O que fazer em Durban, na África do Sul

por Guilherme Tetamanti

O que fazer em Durban, na África do Sul

Seu nome pode até ser um pouco desconhecido, mas são inegáveis as belezas e atrações que fazem de Durban uma das cidades sul-africanas mais cogitadas para viagens inesquecíveis. Porém, engana-se quem pensa que a cidade agrada apenas pela beleza e suas ondas chocantes, pois há muito mais o que fazer em Durban.

Localizada na costa do Oceano Índico, Durban sempre foi ponto de encontro de surfistas do mundo todo a procura de ondas incríveis e de um clima mais do que propício para o esporte. Sendo a terceira maior cidade da África do Sul, devido à rápida industrialização, essa cidade turística conta com a vantagem de possuir exuberantes paisagens naturais que contrastam com luxuosos resorts.

Vai viajar? => Encontre ofertas de hotéis em Durban

Seguro viagem para África do Sul »

 

Templo Hare Krishna

O que fazer em Durban
Interior do templo | Foto: www.southafrica.net

Outra curiosidade sobre a cidade é que ela abriga o maior contingente de indianos fora da Ásia, absorvendo muito desta cultura, que transparece principalmente na culinária local. Sendo assim, uma das principais atrações da cidade é o chamado Temple of Understanding, um belíssimo templo Hare Krishna localizado no subúrbio.

O templo impressiona por sua arquitetura e riqueza de detalhes. Considerado o maior templo Hare Krishna do Hemisfério Sul, foi construído no formato de uma flor de Lótus. Em seu interior é possível apreciar lustres de cristais, estátuas de bronze, lanternas de ouro, entre outros detalhes que tornam a experiência única. Além de um belo jardim, também possui um restaurante vegetariano digno de uma visita.

 

KwaMuhle Museum

Museus sempre fazem parte das viagens, ainda mais quando ajudam a contar a história do local visitado. Em Durban, o KwaMuhle Museum é uma parada obrigatória que transborda história. O museu tem como foco mostrar as questões que envolveram o Apartheid.

Através de fotos, vídeos e registros, a história do país e da cidade é mostrada, tanto em seus momentos de dificuldade e sofrimento, como o processo de desenvolvimento e libertação. O museu fica no centro da cidade e a entrada é gratuita.

 

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na África do Sul. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Estádio Moses Mabhida

O que fazer em Durban
Entrada principal do estádio de Durban.

O estádio Moses Madhiba foi construído para a Copa do Mundo da Fifa de 2010, no lugar de um antigo estádio de futebol que foi demolido. Isso aparentemente não é uma grande atração em si, mas vai por mim, vale a pena visitar o estádio mesmo que você esteja apenas de passagem por Durban.

Após o Mundial, uma série de atividades foram desenvolvidas para que o estádio se transformasse num ponto turístico de Durban, e foi exatamente o que aconteceu. Por estar numa localização privilegiada, as vistas para quem sobe na estrutura do estádio são fantásticas, então foram criados passeios para aproveitar essa característica.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom BFRIDAY, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Planejando alugar um carro na África do Sul?
Dicas definitivas para alugar carros baratos em viagens

Pontos turísticos de Durban
Durante o salto no Big Rush Big Swing.

É possível fazer desde um simples tour pelo interior do estádio, adicionando uma caminhada pelo arco principal, ou então um passeio pelo skycar. Mas sinceramente, nenhum deles é tão irado quanto o Big Rush Big Swing, uma espécie de pêndulo gigante que balança de uma ponta a outra do estádio…sério, é muito top!!! Mais uma atração que está no roteiro da Pangea Trails.

 

Big swing em Oribi Gourge

Swing jump em Durban
Momentos antes de saltar do cânion em Oribi Gourge.

Quem acompanha o blog já deve ter percebido que sou viciado em adrenalina, e procuro sempre praticar esportes radicais em minhas viagens. Foi assim com os bungy jumps na Nova Zelândia, nas torres de Joanesburgo e agora em Durban.

A 150km de Durban está localizado o Oribi Gourge Natural Reserve, um parque bastante conhecido não só por suas belezas naturais, mas principalmente pelo swing jump do alto de um penhasco.

Eu já havia saltando no estádio, isso foi no dia anterior, mas não resisti a esse salto que foi ainda mais radical. Outro fator que me motivou foi o preço: 490 rands, ou cerca de 125 reais. Para você ter ideia, fazer algo parecido na Nova Zelândia não custa menos de 100 dólares. Claro, o Alex, nosso guia da Pangea Trails que nos trouxe aqui, já saltou algumas vezes e me tranquilizou sobre a segurança.

 

 
Sabia que aprender através de cursos on-line nunca foi tão fácil?

Assista seus cursos pelo computador, tablet ou até mesmo pelo celular!

Devido a nossa parceria com a Learn Café, você terá acesso a cursos para todas as áreas do conhecimento, com alta qualidade, comodidade e de forma acessível. Cursos online para você:

  • Aprender rápido e ganhar dinheiro;
  • Se preparar para um novo emprego;
  • Melhorar seu currículo;
  • Continuar aprendendo sempre!
 

Dicas sobre o que fazer em Durban

Enfim, por mais que museus, parques e pontos turísticos sejam obrigatórios em uma viagem, nada vale mais a pena do que viver um pouco a própria cidade que está visitando. Observar os moradores, paisagens, dia a dia…para isso nada melhor do que uma caminhada por toda a Golden Mile, passeio essencial para quem procura o que fazer em Durban.

Ao longo de seu calçadão à beira-mar com cerca de seis quilômetros de comprimento, passa-se por inúmeras lojas, restaurantes, bares, teatros e tudo o que um bom turista procura em algum momento de sua viagem. Passeios noturnos também são sucesso garantido nos arredores da Golden Mile.

E claro, depois de visitar todos os pontos turísticos e apreciar a cultura local, não se esqueça de se deliciar nas praias de Durban.

E para melhorar a sua experiência, confira esse vídeo sobre Durban, produzido pelo site oficial de turismo da África do Sul:

Eu adoraria ver sua participação aqui no blog, tirando suas dúvidas ou compartilhando algo que pode ajudar outros viajantes. Se também tiver dicas sobre o que fazer em Durban, ou quiser contar uma experiência, deixe seu comentário abaixo.

Até + !!!

 

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

Paulistano de 37 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Mathon Livramento

    Olá amigo!! Adorei seu post, fim de agosto estou lá e vou aproveitar suas dicas, que foram valiosas para mim. Abraço

  2. Guilherme Tetamanti

    Fala Mathon, Aproveita, a África do Sul está entre meus tops destinos! Legal saber que o blog ajudou! Abração

  3. Monica

    Boa Tarde Guilherme Estou planejando uma viagem para África do Sul em janeiro, gostaria de sugestões que eu poderia explorar em 10 dias Vou com meu filho de 5 anos e ele está bem acostumado a viajar conosco, pois viajamos pra fora desde 1 aninho de idade, gostaria muito de fazer um Safari e se possível conhecer uma vinícolas , da pra ir em quais cidades? Obrigada

  4. Guilherme Tetamanti

    Oi Monica, A primeira vez que fui para a África do Sul, fiz um safari de 3 noites saindo direto do aeroporto de Joanesburgo. Fiz com a Viva Safaris, foi ótimo! Na volta, dormi uma noite em Joanesburgo para visitar o Museu do Apartheid e aproveitei para fazer um tour no Soweto, bairro onde viveu Nelson Mandela. Esse post de Soweto é da segunda viagem, mas serve como referência. Aí voei para Cape Town, fiquei 8 dias lá. Depois volte, para mais 7 dias kkkkk, adoro a cidade. Conheci algumas vinícolas, são várias na região. Veja aqui! Espero que ajude :) Abraços

  5. Cinthia Toma

    Oi Guilherme, mto legais as suas dicas! Estou indo para durban e cape town em dezembro, mês que vem. Tem dica de estadia em Durban, ou em que região recomenda se hospedar?

  6. Guilherme Tetamanti

    Oi Cinthia, O bairro mais turístico é Umhlanga, com mais opções de restaurantes e vida noturna. Eu fiquei na Golden Mile, que é a avenida beira-mar de Durban. Também é bem agitada! Abraços

  7. Patrícia

    Oi Guilherme, tudo bem?! Vou para África do Sul em janeiro e comprei a passagem no susto... isso, sem planejar. Tinha uma promoção, fui e comprei... rs Claro que sempre tive vontade de ir pra lá, mas nunca havia pesquisado os custos a fundo... Parece ser barato, mas ao se colocar no papel... não é não! Os custos com safari já comem uma boa parte do dinheiro né? Afinal, hospedagem, entrada no parque, pagamento das saídas... Se for de carro alugado, o valor do carro e combustível. Isso considerando que estou indo sozinha... O fato é que nessa loucura, eu quero gastar o mínimo possível mas não abro mão do safári... e terei apenas 10 dias. Pareceu-me pouco tempo para fazer Joanesburgo e arredores (Maporeng para o museu e cavernas, além da parte histórica na capital), safari no kruger e capetown (o que devido ao pouco tempo, seria mais interessante fazer de avião, mas encarece a viagem tb). Pensei em trocar Cidade do Cabo por Durban e região, fazendo as coisas com mais tranquilidade. Você acha que eu vou morrer de me arrepender em não ir para Capetown e arredores? Por favor, me dê luzes, faróis... etc! =D Beijo

  8. Guilherme Tetamanti

    Oi Patrícia, Muita gente comprou no susto, até eu me assustei com o aumento de visitantes aqui no blog. A primeira vez que fui a África do Sul, fiquei 12 dias. Apenas 1 dia em Joanesburgo para conhecer o Museu do Apartheid e visitar Soweto. Confesso que foi pouco, tanto é que voltei anos depois, mas minha prioridade era o safari no Kruger e Cape Town. Pooo ainda mais em janeiro, que é verão, eu iria sim para Cape Town. A cidade é linda, sinceramente uma das mais bonitas que já visitei. Tem as montanhas, região do porto que foi revitalizada, as vinícolas, Cape Point. Enfim, apesar de gostar do que Joburg tem a oferecer, o apelo de Cape Town é muito mais forte. Seria como comparar São Paulo e Rio de Janeiro. Sobre os preços, o safari não é barato, mas é uma experiência que vale a pena investir um pouco a mais. E como você pagou beeeem barato nas passagens, pense que numa situação normal você gastaria ainda mais! Espero que ajude :)

  9. Roberto grangeiro

    Estou indo pela primeira vez a Durban. Gostei das dicas.

  10. Guilherme Tetamanti

    Oi Roberto, Bom saber que ajudei :) Aproveite e se puder faça o swing jump no estádio!! Abraços