Coliseu de Roma: o que ver por dentro, ingresso e curiosidades

Coliseu de Roma: o que ver por dentro, ingresso e curiosidades

Para quem gosta de história e arquitetura, este guia do Coliseu de Roma é um artigo imperdível para sanar suas curiosidades e que tornará seu passeio ainda mais perfeito.

A capital da Itália foi palco para grandes transformações no percurso da humanidade e o Coliseu foi o centro de muitos eventos durante o Império Romano.

O anfiteatro integra o time de construções que resistiram ao tempo, assim como o Panteão, o Palatino e o Fórum Romano. Todas essas edificações datam da Idade Antiga e contam com cerca de 2 mil anos de existência.

A arquitetura do Coliseu impressiona à primeira vista e ainda há muito o que ver por dentro. Sempre lembrado pelos jogos de gladiadores que vemos em filmes sobre Roma Antiga e outras narrativas inspiradas nesses eventos, o anfiteatro abriga outras várias curiosidades sobre o Coliseu de Roma.

Compre seu ingresso (pela internet, de preferência) e visite esse monumento que é um símbolo das glórias de um império que caiu, mas que deixou muita história para ser contada e muitas belezas a serem visitadas. Ao final deste guia do coliseu você sentirá conhecendo o Coliseu e com uma vontade ainda maior de vê-lo ao vivo.

Planeje sua viagem => Melhores hotéis na Itália

Seguro viagem para a Itália »

 

Guia do Coliseu de Roma: história

Turismo na Itália
Arquitetura do Coliseu chama atenção por todos os ângulos.

Este guia do Coliseu, cujo nome oficial é Anfiteatro Flaviano, traz importantes dicas desse monumento no centro arqueológico de Roma.

O nome Coliseu se deu graças à sua proximidade, na época, com uma gigantesca estátua de bronze chamada de Colosso de Nero, que foi um imperador romano.

O Coliseu foi construído no século I d.C. por ordem dos imperadores da dinastia Flaviana e recebeu, até o final da Idade Antiga, espetáculos de grande apelo popular, entre os quais caçadas e jogos de gladiadores. No ano 438, houve a abolição dos jogos de gladiadores por ordem de Valentiniano III.

Com isso, o Coliseu sofreu um lento e progressivo declínio, também causado por um terremoto, ao ponto de ser utilizado como pedreira para construções dos períodos Medieval e Renascentista, incluindo a Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Conhecendo o Coliseu
Coliseu é o mais famoso ponto turístico da Itália.

O anfiteatro também foi usado como abrigo de animais, para oficinas de artesanato e até como espaço de habitação para muitas pessoas.

Foram tantas transformações ao longo dos anos que, no período medieval, foi construída dentro do monumento uma capela, hoje conhecida como a Igreja de Santa Maria della Pietà al Colosseo.

Apenas a partir do Romantismo, no século XVIII, é que o fascínio dos escritores, artistas e aristocratas pelas ruínas, resultou nos trabalhos de escavação arqueológica e restauração do Coliseu de Roma. Hoje, o maior anfiteatro do mundo permanece sendo um espetáculo por si só.

E falando em espetáculo, a cidade está repleta de atrativos espetaculares. Confira neste artigo os pontos turísticos mais visitados de Roma e saiba o que ver no seu roteiro pela Itália, além, é claro, do maravilhoso Coliseu.

CLIQUE AQUI para comprar ingressos para o Coliseu »

 

Como comprar o ingresso do Coliseu

Evitar filas no Coliseu
Sempre há filas na entrada do Coliseu.

A dica básica desse guia do Coliseu é: compre o seu ingresso com antecedência. Isso porque como vários passeios em Roma e em toda Itália, o Coliseu recebe milhares de visitantes todos os dias e já comprar seu ingresso evitará que você precise entrar na enorme fila que se forma na bilheteria.

O ingresso pode ser comprado no site do site do Coliseu e custa 14 euros, com data e horário de entrada. É possível fazer todas as visitas em um dia, mas se você preferir fazer o passeio com mais calma, o ingresso é válido por dois dias consecutivos a partir da data e horário estabelecidos.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na Itália. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Outra opção é comprar um passeio, que pode incluir outras atrações, guia de turismo e transporte. Recomendo bastante, pois em um lugar tão histórico, não dá simplesmente para entrar e sair sem entender mais sobre as histórias que ali aconteceram.

Há, por exemplo, um tour guiado ao Coliseu com visita a Arena sem fila, o passeio com acesso rápido ao Coliseu, Fórum Romano e Monte Palatino e ainda diversas outras excursões para o Coliseu.

Destaco aqui que você não perca a chance de conhecer o Palatino e o Fórum Romano, pois eles completam a visita ao Coliseu. O passeio é uma verdadeira viagem no tempo.

Prático => Aluguel de carro na Itália

 

Dicas do que ver no Coliseu

Roteiro em Roma
Labirintos formados pelas ruínas do Coliseu são um atrativo à parte.

Ao avistar o Coliseu por fora, tão belo e grandioso, a vontade é de correr logo para dentro e aproveitar tudo o que fazer em Roma. E apesar de estar atualmente em ruínas, este ponto turístico não perdeu seu brilho.

Nos corredores do anfiteatro, por onde antes andava o público que assistia aos espetáculos, são mantidas em exposição pedras com inscrições antigas, pedaços de esculturas e colunas que foram derrubadas, o que deixa a visita ainda mais interessante.

A arena, aberta há muito tempo, parece mais um labirinto de pedras antigas: no subsolo eram preparados os espetáculos do Coliseu de Roma, com jaulas para os animais. Esse também era o local onde esperavam os homens que entrariam em cena.

Equipados com elevadores que iam até a superfície da arena, esse corredores eram tampados por um tablado de madeira coberto de areia, onde os jogos aconteciam.

   
   

Vale a pena observar tudo sem pressa, você pode até se sentar em algumas dessas colunas super antigas para descansar e apreciar o anfiteatro.

Com um olhar de quem não queria perder nenhum pedacinho do Coliseu, encontrei flores crescendo entre as pedras. A vista lá de cima também é sensacional. E se você gosta de belas vistas, leia também este artigo com dicas de onde ver o pôr do sol em Roma.

Completo => Ônibus turístico em Roma

 

Mostra permanente sobre como era o Coliseu de Roma

Dicas de Roma
Maquetes do Coliseu | Foto: Jean Piere Dalbéra, via Wikimedia Commons.

Desde dezembro de 2018, o anfiteatro apresenta uma mostra permanente – “Il Colosseo si racconta” –, que conta a história do monumento desde a sua construção até o início do século XX.

A mostra é resultado das pesquisas mais recentes feitas sobre o Coliseu e tem como objetivo ressaltar que a história do anfiteatro não acaba com o fim dos espetáculos, mas recomeça com novas funções dentro da sociedade romana.

Fica no segundo piso do Coliseu e conta com mais de 400 peças, desde a epígrafe de sua fundação até aquela encomendada por Mussolini em 1926, passando por bustos de figuras célebres de Roma Antiga, mosaicos, joias, utensílios de cozinha e até ossos de animais.

Tudo o que fez parte do cotidiano do Anfiteatro Flaviano em suas várias transformações após a Idade Antiga integra a exposição, que também conta com miniaturas do Coliseu de Roma representado em diferentes épocas e ainda um conteúdo multimídia, para descobrirmos como era o Coliseu por dentro.

Imperdível => Passeios na Itália

 

Mostras temporárias

Como comprar ingresso
Site mostra a programação de exposições do Coliseu.

O Coliseu também recebe mostras temporárias sobre a Antiguidade e outras sobre a relação do anfiteatro com a contemporaneidade.

Vi a com o tema era “Roma Universalis. L’impero e la dinastia venuta dall’Africa”, que contava sobre os imperadores da dinastia africana Severi, que reinaram sobre o Império Romano entre os séculos II e III.

Além de mostrar como eles contribuíram com a evolução histórica, artística e arquitetônica de Roma e de muitas partes do império. A exposição oferecia um percurso pelos monumentos que essa dinastia construiu e restaurou na área arqueológica central da cidade.

Por isso a mostra saía do anfiteatro e continuava ao longo do Parque Arqueológico do Coliseu. Apresenta cerca de 100 obras e achados arqueológicos, incluindo os bustos de toda a família imperial, do imperador Settimio Severo e da imperatriz Giulia Domna, seguidos por toda a dinastia com peças realizadas entre os anos 193 e 210 d.C.

Uma dica especial deste guia no Coliseu de Roma é ficar sempre de olho na programação das mostras temporárias e saber o que estará “em cartaz” durante a data de sua viagem.

Diferente => Visita às Catacumbas e Capela de Ossos

 

Curiosidades sobre o Coliseu de Roma

Como eram os jogos do Coliseu

Gladiadores
Pintura Pollice Verso, do francês Jean-Leon Gerome, mostra as batalhas.

Com dois mil anos de história pra contar, o que ainda desperta a maior curiosidade do público são os jogos de gladiadores. Alguns detalhes da utilização do anfiteatro em seu apogeu permanecem um mistério, mas sabe-se como tradicionalmente ocorriam os espetáculos.

O público era dividido por classes sociais. O primeiro andar do Anfiteatro Flaviano era reservado ao imperador, aos senadores e seus convidados.

No segundo andar ficavam os cavaleiros. No terceiro andar, a classe média e, no quarto, a pequena burguesia. O quinto andar era destinado aos plebeus.

   
   

A jornada de espetáculos começava pela manhã com uma apresentação de todos os participantes. Em seguida, eram iniciadas as “venationes” (caça, em latim).

Os caçadores eram colocados na arena para enfrentar animais selvagens. No intervalo do almoço era realizada a execução dos criminosos.

Nos intervalos também não faltavam performances de malabaristas, acrobatas, ilusionistas e encenações e paródias de lendas antigas.

Na parte da tarde, aconteciam os combates entre os gladiadores, geralmente prisioneiros de guerra ou escravos, mas também havia homens livres em busca de riqueza e fama.

Os jogos do Coliseu tinham tanto apelo popular que eram frequentemente financiados por políticos que buscavam cair nas graças do povo.

Por outro lado, os intelectuais da época já viam essas manifestações como uma forma de influenciar mentes e induzir a decadência espiritual.

Opção => Visita autoguiada à Basílica de São Pedro

 

Números do Coliseu

Guia para conhecer por dentro
Coliseu recebe 7 milhões de visitantes por ano.
  • O anfiteatro tem 48,5 metros de altura, 187,5 metros de comprimento e 155,5 metros de largura.
  • Sua arena mede 87,5 x 55 metros.
  • Na Antiguidade, o Coliseu de Roma comportava 50 mil pessoas para assistir aos espetáculos.
  • Os jogos inaugurais duraram 100 dias, com a morte de cerca de 2 mil gladiadores e 9 mil animais.
  • Atualmente, o Coliseu recebe cerca de 7 milhões de visitantes por ano.

Roteiro = > Turismo religioso na Itália

 

Aproveite sua visita no Coliseu de Roma

O Anfiteatro Flaviano resistiu a incêndios, terremotos e ao desmonte quando se tornou pedreira para outras construções.

O Coliseu é, hoje, o monumento mais procurado na Itália, um dos mais visitados em todo o mundo e se tornou um ícone pela complexidade de sua arquitetura e pelo fascínio despertado por sua história.

Entre todos os pontos turísticos incríveis de Roma, o conjunto de antiguidades Coliseu, Fórum Romano e Palatino é o passeio que considero imperdível. E não deixe para depois a pesquisa sobre os melhores hotéis em Roma.

Espero que este guia do Coliseu tenha te inspirado a visitá-lo. Se você tem alguma dúvida, deixe nos comentários!

Até + !!!

 

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Redação QVM

ESCRITO POR

Redação QVM

A redação do Quero Viajar Mais está sempre em busca das melhores dicas para você conseguir planejar sua viagem, seja um simples final de semana na praia ou mesmo uma volta ao mundo. Siga nossos perfis nas redes sociais: @QueroViajarMais

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *