Início / Américas / América do Sul / Chile / 10 motivos para viajar para o Deserto do Atacama  

10 motivos para viajar para o Deserto do Atacama  

Não é à toa que muitas pessoas sonham em viajar para o Deserto do Atacama, no Chile. Com uma paisagem única e encantadora, na verdade, é muito fácil entender porque o local atrai tantas pessoas e é um dos destinos mais visitados do país.

Todos os anos milhares de turistas de todo o mundo vão para San Pedro do Atacama, principal cidade da região e base para os turistas que visitam o local, para conhecer os atrativos do Deserto do Atacama.

Localizado na região norte do Chile, tem cerca de 1.000 quilômetros de extensão. Além disso, é considerado o deserto mais árido do mundo e também o com maior altitude. Essas características fazem com que sua paisagem seja diferente de tudo que você já viu.

Depois de você ler esses 10 motivos para visitar o Deserto do Atacama você entenderá porquê vale a pena conhecer esse lugar incrível.

Planeje sua viagem => Onde ficar em San Pedro do Atacama

Melhor seguro viagem para América do Sul

 

Viajar para o Deserto do Atacama: motivos

  • Paisagem Lunar
  • Deserto de Sal
  • Lagoas
  • Águas vulcânicas
  • Geysers
  • San Pedro do Atacama
  • Observatório astronômico
  • Vulcões
  • Piedras Rojas
  • Aldeias pré-colombianas

Roteiro => Dicas para organizar sua viagem para o Atacama

 

1) Paisagem Lunar

Viajar para o Atacama
Valle da Luna | Foto: QVM.

Um dos locais mais visitados, e fotografado, do Deserto do Atacama, no Chile, é o chamado Valle la Luna. O vale é formado por dunas de areia e sal, solo acinzentado e esculturas rochosas naturais, que se assemelham a geografia da lua, além de algumas cavernas e cânions. A paisagem não é sempre a mesma, vai mudando conforme a ação do vento e da chuva. O local é de fácil acesso e fica a 2 quilômetros de San Pedro de Atacama.

Descubra => Quanto custa viajar para o Deserto do Atacama

 

2) Deserto de Sal

O que ver no Deserto da Atacama
Ojos do Salar | Foto: QVM.

Localizado na Reserva Nacional Los Flamencos, o Salar de Atacama é uma das principais paisagens da região. Ele fica a cerca de 55 quilômetros de San Pedro do Atacama, 2,3 mil metros acima do nível do mar e é um dos mais famosos desertos de sal do mundo. Diferente do Salar Uyuni, na Bolívia, o Salar de Atacama tem formações de sal irregulares – algumas chegam a até 70 centímetros de altura.

Para completar a paisagem, a região abriga muitas espécies de aves, sobretudo os flamingos, o que deixa o local ainda mais bonito. A Lagoa Chaxa é um dos principais habitats das aves e parada obrigatória para quem quer observá-las. Outro destaque da região são os Ojos do Salar, duas crateras que acumulam água bem azulada.

Dica => O que comer em San Pedro do Atacama

 

3) Suas lagoas são quase uma miragem

Vale a pena viajar para o Deserto do Atacama
Laguna Cejar | Foto: QVM.

O contraste de um solo e uma paisagem extremamente secos com as Lagunas Altiplânicas são uma verdadeira miragem, um oásis no meio do deserto.

As lagoas mais populares para visitação são a Miscanti e Miñiques, que ficam a cerca de 100 quilômetros de San Pedro de Atacama. Elas têm águas calmas e de coloração azul escura, que refletem as montanhas e vulcões do entorno, o que deixa a paisagem ainda mais encantadora.

Além delas, há ainda a Laguna Cejar, famosa por sua altíssima concentração de sal, superior até mesmo à do Mar Morto. Essa característica faz com que o corpo não afunde ao mergulhar na lagoa, você fica sempre boiando. É uma sensação curiosa e divertida.

Imperdível => Passeio de balão no Atacama

 

4) Águas vulcânicas

O que conhecer no Atacama
Termas de Puritana | Foto: QVM.

O Deserto do Atacama abriga inúmeras piscinas naturais e fontes de águas termais e vulcânicas. É possível nadar, desde que você tenha coragem de encarar as baixas temperaturas do local. As Termas de Puritama, localizadas a 30 quilômetros de San Pedro de Atacama são as mais visitadas.

A região tem 8 piscinas que foram construídas ao longo do percurso de um rio termal. A água tem temperaturas entre 28 °C e 35°C e o banho é extremamente relaxante. Além disso, a paisagem no entorno das termas é muito bonita, o que já justificando o passeio.

Aproveite => Passeios que valem o aluguel da bike no Atacama

 

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5, é só clicar no botão.
 

5) Geysers

Porque viajar para o Atacama
Geysers | Foto: QVM.

O Geyser del Tatio é outro atrativo famoso na região. Geyser são formações comuns em áreas vulcânicas, que consistem em fendas no solo onde acontecem erupções de água, que saem com alta temperatura.

O passeio para o Geyser del Tatio acontece bem cedo. Isso porque, nesse horário, devido às baixas temperaturas, o choque térmico faz com que a água expelida se transforme em vapor, dando a impressão de nuvens que saem do chão. É quase mágico. Mais uma paisagem única que o Deserto do Atacama vai lhe apresentar. Não perca.

Check list => O que levar na mala para o Atacama

 

6) San Pedro de Atacama

San Pedro do Atacama, Chile
Vila de San Pedro do Atacama | Foto: QVM.

O povoado de San Pedro de Atacama fica a 2.800 metros de altitude em relação ao nível do mar. A vila serve como abrigo para os visitantes da região e oferece uma boa infraestrutura, com muitas opções de hotéis, albergues, restaurantes e bares.

É uma cidade bem pequena, não chega a 3 mil habitantes, possui construções rústicas e ruas de terra, mas o povoado guarda muito das tradições e cultura local. As casas, por exemplo, são feitas de barro e palha há séculos.

Além de base para as visitas ao Deserto, em San Pedro está o Museo Arqueológico RP Gustavo le Paige, fundado em 1957. O museu tem em seu acervo peças cerâmicas que contam a história do Atacama e da cultura pré-colombiana no país.

Saiba mais => Clima e melhor época para visitar o Atacama

 

7) Observatório astronômico

Melhores motivos para conhecer o Atacama
Observatório astronômico | Foto: QVM.

Outro motivo que faz valer a pena a viagem para o Deserto do Atacama é o seu céu. Sem a intervenção das luzes das cidades grandes e devido à ausência das chuvas, o céu do Atacama é um dos céus mais limpos do mundo!

Há um observatório astronômico, onde há telescópios disponíveis para observar planetas e estrelas. Mas, de qualquer lugar que você estiver no Atacama, se resolver olhar para o céu a noite, vai ver um verdadeiro espetáculo. É imperdível!

Passeio => Preços e agências para tour astronômico

 

8) Subir perto dos Vulcões

Vulcão no Deserto do Atacama
Vulcões no Atacama.

A região do Atacama abriga vários vulcões e recomendo fazer um tour para conhecer um de perto. O passeio exige preparo físico, já que o trekking até os vulcões não é nada fácil devido à altitude, pois quanto mais alto você sobe mais rarefeito fica o ar e mais difícil de respirar. Mas o esforço vale a pena, pois além da paisagem próxima aos vulcões serem lindas, a vista lá de cima compensa qualquer caminhada.

São vários vulcões e desta forma a diversos passeios, com diferentes níveis de dificuldade, desde trekkings que duram um dia até 5 dias de caminhada. Nessa região, há vulcões de 5.550 metros de altitude (o Lascar), até 6.893 metros acima do mar, que é o Ojos del Salado, inclusive esse é o vulcão mais ativo do mundo. Várias agências de turismo de San Pedro oferecem o serviço de guia.

Descubra => Seguro viagem para esporte radical, de neve e aventura

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha 10% OFF para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.
 

 

9) Piedras Rojas

Razões para visitar o Deserto do Atacama
Piedras Rojas | Foto: QVM.

Piedras Rojas é uma região do Salar de Águas Calientes, no Deserto do Atacama que tem formações geológicas com uma coloração avermelhada. Essa coloração tão diferente acontece devido à grande concentração ferro oxidado nas rochas.

Localizada a cerca de 150 quilômetros de San Pedro de Atacama, já bem próximo à fronteira com a Argentina. O local, que fica a 4 mil metros de altitude acima do mar, abriga ainda um lago salgado que deixa a paisagem ainda mais bonita. Piedras Rojas é daqueles lugares que são tão bonitos que é impossível descrever.

Leia mais => Passeio para Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas

 

10) Aldeias pré-colombianas

Viajar para o Deserto do Atacama no Chile
Aldeia Tulor | Foto: Roberto Araya Barckhahn, via Wikimedia Commons.

Apesar de não ser um dos passeios mais tradicionais dos visitantes do Deserto do Atacama, vale muito a pena conhecer a Aldeia Tulor. Ela fica a 11 quilômetros de San Pedro de Atacama e é datada do período pré-colombiano, estima-se que seja de 800 a.C.

No sítio arqueológico é possível observar ruínas e vestígios de antigas construções. As casas eram de adobe, construídas em forma circular e conectadas entre si. A aldeia abriga réplicas dessas construções, que também estão abertas à visitação. A civilização que viveu ali se dedicava à cerâmica, ao tecido e à agricultura.

Chip => Internet ilimitada no Chile

 

Dicas para viajar para o Deserto do Atacama

Essa é a minha lista com os 10 motivos para viajar para o Deserto do Atacama. São lugares e passeios incríveis e quem valem muito a pena. É claro que, na hora de fazer seu roteiro você deve levar em consideração seu perfil de viajante, seus gostos e até seu preparo físico para encarar os passeios. Mas, independente da sua escolha, pode ter certeza, que voltará encantado com o clima e as paisagens.

E aí, ficou com vontade de conhecer o Deserto do Atacama ou já visitou o destino? Deixe nos comentários seus planos e opiniões.

 

Últimos artigos sobre o Chile:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 35 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *