Início / Oceania / Austrália / Quais cidades da Austrália escolher para o seu intercâmbio?

Quais cidades da Austrália escolher para o seu intercâmbio?

Depois de escolher a Austrália como país para viver o seu intercâmbio e até mesmo decidir a agência pela qual você fará o serviço, existe ainda uma outra grande decisão a ser tomada: quais as melhores cidades da Austrália para o seu intercâmbio? 

Essa decisão é muito importante porque envolve fatores como: menor custo de vida, oportunidades de emprego, vida social, atividades de entretenimento, localização geográfica, clima, quantidade de brasileiros, entre outros.

Para te ajudar a escolher em qual morar para fazer intercâmbio na Austrália, segue relato e ponto de vista comparativo de uma brasileira que morou em 3 das principais cidades da Austrália: Adelaide, Melbourne e Brisbane. Neste relato abordo todas as questões citadas acima. Confere aí!

Leia também => Guia completo sobre bairros e onde ficar em Sydney

Porque é tão importante contratar um Seguro Viagem?

 

Adelaide

Melhores cidades da Austrália para intercâmbio
Glenelg – Adelaide.

 

Custo de Vida

O custo de vida em Adelaide é o mais barato entre as três cidades, sendo uma das cidades australianas com menor custo de vida, por isso foi minha primeira opção entre as cidades para fazer intercâmbio na Austrália. Para que você possa ter ideia de valores, compartilho aqui alguns dos meus gastos.

Eu pagava 150 dólares por semana em um quarto privativo com banheiro. Todas as contas (água, luz e gás) estavam inclusas no valor do aluguel. A casa era de uma família venezuelana onde moravam um casal e uma criança pequena, e estava localizada a 20 minutos de ônibus do centro da cidade.

Depois de um tempo me mudei para uma casa bem próxima ao centro, cerca de 5 minutos de ônibus. O quarto para casal saia 220 dólares por semana com banheiro compartilhado com mais 2 pessoas. O que saia 110 dólares por semana por pessoa. Porém, as contas não estavam inclusas neste valor e precisavam ser pagas à parte, a cada 3 meses.

Dica de ouro: independente da cidade que escolher, veja direitinho essa questão das contas não estarem inclusas para não ser surpreendido com os valores depois. Eu mesma acabei levando um susto ao receber algumas contas no final do contrato.

Minha sugestão: alugue sempre casas com contas inclusas para que você não tenham surpresas indesejáveis no futuro.

O transporte público em Adelaide também é o mais barato entre as três cidades. Isso porque por lá o estudante estrangeiro de línguas também é considerado estudante no momento de pagar a tarifa de transporte público, o que reduz a metade o valor.

Com o cartão de estudante eu pagava 60 dólares por transporte ilimitado durante 28 dias. E acredite em mim, nas outras cidades esse valor será bem diferente.

 

Oportunidades de emprego

Por ser uma cidade menor, as oportunidades de emprego são relativamente menores. Mas com relação a busca por emprego, tudo é muito relativo. Isso dependerá do seu nível de inglês, sua área de trabalho, experiência e se você possui ou não indicações.

Eu consegui um emprego em um restaurante como garçonete, depois de 15 dias entregando currículos. Mas conheço caso de pessoas na busca por emprego por longos 3 meses.

O meu inglês nem era tão bom assim, eu não entendia muito bem os pedidos, mas por mostrar agilidade e vontade de trabalhar, eles me mantiveram como runner e me deram um feedback de que sabiam que eu estava dando o meu melhor. Além disso, deixaram a porta aberta para que eu voltasse sempre que precisasse.

Minha dica para conseguir trabalhar em Adelaide: bata de porta em porta. Por ser uma cidade menor, saia com alguns currículos embaixo do braço e vá até os estabelecimentos para entregá-los e já conversar com os gerentes dos locais. Desta maneira você já consegue fazer um contato pessoal e suas chances aumentam. Mostre que você quer trabalhar e está disposto a aprender. Isso contará mais do que o seu nível de inglês, dependendo da função.

O mercado de restaurantes na Austrália é bem forte. Os locais geralmente estão cheios de clientes e sempre em busca de pessoas para trabalharem. Comece por trabalhos desse tipo, em hospitality. E se sua ideia é ficar no país, aos poucos você poderá encontrar oportunidades melhores para trabalhar. Tudo é experiência e toda experiência é válida.

 

Vida social

A variedade de bares noturnos é a menor entre as três cidades. As opções de Adelaide se resumem a uma rua no centro da cidade e não oferecem opções muito diferentes do convencional. Porém, por ser uma cidade cheia de estudantes, essas poucas opções estão sempre bem movimentadas.

 

Atividades e entretenimento

Na principal rua de compras do centro da cidade, chamada Rundle Mall, existem sempre atividades diferentes e exposições de artistas durante o decorrer do ano. Além disso, o estado de South Australia é também conhecido como “O Estado dos Festivais”. Você sempre encontrará atividades a céu aberto rolando nos finais de semana.

 

Ainda com dúvidas sobre as atrações turísticas?
 

Localização geográfica

Adelaide está localizada na região sul da Austrália e a cidade grande mais próxima é Melbourne. A região fica próxima da famosa Kangaroo Island e da Great Ocean Road.

Leia também os artigos:

 

Clima

As estações climáticas na cidade de Adelaide são bem definidas, mas o clima frio é predominante. Me arrisco a dizer que temos no máximo 3 meses de calor e clima agradável. No verão o calor é pesado, a temperatura chega a atingir 40ºC e durante o inverno chega aos 6ºC pela manhã.

 

Quantidade de brasileiros

A proporção de brasileiros é a menor comparada com as outras duas cidades. Mas isso dependerá muito da escola que você escolher. A Kaplan, por exemplo, é um ótima escola, porém com uma porcentagem bem grande de brasileiros. Mas fora isso, é bem difícil você escutar português nas ruas da cidade.

Ainda sobre a região de South Australia e os possíveis passeios enquanto se está morando na cidade de Adelaide, escrevi os seguintes artigos:

 

Melbourne

Qual cidade da Austrália tem o menor custo

 

Custo de vida

Melbourne é considerada uma das três cidades com custo de vida mais alto da Austrália. Aqui eu pagava um aluguel de 168 dólares por semana em um quarto compartilhado com mais duas meninas. Tínhamos o nosso próprio banheiro. O apartamento estava dividido basicamente em um quarto masculino e um quarto feminino. Éramos um total de 5 moradores: 3 meninas no quarto suíte e 2 meninos que utilizavam o banheiro social.

As contas não eram inclusas e saiam em torno de 30 dólares por mês. A localização era muito boa, estava localizado na rua da minha escola, que era a ILSC em Melbourne, além de estar bem de frente com a principal estação de trem da cidade.

O valor do transporte em Melbourne era um pouquinho mais salgado. Porém, existe uma área no centro da cidade onde o trem é gratuito. No meu caso, como eu morava perto da minha escola, acabei utilizando apenas o transporte gratuito, além de bater bastante perna para explorar a cidade.

 

Oportunidades de emprego

Melbourne é a cidade que possui o maior índice de oportunidade de emprego entre as três cidades. É a segunda maior metrópole da Austrália, ficando apenas atrás de Sydney.

Algo do tipo: todas as pessoas possuem um emprego. Era bem difícil encontrar brasileiros ou outras nacionalidades de estrangeiros desempregados por lá. Se o seu foco é fazer um dinheiro extra na Terra dos Cangurus, com certeza Melbourne é a mais indicada entre as cidades comparadas neste artigo.

Leia também => Como encontrar um trabalho na Austrália?

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

 

Vida social

É a cidade que mais oferece opções de lugares diferentes para conhecer, tanto com relação a passeios culturais e festivais, como em relação à vida noturna. Os australianos que curtem uma vida mais badalada, amam Melbourne, principalmente os adolescentes. As opções de bares diferentes, restaurantes e baladas são inúmeras.

É como se fosse a São Paulo do nosso Brasil. As lojas e mercados ficam abertos até mais tarde do que nas outras cidades e você encontra tudo o que precisa por lá.

 

Atividades e entretenimento

Melbourne possui uma variedade bem grande de museus, parques e exposições artísticas espalhadas por toda a metrópole. Além de opções bem diferentes para todos os gostos e estilos.

Sempre existe algum evento ou festival acontecendo na cidade, na verdade mais de um ao mesmo tempo. Você consegue ocupar os seus fins de semana facilmente por aqui.

 

Localização geográfica

A cidade de Melbourne fica no estado de Victoria e geograficamente fica ainda mais ao sul do que Adelaide. Sendo assim, o clima frio é ainda mais predominante. É uma das cidades mais frias da Austrália.

Sua localização permite que os moradores consigam se locomover com facilidade tanto para o estado de South Australia, quanto para New South Wales. Para quem sonha em conhecer a Tasmânia, Melbourne é o ponto mais próximo da ilha.

 

Clima

O frio é predominante durante todo o ano e mesmo no verão, o clima não chega a ficar tão quente. No inverno as temperaturas são realmente baixas, parecidas com as da região sul do Brasil. Se você não está muito acostumado com frio, pode ser que não consiga se adaptar ao clima de Melbourne.

Eu escolhi morar em Melbourne durante o verão, porque não sou muito fã de frio intenso e já havia vivido bastante no clima frio de Adelaide. As temperaturas eram amenas, mas durante a noite, sempre fazia um friozinho.

 

Brisbane

Qual cidade da Austrália morar

Pensando na viagem e não sabe como começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, por R$ 14,95 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

 

Custo de Vida

Em Brisbane com relação ao valor do aluguel, a cidade se encontra em um meio termo entre as três aqui comparadas. Eu pagava 320 dólares por semana para uma suíte de casal em um apartamento com mais 4 pessoas, com todas as contas inclusas. Depois de um tempo, passei a pagar 150 dólares em um quarto compartilhado com mais 1 pessoa no mesmo apartamento, neste caso o banheiro era compartilhado com mais 3 e as contas também estavam inclusas.

O apartamento estava localizado a 20 minutos a pé da cidade, o que me permitia ir andando para a minha escola sem precisar gastar com transporte. Apenas quando estava chovendo eu me permitia pegar um ônibus, o que levava em torno de 5 minutos do centro da cidade até o meu apartamento.

O transporte em Brisbane é cobrado por trajeto. Sendo assim, você carrega o seu cartão com X dólares e dependendo do trajeto que você fizer, o preço altera. Mas ainda assim, é um gasto a se considerar já que nós estudantes estrangeiros de línguas, não entramos no desconto para estudantes.

 

Oportunidades de emprego

Eu não demorei muito para encontrar um emprego por lá. Não era algo que me ocupava as 20 horas semanais permitidas de trabalho, mas sempre surgiam algumas oportunidades extras.

Brisbane foi a última cidade onde morei, sendo assim o meu nível de inglês já estava bem melhor do que no início do intercâmbio, e assim como em Melbourne, era difícil encontrar pessoas que não estivessem trabalhando.

Na minha opinião a cidade é boa com relação a demanda de emprego. Basta ter um pouco de paciência no início, e realmente correr atrás.

 

Vida social

Assim como em Adelaide, Brisbane possui uma rua principal com diversas opções de bares e casa noturnas. Os comércios e mercados não ficam abertos até tarde como em Melbourne, a cidade dorme cedo. Mas mesmo assim os amantes da vida noturna conseguem encontrar opções bem bacanas na cidade.

 

Atividades e entretenimento

Todo final de semana você consegue encontrar atividades e eventos ao ar livre. Por ter um clima mais agradável comparado com as outras duas cidades, a cidade inspira mais atividades ao ar livre como: corridas, yoga, piquenique e etc.

O acesso a praias como Gold Coast está a apenas 1 trem de 1 hora de distância. O que facilita um fim de semana na praia com amigos.

 

Localização geográfica

Brisbane está localizada no estado de Queensland e é a mais próxima dos mais conhecidos destinos de verão da Austrália. Além dos destinos mais conhecidos mundialmente como a Great Barrier Reef e Fraser Island.

Para os amantes do surf, com certeza esse seria o destino certo entre as três cidades comparadas neste post.

 

Clima

Por estar localizada na região nordeste da Austrália e mais próxima ao trópico de capricórnio, possui um clima bem parecido com o da região sudeste do Brasil, prevalecendo um clima agradável e tropical. As noites costumam ser geladas, mas durante o dia é possível aproveitar o sol.

 

Quantidade de brasileiros

Essa sem sombra de dúvidas foi a cidade em que mais encontrei brasileiros entre as três. Tanto na escola como nas ruas, foi a única cidade em que em lugares aleatórios, e mais de uma vez em um único dia, eu encontrava pessoas falando português. Isso me assustava um pouco. Não vai ter como fugir do nosso idioma nativo por lá.

Espero que essa comparação entre as 3 cidades nas quais eu morei, te ajude a escolher a melhor cidade da Austrália para fazer intercâmbio. Lembrando que cada pessoa possui suas próprias preferências e objetivos de experiência.

Sendo assim, analise direitinho cada uma das particularidades e escolha as cidades boas para fazer intercâmbio na Austrália que mais têm a ver com você!

Veja também as dicas do artigo: Intercâmbio na Austrália: dicas para economizar seu dinheiro.

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Jess

Viajante, sonhadora, 27 anos e formada em Sistemas de Informações. Desde a descoberta da minha paixão por viagens, os meus objetivos mudaram, a minha maneira de me relacionar com as pessoas mudou e a minha visão sobre a vida se transformou! Criadora do blog Em busca do desconhecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *