Início / Europa / Espanha / Onde comer paella valenciana e as famosas tapas de Valência

Onde comer paella valenciana e as famosas tapas de Valência

A cidade de Valência, assim como toda a Espanha, é famosa mundialmente pela gastronomia, além da beleza, arquitetura e infra-estrutura. No artigo com dicas de restaurantes em Valência (em breve) eu já falei sobre os grandes restaurantes e alguns pratos típicos não só da cidade, mas de toda a região. Desta vez, vou focar em lugares especializados nos dois principais pratos da cidade: paella e as famosas tapas. Bora descobrir onde comer a melhor paella de Valência?

Além de contar um pouco da história de cada um dos pratos típicos, fiz uma lista dos melhores e mais conhecidos restaurantes, com endereços e valores para que você possa chegar aqui sabendo quanto gastará para provar essas maravilhas. Até porque, ir a Espanha e não comer pelo menos a paella valenciana, é um grande pecado. Por isso, anote todas as sugestões e endereço de cada restaurante. 

Planeje sua viagem => Onde se hospedar em Valência

Entenda de vez como funciona o seguro viagem para Europa »

 

Paella valenciana

Paella valenciana

Impossível começar essa lista sem o prato mais famoso da cidade, da mesma forma que não se pode falar dessa comida típica espanhola, sem mencionar o arroz. Esse ingrediente, herança gastronômica deixada pelos árabes, é item primordial para o preparo da principal comida espanhola.

O arroz foi introduzido na região pelos árabes, porém só foi popularizado quase um século depois, sendo consumido primeiramente como sêmola e farinha e, só depois, como um grão. Outro detalhe curioso é que no século XIII, acreditava-se que o arroz causava diversas doenças da época, além de ser o motivo de pragas nas plantações.

Por isso, durante muito tempo o seu cultivo foi proibido. Só muito tempo depois as pessoas perceberam o grande equívoco e o grão voltou com força total.

Valência foi o ponto de partida para o cultivo do grão, já que a região tinha um terreno fértil. Isso foi um dos pontos positivos e cruciais para que a paella fosse disseminada entre a população.

Primeiro como um prato popular, criado pelos camponeses e que aos poucos se tornou um prato festivo, com variações mais elaboradas e ingredientes de luxo para a grande parte da população.

Depois, o prato começou a ganhar cada vez mais ingredientes, como peixes e mariscos. Atualmente, existem ainda mais tipos de paella, que levam pato, coelho, caracóis e até mesmo cogumelos.

Leia também => Chip x Wi-Fi portátil: quanto custa usar internet na Europa?

 

Onde comer a melhor paella de Valência

Onde comer paella em Valência

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

O primeiro restaurante que me veio à cabeça é o Bodego de la Sarieta. Posso dizer que ele é bom, bonito e com preço mais acessível. Por isso mesmo ele é um sucesso de público. Os valores desse restaurante giram em torno de 15 euros por pessoa (o que em um valor aproximado ao real daria R$60).

Esse valor inclui o que eles chamam de menu, que oferece entrada, prato principal, sobremesa e uma bebida. O restaurante está localizado na Carrer dels Juristes, 4.

Já o La Pepica é um ícone no quesito tradicionalismo, uma vez que abriu suas portas em (pasme!) 1898. Esse restaurante é tão conhecido e tradicional na cidade que foi citado no livro de Ernest Hemingway, The Dangerous Summer, que na tradução para o português seria ‘O Verão Perigoso’.

Para saborear o menu degustação desse lugar tão especial para a cidade, você vai desembolsar, no mínimo, 27 euros por pessoa (mais ou menos R$100). O menu inclui a paella, entrada, sobremesa e um café (as demais bebidas serão cobradas à parte). O La Pepica está situado na Avenida Neptuno nº 6.

Melhor paella de Valência
Paella com frango e alcachofra.

Se o que você quer é provar diversos tipos de paella, seu lugar é a Casa Roberto, onde você poderá comer além do prato feito de maneira tradicional, outras paellas feitas com camarão, lagosta, marisco e caranguejo.

Para isso a dica é procurar no cardápio “arroz meloso”. Sim leva essa nome, mas é paella. Esse restaurante não é como os outros citados anteriormente. Ele é quase o dobro do valor, pois cobra cerca de 50 euros por pessoa (aproximadamente R$200).

Embora o preço seja mais alto, a Casa Roberto vive cheia. Para conferir como isso é verdade, e provar uma boa paella, o restaurante fica na Carrer del Mestre Gozalbo, 19.

Voltando aos preços mais acessíveis, o La Matandeta não fica bem em Valência, na verdade está em uma cidade vizinha chamada Alfafar, cerca de 9 quilômetros da cidade das Fallas. Esse restaurante fica em uma fazenda no meio do Parque Nacional de Albufera, local mencionado no artigo roteiro de 2, 3, 4 e 5 dias em Valência (em breve).

É nesse parque que o arroz utilizado no preparo da paellas é cultivado. Além do cardápio saboroso, o lugar por si é um caso à parte, muito famoso e procurado por turistas pelo pôr do sol. Por se tratar de um parque nacional, os pratos seguem o estilo rústico e muito gostosos. Um menu no La Matandeta custa, em média, 25 euros por pessoa (cerca de R$100).

 

Tapas de Valência

Comida barata em Valência
Batatas bravas, anéis de lula e chouriço.

Se compararmos a nossa culinária, as tapas espanholas são como os nossos aperitivos, servidos geralmente em bares e restaurantes acompanhados por uma bebida, que pode ser alcoólica ou não. Porém, diferentemente do Brasil, cujas pequenas porções são de amendoim ou de azeitonas, na Espanha, eles são pratos elaborados e extremamente gostosos.

Pensando na viagem e não sabe por onde começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, compre por R$ 29,90 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

Muito se fala sobre a origem das tapas. Na verdade, existem diversas lendas a redor disso, uma delas é que as tapas surgiram depois da guerra civil espanhola quando o país passou um longo período de escassez.

Durante essa época de crise, para atrair e manter os clientes, os donos dos bares começaram a “presentear” seus frequentadores com algum aperitivo de sal, com a intenção de aumentar ainda mais seu consumo de álcool.

Outra versão que tenta explicar o nome é que, antigamente, para evitar que entrasse pó ou um mosquito nos copos de vinho que eram servidos nos bares, esses eram tapados com um pequeno aperitivo, geralmente uma fatia de pão com jamón. Daí o nome tapa!

 

Onde comer tapas em Valência

Onde comer tapas em Valência?
Mercado Central | Foto: Diego Delso, via Wikimedia Commons.

Para iniciar sua maratona e descobrir onde tapas em Valência, nada melhor do que começar pelo Bodega Casa Montaña, um lugar centenário, situado bem próximo ao porto, especializado em tapas tradicionais. Se você quer saber qual é o estilo clássico desse prato, eu respondo: patatas bravas, croquetas de jamón, anchoas (anchovas) e croquetas de bacalhau.

A Bodega Casa Montaña é um estabelecimento fora do circuito turístico, na Carrer de Josep Benlliure, 69, porém muito conhecida na cidade.

Mas se você quer provar as tapas em um lugar badalado, minha sugestão é que você vá até Mercado Central, ali você mata dois coelhos com uma batida só. Come as tapas e ainda conhece um dos principais pontos turísticos de Valência.

O que você achou das dicas? Espero que tenha sido útil para você, pois se você gosta de comida, Valência é o lugar ideal! Essa cidade é de fato uma cidade especial, mágica e com a capacidade de gerar as melhores lembranças. Aproveite muito, e coma paella por mim também 😉

 

Leia mais artigos sobre Valência:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Elisabeth Almeida

Jornalista, 27 anos, apaixonada por filmes clássicos e pipoca. Uma garota que nasceu no interior de São Paulo e hoje tenta a vida em Lisboa, fazendo mestrado em Cultura e Comunicação. Nesse mesmo curso aprendi, no primeiro dia de aula, que "VIAJAR é um formador de identidade, hoje é mais importante dizer 'para onde se foi' do que 'o que se tem', é ser cidadão do mundo".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *