cidades para morar na Argentina.

 

Tudo sobre o visto para Argentina

O processo para solicitar um visto na Argentina é relativamente fácil se comparado com outros países, pelo fato de possui o convênio do Mercosul, além de ser mais econômico.

Como turista você pode visitar o país por até 90 dias, sem problema nenhum e até fazer algum curso que dure menos desse tempo, mas caso se estenda tem que solicitar o visto de estudante, que também é bem simples de ser solicitado.

Agora que você já sabe dessas informações burocráticas, que tal descobrir quais são os principais destinos turísticos da Argentina.

Ficou com alguma dúvida sobre visto da Argentina? Deixe a sua participação nos comentários!

Até + !!!

 

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Franco Chirizzi

ESCRITO POR

Franco Chirizzi

Franco Chirizzi, 26 anos, argentino, professor de português e escritor freelancer. Mora no Brasil há mais de 3 anos, primeiro em Porto Alegre e, logo, apaixonado por praia, se mudou para Floripa. Gosta de Marketing Digital e de encontrar novas experiências ao redor do mundo.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Hotéis na Neve

Hospede-se em hotéis exclusivos para curtir destinos de neve

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Hotéis na Neve

Hospede-se em hotéis exclusivos para curtir destinos de neve

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Marcelo

    Olá! Sou brasileiro e tenho DNI válido de residência permanente (até 2031). Eu saí da Argentina em 2017 (ou seja, há três anos) devido ao trabalho e não mais retornei. Meu DNI ainda é válido para entrar e viver na Argentina? Pois tive a informação que se eu ficasse mais de dois anos, o DNI perderia a validade. Procede? Agradeço.