Vale da Lua e da Morte: formações milenares no Atacama

Vale da Lua e da Morte: formações milenares no Atacama

Um dos atrativos mais visitados e famosos do Chile é o Vale da Lua do Deserto do Atacama, ou Valle de la Luna, declarado Santuário da Natureza e Monumento Natural. Ao se deparar com essa jóia rara fica fácil entender o porquê, um passeio obrigatório para qualquer visitante! Para te ajudar no planejamento, preparei esse post com dicas sobre o passeio ao Vale da Lua, geralmente feito junto com o Vale da Morte, por ficarem bem perto de San Pedro de Atacama.

O local foi batizado de Vale da Lua devido à paisagem composta por dunas de areia, campos de sal e formações rochosas de tom avermelhado. O silêncio é absoluto, muitas vezes se ouve apenas o passar do vento (e alguns turistas que fazem o passeio por conta própria ou excursões). Aliado a isso, o fato de ser uma região completamente inóspita, faz com que a experiência de visitar o Vale da Lua seja ainda mais especial.

Já o Vale da Morte (Valle de la Muerte) tem uma história mais curiosa em relação ao seu nome. O lugar também pode ser chamado de Vale de Marte, que segundo os guias locais é o nome oficial e ganhou a “Morte” por confusões de pronúncia.

Conforme descobriu o Fabio (Blog Viagens Cine), quando fez um trekking no Atacama, o site oficial do turismo do Chile (Chile Travel) também chama o local de Valle de Marte, deixando ainda mais dúvidas sobre como foi verdadeiramente batizada essa atração do Atacama. O fato é que independentemente do nome, é um lugar que oferece uma das vistas mais singulares do deserto, principalmente no fim de tarde.

Planeje sua viagem => Onde ficar em San Pedro de Atacama

Seguro viagem América do Sul »

 

Como chegar no Vale da Lua

Vale da Lua, no Atacama

O Vale da Lua está localizado a cerca de 4 quilômetros de distância de San Pedro de Atacama, na chamada Cordilheira do Sal.

Muitas agências oferecem o tour ao Vale da Lua (fiz com a Ayllu Atacama), então é fácil de reservar para o dia desejado. Ele acontece juntamente com a visita ao Vale da Morte, para terminar o passeio com um belo pôr-do-sol… quando fui, o céu ficou com cores surreais. Adquira uma excursão ao Salar de Atacama.

Valle de la Luna, Atacama

 
 

As agências, de um modo geral, realizam o passeio no período da tarde, com início entre 14:00 e 16:00 (dependendo da época do ano), para que os visitantes curtam o pôr do sol no vale, que é um espetáculo à parte.

Passeio ao Vale da Lua, no Atacama

Como ele fica bem próximo de San Pedro, muitas pessoas fazem esse passeio de bicicleta. Apesar de curto, o trajeto conta com algumas subidas, então é necessário ter um bom preparo físico. Saiba mais sobre os passeios que valem o aluguel de bicicleta no Atacama.

Entrada do Valle de la Luna

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide no Chile. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Para entrar no Vale da Lua, além da excursão, o visitante paga uma taxa de cerca de 3 mil pesos por pessoa. Logo na entrada do parque, há um pequeno museu que conta a história da região e de como as formações rochosas se formaram.

CLIQUE AQUI para agendar os melhores passeios no Atacama »

 

Vale da Lua: paisagens e atrativos

Dunas no Vale da Lua, no Atacama
Dunas no Vale da Lua.

A paisagem do Vale da Lua do Deserto do Atacama mescla formações rochosas milenares, dunas de areia, campos de sal e minas abandonadas. Essa junção faz com que esta região seja um cenário único e seja um dos motivos para visitar o Deserto do Atacama.

Agende aqui => Salares de Uyuni com pôr do sol e degustação de vinhos

Mirante da Pedra do Coyote, no Atacama

Pedra do Coyote, no Atacama
Dia que fui por conta na Pedra do Coyote.

A Pedra do Coyote é o primeiro ponto de parada de quem visita o Vale da Lua. A pedra funciona como um mirante, de onde é possível observar todo o Vale e entender o porquê do seu nome.

Prepare a câmera fotográfica porque o local rende ótimas fotos, com certeza é uma dos melhores tours do deserto.

   
Tour no Vale da Lua
Três Marias.

A formação rochosa apelidada de Três Marias é outro ponto visitado do Vale da Lua. A pedra foi esculpida naturalmente pela ação do vento e forma uma escultura natural que pode ser observada de vários pontos do Vale.

Garanta agora => Excursão aos Gêiseres de El Tatio em San Pedro de Atacama

O que fazer no Vale da Lua
Anfiteatro.

Há ainda a formação chamada de Anfiteatro, que se assemelha com a construção de um teatro. Outro atrativo é o cânion das Cuevas de Sal, formado por grandes paredões que delimitam estreitos caminhos de areia.

Vale da Lua do Deserto do Atacama
Entrada das Cavernas de Sal.
Cavernas de Sal do Atacama
Cavernas de Sal.

Todo o Vale da Lua é composto por rochas salinas, então é bastante comum encontrar cristais de sal pelo caminho. É formado ainda por cavernas, muitas dunas de areia, altas e perfeitas para a prática de sandboard ou o popularmente conhecido “esquibunda”.

Garanta vaga => Excursão Vale da Lua ao Pôr do Sol no Deserto do Atacama

 

Pôr-do-sol no Vale da Morte

Passeio ao Vale da Morte, Atacama

O entardecer no Vale da Morte foi uma das experiências mais loucas que tive no Deserto do Atacama.

Após visitar o Vale da Lua, percorrer os estreitos corredores da Caverna de Sal e seguir curtido as atrações no meio das dunas, chegamos na beira do penhasco para curtir o pôr-do-sol, com direito a vinho e um delicioso lanche da tarde.

Para conhecer melhor a culinária local, confira os melhores restaurantes em San Pedro de Atacama.

Programe-se => Termas de Puritama em San Pedro de Atacama

Tour no Vale da Morte, Atacama

Pôr-do-sol no Vale da Morte

O dia não estava prometendo um belo pôr-do-sol, muitas nuvens no céu, que ficou o tempo todo bastante encoberto… pouco comum no Atacama.

Mas foi exatamente por esse motivo, que por um período de poucos minutos, os raios solares incidiram de uma forma que coloriu todo o céu do Atacama, fazendo o momento ser ainda mais mágico.

   

Entrada: 1000 pesos.

Leia também => Qual moeda levar para o Chile

 

Pôr-do-sol no Vale da Lua

Mirante da Pedra do Coyote
Pedra do Coyote.

Não faz parte da excursão que fiz, mas um atrativo à parte do Vale da Lua é o pôr do sol. Os visitantes vão até o topo de uma duna (a caminhada pode ser um pouco cansativa), de onde é possível observar toda a região e apreciar um lindo pôr-do-sol no Atacama.

Melhores experiências => Pacote para 3 dias no Atacama

Pôr-do-sol na Pedra do Coyote

A medida que o sol vai se pondo, ele ilumina a paisagem de uma forma diferente e toda a região é tomada por cores que são impossíveis de explicar. Vale muito a pena assistir o pôr-do-sol no Vale da Lua, certamente será uma experiência única. Assim como todo o roteiro pelo Atacama.

Quem fica para curtir o entardecer deve levar um casaco de frio. Depois que a luz se vai, as temperaturas caem bastante e é sempre bom estar prevenido, pois em pouco tempo a temperatura pode cair de 30 para 5°C.

E para finalizar veja esse vídeo incrível feito pelo site oficial de turismo com algumas paisagens arrebatadoras do Chile, incluindo o Atacama:

E você, já visitou o Vale da Lua do Deserto do Atacama e o Vale da Morte? Conta sua experiência e o que mais gostou do passeio.

Até + !!!

 

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

Paulistano de 39 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Imagem Postagem
Imagem Postagem
Imagem Postagem
Imagem Postagem
Imagem Postagem
Imagem Postagem
Imagem Postagem
Imagem Postagem
Imagem Postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Fabio Pastorello

    Esses finais de tarde no Atacama são incríveis mesmo. Adorei o post, já bateu vontade de voltar.