Cadastre seu email para receber nossas atualizações!
Início / Américas / América do Sul / Colômbia / 11 dicas de ouro para você que tem viagem para a Colômbia

11 dicas de ouro para você que tem viagem para a Colômbia

Qual a cotação do peso colombiano? Preciso de visto ou passaporte para visitar a Colômbia? Que vacinas devo tomar? Quais os principais destinos turísticos da Colômbia e outros pontos interessantes para visitar? Quais comidas típicas não posso deixar de experimentar?

Ao planejar e organizar uma viagem, são muitos pontos que precisam ser pensados e muitas dúvidas surgem. Para isso, estamos aqui para te ajudar! Confira tudo o que você precisa saber antes de fazer uma viagem para Colômbia, dicas e informações importantes para se preparar.

Planeje sua viagem => Onde ficar em Cartagena: 10 sugestões de hospedagem

Vantagens de contratar um seguro viagem + 5% de desconto »

 

Dicas de viagem para Colômbia

A seguir, você encontra as melhores dicas da Colômbia. As informações mais importantes que você deve saber antes de viajar para planejar seu roteiro e se organizar. Confira:

 

1) Cotação do peso colombiano

Moeda da Colômbia e cotação do peso colombiano
2 mil pesos colombianos | Foto: Banco de la República de Colombia, via Wiki Commons.

Embora varie um pouco, a conversão entre reais e pesos colombianos é bem equilibrada. Atualmente, cada 1 real equivale a 923 pesos colombianos. O poder de compra é mais ou menos o mesmo.

 

Onde comprar moeda colombiana?

Você terá dificuldade para realizar a troca de pesos colombianos no Brasil. Deixe para fazer isso na Colômbia. Se possível, prefira levar dólares em vez de reais, pode ser mais vantajoso.

Talvez ainda mais fácil seja utilizar um cartão internacional, caso você possua. Serão aceitos na maioria dos lugares.

Leia também => Dinheiro em viagem internacional: espécie, crédito ou pré-pago?

 

2) Fuso horário

Dicas da Colômbia
Mapa de fusos horários do mundo | Foto: TimeZonesBoy, via Wikimedia Commons.

Por sua extensão territorial, o Brasil possui quatro fusos horários distintos, embora nem sempre tenha sido assim. Bem como outros países, parte do Brasil ainda possui variações de horário em razão da adoção do horário de verão. A Colômbia não adota o horário de verão. Na América do Sul, esta medida ocorre apenas no Brasil, Chile e Paraguai.

Assim, considerando o horário de Brasília, a diferença de fuso entre Brasil e Colômbia é de duas ou três horas. O segundo caso se aplica quando o horário de verão está em vigor em nosso país.

 

3) Visto e vacinas para viajar para a Colômbia

O Brasil faz parte da lista de países que não precisam de visto para entrar na Colômbia. Sequer o passaporte é obrigatório. O documento de identidade (RG) é suficiente, desde que tenha sido emitido nos últimos 10 anos.

Já a vacina contra a febre amarela é necessária para entrar nas seguintes regiões da Colômbia:

  • Arauca
  • Bolívar
  • Boyacá
  • Casanare
  • Caquetá
  • Cesar
  • Guainía
  • Guajira
  • Guaviare
  • Huila
  • Meta
  • Putumayo
  • Santander e Norte de Santander
  • Vaupés
  • Vichada

Verifique se a cidade que você pretende viajar pertence a alguma destas regiões acima. Neste caso, vacine-se com pelo menos 15 dias de antecedência da viagem. Ah, a parte boa é que a vacina vale por 10 anos e o certificado internacional pode ser solicitado na Anvisa, caso você o perca. Saiba mais sobre as vacinas necessárias para viajar.

 

4) Principais destinos turísticos da Colômbia

Destinos turísticos da Colômbia
Recifes de coral na ilha de Providência | Foto: Luis Barreto, via Wikimedia Commons.

Entre os destinos que mais atraem turistas para terras colombianas estão as ilhas do mar do Caribe, como San Andrés e Providencia. A proximidade de diversas ilhas e a arquitetura colonial bem preservada também fazem de Cartagena das Índias um dos destinos mais procurados para férias na Colômbia.

Há ainda um grande fluxo turístico na capital Bogotá e em Medelín, cidades mais populosas da Colômbia. Santa Marta, Cali, Villa de Leyva, Popayán e Barranquilla – famosa por seu carnaval- completam o rol de destinos turísticos mais explorados.

Entre os principais pontos turísticos da Colômbia estão:

  • Cidade Amuralhada, em Cartagena;
  • Parque Nacional Natural Tayrona, em Santa Marta;
  • Bairro La Candelaria, em Bogatá.

 Leia também => Roteiro de viagem: Cartagena das Índias e San Andrés

Vai viajar e ainda não contratou seu Seguro Viagem?

 

5) Comidas típicas da Colômbia

Viagem para Colômbia: dicas em blogs
Comida servida em uma das ilhas de Cartagena | Foto: Aline Schons.

Alguns dos pratos típicos da Colômbia, que você não pode deixar de experimentar quando estiver no país são:

  • Ajiaco: Sopa de galinha com diferentes tipos de batatas. Pode conter também outros tipos de legumes. Existem variações desse prato no Chile e em Cuba;
  • Arroz con Coco: Um dos pratos mais tradicionais do Caribe colombiano. Geralmente servido com peixe, salada e patacones (banana verde frita);
  • Bandeja Paisa: É um prato bem servido que contém carne de porco, arroz branco, feijão vermelho, ovo frito e chouriço. Pode ainda acompanhar arepa (espécie de salgado frito), abacate e patacones;
  • Lechona: Esse prato consiste em leitão inteiro, assado tradicionalmente em forno de barro. Ele é recheado com arroz branco, ervilhas e cebolinha. Muito servido na época do Natal (Navidad).

Para conhecer mais sobre a culinária colombiana, confira o artigo sobre comidas típicas e dicas de restaurantes em Cartagena.

 

6) Clima na Colômbia

O clima na Colômbia varia muito de região para região. Quanto maior a altitude, mais fria deverá ser a cidade. O clima em Cartagena das Índias, por exemplo, é quente o ano todo com períodos de chuva.

Para saber o clima exato do seu destino, acesse o site oficial de turismo colombiano. Nele há outras informações que podem lhe interessar.

 

7) Água da torneira

Em geral, a água da torneira não pode ser bebida apenas nas ilhas, como San Andrés e Providência, e na região amazônica. Porém, por precaução, prefira a água mineral.

Alguns sites informam que apenas em Bogotá é confiável beber água da torneira.

 

8) Espanhol e expressões colombianas

Dicas de viagem para Colômbia
Foto: Aline Schons.

O espanhol colombiano parece ser mais lento. Por isso, muitas vezes é tido como mais claro e mais fácil de ser aprendido. Apesar disso, existem algumas expressões da região que derivam de línguas crioulas, provavelmente menos familiares para quem vive no Brasil.

Conheça algumas expressões bastante usadas por nativos da região:

  • Salir para rumbear = seria algo como ‘sair para festear’, ir para uma festa
  • Chévere = legal, bacana
  • Crispetas = pipoca (maíz = milho)
  • Rolo = pessoas de Bogotá
  • Raponero = ladrão
  • Qué Más/ Bien o qué? = como vai?
  • Tinto = café

 

9) Livros relacionados com a Colômbia

Livros da Colômbia
Foto: Johannes Jansson/norden.org, via Wikimedia Commons.

Se você é o tipo de viajante que gosta de estudar o seu destino antes de se aventurar, aí vão algumas dicas de livros relacionados com o país. São obras sobre a Colômbia ou produzidas por escritores colombianos. Além dos tradicionais guias turísticos que fazem um compilados de informações, é possível recorrer a obras específicas, de acordo com suas preferências.

 

Livros sobre história e política colombianas:

  • Obras sobre a história de Simón Bolívar, uma das figuras mais importantes da história da Colômbia e da América Latina. Entre elas: Bolívar – O Libertador da América, de Marie Arana; Simón Bolívar – O Libertador, de Moacir Wernek de Castro; e Simón Bolívar por Karl Marx, de Karl Marx.
  • Obras sobre Pablo Escobar, um dos maiores narcotraficantes do mundo. Entre elas: Pablo Escobar – Ascensão e Queda do Grande Traficante de Drogas, de Alonso Salazar J;, e Pablo Escobar, Meu Pai – As Histórias Que Não Deveríamos Saber, de Juan Pablo Escobar.
  • Obras sobre as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), organização militar local. Entre elas: Não há Silêncio Que Não Termine – Meus Anos de Cativeiro na Selva Colombiana, de Ingrid Betancourt (candidata à presidenta colombiana quando foi sequestrada); e As FARC – Uma Guerrilha Sem Fim?, de Daniel Pecault.

 

Livros de paisagens da Colômbia:

  • Colombia – Parques Naturales, de Benjamin Villegas. Livro de fotografias.
  • Volando Colombia – Paisajes, de Alberto Mendoza Morales. Livro de fotografias.

 

Romances de escritores colombianos:

  • Obras de Gabriel García Márquez, jornalista e escritor colombiano. Entre elas: Cem Anos de Solidão, O Amor nos Tempos do Cólera, Notícia de um Sequestro, O General em seu Labirinto, Relato de um Náufrago e outros. Se você quiser saber mais sobre García Márquez, há um post específico sobre ele e sua relação com Cartagena das Índias.
  • María, de Jorge Isaacs. Único romance do autor, escrito em 1867.
  • Cartagena, de Claudia Amengual.

 

Outros livros sobre a Colômbia:

  • Casa Colombiana, de Benjamin Villegas. Livro de ilustrações arquitetônicas.
  • El Sabor de Colombia, de Antonio Montaña e Hans Doring. Livro de receitas colombianas.

 

10) Patrimônios da Humanidade na Colômbia

Viagem de férias na Colômbia
Parque arqueológico de San Agustin |Foto: Nelsonc, via Wikimedia Commons.

Ao viajar para Colômbia, você terá a oportunidade de conhecer alguns dos considerados Patrimônios da Humanidade pela UNESCO. Abaixo segue a lista de regiões, patrimônios e datas em que foram inscritos pela organização.

  • Cartagena das Índias, região de Bolívar: portos, fortalezas e conjuntos monumentais (1984);
  • Santa Cruz de Mompox, região de Bolívar: centro histórico (1995);
  • Região de Cauca: Parque Arqueológico Nacional de Tierradendro (1995);
  • Região de Antioqua e Chocó: Parque Nacional de los Kátios (1994);
  • Região de Uila: Parque Arqueológico de San Agustín (1995);
  • Ilha de Malpelo, região de Cauca: santuário de fauna e flora (2006);
  • Regiões de Caldas, Quindío, Risaralda e Valle del Cauca: paisagem cultural cafeeira da Colômbia (2011);
  • Região de Nariño (mais partes da Argentina, da Bolívia, do Chile, do Equador e do Perú): rede de trilhas do Tahuantinsuyo ou Qhapaq Ñan (2014).

 

11) Violência na Colômbia

Violência na Colômbia
Infantes da Marinha colombiana | Foto: CWO Keith A. Stevenson, via Wikimedia Commons.

Provavelmente quando você pensar em viajar para Colômbia, uma das preocupações que surgirá está relacionada à violência na país. É seguro ir para lá?

Esta dúvida é compreensível, já que nos anos 90 cidades colombianas como Medellín, estavam entre as mais violentas do mundo.

A Colômbia diminuiu e muito os índices de violência. Recentemente o ministro da Defesa da Colômbia, Luiz Carlos Villegas, declarou que 2016 foi ano mais tranquilo do país considerando as últimas quatro décadas.

Portanto, eu diria que, dependendo da região que você for, é recomendável tomar cuidado. Assim como você deve se precaver em grandes cidades brasileiras. Um estrangeiro que viaje para o Brasil, provavelmente também se preocupará com a violência ao passar pelo Rio de Janeiro, por exemplo, ainda que hajam cidades com índices de violência maiores.

Para se ter uma ideia, existe um ranking das 50 cidades mais violentas do mundo elaborados por uma ONG mexicana. É elaborada considerando a relação entre número de habitantes por homicídios. Na lista, aparecem três cidades colombianas: Palmira (8o), Cali (10o) e Pereira (45o). Em compensação, 21 cidades brasileiras aparecem no ranking. E o Rio não está entre elas.

Espero que estas dicas da Colômbia te ajudem a se preparar e saber o que esperar da viagem. Caso tenha alguma sugestão, não deixe de comentar!

 

Confira os últimos artigos sobre Cartagena:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Aline Schons

Sou de opinião que é mais interessante explorar primeiro o Brasil e a América Latina para só depois partir para os outros cantos desse mundão. Gosto de conhecer os estereótipos, as imagens que definem os locais, e também aprecio descobrir aquilo que foge dos roteiros turísticos. Sou gaúcha, mas moro em Brasília-DF. Tenho bacharelado em administração e jornalismo e faço mestrado em Comunicação na UnB. Além de viagens, também me interesso por temas como comunicação, feminismo, direitos humanos, empreendedorismo, política e pets.

Confira Também

Principais pontos turísticos Montevidéu

Mapa e fotos dos 10 principais pontos turísticos de Montevidéu, no Uruguai

Essa espécie de guia foi feito especialmente para quem já está de viagem marcada para …

4 Comentários

  1. Guilherme, estou encantada com a quantidade de informações que existem aqui!!!!!
    Muuuuuuitas dúvidas que tinha sobre Cartagena… estou lendo tudo!!!!
    Valeu de mais por compartilhar.
    Grande abraço!

  2. Rogério Cardoso de Souza

    Ótimas dicas!

    Só uma correção… Na América do Sul, além de Brasil e Chile, o Paraguai também adota o horário de verão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *