Trabalhar na Bélgica: dicas de emprego, vistos e vagas

Trabalhar na Bélgica: dicas de emprego, vistos e vagas

Trabalhar na Bélgica é fácil, o problema é conseguir emprego. Quem está pensando em arrumar as malas e mudar de país em busca de trabalho na Europa, deve ficar atento aos fatores que determinam conseguir ou não uma ocupação remunerada e legalizada em solo belga.

Área de atuação, demanda, cidade onde vai morar, idioma, experiência, salários e benefícios são apenas alguns dos detalhes com os quais aqueles que almejam um trabalho na Bélgica devem se preocupar.

Falta de informação e desconhecimento do mercado no exterior, faz com que muitos brasileiros cometam o engano de pensar que chove emprego em qualquer país com a economia mais desenvolvida ou que é fácil estudar e trabalhar na Bélgica.

Existem sim, oportunidades de emprego na Bélgica, mesmo com o enfraquecimento da economia, de uns anos pra cá; as alterações nas políticas de imigração também dificultaram um pouco para os que vão ao país munidos apenas de um currículo e um inglês básico de conversação.

Porém, não precisa entrar em pânico, pois neste artigo lhe darei dicas realistas sobre como ingressar no mercado de trabalho belga.

Planeje sua viagem =Opções de hospedagem em Bruxelas

Saiba mais: seguro viagem Europa »

 

Como trabalhar na Bélgica?

Lugares para viver na Europa

Os principais passos em minha opinião para conseguir um emprego são: livrar-se de preconceitos e sair da sua zona de conforto, pois talvez você precise trabalhar em algo fora da sua área, desempenhando uma função que você nada ou muito pouco sabe.

Além disso, é fundamental ter um nível excelente de inglês, tanto conversação, quanto escrita, pois você vai lidar com muitas pessoas com sotaques diferentes, que usam o idioma como segunda ou terceira língua.

Por último, recomendo muita paciência, afinal conseguir trabalhar na Bélgica na Europa de forma legalizada é um processo que começa no Brasil e pode demorar bastante pra se concretizar.

CLIQUE AQUI para fazer remessa online de dinheiro para exterior »

 

Onde procurar trabalho na Bélgica?

Onde trabalhar na Bélgica
Busca nos sites de emprego certos pode ajudar a conseguir um trabalho.

Sites especializados em cadastro de currículos e portfólios estão aos montes espalhados pela internet. É claro que são uma excelente forma de mostrar quem você é e o que sabe fazer, o que ambiciona profissionalmente e suas conquistas profissionais. Também funcionam como uma ferramenta para mapear empregadores e o que estão procurando nos candidatos.

Entre os mais populares estão o Linked In, bastante usado no Brasil; o Randstad, que oferece oportunidades para freelancers e trabalhos de projetos temporários (semelhante ao 99freelas).

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na Bélgica. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Há também o Brusselsjobs e o Jobs In Brussels, para quem busca vagas na área de TI, finanças, administração e negócios, o Academic Jobs EU, mostra empregos de pesquisa ou na área acadêmica e tem também o Eurograduate, especializado em oportunidades para que recém-formados consigam seu primeiro emprego.

A única forma de conseguir trabalho na Bélgica é sendo contratado diretamente pelo empregador, podendo esse ser uma pessoa ou empresa. As leis trabalhistas para estrangeiros estipulam que um cidadão brasileiro, por exemplo, só pode ser contratado legalmente se o contratante comprovar que não conseguiu encontrar nenhum belga ou cidadão da União Européia apto para o trabalho em questão.

A transferência de funcionários entre setores de empresas que operam no Brasil e na Bélgica é uma forma de passar por toda essa burocracia e conseguir seu emprego de uma forma tranquila, pois nessas situações a empresa faz todas as tramitações legais necessárias para a contratação do profissional. O problema é que isso não está ao alcance de qualquer um.

Quem tem algum tipo de permissão para morar na Bélgica mas não tem emprego, como estudantes, por exemplo, não deve descartar entregar currículos pessoalmente e bater perna procurando trabalho. Um CV físico atualizado e conciso, em inglês, francês ou holandês, anexado à carta de apresentação, é uma tática mais tradicional, mas que pode vir a calhar na sua busca.

As agências públicas de emprego também auxiliam os que residem legalmente na Bélgica. Cada região do país tem uma agência do tipo, com sites onde o candidato pode cadastrar um currículo que fica acessível online para empresas que estão contratando; além das ferramentas digitais, essas entidades oferecem todo tipo de orientação necessária para quem procura emprego. Inclusive, saiba também quando ir para a Bélgica.

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?
Compare preços e compre online na Confidence Cambio »

 

Em que áreas trabalhar na Bélgica?

Como conseguir um emprego na Europa
Área da saúde emprega muitos profissionais na Bélgica.

As profissões com maior necessidade de profissionais no país estão nas áreas de enfermagem, farmácia, odontologia, medicina, engenharia civil, engenharia mecânica, arquitetura e TI.

   

Conforme dito antes, quem já trabalha em alguma dessas áreas no Brasil, deve verificar com sua empresa a possibilidade de conseguir algum tipo de transferência ou intercâmbio para a Bélgica, pois é muito comum multinacionais oferecerem vagas em suas sedes em outros países.

Conseguir uma bolsa para estudar na Bélgica também pode ser um facilitador para conseguir um emprego, afinal é legalmente permitido que alunos matriculados em instituições de ensino superior trabalhem meio turno.

É possível buscar emprego até mesmo dentro da própria universidade ou escola de ensino superior, gerando um vínculo de trabalho que pode se tornar um emprego em turno integral na área acadêmica ou nos departamentos de pesquisa, ao término do curso.

Existe ainda outra opção de trabalho que é abrir o próprio negócio. Conheci alguns estrangeiros na Bélgica, com visto de residência, que abriram sua empresa e me disseram que as únicas exigências foram comprovação de que dispunham do capital necessário e atender às exigências legais de documentação e impostos.

Para profissionais sem diploma também existem vagas; auxiliares de cozinha ou de enfermagem, construção civil, limpeza e “cuidadores” em casas de repouso e afins acabam sendo uma saída para quem vai para Bélgica sem um emprego em vista ou que não tem curso superior.

Mas vale a pena alertar que existem casos em que são feitas ofertas de trabalho ilegal nessas áreas, onde não há nenhum tipo de contrato empregatício, seguro ou plano de saúde. Trabalhar ilegalmente não é nada recomendável e pode causar muitos prejuízos para o contratante além da deportação do empregado. Veja mais dicas da Bélgica neste post.

 

Vale a pena trabalhar na Bélgica?

Qualificação profissional na Europa
Para ter uma ótima qualidade de vida, belgas se qualificam muito nos estudos.

Certamente vale! Embora, seja um caminho cheio de obstáculos, desde a qualificação diferenciada do profissional até a burocracia que é necessária enfrentar.

Praticamente todos os brasileiros que conheci na Bélgica e tinham um trabalho formal estavam ou com seu próprio negócio, ou trabalhando em multinacionais que lhes ofereceram uma oportunidade de transferência quando ainda trabalhavam no Brasil.

É muito difícil uma empresa belga contratar um brasileiro sem que ele tenha qualificações pontuais que o farão ter a preferência da vaga.

Nesses casos, o interesse de quem contrata está em um profissional específico e não em alguém que mais se destacou ou que melhor soube se apresentar em um processo seletivo; basicamente a empresa precisa querer contratar algum trabalhador pelas habilidades profissionais particulares, algo que ele ou ela tenham que os outros candidatos não têm.

Além de que, o profissional europeu é extremamente qualificado. Cursar o ensino superior na Bélgica para quem ganha em Euro não custa caro e diplomas e graduações nas mais diversas áreas são uma constante na vida do povo belga. E para saber mais sobre os costumes locais, leia sobre os feriados na Bélgica.

Além das formações profissionalizantes oferecidas nas escolas juntas do ensino convencional, o sujeito já sai da escola com uma habilidade profissional básica e, geralmente, ainda faz alguma faculdade depois disso.

A Bélgica é um país que tem três idiomas oficiais além de estar muito próxima ao Reino Unido, o que faz do inglês um idioma bem familiar para os belgas. Quero dizer com isso que a maioria das pessoas fala pelo menos uma das línguas oficiais – além da sua língua nativa – e é fluente em inglês. Só aí já são três idiomas bem falados.

Compare => Aluguel de carro na Bélgica

 

Qual é o salário na Bélgica?

Custo de vida na Europa
Apesar do alto custo de vida, belgas costumam ser bem pagos em Euro.

A Bélgica apresenta um dos salários mínimos mais bem pagos da Europa. O custo de vida no país é alto, mas se vive bem quando o trabalhador tem os seus direitos atendidos e um salário justo no fim do mês. Por falar em dinheiro, saiba qual moeda levar para a Bélgica.

   

Atualmente, o salário mínimo bruto está em torno de 1.600 Euros – embora algumas fontes apontem 1.900 Euros mensais, podendo oscilar pouca coisa devido à idade, carga horária, benefícios e região do país (que tem algumas dessas regulamentações independentes. Plano de saúde, por exemplo, pode ser feito de forma particular pelo empregado ou descontado do salário quando oferecido pela empresa).

Uma desvantagem para o brasileiro que pretende juntar dinheiro e voltar ou mandar um pouco de sua renda para a família no Brasil é o alto valor dos impostos na Bélgica. Quase 50% do que o trabalhador ganha deve voltar aos cofres do governo em forma de impostos.

Mas fazendo um pouco de justiça, os serviços públicos de transporte, saúde, segurança e educação, oferecidos pelo governo, são de alto nível.

 

Entenda como trabalhar na Bélgica

Como eu disse no início do texto, trabalhar na Bélgica não é exatamente difícil, porém conseguir o emprego é outra história. São muitas as barreiras a serem vencidas para ingressar no mercado de trabalho belga e superá-las começa já no Brasil.

Entender que educação é básico para qualquer profissional que sonha com o que abordei aqui é um ponto chave. O grau de ensino do cidadão belga buscando por emprego hoje é muito mais alto do que o apresentado por nós brasileiros, estatisticamente.

Como é possível perceber através do mapa da Bélgica, trata-se de um país muito bem localizado, por isso é umas das nações mais recebe imigrantes no mundo, muitos buscando oportunidades de emprego e com excelente bagagem profissional.

Não é novidade para ninguém que a concorrência é enorme e a frustração por não conseguir trabalhar na área pode levar a trabalhos em outros empregos e, às vezes, até mesmo a desistência pela busca na área de especialização.

O mais importante é estar por dentro do que o mercado da Bélgica exige e no mesmo nível dos candidatos concorrentes. Inglês fluente, um ou mais idiomas oficiais do país em nível de conversação (holandês, francês ou alemão), um ou mais cursos superiores, especializações, experiência na área.

Nada disso é garantia alguma de que seu plano de trabalhar na Bélgica dê certo, mas certamente vai te ajudar a estar na parte superior da fila, brigando de igual pra igual com os candidatos mais qualificados.

É preciso observar que situações assim podem mudar muito de um caso para o outro. São muitos os pormenores que influenciam na demanda de contratação ou nas vagas oferecidas em determinado período, como economia, área de atuação, objetivo profissional, etc. Mas como um trabalho para brasileiro na Bélgica não se consegue da noite para o dia, você tem muito tempo para se preparar.

E você, planeja trabalhar na Bélgica em um futuro próximo? Compartilhe sua dúvida nos comentários!

 

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Matheus Osório

ESCRITO POR

Matheus Osório

Matheus Osorio Goelzer é músico, técnico de som e roadie freelancer. Graduado em Produção Fonográfica, mora em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Viveu cerca de 3 anos na Bélgica e viajou o país como baterista de uma banda. Gosta de ler, viajar, escrever e é apaixonado por música.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Tânia Aparecida dos Santos

    Olá. Sou professora de lingua inglesa. Contratada temporária. tenho 57 anos. Alguém sabe me responder se consigo trabalho na area com facilidade?

  2. Alexandre Rodrigues de Sena

    Alguém presisando de serviço de construção civil na beljica quero viajar pra beljica para trabalhar lá me informe meu celular zap 62991721601

  3. Diego da Silva Santos

    Alguém sabe me dizer se pra morar,precisa ter alguma quantia pra apresentar na imigração? Tipo,50 euros por dia,mas se é pra morar mesmo assim precisa?

  4. Andréa Silva

    Sou técnica em enfermagem no Brasil experiências em diálise UTI e emergência tenho mais de 20 anos de profissão no Brasil sou funcionário público será que consigo um emprego na Bélgica. Me respondam como proceder desde já agradeço.

  5. Tatiane Pereira Silva

    Nos temos enterresse eu e meu marido somos brasileiros temos reside em Portugal mais queremos trab na belgica

  6. Edina Fabiana

    Meu sonho trabalhar e mora na Bélgica... Como faço isso aconteçer?

  7. Polly Batista

    Olá, Edina. Recomendo a leitura sobre visto para a Bélgica. É o primeiro passo. Boa sorte!

  8. Livia

    Outra dúvida! como é viver com um cachorro na Bélgica? Li que o país é super petfriendly. Eu tenho uma cachorrinha e só iria para Europa com ela junto!

  9. Livia

    Olá! Sou Brasileira mas com dupla cidadania de portugal. Nesse caso, terei as mesmas limitações de visto de trabalho citados no artigo? Ou seja, também só conseguirei trabalhar legalmente se algum empregador comprovar com o meu país de origem que não existe mão de obra qualificada na minha área?

  10. alessandro da silva brito

    como conseguir trabalho na área que eu tenho conhecimento construtor civil do básico ao acabamento