Início / Américas / América do Sul / Chile / 10 principais pontos turísticos de Santiago do Chile

10 principais pontos turísticos de Santiago do Chile

Localizada dentro de um gigantesco vale emoldurado pela Cordilheira dos Andes, Santiago é uma vibrante metrópole que tem o poder de encantar até mesmo o mais exigente dos turistas. E olhe que não são poucos: milhares de brasileiros embarcam para a capital do Chile em busca de ver neve, fazer compras e visitar os principais pontos turísticos de Santiago.

Seu charme europeu com sotaque latino, certamente é o ingrediente para o sucesso dessa receita! Os pontos turísticos de Santiago são encantadores, desde os prédios históricos que remetem ao tempo da colonização espanhola, passando por museus com acervos riquíssimos, bairros contemporâneos como Providencia, até chegar na suculenta gastronomia, que mistura tradições europeias e andinas.

Os pontos de interesse de Santiago mesclam perfeitamente o esplendor da natureza com o urbanismo simpático da cidade. Sua localização privilegiada revela o quanto é bonita essa região do mapa da América do Sul. Conheça agora os lugares imperdíveis de Santiago do Chile.

 

Quais são os pontos turísticos de Santiago?

Dicas de pontos turísticos do Chile
Cordilheira emoldura Santiago do Chile.

Para conhecer mais a fundo os costumes dos moradores de Santiago, é preciso visitar os parques e praças que se tornam pontos de encontro ao redor da capital, como a Plaza de Armas e o canteiro central da Av. Bernardo O’Higgins, lotados principalmente no horário do almoço. Descubra também o que comer, pratos típicos e restaurantes de Santiago.

Não se pode deixar de curtir um pouco da invejável vida noturna da cidade, em bairros como o clássico Bellavista, com dezenas de opções de bares e restaurantes, tudo isso para ter a chance de se misturar com o povo e entrar em sintonia com a incrível Santiago do Chile.

A seguir coloco os lugares e pontos turísticos que considero imperdíveis em Santiago do Chile, levando em consideração as vezes que estive na capital do Chile:

 

1. Cerro San Cristóbal

Pontos turísticos de Santiago
Funicular do Cerro San Cristóbal, uma das maneiras de subir.

A primeira das dicas sobre Santiago é que você não pode perder a vista do alto do Cerro San Cristóbal, a montanha mais famosa e turística da capital., certamente um dos lugares turísticos mais visitados de Santiago Ela fica dentro do Parque Metropolitano e é onde você poderá ter uma panorama geral de toda a cidade de Santiago, com a Cordilheira dos Andes ao fundo.

Para chegar ao cerro é possível ir caminhando ou até mesmo de bicicleta, como é bastante comum para os locais, que aproveitam as ladeiras para praticar exercícios. Porém, os turistas acabam preferindo pegar o micro-ônibus, bondinho ou funicular, uma espécie de bonde que sobe sobre os trilhos até o topo do moro.

Ah, e não passe aperto, descubra como funciona o transporte Público e como se locomover em Santigo.

Em cima do Cerro, você encontrará jardins, piscinas públicas (só no verão), um zoológico (entrada 4 mil pesos adultos e 2 mil crianças e idosos) e claro: uma vista de tirar o fôlego!

O Cerro San Cristóbal é um dos melhores pontos turísticos para apreciar o pôr-do-sol mais lindo de Santiago, como contou o Robson, autor do blog Um Viajante. Se quiser se aprofundar mais, o blog Meus Roteiro de Viagem fala sobre as atrações do bairro BellaVista.

O preço dos tickets para o bondinho e funicular varia de acordo com o dia da semana e se você compra trechos individuais ou a ida e volta juntos. No primeiro caso, é se você quer subir de um jeito e descer de outro. Em geral, os preços da ida e volta do Bondinho vão de 1.310 a 3010 pesos. Já o funicular, varia de 800 a 2.600 pesos.

Para circular de ônibus, você pode pagar de 700 a 350 pesos, dependendo do dia e da idade. A entrada para o parque é gratuita e tem estacionamento para carros pequenos e grandes, a partir de 3 mil pesos.

 Oportunidade => Santiago Wine Adventure: degustação de 5 vinhos

 

2. Museo de la Memoria

Preço do ingresso do Museu da Memória em Santiago
Foto: Museum of Memory and Human Rights, via Wikimedia Commons.

Museo de la Memoria y los Derechos Humanos, aberto em 2010, é uma homenagem às vítimas das violações dos direitos humanos durante o regime militar de Augusto Pinochet, que governou o Chile entre 1973 e 1990.

Seu acervo conta com fotografias, textos, vídeos e muitas atividades interativas. Para quem se interessa por história e arquitetura, é um museu muito interessante e com certeza vale a visita. Para você ter uma ideia, no espaço, existem objetos que rememoram a vida das vítimas da ditadura, bem como os lugares importantes para a resistência e também objetos que era usados na época.

Se você gosta de museus, conheça outro post sobre os 10 tops museus grátis e pagos para visitar em Santiago.

Reconhecido pela Unesco como integrante do Programa Memória do Mundo, esse museu fica em frente ao Parque Quinta Normal e tem entrada gratuita de terça a domingo, das 10 às 18h. No verão, durante os meses de janeiro e fevereiro, o horário é estendido até às 20h.

Descubra => O que fazer no Chile a partir de Santiago

 

3. La Chascona Casa Museo

Melhores museus de Santiago
La Chascona Casa Museo | Foto: Marcelo Lagarde, via Wikimedia Commons.

É um dos 3 museus da Fundação Pablo Neruda, todos localizados onde morou em Santiago. Esse, fica no bairro de Bellavista, local que o poeta viveu com sua terceira esposa Matilde Urrutida.

O La Chascona Casa Museo é decorado com uma incrível coleção de objetos de várias partes do mundo e ainda é a casa do seu prêmio Nobel. Existem quartos que fazem você ter a sensação que está dentro de um navio e de lá você também tem belas vistas da cidade.

O museu é uma das paradas do ônibus turístico da Turistik, a melhor agência especializada de Santiago. Mas dá para chegar lá também pelo transporte público de Santiago. Se você ficou curioso, os outros dois museus não ficam em Santiago. Então, esse é o único espaço oficial dedicado ao poeta na capital do Chile.

Às segundas, o museu é fechado. Mas de terça a domingo, ele abre das 10 às 18h. No verão, em janeiro e fevereiro, vai até às 19h. A entrada custa 7 mil pesos chilenos e a visita é feita com auxílio de áudio-guia, disponível em português.

 

4. Palacio de La Moneda

Como visitar o Palacio de La Moneda
Palacio de La Moneda em Santiago do Chile.

O Palacio de La Moneda é o palácio presidencial do Chile, localizado no centro de Santiago. Eles oferecem tours gratuitos, mas pedem agendamento com pelo menos uma semana de antecedência. Tudo feito pelo site oficial.

No La Moneda, você poderá conferir ótimas esculturas de artistas chilenos e passear por salões ondem acontecem importantes eventos. O prédio é um dos mais bonitos de Santiago. Foi construído em 1805 e leva os traços da arquitetura neoclássica italiana.

Mesmo que você não entre, dá para conferir de fora a sua suntuosidade, sempre com um gramado bem verdinho e suas fontes jorrando. Sua fachada rende ótimas fotografias e o melhor que é um ponto turístico de Santiago super acessível para qualquer tipo de roteiro. Ah, por falar nisso, leia o artigo roteiros de 3, 5 e 7 dias em Santiago.

E é fora do Palacio que acontece uma atração de Santiago imperdível: a troca de guarda. A cerimônia acontece a cada dois dias, às 10hs da manhã durante a semana, e às 11hs aos fins de semana.

 

5. Plaza das Armas

Melhores atrações de Santiago
Plaza das Armas | Foto: Bug Planet, via Wikimedia Commons.

A Plaza das Armas é o centro histórico da cidade e o seu marco zero, sendo um dos pontos turísticos mais famosos de Santiago. É uma grande praça com esculturas, fontes e muitas árvores.

Nos dias de semana, o movimento é mais de pessoas indo e vindo do trabalho. Já aos finais se semana, ela é bastante utilizada para atividades culturais e você encontrará muitos pintores, humoristas e cantores no local. Para aprender como se locomover na capital, veja também conhecendo Santiago de Metrô.

Além da Catedral Metropolitana, no seu entorno há diversos prédios importantes da cidade, como o Correio Central, o Cuartel de Bomberos, Museo Histórico Nacional e Municipalidade de Santiago. A dica é combinar o espaço com outras atrações turísticas e evitar frequentar o local à noite.

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

 

6. Catedral Metropolitana

Arquitetura de Santiago
Interior da Catedral Foto: GameOfLight, via Wikimedia Commons.

Localizada na Plaza das Armas, a Catedral Metropolitana de Santiago forma um conjunto arquitetônico com o Palácio Arcebispal, este sendo o quinto templo a ser construído no local.

Além de sua arquitetura belíssima e muito bem conservada, há diversos tesouros históricos guardados, como restos das principais figuras eclesiásticas do Chile e personagens nacionais como o político Diego Portales, considerado o organizador da República.

Dá para você visita-la em um roteiro pelo centro histórico da cidade. Ela é aberta todos os dias, sendo em horários diferentes: às segundas, às 11h; de terça a sábado, às 10h; e no domingo, às 9h.

Planejando alugar um carro em Santiago?
Compare preços e faça sua reserva no portal RentCars.

 

7. Museo Chileno de Arte Precolombino

Pontos turísticos imperdíveis de Santiago
Esculturas Mapuche | Foto: Koppas, via Wikimedia Commons.

Há quem diga que o Museo Precolombino é o melhor da cidade. No seu edifício do início do século 19, estão mais de duas mil peças do período pré-colombiano separadas de acordo com as regiões de estudo: Mesoameriana (México), Caribenha, Intermédia (Equador e Colômbia – veja o que fazer em Bogotá, post do Mil e Uma Viagens), Andes Central (Peru e Bolívia), Sul Andina (Chile e Argentina), Chaco Brasileiro e Fogo Patagônia.

A localização desse museu é ótima: a apenas uma quadra da Plaza das Armas. Às segundas, o espaço é fechado. Nos demais dias, o horário de funcionamento do Museo Precolombino é das 10 às 18h.

Uma dica de ouro para esse ponto turístico de Santiago é que no primeiro domingo de cada mês a entrada é gratuita. Nos outros dias, o ticket é 6 mil pesos. Durante seu passeio, você também pode conhecer o café e fazer uma pausa. No site oficial tem áudio-guia em português para download, uma vez que as visitas guiadas só são disponíveis para grupos escolares.

Confira => As melhores atrações e opções de passeios em Santiago

 

8. Mercados Central e La Vega

Mercado Central de Santiago | Foto: Rodrigo Fernández, via Wikimedia Commons.

O Mercado Central de Santiago é o local para apreciar as cores, sabores e aromas da culinária local. Ele foi aberto em 1872 e possui um prédio belíssimo, considerado Monumento Histórico Nacional.

O espaço conta com uma incrível variedade de lojas para comprar frutos do mar frescos, carnes, frutas e vegetais locais, além de ótimos restaurantes e cafés, para provar o melhor da culinária local. Tenho um artigo sobre dicas de compras em Santiago: onde comprar barato.

Muito próximo, do outro lado do rio, está o La Vega Central, um enorme mercado com foco na variedade de frutas e verduras frescas. Ao contrário do Mercado Central, esse não é mais um prédio histórico, mas muitos consideram uma visita agradável por ser bem limpo e com opções mais fáceis para refeições rápidas, sem gastar muito.

Outra desvantagem do Mercado Central é a abordagem insistente de alguns restaurantes para conquistar os clientes. Chega a ser chato caminhar por dentro do mercado e até nas proximidades. Se você quer experimentar um prato típico de Santiago, o lugar é esse, mas vá decidido onde comer se não você vai ser bombardeado pelos garçons.

Pensando na viagem e não sabe como começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, por R$ 14,95 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

Por outro lado, a área externa do mercado oferece uma vista linda da Cordilheira dos Andes e é possível presenciar apresentações culturais e tirar foto com aquelas lhamas, cheias de acessórios coloridos.

 

9. Parque Araucano

Principais parques de Santiago
Parque Araucano | Foto: Rodrigo Pizarro, via Wikimedia Commons.

O Parque Araucano é uma grande região verde no meio da cidade, lugar super bonito e agradável para passear. Existem diferentes áreas para diversas atividades como: pista de bicicleta, jardins de rosas, aviário, quadras de tênis e basquete, área para skate e um playground para crianças.

Ele abre todos os dias das 6 às 21h e no verão está sempre bem movimentado. Sendo considerado um dos melhores parques segundo locais e turistas. Se quiser conhecer outros, leia melhores parques em Santiago para passear.

Ele é cercado de muito agito e é um bom destino para curtir um happy hour nos bares e restaurantes que ficam nos arredores. Cuidado para não confundir com o Parque Arauco, que é um shopping de Santiago, e fica bem em frente ao parque natural. Ambos no bairros de Los Condes.

O Parque Araucano também é uma das paradas do ônibus turístico da Turistik, mas dá para chegar lá de metrô, ônibus ou táxi também.

Dinheiro => Dólar x peso x real: qual moeda levar para o Chile?

 

10. Museo Interactivo Mirador

O que fazer com crianças em Santiago do Chile
Foto: Museo Interactivo Mirador.

Aclamado por quem viaja com crianças, esse Museo Interactivo Mirador também é bastante interessante para os curiosos em ciência. Como o nome já diz, é um museu onde você interage com todas as engenhocas, podendo tocar em praticamente tudo!

São 11 salas com exposições de robótica, geográfica, mineração, química, luminotécnica, física, sistema solar e energia. Um dos destaque é o Túnel do Universo, a maior exibição interativa de astronomia da América Latina.

O ingresso custa 3.900 pesos para adultos e crianças e idosos pagam 2.700. O espaço geral funciona de terça a domingo, das 9h30 às 18h30, e algumas áreas, como a de jogos, somente a partir das 11h. Há cafeteria, restaurante self-service, lanchonete, loja e estacionamento gratuito.

 

Dicas sobre pontos turísticos em Santiago?

A capital do Chile, está entre as cidades mais cobiçadas por turistas brasileiros, e diversos motivos contribuem para isso. A proximidade, o ar europeu, gastronomia, a vibrante vida noturna, excelentes museus, parques e tantos outros pontos turísticos de Santiago, formando uma combinação perfeita para quem desembarca por aqui.


Fazendo sua reserva através dos links parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA TAXAS EXTRAS, e dessa forma monetizamos nosso trabalho. Se houver dúvida, leia as políticas do blog, ou deixe um comentário.

Planeje sua viagem => Onde ficar em Santiago: dicas de bairros e hotéis

Aluguel de Carros | Passagens Aéreas | Passeios em Santiago | Seguro de Viagem


Eu adoraria ver sua participação aqui no blog, tirando suas dúvidas ou compartilhando algo que pode ajudar outros viajantes. Se tiver dicas sobre os pontos turísticos de Santiago, deixe seu comentário abaixo.

Até + !!!

 

Leia mais sobre o Chile:


A viagem foi patrocinada, um convite da B4T Assessoria e Valle Nevado, mas as opiniões aqui expressas são de livre expressão do autor.

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 35 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

10 Comentários

  1. Ótimo blog,Guilherme. realmente muito bom.Tenho muita vontade de conhecer o Chile e Argentina,irei me programar para tal.Gostei das suas referências.Parabéns.

  2. De todos os pontos que você comentou, o que mais curti lá em Santiago, sem dúvida, foi o Cerro de San Cristóbal. Juntaria ele com o Cerro de Santa Lucía para tornar o dia perfeito. Dá para ir andando de um até outro numa boa. Para quem não tiver paciência, tem sempre a opção do metrô. 😛
    Falando em metrô, fiz um post (http://wp.me/p7hV7E-18x) dando dicas sobre ele, já que é um pouco diferente de como funciona aqui no Brasil. Espero que contribua de forma positiva para outros viajantes.
    Abraços!

  3. Olá, vou viajar pra Santiago em Novembro (11/2015) e tenho muitas duvidas sobre pontos turísticos,moeda,convivência com os moradores de la e muitas coisas e queria opiniões de brasileiros ou que moram la ou que já foram pra la. Quem puder ajudar ficaria grato.
    Segue o Nº do whtas para contato +55(61)9569-6307.

  4. Eu fui em um ponto turístico não tão conhecido e a cerca de 95 quilômetros de Santiago. Foi o ponto alto da minha viagem. Chama-se Monumento Natural El Morado. Quanto a esses pontos que você citou em Santiago, infelizmente não li seu blog antes de ir e não fui a alguns.

    Segue o meu post caso alguém tenha interesse

    https://semprenaviagem.wordpress.com/2015/06/09/monumento-natural-el-morado-cajon-del-maipo/

  5. Oi Gui, obrigado por ter citado o Meus Roteiros de Viagem. Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *