Início / Europa / Croácia / 11 dicas de viagem para a Croácia (imperdível)

11 dicas de viagem para a Croácia (imperdível)

A Croácia é um país que tem atraído cada vez mais turistas em busca de suas praias paradisíacas, ilhas e parques nacionais. No entanto, o país do Leste Europeu, que antes fazia parte da Iugoslávia, ainda é um pouco desconhecido. Por isso, antes de partir para lá, podem rolar algumas dúvidas. Sendo assim, preparei este guia no blog com as melhores dicas de viagem para a Croácia.

Além de saber o que fazer, o que conhecer na Croácia e como chegar lá, verá informações básicas com voltagem, tomadas, moeda oficial e língua falada na Croácia. Partiu?

Leia também => Seguro viagem é obrigatório na Europa?

Os melhores hotéis da Croácia: Dubrovnik, Zagreb, Split e mais »

 

Dicas de viagem para a Croácia

Veja tudo sobre a Croácia, um resumo com as principais dicas de viagem com tudo o que você precisa saber para se dar bem, e aproveitar o melhor deste país maravilhoso.

 

1) Como chegar na Croácia?

Dicas de viagem para a Croácia

Quando iniciei o planejamento do meu roteiro de viagem para Croácia, fiz uma busca de passagem nas companhias áreas, mas logo notei que passagem de avião para Croácia é muito cara. Não tem voos para a Croácia direto do Brasil.

Porém, não é por isso que uma viagem para a Croácia é cara, pelo menos não mais do que outros lugares na Europa. A saída que eu encontrei para chegar na Croácia foi comprar passagens para lugares mais baratos da Europa. No meu caso, escolhi Roma. Deu para economizar muito e dar uma passadinha para conhecer alguns dos pontos turísticos da Itália não tem como ser ruim né?

A Itália é uma ótima opção, pois tem passagens bem acessíveis. Além disso, é um lugar mais fácil de pegar passagens com milhas. Da Itália, é possível pegar um ferry boat, que mais parece um navio, atravessando o mar Adriático. Assim você já chega a alguma das melhores praias da Croácia.

O que eu fiz foi pegar um trem de Roma até Ancona, que leva duas horas e é super confortável, e de lá pegar o barco chegando ao Porto de Split. Mas, existem ferrys de Ancona para Zadar, Hvar e Dubrovnik. Da mesma forma que você pode chegar ou partir de outras cidades italianas como Bari, Pesato, Veneza, Trieste e Cesenatico.

No entanto, indico que busque outras opções de voos internos na Europa como Berlim, Frankfurt, entre outros destinos (que você queira conhecer), pois dá para encontrar passagens muito baratas nas companhias aéreas low cost. Eu paguei apenas 9 euros de Zadar para Berlim, em 2016. Para saber mais sobre a experiência de viagens em voos low cost na Europa, veja este artigo.

Passeio => 5 Ilhas de Hvar saindo de Trogir ou Split

 

2) Qual a moeda oficial da Croácia?

Moeda da Croácia

A Croácia não faz parte do Tratado de Schengen, portanto o país não utiliza o euro, a moeda usada na Croácia são as kunas. Chegando nos aeroportos ou portos das principais cidades, facilmente você conseguirá comprar kunas croatas, mas leve dinheiro em euros. Eu troquei o meu no porto de Split, assim que cheguei, sem maiores complicações.

O valor da moeda da Croácia é muito menor do que o euro, até menos do que o real. Então, antes de ir para lá, tinha em mente que o país era bem barato. Mas, não foi o que aconteceu comigo.

Como fui no auge do verão europeu, no período que vários eventos rolavam, o dinheiro na Croácia não rendeu muito. O custo benefício era similar a outros países europeus, ou até mais caro.

 

3) Qual a melhor época para ir a Croácia?

Melhor época para ir a Croácia
Cidade murada em Dubrovnik.

Como as praias são os principais pontos turísticos da Croácia, é indicado marcar sua viagem nos meses de calor. Assim, dá para curtir muito os dias mais longos, entrar no mar e tomar muito sol. Os meses mais quentes, que são a altíssima temporada, são julho e agosto.

Ainda com dúvidas sobre as atrações turísticas?
 

A melhor época para conhecer a Croácia e curtir suas festas e baladas são nestes meses. É quando todas as festas estão rolando, tá tudo bombando. Portanto, é mais cheio, e também, mais caro.

Se você quer aproveitar a praia, mas não se dá muito bem com dias de muito calor, especialmente para andar pela cidade e conhecer as atrações turísticas, como a enorme e íngreme cidade murada de Dubrovnik, pode procurar um meio termo.

Em junho e setembro, o clima na Croácia é bem quente, até dá para nadar, mas não é o mais lotado. Ideal também, para quem quer evitar multidões e preços mais caros. Já a temperatura na Croácia em maio e outubro são mais amenas. Ainda sim, dá para curtir as praias, mas talvez a água esteja um pouco mais gelada.

Pode valer a pena ir a alguns parques de cachoeiras. Os Lagos Plitvcice, por exemplo, que estará mais vazio e não se pode entrar na água mesmo. Conheça os parques das Cachoeiras na Croácia, Plitvice e Krka.

Dicas de turismo na Croácia

Nos outros meses, faz frio, especialmente na capital da Croácia, Zagreb. Por ficar atrás das montanhas, tem temperaturas mais baixas. As cidades de praia ficam na frente das montanhas, e o clima é um pouco mais tranquilo.

No entanto, no inverno europeu, que vai de dezembro a março, o clima na Croácia é bem frio, em todo país. Em dezembro e janeiro, sempre neva em Zagreb, mas no litoral também pode nevar. Claro, que isso pode até ser legal e bonito, mas saiba que a Croácia no inverno será totalmente diferente.

Imperdível => Passeios até os Lagos Plitvice na Croácia

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 15% de desconto usando o cupom PROTETORSOLAR (até 28/02), é só clicar no botão.
 

 

4) O que fazer na Croácia?

Os principais destinos turísticos da Croácia sem dúvida são as praias e parques. Por isso, o foco do meu roteiro na Croácia foi conhecer o litoral. O país tem ilhas lindíssimas que merecem ser visitadas. Já Zagreb, a capital da Croácia, acaba ficando um pouco esquecida por turistas, por sua localização, bem longe do litoral. Mas sem dúvidas, também deve ser uma bela cidade para se conhecer.

 

5) Estique sua viagem para Croácia, até Montenegro

Croácia e Montenegro
Baía de Kotor em Montenegro.

Minha dica de ouro para você que está montando seu roteiro pela Croácia, é esticar sua viagem até os países vizinhos. Montenegro é um país pequenino, há apenas 2 horas de Dubrovnik. E merece muito a visita, além do que, a Baia de Kotor é linda. E lá sim, é um país muito barato, então dá para comer em ótimos restaurantes pagando super pouco.

Sugestão => Excursão guiada a pé em Dubrovnik

 

6) Qual o idioma falado na Croácia?

A língua falada na Croácia, ou seja, a oficial é o próprio croata. Um idioma que pode parecer um pouco complicado para nós brasileiros. Quem lembra os nomes dos jogadores da seleção da Croácia na Copa? No entanto, não tive problemas para me comunicar. Embora nem todo mundo fale inglês ou espanhol perfeitamente, quase sempre falam o suficiente para entender o necessário.

 

7) Qual a comida típica da Croácia?

Comidas típicas da Croácia

A comida típica da Croácia tem certa influência da culinária italiana. Portanto, é um bom lugar para comer massas ou tomar um bom sorvete, especialmente no verão. A gastronomia da Croácia também tem certa semelhança com a gastronomia da Grécia. Já que a localização geográfica da Croácia é parecida com a Grécia e o clima é próximo, possuem vários ingredientes em comum.

As comidas típicas da Croácia são à base de frutos do mar, especialmente o polvo, além de muito azeite, figos e mel. Bem típico da cozinha Mediterrânea. É claro que os peixes e outros itens marinhos são destaque lá, pois o que mais tem por lá é mar.

O azeite, produzido lá mesmo, principalmente em Hvar, assim como o mel. A lavanda também é típica, especialmente em Hvar. Lá, eles usam como sachê perfumado, mas também na comida. Tem mel com lavanda, por exemplo. Vale muito a pena experimentar, e também é uma boa sugestão para quem busca dicas de compras na Croácia. Na minha opinião, estas comidas são as melhores compras por lá.

Conheça experiências gastronômicas na Croácia »

 

8) Qual o padrão das tomadas elétricas na Croácia?

As tomadas na Croácia são do tipo C ou tipo F, bem similares ao antigo padrão do Brasil. É aquela tomada com dois pinos redondos. No entanto, mesmo que você tenha adaptadores de tomada e aparelhos com este tipo de tomada do Brasil, talvez não funcione.

Às vezes, o tamanho do pino não é idêntico. Portanto, o melhor é usar um adaptador universal, um daqueles que todo viajante deve ter na mala.

Já a voltagem na Croácia é 220 volts, portanto, dependendo de onde você more, vai ter que se limitar aos aparelhos bivolts, se não corre o risco de queimar seu eletrônico.

 

9) Como se locomover na Croácia?

Como se locomover na Croácia

As estradas na Croácia são muito boas, além de ter vistas maravilhosas. Por isso, pode ser uma boa alugar um carro na Croácia para conhecer todas as praias e cidades turísticas que desejar.

Já o transporte público nas principais cidades existe, mas em épocas mais lotadas, pode deixar a desejar. No entanto, as cidades são relativamente pequenas, então não há muito problema em se locomover com Uber e Táxi.

As embarcações são outro meio de transporte que certamente você irá utilizar, já que muitos destinos turísticos da Croácia são ilhas, como Hvar. Tem até Uber, que faz serviços de lancha.

Leia também => O que fazer em Hvar

 

10) Festas na Croácia

Melhores festas na Croácia
A balada Kalypso na praia de Zrce, na ilha de Pag.

Para os baladeiros, o país é o lugar para curtir a noite, ou até mesmo o dia de festa, e por que não. Lá é bem comum começar a animação no por do sol, num beachclub ou até em uma festa no barco. Mas, a noite, são várias baladas de respeito.

Além da famosa Yatch Week, uma festa que rola em alto mar, em Split acontece um dos maiores festivais de música eletrônica, o Ultra Music Festival. E claro, tem várias baladas, assim como em várias outras cidades turísticas da Croácia como Dubrovnik, Zadar, e claro, as badaladas ilhas de Hvar e Pag.

Se quiser algo mais tranquilo para conhecer a região de barco, procure por uma das várias excursões que saem de Split para as ilhas.

 

11) Praias de nudismo na Croácia

Praias na Croácia

Não se espante se você for a alguma praia da Croácia e ver algumas pessoas sem roupa. Não to falando de topless, que é comum na Europa, é sem nada mesmo. O país é conhecido como o paraíso do naturismo. Existem várias de praias na Croácia que são assim. Eu achei uma por acaso, no caminho de Split para Dubrovnik. Mas, no norte, perto da Eslovênia, na região chamada de Ístria, é onde se concentram a maior parte.

Acredito que seja um costume bem comum no local, pois meus pais conheceram o país há muitos anos atrás, antes de ser um dos destinos mais requisitados para curtir o verão europeu. E já tinham me contado sobre este costume. Além disso, não são apenas jovens os adeptos, você vê várias pessoas mais velhas, casais, famílias.

Portanto, não vá pensando que a Croácia é um país só de festas e gente pelada nas praias. O povo lá é muito respeitoso e simpático. É só uma questão de costumes e liberdade. O país é um dos mais incríveis que existem. Todo mundo tem que conhecer, pois com certeza, tem passeios na Croácia para todos os estilos.

Espero que estas dicas da Croácia tenham ajudado, qualquer dúvida é só comentar. Se tiver outras informações sobre sua viagem para a Croácia, compartilhe com a gente! 😉

 

Mais dicas sobre a Croácia:

  • No items.

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Carolina Arbache

Paulistana, 27 anos, herdei a paixão por viagens dos meus pais. Faço loucuras para sair, nem que seja por poucos dias, de São Paulo. Sempre em busca de viajar mais e mais, meus destinos preferidos são aqueles que posso ficar em contato com a natureza. Não ligo para lugares da moda. Gosto mesmo é de explorar a cultura do lugar, conversando com moradores, apreciando a gastronomia e descobrindo pérolas escondidas. Sou formada em nutrição, adoro escrever e trabalho com produção de conteúdo desde 2012.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *