Início / Europa / Espanha / Dicas de viagem em Valência, na Espanha: 10 motivos para viajar

Dicas de viagem em Valência, na Espanha: 10 motivos para viajar

Quando falamos em Espanha, a cidade de Valência é lembrada pela gastronomia e arquitetura, muitas vezes na frente das famosas Sevilha, Ibiza, Madrid e Barcelona. Quer mais motivos para viajar? Então confira as dicas de viagem em Valência, para você se encantar!

Trata-se de uma cidade universitária, logo, cheia de estudantes, logo (mais uma vez) cheia de gente bonita e animada. Quando digo bonita é bonita de verdade, povo vaidoso, perfumado e que se veste muito bem.

Porém, não são apenas as comidas típicas valencianas e as importantes obras arquitetônicas (que são alguns dos principais pontos turísticos de Valência), que chamam turistas. Existem vários outros motivos para viajar para Valência. Listei dez deles para você se encantar!

Planeje sua viagem => Onde se hospedar em Valência

Entenda melhor: seguro viagem para Europa é obrigatório?

 

Por que fazer uma viagem em Valência?

Além dos predicados “populacionais”, Valência chama a atenção por ter um clima parecido com o Brasil, que no inverno não é tão frio. Mas no verão… Olha! Acho que eu peguei um calor de 42 graus. Já a primavera é, acho eu, a melhor época para explorar a cidade e desfrutar de tudo o que oferece. As temperaturas são mais amenas.

Vamos aos 10 motivos para você ir e se encantar por Valência? A lista é básica e cheia de informações. Sim, Elisabeth também é cultura.

 

1) Catedral de Valência

Dicas de viagem em Valência, na Espanha

Bem no coração histórico, a catedral foi levantada no local onde os mouros construíram a mesquita Balansiya. Sua arquitetura eclética, com bases góticas e uma torre mourisca, não é o principal destaque do templo.

Lá até existe um pequeno altar, talvez até curiosamente pequeno. Mas sim o Santo Cálice, dada à catedral pelo Rei Alfonso, o Magnânimo, em 1436. Além disso, a catedral também possui duas importantes pinturas de Goya, com cenas da vida de São Francisco de Borja.

 

2) Gastronomia valenciana

Dicas sobre a culinária de Valência

Como não gostar de um lugar em que as pessoas vivem e se alimentam bem? Não tem como, simplesmente! Por isso, será nosso primeiro item. Se você falar para algum amigo que vai viajar para Espanha, ou colocar o nome do país nos sites de busca, uma das primeiras coisas que vão aparecer é PAELLA, comida típica do país. Agora você me pergunta qual a paella mais famosa de toda a Espanha? A de Valência! As paellas valencianas têm fama internacional.

Em meio a um passeio pelo centro histórico, você pode encontrar bons restaurantes que servem comidas típicas de Valência. Um menu completo (prato principal, bebida, alguns estabelecimentos dão direito até a uma sobremesa) sai por 20 euros, o equivalente a R$ 80,00. Claro que essa conversão dependerá da cotação do dia, é apenas uma base.

Além disso, outra coisa que envolve a gastronomia e chama a atenção dos turistas, são as aulas de culinária em Valência. Lá, você, turista, aprende a preparar uma autêntica paella valenciana. Essas escolas estão espalhadas pelos bairros mais tradicionais da cidade. Um bom exemplo é a Escuela de Arroces y Paellas, que fica em um restaurante pequeno localizado em um beco escondido do Barri de la Seu, um dos bairros mais antigos de Valência.

 

3) Festa Las Fallas

Dicas para viajar em Valência

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

Las Fallas de Valencia, em espanhol, ou Les Falles, em valenciano, é uma grande festa popular da Espanha que acontece em Valência no mês de março. É algo que você deve colocar no roteiro. A comemoração acontece no dia de São José, segundo a Igreja Católica, com grandes e coloridas figuras satíricas feitas de papel machê ou de madeira (as fallas), que são queimadas nas ruas e praças da cidade.

 

4) Praias de Valência

Dicas de viagem em Valência, na Espanha

Os valencianos dizem que viajar para Valência e não ir para praia e voltar com um monte de areia de lembrança, não é conhecer a cidade de fato. O litoral de Valência tem mais de 15 quilômetros, com diversos lugares deliciosos para curtir o verão escaldante. Entre as diversas praias de Valência estão: Hollyhock, Cabañal, Las Arenas, Pinedo, El Saler e La Devesa.

 

5) Pôr do sol em Albufera

Parque Natural Albufera, Valência
Foto: Sheila Marina Sánchez Fernández, via Wikimedia Commons.

Quem já foi ao Parque Nacional Albufera, em Valência, diz que pôr do sol nenhum no mundo é igual. Por isso, o local é muito visitado não só por turistas do mundo inteiro, mas até pelos próprios moradores da cidade.

 

6) Água valenciana

Dicas de Valência
Foto: Manolo Gil Labrandero, via Wikimedia Commons.

Quem já foi para alguns países da Europa com certeza sabe que os europeus bebem água da torneira, algo no mínimo peculiar para um brasileiro. Porém, os valencianos criaram um coquetel que viria a ser uma das grandes referências da cidade: a água valenciana.

Nada mais é do que uma espécie de mimosa ou sangria, feito com champanhe ou vinho espumante, além de suco de laranja, vodka, gin e açúcar. A bebida é servida em canecas de um litro ou mais. Então, quando estiver com sede, já sabe, beba água (valenciana)!

 

7) Obras de Santiago Calatrava

Viagem para Valência

Puxando um pouco o gancho da arquitetura da cidade, é impossível não mencionar a Ciudad de las Arts y las Ciencias, ou Cidade das Artes e das Ciências. A obra do arquiteto valenciano Santiago Calatrava, construída entre os anos de 1998 e 2010, é composta por vários edifícios que juntos formam um complexo de lazer científico e cultural.

Cada prédio corresponde a alguma instituição, como o Museu da Ciência e o Oceanário de Valência. A Cidade das Artes cobre cerca de dois quilômetros do antigo leito do Rio Turia.

 

Pensando na viagem e não sabe por onde começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, compre por R$ 29,90 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

8) Horchata (bebida de chufa)

Dicas gastronômicas em Valência
Foto: Photocapy, via Wikimedia Commons.

Outra bebida tradicional valenciana, talvez pouco conhecida fora da Espanha, é o orchata (ou também horchata). Feita com a chufa, um tubérculo que lembra o amendoim. No Brasil, a chufa, também chamada de tiger nuts, começou a ser vendida recentemente em lojas de produtos naturais devido seu alto valor nutricional.

O gosto da horchata, a bebida de chufa, lembra muito um leite de soja. É vendida em cafeterias e até mesmo em pequenos carrinhos na rua, como no Brasil temos de água de coco.

 

9) Clima em Valência

Valência é uma das poucas cidades do mundo em que conta com 300 dias de sol por ano, orgulho para os locais. O clima de Valência é um das grandes motivos, além dos que já foram descritos nesta lista, para atrair tantos turistas. Em grande parte do ano, a cidade é daquelas típicas do Mediterrâneo. O clima ameno, úmido e temperaturas que não passam dos 24 graus.

Mas não se engane, o verão aqui é digno de um Rio de Janeiro, é quente de verdade, ok? Já os meses “diferentões” são outubro e novembro, em que chove muito e a temperatura em Valência cai de fato.

 

10) Arquitetura de Valência

Arquitetura de Valência

Quando eu fui para Valência minha amiga falava que eu poderia tropeçar a qualquer momento, já que eu não olhava para a frente e sim para cima. Também, é cada prédio mais lindo que o outro, no centro histórico então… Podemos ver arabescos, influência árabe, as catedrais. É um lugar lindo de fato, em que o clássico e o contemporâneo convivem lado a lado.

Espero ter ajudado e, principalmente, ter convencido você a colocar a cidade de Valência no seu roteiro pela Espanha. É uma cidade muito bonita e não é tão cara, para os padrões turísticos da Europa. Lá a alegria das pessoas e o calor prevalecem. Vou falar do calor sempre, só para ninguém ter dúvidas do quanto é quente em pleno verão.

Quando for a Valência, use nas suas redes sociais a hashtag #QueroViajarMais, para participarmos também da sua viagem!

Até a próxima!

 

Leia os últimos artigos sobre a Espanha:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Elisabeth Almeida

Jornalista, 27 anos, apaixonada por filmes clássicos e pipoca. Uma garota que nasceu no interior de São Paulo e hoje tenta a vida em Lisboa, fazendo mestrado em Cultura e Comunicação. Nesse mesmo curso aprendi, no primeiro dia de aula, que "VIAJAR é um formador de identidade, hoje é mais importante dizer 'para onde se foi' do que 'o que se tem', é ser cidadão do mundo".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *