Quebrada de Cafayate, em Salta: mapa, como chegar e dicas

Quebrada de Cafayate, em Salta: mapa, como chegar e dicas

Um dos lugares mais visitados em Salta é a Quebrada de Cafayate, que ficou conhecida pelo nome da principal cidade desta Quebrada, a cidade de Cafayate, mas o nome oficial é Quebrada de las Conchas.

A Quebrada de Cafayate é muito conhecida por sua beleza ímpar e características de fauna e flora mista alternando entre regiões desérticas e algumas com vegetação mais característica de zonas tropicais e até dunas.

A cultura do vinho também é algo excepcional na Quebrada de Cafayate e em outras quebradas vizinhas, como a Quebrada de las Flechas.

Embarquemos agora na nossa viagem à exuberante Quebrada de Cafayate, na região de Salta, na Argentina.

Planeje sua viagem => Onde ficar em Salta

Seguro viagem América do Sul »

 

Mapa da Quebrada de Cafayate

Praticamente toda a Quebrada de Cafayate está dentro da Reserva Natural Quebrada de las Conchas, que tem uma área de 25 mil hectares, o que seriam quase 30 mil campos de futebol oficial, é imensa.

A Quebrada tem cerca de 100 quilômetros e vai desde a cidade de Alemania até Cafayate, a cidade de Alemania está a cerca de 100 quilômetros ao sul da capital da província, Salta.

Apesar de passar pelos municípios de Três Cruzes e Las Conchas, durante toda nossa viagem não passaremos por nenhum perímetro urbano depois de Alemania, que na verdade foi um perímetro urbano, hoje é uma cidade fantasma.

quebrada de humahuaca
Reserva Natural Quebrada de las Conchas | Foto: travelwayoflife, via Wikimedia Commons.

A rodovia é bastante sinuosa com uma paisagem impressionante, também destaco aqui que alguns pontos para visitar na Quebrada estão a uma distância curta da rodovia, no máximo um quilômetro, mas não dá para chegar de carro.

Nestes pontos sempre há um lugar para parar o carro e placas indicativas do início das trilhas até os pontos turísticos.

Mas, isto não faz da paisagem da rodovia menos interessante, durante todo o percurso na Quebrada de Cafayate desde a saída de Alemania, a paisagem é impressionante.

CLIQUE AQUI para agendar os melhores passeios em Cafayate »

 

História da Quebrada de Cafayate

Tudo da Quebrada de Cafayate
Quebrada de Cafayate | Foto: travelwayoflife, via Wikimedia Commons.

Aqui quero contar o que fui ouvindo de moradores e guias locais na minha viagem, depois fui me certificando o que eram causos e o que era realmente história, mas a beleza das lendas e da cultura andina continuará em minha cabeça.

Isto, por si só já é uma das atrações da Quebrada de Cafayate. Pare para ouvir as pessoas, uma vez que há muita simbologia e mística em seus discursos e são muito diferentes do que estamos acostumados a ouvir no Brasil. Mas, agora vamos à história.

Um fenômeno geológico recente terminou de criar toda a beleza que hoje forma a Quebrada de Cafayate. Entre 300 e 600 mil anos atrás o descongelamento dos Andes e seu deslocamento ao Oeste fez com que as águas se acumulassem nas partes mais baixas formando um imenso lago.

Ele tem largura de 18 quilômetros e mais de 100 quilômetros, onde hoje está parte da quebrada. O Rio Juramento, um pouco mais ao norte da província provocou o esvaziamento do lago, o que deixou restos e sedimentos de animais e plantas que você poderá encontrar em alguns pontos da viagem pela Quebrada.

dicas da argentina
Formações na Quebrada | Foto: Lifesan, via Wikimedia Commons.

Há cerca de 70 milhões a região onde está a Quebrada de Cafayate e também as belíssimas Quebradas de Humahuaca e a Quebrada de las Flechas, os dinossauros habitavam a região. Próximo à cidade de Alemania, há marcas de patas de dinossauros em uma grande parede natural.

É interessante notar que hoje está em posição vertical, mas estudiosos afirmam que pelas marcas das patas fossilizadas estarem neste paredão que é chamado Escalera, escada em português, esta formação estava na posição horizontal há milhões de anos.

Também são encontrados na Quebrada de Cafayate, marcas de ondas e folhas, além de fósseis que à primeira vista parecem pedras, mas é uma das primeiras formas de vida terrestre, eram micro-organismos que formavam capas e capas, uma acima da outra, ficando abaixo somente rocha morta.

O que dá nome à Quebrada, que como comentei anteriormente chama-se Quebrada de las Conchas, são fósseis parecidos aos caracóis e que dá para encontrar em vários pontos da Quebrada. A presença de rochas vulcânicas também possibilitou identificar que o Mar Amazônico também fez parte da construção geológica.

Aproveite => Excursão panorâmica de ônibus em Salta

 

Como chegar na Quebrada de Cafayate

pontos turísticos da argentina
Ruta 68 | Foto: Gonzalo Rivero, via Wikimedia Commons.

A Quebrada de Cafayate para quem sai de Salta é cortada pela Rodovia 68, você verá indicado nas placas Ruta 68. A rodovia segue o curso do Rio de las Conchas, daí o nome oficial da Quebrada. São 197 quilômetros de Salta até chegar à Cafayate.

Saindo pela Circunvalación Oeste, que é como um rodoanel que circunda Salta, rodaremos 15 quilômetros até chegar à Rodovia 24, neste ponto as placas vão te indicar Cerrillos, Cafayate. Na Rodovia 24, é um trajeto curto, de apenas três quilômetros até chegar à Avenida Julio Argentino San Milan.

Saindo da cidade essa avenida passará a se chamar Ruta 68, atenção quando passei por aí em 2015 não havia placas indicando Cafayate, mas em qualquer posto de gasolina vão saber te indicar a saída para Cafayate. Quando você estiver saindo do perímetro urbano de Cerrillos, vão aparecer as placas indicando Cafayate.

Depois vão ser cerca de 160 quilômetros até o trevo com a Rodovia 40 que é onde fica a entrada para Cafayate, mas nos últimos 80 quilômetros já estaremos na Quebrada de Cafayate. A primeira parada está a um pouco mais de 100 quilômetros de Salta, na cidade de Alemania.

Ruta 68
Rio de las Conchas | Foto: Julian Pochettino, via Wikimedia Commons.

A segunda um pouco menos de 12 quilômetros depois de sair de Alemania, no impressionante mirante que tem o mesmo nome da Quebrada, neste ponto está o Mirador Quebrada de Las Conchas. Mais algumas pardas e chegaremos na Garganta do Diabo, distante 22,5 quilômetros do Mirante.

Bem perto, são 700 metros, dá para ir caminhando pela linda paisagem até o Anfiteatro, que tem este nome, mas é uma garganta feita pela natureza e que se assemelha e muito a um anfiteatro. Mais 15 quilômetros pela Rodovia 68 e você chegará a Tres Cruces, Três Cruzes, em português.

É outro mirante com impressionante paisagem e de onde você trará lindas fotos. Novamente mais 15 quilômetros e você estará em La Yesera e mais 20 quilômetros em Los Castillos, duas formações geológicas que fazem desta viagem um espetáculo ainda mais atraente da natureza, falarei destes dois pontos um pouco mais adiante.

Depois destas boas paradas e muitas fotos, você seguirá por mais 20 quilômetros e chegará à cidade de Cafayate. Mas antes de entrar á cidade você se deparará com dunas, mais ou menos 5 quilômetros antes de entrar à cidade de Cafayate há o que é chamado Los Medanos.

Incrível => De Salta: Excursão Salinas Grandes e Purmamarca

 

Como funciona e horários

Todos estes pontos turísticos que relacionei para você no caminho de Salta a Cafayate pela Quebrada de Cafayate são gratuitos, você só pagará algo se decidir fazer uma visita guiada ou degustação em alguma vinícola no caminho.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na Argentina. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Mas, destaco aqui que as principais vinícolas estão já em Cafayate e na Quebrada de las Flechas, que se pode ir desde Cafayate, sobre estas vinícolas eu preparei um texto exclusivo sobre elas com dicas tanto de Cafayate, quanto de Salta.

O único lugar que vou descrever em seguida e que cobra entrada é o Museu Arqueológico Rodolfo I Bravo.

Desfrute => City Tour guiado em Salta

 

O que fazer na Quebrada de Cafayate

Cidade de Alemania

Quebrada de Cafayate Alemania
Alemania | Foto:Charly W. Karl, via Creative Commons.

Nossa primeira parada é na cidade de Alemania, Alemanha em português, a cidade é muito conhecida pelo cultivo de tabaco e pelas suas construções em adobe.

Vale a parada para apreciar também a antiga estação de trem, construída em 1916 e que funcionou até 1971 com trens desde Alemania para Salta.

Alemania hoje é um povoado que muitos consideram fantasma. Atualmente só há registro de um senhor que vive no povoado que já foi bastante importante para a província, ele cuida da antiga estação, se der sorte dá para conversar um pouco com ele.

Programe-se => Tour para Salinas Grandes, Purmamarca e Humahuaca

 

Puente Morales

Bem perto da Puente Morales, ponte em espanhol, está onde foi encontrada a maior quantidade de fósseis de rãs em toda América Latina, em várias pedras é possível ver todo o esqueleto delas ainda presos.

Imperdível =>  Tour para a Colina das Sete Cores

 

Garganta do Diabo e Anfiteatro

Quebrada de Cafayate Garganta do Diabo
Garganta do Diabo | Foto: noambh, via Wikimedia Commons.

 Nossa próxima parada é a Garganta do Diabo, formação rochosa que tem este nome pelo formato da Garganta e é de uma particular beleza, com os becos que se formaram ao longo de milhões de anos.

Logo em seguida, vale e muito a parada no Anfiteatro, uma formação rochosa, que parece uma garganta, mas com formato oval no seu interior, possibilitando uma excelente acústica, além de uma bela paisagem.

É comum encontrar no Anfiteatro, músicos locais tocando suas flautas ou outros instrumentos e conseguir visitar o Anfiteatro com o melhor da música tradicional andina.

Em grupo => Traslado compartilhado ida e volta do aeroporto de Salta

 

El Fraile

Quebrada de Cafayate El Fraile
El Fraile | Foto: Pablo BD, via Creative Commons.

El Fraile, que seria o padre em português, é uma formação rochosa que parece mesmo um padre, é mais um dos desenhos que a natureza fez na Quebrada de Cafayate, uma placa na rodovia indica que você chegou.

   

Há que fazer uma pequena caminhada de cerca de 500 metros para visualizá-lo, mas neste caminho a exuberância das rochas e o Rio das Conchas banhando a região já valem a caminhada.

Opção => Tour pelo Centro Histórico de Salta

 

Las Ventanas

São formações rochosas que parecem ter furos e serem esculpidas, dá para pensar mesmo que algum artista interviu nelas, mas é produto da natureza mesmo.

Ventanas, significam janelas em português, mas as possibilidades de brincar de que desenhos estas grandes aberturas nas rochas formaram não se limita a pensarmos elas como janelas.

Descubra => Montanha de 7 cores em Purmamarca

 

Mirador Tres Cruces e a Casa de Los Loros

O Mirante de Três Cruzes é o mais impressionante do nosso caminho, isto porque apesar de outros mirantes estarem mais altos o de Três Cruzes está em um local muito privilegiado, em uma ponte de onde se vê ao longe o curso do Rio das Conchas e as montanhas que o circundam.

Desde o Mirante de Três Cruzes estão garantidas lindas fotos para suas lembranças da Quebrada de Cafayate. Bem pertinho do Mirante de Três Cruzes, há a Casa de los Loros, que em português é Casa dos Papagaios.

A Casa dos Loros é uma imensa parede cheia de pequenos buracos, onde vivem milhares de papagaios, se você tiver sorte pode passar em um momento que eles saiam de suas casas voando pela acima da rodovia e para dentro da Quebrada.

Excursão => Salinas Grandes, Purmamarca e Caminhada Los Colorados

 

Los Castillos

Quebrada de Cafayate Los Castillos
Los Castillos | Foto: littletroll, via Wikimedia Commons.

Ao pé de altas montanhas, estão Los Castillos, os Castelos em português, formação rochosa que parece um castelo, há um mirante para fotos desta linda paisagem.

m

 

La Yesera

Quebrada de Cafayate La Yesera
La Yesera | Foto: Jimmy Baikovicius, via Creative Commons.

En La Yesera, não é o desenho da natureza que é o mais exuberante, mas sim as cores com que a natureza pintou estas montanhas.

As várias fases de formação geológica que contei para você na história da Quebrada fez com que as cores das montanhas sejam diferentes em determinados pontos de nosso trajeto.

Mas, na Yesera, elas estão todas reunidas, em uma única montanha, indo desde um tom muito próximo de areia, até tons mais acinzentados e avermelhados.

Dicas => Passeios em Jujuy e Salta

 

El Obelisco e artesanato Local

El Obelisco é mais uma das atrações que a natureza desenhou no nosso roteiro, o Obelisco é formado por rochas pontiagudas circundadas por uma vegetação típica de regiões áridas e obviamente os cactos, que são imensos.

Mas, na parada para ver o Obelisco há uma pequena feira onde ficam principalmente artesãs locais que vendem lindas peças feitas em barro que são mini cópias de muitas das paisagens que parecem esculturas.

Além disto, estas artesãs têm muita história e estórias para contar para você sobre a Quebrada de Cafayate.

Prático => Traslado privado ida e volta do aeroporto de Salta

 

Los Colorados

Quebrada de Cafayate Los Colorados
Los Colorados | Foto: Rovagnati, via Wikimedia Commons.

Los Colorados, ou os Coloridos em português tem formação semelhante a La Yesera, mas com a diferença que formam um grande cânion no Rio das Conchas. Los Colorados tem uma placa indicativa na Rodovia 68.

Imperdível => Deserto de Sal em Jujuy

 

Los Médanos – Dunas de Cafayate

Cerca de 7 quilômetros antes de chegar em Cafayate, você se deparará com mais um espetáculo da natureza e bastante inusitado pela região que está.

Os Medanos são dunas de formação recente e ainda de constante movimentação pelos ventos e é onde reparece vegetação mais parecida com a tropical.

Câmbio => Qual moeda levar para a Argentina

 

Museu Arqueológico Rodolfo I Bravo – Cafayate

Localizado na Rua Colón, 191 a uma quadra da praça central de Cafayate, o Museu leva o nome de um arqueólogo que trabalhou mais de sessenta anos na região.

No museu você vai poder ver várias peças que foram encontradas próximas à cidade de Cafayate e tiveram seu uso em rituais religiosos ou fúnebres.

O Museu Arqueológico Rodolfo I Bravo funciona de todos os dias, exceto segundas-feiras das 11 às 20 horas e entrada custa 100 pesos argentinos, o equivalente a 8 reais.

Imperdível => Excursão a Cordilheira dos Andes Aconcágua

 

   

Tours para a Quebrada de Cafayate

Tours para a Quebrada de Cafayate
Passeios na Quebrada de Cafayate | Foto: Ari Bakker, via Wikimedia Commons.

  • Cafayate com degustação de vinhos: Os tours para Cafayate são diferenciados pela duração e por haver possibilidade de transporte e guia compartilhado com o grupo de viaja contigo na van ou privado. Este tour inclui a parada na maioria destes fantásticos pontos que comentei contigo que há na Quebrada de Cafayate, além da parada em uma vinícola com degustação de vinhos.
  • Viagem Privada em Cafayate: Há opção de fazer o tour anterior de maneira privada com um grupo de até 4 pessoas, e neste formato há um guia exclusivo para o grupo, tornando a viagem ainda mais fascinante.
  • Tour de dois dias a Cafayate: Este em minha opinião é o tour que mais vale a pena fazer, isto porque você vai fazer o caminho de ida de Salta a Cafayate com muito mais tranquilidade e chegará a Cafayate no final da tarde e a volta para Salta é somente no dia seguinte, podendo aproveitar para jantar na charmosa cidade e fazer algumas visitas na manhã seguinte antes de voltar a Salta. Neste tour não está incluso hotel e a seguir você poderá ver algumas opções de hotéis em Cafayate e escolher o que melhor se adapta ao seu perfil.

Tour => Montanha das 14 cores e Quebrada da Humahuaca

 

Hotéis perto da Quebrada de Cafayate

Hotel Econômico na Quebrada de Cafayate

Alto Del Valle Cafayate
Alto Del Valle Cafayate | Foto: Booking.

Cafayate não é uma cidade muito barata, nem para comer, nem para se hospedar, mas o Alto del Valle tem preço muito bom e um serviço bastante diferenciado por se tratar de um hotel econômico.

O Alto del Valle é uma excelente opção para quem não busca luxo, mas comodidade, uma excelente localização e vista para as montanhas junto com bom atendimento e preço.

O hotel-pousada tem um grande jardim interno e um terraço com churrasqueira para os hóspedes que tem uma linda vista para a cidade de Cafayate e atrás se vê as montanhas da Quebrada de Cafayate.

Com avaliação 8,6 o Alto del Valle é incrível e oferece assistência para excursões, além de vender ingressos para os Museus que estão em Cafayate e nos arredores.

 

Hotel com custo-benefício na Quebrada de Cafayate

Munay Hotel Cafayate
Munay Hotel Cafayate | Foto: Booking.

Desde a chegada ao hotel Munay, você já vai notar que é um edifício simples, mas com toques bastante cuidadosos na decoração e na arquitetura, na parte externa, as pedras características da arquitetura andina deixam esta marca.

Já no interior do hotel, há peças que são verdadeiras relíquias como uma antiga vitrola que fica no salão do café da manhã do hotel, já no pátio interno um cacto é o centro das atenções, nada mais saltenho que tê-lo como o protagonista e centro do hotel.

Ainda há uma piscina aberta e o hotel disponibiliza bicicletas gratuitamente, o Munay é considerado excelente com avaliação 9.

 

Melhor hotel na Quebrada de Cafayate

hoteis na região de salta
Patios De Cafayate | Foto: Booking.

Em minha opinião, o Patios de Cafayate é o hotel que consegue juntar o melhor de Cafayate com um atendimento de altíssimo nível.

O casarão do hotel é colonial e tem uma imensa área verde com uma piscina com uma vista deslumbrante para as montanhas.

Já nos quartos há um mix da arquitetura e decoração colonial com peças exclusivas, produzidas por artesãos locais, com muitos detalhes em tecido colorido, típico da cultura andina e nos quartos superiores há banheiras com peças trabalhadas em cerâmica que deixam o ambiente ainda mais charmoso.

Nestes mesmos quartos superiores ainda há sacadas privativas, uma sala muito bem decorada, uma cozinha com equipamentos básicos e um lavabo.

Quem já ficou no Patios de Cafayate o considera excepcional e a sua avaliação é 9,6 de 10.

Delícia => Excursão à Cafayate com degustação de vinhos

 

Dicas para curtir a Quebrada de Cafayate

cidades turísticas da argentina
Paisagem fica linda ao anoitecer | Foto: jikatu, via Wikimedia Commons.

Apesar das visitas serem bem melhores de se fazer durante o dia, eu fiz o último trecho já à noite e a paisagem desértica permite que a Lua a ilumine de maneira impressionante.

Só fique atento para as roupas, depois de escurecer a temperatura cai muito, ficando um pouco abaixo de 15 graus no verão e chegando bem perto de zero no inverno.

Dicas => Roteiro em Salta e Jujuy

 

Curiosidades da Quebrada de Cafayate

Você deve ter notado que a Quebrada de Cafayate é um lugar para quem gosta de natureza, tem interesse por fenômenos geológicos e arqueológicos ou simplesmente pela beleza que estas formações nos proporcionam.

Mas, a Quebrada não se resume somente a isto, o charme da cidade de Cafayate, a lua sobre estas paisagens de nosso percurso e a boa gastronomia aliada com os excelentes vinhos de altitude tornam o destino para lá de romântico também.

Se você quiser ler sobre outros pontos turísticos de Salta que valem a pena a visita. Também fiz um texto exclusivo sobre o melhor da gastronomia saltenha indicando algumas bodegas e vinícolas para apreciar os excelentes restaurantes em Salta.

E pela tradição de vinhos da região, veja este vídeo de uma bodega em Cafayate, feito pelo site oficial de turismo da Argentina:

Você já visitou a Quebrada de Cafayate? Alguma dúvida ou sugestão para compartilhar? Comenta aqui!

 

ESCRITO POR

Jairo Araldi

ESCRITO POR

Jairo Araldi

Jairo Araldi, é sociólogo e consultor, sempre busca trabalhos que envolvam viagens, com isto já viajou por muitos países da América Latina. Paulistano, migrou primeiro a Rosário, na Argentina, onde viveu por quase um ano, mudando-se para Buenos Aires para cursar mestrado em políticas públicas e viveu quatro anos na cidade, em 2018 recebeu convite para um trabalho em Assunção no Paraguai, onde vive atualmente. Adora escrever, viajar e conhecer outras culturas.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *