Início / Américas / América do Sul / Chile / Santiago com crianças: o que fazer em família no Chile

Santiago com crianças: o que fazer em família no Chile

Dá para ir a Santiago com crianças? O que fazer em família no Chile? Será que tem diversão para todo mundo? Perguntas como essas sempre fazem parte da preocupação dos pais, pois quem tem filhos pequenos fica com receio na hora de planejar uma viagem e escolher um destino. Afinal, o local eleito deve ser interessante tanto para os pais, quanto para a meninada.

E Santiago do Chile é uma ótima cidade para viajar com os pequenos, pois oferece inúmeras possibilidades de passeios. Ela abriga vários parques, museus, praças e para completar a programação, em suas proximidades fica o Valle Nevado, que dependendo da época do ano, oferece atividades incríveis na neve, como esqui e snowboard. Pensando nisso, preparei um post com dicas sobre o que fazer em Santiago com crianças.

Planeje sua viagem => Onde ficar em Santiago: dicas de bairros e hotéis »

Seguro viagem infantil: dá para viajar tranquilo com bebês e crianças?

 

O que fazer em Santiago em família?

O que fazer em Santiago com crianças

Viajar com as crianças é um delícia! Mas (sejamos sinceros) dá um trabalhão! Por isso mesmo, a melhor forma de ter umas férias mais tranquilas é cuidar de tudo com antecedência e evitar ao máximo os imprevistos. E dá para fazer um roteiro em Santiago em Família muito bom. É só pensar em atrações interessantes tanto para os adultos, como para as crianças em Santiago. Veja as sugestões do que fazer:

  • Parque Bicentenário;
  • Parque Quinta Normal;
  • Museu de História Natural;
  • Museu Artequim;
  • Museu Interativo Mirador;
  • Museu Chilena de Arte Pré-Colombinana;
  • Cerro Santa Lucía;
  • Centro e Mercado Central;
  • Bairro Lastaria e visitar o Centro Cultural Gabriela Mistral;
  • Valle Nevado e Farellones.

Oportunidade => Excursão para Valle Nevado e Farellones

 

Dicas de roteiro em Santiago com crianças

Atividades em Santiago para crianças
Foto: Parque Bicentenário.

Não é à toa que o Chile é um dos países da América do Sul mais visitados pelas famílias brasileiras. E temos que concordar que é um destino e tanto! Neve, montanhas, parques, deserto, mar e tantas outras atividades que agradam os viajantes adultos e os mirins também (conheça todos os principais pontos turísticos de Santiago). Agora, confira os roteiros específicos para agitar as férias da turma inteira!

 

1) Parque Bicentenário

Parque Bicentenário em Santiago |  Jorge Barrios Riquelme, via Wikimedia Commons.

O Parque Bicentenário foi fundado em homenagem ao bicentenário da independência chilena, comemorado no ano de 2010. O espaço é muito bonito e moderno, com várias áreas verdes e também de lazer para as crianças. Além disso, nos finais de semana, o parque fica cheio de food trucks, ótima opção para lanche no final do dia.

O parque Bicentenário está localizado na Av. Bicentenario, número 4050, no Bairro Vitacura, uma região bem nobre da cidade. Aproveite também para ver de perto flamingos e outras aves típicas do Chile. A entrada é gratuita e o parque funciona 24h. Se quiser conhecer outros parques, leia o post sobre os melhores lugares ao ar livre em Santiago.

 

2) Parque Quinta Normal

Levar crianças no Parque Quinta Normal
Pedalinho no Quinta Normal | Foto: Nereidas, via Wikimedia Commons.

Este é o parque mais antigo da cidade. O Parque Quinta Normal foi criado para ser um jardim botânico em 1841 e abriga mais de 4.200 espécies de plantas. Além disso, o parque tem espaço para andar de bicicleta, fazer piquenique, entre outras atividades que os pequenos adoram.

São mais de 4 mil árvores, muitas delas centenárias. Porém, o destaque são para 6 museus que ficam em seu território: Museu de História Natural, Museu da Ciência e Tecnologia, Museu Ferroviário, Museu de Arte Contemporânea, Museu Artequin e Museu da Memória e Direitos Humanos. Alguns desses museus são minhas próximas sugestões. O endereço é: Av. Matucana, 464. A entrada é gratuita e para ir de metrô é só descer na estação Quinta Normal.

Bike => Excursão turística de bicicleta por Santiago

 

3) Museu de História Natural

Museu de História Natural com crianças em Santiago
Museu de História Natural | Foto: Museu de História Natural.

O Museu de História Natural é um passeio obrigatório para fazer com as crianças. Lá estão expostos vários fósseis e animais empalhados como tigres de bengala, dinossauros, baleia, etc. Os pequenos costumam adorar! Além disso, o museu narra a história da civilizações antigas que habitaram a América, como o povo Rapa Nui da Ilha de Páscoa e do Império Inca.

Na verdade, existem duas unidades do mesmo museu. Um espaço fica dentro do Parque Quinta Normal e o outro na Ismael Valdés Vergara, 506. Para o último endereço é só descer no metrô Bellas Artes. Ambas têm entradas gratuitas e funcionam de terça a sábado, das 11 às 19h e aos domingos das 11 às 18h. Os museus não abrem às segundas e feriados.

Ainda no Brasil? => 10 dicas sobre o que fazer em São Paulo com crianças

 

4) Museu Artequin

Museu Artequin com as crianças
Museu Artequin | Foto: Artequin.

O Museu Artequin é um espaço perfeito para ensinar arte e apresentar obras de grandes artistas para as crianças. Ele expõe réplicas das principais obras da história da arte na altura dos pequenos, para que eles possam observá-las com detalhes. É uma experiência bem interessante para a meninada. O espaço também fica no Parque Quinta Normal.

Seu horário de funcionamento é de terça à sexta das 9 às 17h; aos sábados, domingos e feriados, das 11 às 18h. E atenção: às segundas e durante todo o mês de fevereiro, o museu Artequin é fechado. Os adultos pagam 1.500 pesos e as crianças mil. Descubra outros museus no artigo com os melhores museus de Santiago.

 

5) Museu Interativo Mirador

Museu Interativo Mirador programação infantil
Museu Mirador | Foto: Museu Interativo Mirador.

Outro espaço bem interessante para ir com as crianças é o Museu Interativo Mirador. Ele é um museu completamente interativo, onde é regra é mexer em tudo. As crianças se divertem muito explorando tudo que ele oferece. Elas são estimuladas a interagir com todo o seu conteúdo. Tem robôs, exposições sobre eletromagnetismo, energia, luz, salas 3D, entre vários outros espaços interessantes.

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

Adultos pagam 3.900 pesos e crianças 2.700. O espaço funciona de terça a domingo, das 9:30 até às 18:30h, sendo que a bilheteria só fica até às 17h30. O ingresso vale para o dia inteiro, então caso você entre e precise sair, pode voltar no mesmo dia. O endereço é Avenida Punta Arenas 6711, La Granja.

 

6) Museu Chileno de Arte Precolombino

Museu Chileno de Arte Precolombino com crianças
Museu de Arte Precolombino | Foto: Carlos,  via Wikimedia Commons.

O Museu de Arte Precolombino é um dos mais importantes do Chile e também um ótimo passeio para fazer com as crianças. Ele é bem didático abriga peças das civilizações maia, inca, obras de arte pré-hispânicas e até uma coleção surpreendente de múmias! É uma verdadeira aula de história!

Uma das vantagens desse museu é que ele fica a apenas uma quadra da Praça das Armas e você pode unir as duas visitas. O endereço é a esquina da Rua Bandera com a Compañía. Adultos pagam 6 mil pesos e crianças, metade disso. Ele é aberto de terça à domingo, das 10 às 18h.

 

7) Cerro Santa Lucía

Passeio divertido com crianças em Santiago
Cerro Santa Lucía em Santiago | Foto: QVM.

O Cerro Santa Lucía foi a região onde nasceu Santiago. Lá foi lugar onde Pedro de Valdívia fundou oficialmente a cidade em 1541. A região é bem bonita e por ser mais alta que o resto da cidade tem mirantes com vistas incríveis. Os pequenos costumam gostar bastante do passeio.

A entrada é gratuita e é toda ao ar livre, por isso atente ao clima da época. O cerro também possui algumas escadas e talvez não seja interessante para crianças muito pequenas. Este blog de viagem tem um artigo exclusivo sobre todos os tours que valem a pena fazer em Santiago. Confira.

 

8) Centro e Mercado Central

Lugares que as crianças gostam em Santiago
Mercado Central em Santiago | Foto: QVM.

Outro passeio legal para se fazer é visitar o centro de Santiago e dar uma passadinha no Mercado Central. O centro abriga a parte mais histórica da cidade e vale a pena conhecer o marco zero na Plaza de Armas, a catedral, o Museu de Arte Precolombino e outros prédios antigos da região. Além disso, um ponto legal de visitar é o Centro Cultural Palacio La Moneda, que fica anexo ao Palácio La Moneda, a atual sede do governo chileno. Se tiver a sorte, pegue um dia de troca de guarda (acontece a cada dois dias). As crianças costumam gostar de soldados bem uniformizados!

Como última parada, o Mercado Central de Santiago. Lá há uma grande variedade de alimentos, com uma diversidade enorme de frutos do mar. As crianças vão se divertir conhecendo todos. Para já conhecer os cardápios, leia também sobre os pratos típicos de Santiago. Além disso, o Mercado está instalado em uma construção muito bonita, toda feita em ferro e pré-fabricada na Inglaterra no final dos anos 1860. Do lado de fora tem muitas lhamas para tirar fotos com os turistas.

Pensando na viagem e não sabe como começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, por R$ 14,95 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

 

9) Bairro Lastaria e Centro Cultural Gabriela Mistral

Passeios com crianças pelo Centro Cultural Gabriela Mistral

Outra opção de passeio é conhecer o Bairsso Lastaria e visitar o Centro Cultural Gabriela Mistral. O bairro é bem gostoso, cheio de pequenos parques, lojas e restaurantes. Mas o atrativo mais interessante dele é o Centro Cultural Gabriela Mistral, que faz uma homenagem a escritora que ganhou o prêmio Nobel de literatura em 1945. O espaço recebe exposições e é muito agradável.

A sala de arte popular funciona de terça à sexta, das 10 às 20h. Aos finais de semana e feriados, das 11 às 20h. Já a sala de artes visuais é de terça à sábado, das 10 às 21h, e aos domingos das 11 às 21h. As entradas são gratuitas, porém alguns serviços não funcionam entre às 14 e 15h, como bilheteria para pegar o ticket para entrar, e o serviço de informações.

 

10) Valle Nevado e/ou Farellones

Valle Nevado ou Farellones com crianças?
Farellones | Foto: QVM

Para quem vai visitar Santiago no período do inverno, vale a pena esticar e conhecer o Valle Nevado. A criançada vai adorar brincar na neve e aprender a esquiar. O complexo invernal mais famoso do Chile fica há cerca de 60 quilômetros da região central de Santiago. Uma dica de ouro nesse quesito é trocar o Valle Nevado por Farellones.

Se as crianças são muito pequenas para esquiar ou é a primeira vez de contato com a neve, experimente levá-las primeiro a Farellones, que é outra estação, só que mais baixa do que o Valle.

Farellones é diversão pura, pois tem todas as brincadeiras com neve: tubing, uma boia redonda que desliza pela neve; canopy curto, um tirolesa entre as montanhas; trenó; bicicletas; raquetes de neve; zona de monos, para fazer bonecos de neve e simplesmente brincar, entre outras inúmeras atividades. Já estive nas duas e posso dizer: as crianças (principalmente as menores) se divertirão muito mais em Farellones.

Neve no Brasil => 10 passeios para curtir Gramado e Canela com as crianças

 

Dicas para viajar a Santiago com as crianças

Dicas para viajar para Santiago com as crianças

  • Se você vai passar poucos dias em Santiago com os pequenos, fuja das segundas-feiras. Quase nenhuma atração voltada para o público infantil abre nesse dia;
  • O Valle Nevado é maravilhoso, mas se a garotada tem problema com enjoos durante as viagens de carro, pense bem: são 60 curvas que embrulham o estômago de qualquer pessoa! Veja minha experiência de esquiar no Valle Nevado.
  • Farellones fica mais baixa que o Valle Nevado. São 20 ou 30 curvas. Ou seja, metade do sofrimento;
  • Não esqueça de fazer um seguro viagem infantil com cobertura exclusiva para a idade dos menores. Crianças são mais frágeis às mudanças de clima e temperatura e precisam ter assistência em qualquer lugar, principalmente no exterior. Compare os melhores planos de seguro viagem;
  • Dentro do Cerro San Cristóbal tem um zoológico. Se você curte a experiência (não gosto de ver os bichos presos), é outro programa para fazer com os pequenos;
  • A cidade conta com um shopping chamado Parque Arauco. Com tantas áreas de lazer, essa não é a melhor opção. No entanto, é uma mão na roda para fazer compras emergenciais, pois quem viaja com crianças sabe que imprevistos com roupas e sapatos acontecem rotineiramente. Aproveite e leia onde comprar barato em Santiago.

E você já esteve em Santiago com a garotada? O que vocês fizeram? Deixe nos comentários a sua experiência!

 

Leia outros posts sobre o Chile:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 35 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *