Viajar barato no Uruguai: 7 dicas para economizar

por Carolina Arbache

Viajar barato no Uruguai: 7 dicas para economizar

Que tal algumas dicas para economizar e viajar barato no Uruguai? Se você também quer viajar mais, poupar dinheiro é necessário para uma viagem para o país. Até mesmo para conhecer melhor o lugar e permanecer mais dias no destino, como no balneário de Punta del Este. O fato é que viajar é uma despesa que vale a pena, embora não é algo a ser feito sem planejar e aqui você pode realmente pagar pelas contas mais baratas, gastando pouco.

Quando fiz minha viagem de carro para o Uruguai, confesso que não tinha um planejamento financeiro muito bem feito. Eu havia pesquisado bem o preços de algumas coisas, como gasolina, pedágio e hospedagens. No entanto, não sabia que a comida no Uruguai era tão cara!

Além disso, achei que poderia economizar mais com o tax free (veja mais abaixo), utilizando o cartão de crédito nos restaurantes. Mas não foi bem assim que ocorreu. Tudo isso me fez economizar no Uruguai, especialmente na etapa final da viagem – trajeto de Montevidéu a Punta del Diablo.

E agora, eu compartilho com você, algumas dicas essenciais para não gastar muito e conseguir um melhor preço para sua trio pelo Uruguai. Não importa se você queira viajar por poucos dias ou fará uma viagem mais longa. São dicas válidas até mesmo para quem pretende morar no Uruguai e precisa poupar grana.

Leia também => Melhores hotéis no Uruguai

Melhor seguro viagem para América do Sul »

 

Como economizar e viajar barato no Uruguai?

Eu reuni sete valiosas dicas para não gastar dinheiro no Uruguai, onde não precisa. Confira como é possível viajar barato no Uruguai:

 

1) Onde trocar pesos uruguaios?

Viajar barato no Uruguai

A moeda usada no Uruguai são os pesos uruguaios e cada um equivale a mais ou menos R$ 8 reais, num câmbio bom. Trocar dinheiro no Uruguai é bem fácil e mais vantajoso do que comprar no Brasil.

Todas as casas de câmbio que eu fui, em diversos lugares, vendem pesos em troca de reais. E todas as cidades turísticas do Uruguai como Carmelo, Colônia, Montevidéu, Salto e Punta del Este possuem casas de câmbio. Antes de comprar dinheiro uruguaio é bom pesquisar em várias casas para achar o melhor negócio.

As casas de câmbio não trocam moedas, mas fazem o câmbio de qualquer valor em papel, sem necessidade de um montante mínimo.

 

2) Pagar com cartão de crédito é economia?

Cartão de crédito no Uruguai

A principal dica que dão para economizar no Uruguai é utilizar o cartão de crédito, especialmente em restaurantes, mas também em lojas e hospedagem. Tudo isso para você se beneficiar do tax free, a devolução de impostos para turistas, obrigatória em hospedagens e restaurantes.

No entanto, eu não consegui economizar tanto com essa dica, quanto pensei. O primeiro motivo é que muitos estabelecimentos dão um jeito de não ter este desconto. Eles não são regularizados como restaurantes, e sim, como lojas, e nem todas elas oferecem o tax free.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide no Uruguai. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Portanto, pagar o restaurante com o cartão de crédito nem sempre é uma boa. Muitas vezes eu só descobri depois de usá-lo, e consequentemente, pagar os 6,38% de IOF.

A dica aqui é conferir antes se o local oferece tax free, e quando não, pagar em dinheiro. Além disso, muito restaurantes aceitam reais, com câmbio melhor do que as casas especializadas. É para estimular você pagar em dinheiro e não ter o desconto do tax free. Vale a pena fazer o cálculo.

Outra questão é entender se vai conseguir utilizar o seu cartão de crédito no Uruguai. Independente de ser um cartão internacional, muitos lugares não tinham máquinas para cartão com chip, forma mais utilizada no Brasil. Isso é, quando aceitavam essa forma de pagamento, que não é tão comum.

Não pense que toda barraquinha vai aceitar cartão. Então, o estabelecimento até pode aceitar crédito Visa ou Master, sendo que a primeira bandeira é bem mais aceita por lá.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom BWEEK, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Porém, alguns não conseguem passar cartão de chip. Aconteceu comigo em comércios maiores como supermercados, e lojas menores como venda de vinhos. Tudo isso na capital Montevidéu! Nos destinos mais rústicos, como Cabo Polônio, o sinal do cartão é praticamente inexistente.

Entenda melhor => Compras no Uruguai e a economia tax free

3) Economizar em restaurantes no Uruguai

Uma dica para economizar em restaurantes é procurar por estabelecimentos que não cobrem o cubierto. Ao  contrário do que você pode imaginar, não é o nosso couvert, ou seja, aqueles pãezinhos de entrada.

É uma taxa pela utilização da mesa. Isso mesmo, é uma prática comum por lá, se cobrar para usar a toalha, pratos e talheres. Este valor está especificado no cardápio.

Leia também => Pratos e comidas típicas do Uruguai

 

4) Ficar em hospedagem com cozinha

viajar barato no Uruguai
Venda no Mercado Agrícola de Montevidéu – uma das barracas tinha um saldão de frutas.

Ficar em uma hospedagem que tenha cozinha é outra boa dica para economizar com comida no Uruguai. Para reduzir os custos, você pode comprar algumas coisas práticas para preparar. E não estou falando de macarrão instantâneo ou comida congelada.

Fazer uma salada, que custa bem caro no restaurante, com algum acompanhamento como carne ou macarrão já é bem válido. Sem falar, que é uma ótima oportunidade para conhecer variações de alimentos, que não temos aqui no Brasil.

Uma dica na hora da sua reserva: no Booking, é possível filtrar por hospedagens que tenham cozinha, nos filtros de comodidade do quarto. Os mais comuns de se achar são hostels, que costumam ter quartos privativos também. Você também pode encontrar outras opções como apartamentos.

Isso não significa que você não vá conhecer os restaurantes uruguaios. Porém, tendo uma cozinha para utilizar, não é necessário comer todas as refeições fora de casa.

Até porque muitas acomodações mais baratas como hostels, até oferecem café da manhã, mas é bem mais simples do que estamos acostumados aqui no Brasil. Digo isso, especialmente pela falta das frutas.

Leia também => Onde ficar e se hospedar em Montevidéu

 

 
Sabia que aprender através de cursos on-line nunca foi tão fácil?

Assista seus cursos pelo computador, tablet ou até mesmo pelo celular!

Devido a nossa parceria com a Learn Café, você terá acesso a cursos para todas as áreas do conhecimento, com alta qualidade, comodidade e de forma acessível. Cursos online para você:

  • Aprender rápido e ganhar dinheiro;
  • Se preparar para um novo emprego;
  • Melhorar seu currículo;
  • Continuar aprendendo sempre!
 

5) Dá para economizar nos postos de gasolina?

Dicas do Uruguai para viajar barato
Farol do Cabo de Santa Maria em La Paloma.

Não se preocupe na hora de escolher o seu posto para abastecer. No Uruguai, o preço do combustível é tabelado. Sim, custa o mesmo valor em todos os postos de gasolina. Na época que fui estava o equivalente a R$ 4,50.

Um detalhe: a gasolina mais barata lá chama SUPER, que já tem boa qualidade, e tem uma versão aditivada que é mais cara. Vale dizer que o pedágio no Uruguai também é sempre o mesmo valor.

 

6) Dica na hora da compra: avaliar tamanhos

Uma dica válida na hora de comprar alimentos e bebidas no Uruguai é analisar os preços e tamanhos oferecidos. Nem sempre o maior é uma embalagem econômica.

Por exemplo, quando fui comprar doce de leite, valia mais a pena comprar dois vidros menores do que um grande. Além de sair mais barato, a quantidade era maior.

Outra vez, isto aconteceu em um bar self-service de vinhos, que comercializava vários rótulos para degustação em doses P, M ou G. Diferente do que estamos acostumados, o tamanho médio nem sempre valia mais a pena. Isto foi notado tanto em mercados, lojas, free-shops.

 

7) Pesquisar destinos baratos no Uruguai

Viajar barato no Uruguai
Praia de José Ignácio, perto de Punta del Este.

Antes de viajar para o Uruguai, recebi muitas dicas para economizar, especialmente em Punta del Este (veja o que fazer em Punta del Este com chuva). Todos me disseram que era o destino mais caro do Uruguai. Até me recomendaram dormir em Piriápolis, balneário próximo.

No entanto, foi em Punta que eu encontrei as opções mais em conta para se hospedar e comer no Uruguai. Acredito que por ter muitas opções para turistas e pela época de baixa temporada.

A cidade, que é tão badalada, estava tranquila e com preços mais baixos. A pousada que me hospedei em Punta foi mais barata do que em Piriápolis, que estava sediando um grande festival de música.

Portanto, a minha dica final para economizar em viagens  e viajar barato no Uruguai é sempre pesquisar e se planejar com antecedência. Veja o preço de vários destinos e datas, caso tenha disponibilidade.

Se tiver alguma boa dica para economizar em viagens, especialmente como viajar barato no Uruguai, comente aqui! =)

 

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Carolina Arbache

ESCRITO POR

Carolina Arbache

Paulistana, 27 anos, herdei a paixão por viagens dos meus pais. Faço loucuras para sair, nem que seja por poucos dias, de São Paulo. Sempre em busca de viajar mais e mais, meus destinos preferidos são aqueles que posso ficar em contato com a natureza. Não ligo para lugares da moda. Gosto mesmo é de explorar a cultura do lugar, conversando com moradores, apreciando a gastronomia e descobrindo pérolas escondidas. Sou formada em nutrição, adoro escrever e trabalho com produção de conteúdo desde 2012.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Fátima dos Anjos

    Olá. Irei para montevideu mês que vem e não faço idéia de que levar em dólar e real para alimentação de 6 dias e comprar lembrancinhas. Alguma dica? Grata.

  2. Guilherme Tetamanti

    Oi Fátima, Esse post sobre morar no Uruguai pode te ajudar! Abraços

  3. Manuel Carrera

    Boa tarde! Oi, Carolina: ajudou sim! Saí de Pocitos, às 10h10m., de sexta-feira, dia 18 de maio de 2018. Peguei as Ramblas que têem vários nomes ( velocidade máximas de 60 ou 75 Km/hora, dependendo do trecho) e o Rio de La Plata sempre à esquerda e cheguei à ruta 1 (com dois pedágios de 95 pesos cada, um deles em San José, Km. 22,5 e outro em Colônia, Km. 107,350) que me levaria a Colonia del Sacramento, sempre na velocidade máxima permitida de 90Km/h ( exceto próximo aos colégios rurais que não possuem nome de nada e de ninguém e sim e tão somente números, onde a velocidade é de 45Km/h ), esclarecendo que a fiscalização é feita com radares e celulas fotográficas e sem nenhum tipo de aviso sobre a presença deles. A multa é de trezentos dólares( US$300,00).Rutas muito bem cuidadas o que dá vontade de acelerar. Entretanto, para que mais de noventa quilômetros por hora numa paisagem agradabilíssima daquelas? Pensando bem! Outro aviso: faróis baixos sempre ligados. Depois, sem entrar em Colônia del Sacramento, cheguei à ruta 21 ( nenhum pedágio até Carmelo) e,3h20m após a saída da capital do Uruguai, cheguei a tempo de saborear uma "parrilla" no restaurante Lo D'Pepe, na entrada da cidade e logo após a ponte dos Ingleses. Desde Montevidéu até Carmelo tudo muito bem sinalizado e sem chance de se perder pelo caminho. Combustivel a 50 pesos o litro,mais ou menos R$ 6,25, porém gasolina ( aqui chama-se NAFTA) sem etanol e com alta octanagem, o que compensava o custo pelo benefício ( fiz entre 16,5 a 17 quilômetros com um litro),haja vista o câmbio em que um Real comprava 8 pesos.Na volta, o combustível já estava a 50,40 pesos. O trecho de chegada a Montevidéu nos brindou com um lindo por do sol na tarde de 24 de maio de 2018. Valeu cada centavo esse passeio!!!

  4. Manuel Carrera

    Obrigado por ter respondido! O trecho que me punha um pouco de receio seria aquele da rambla que circunda a Cidade Vieja e passa em frente ao porto, entretanto, com a sua informação, tranquilizei-me. Ao que parece as ramblas são bem sinalizadas e espero não ter dificuldade em acessar a Ruta 1 Essa será a quinta vez que vou ao Uruguay e a terceira que visito a capital, que considero a Buenos Aires dos anos 70, talvez. Ocorre que, agora, resolvi sair da rotina,alugando um carro e explorando as rutas, pondo o pé na estrada ( Ruta 1 e 21, a princípio ) o que será algo diferente para mim, haja vista poder administrar meus trajetos e horários. Você ajudou sim!! Voltarei para contar como foi, com certeza! Abcs.

  5. Manuel Carrera

    Eu pretendo ir de carro alugado aqui no Brasil de Montevidéu até Carmelo, mês que vem. Ocorre que ficarei no Hotel Ermitage, em Pocitos, e fiquei na dúvida se pego as ramblas do Peru, Mahata etc, costeando o Rio de Lá Plata , inclusive a que passa pelo cais do porto, ou vou pelo centro da cidade ( com trânsito) e pego no final a rambla Sud América que me levará à Ruta 1. Vc tem alguma sugestão ou dica, se é que já fez esse trajeto? Obrigado. Abas.

  6. Carolina Arbache

    Oi Manuel, O ideal seria conhecer o centro de Montevidéu outro dia, a pé, ou de transporte público. A região é ruim de estacionar, não vale a pena ir de carro. E é preciso andar a pé pelas praças e monumentos para ver. Então para ir até Carmelo, indico o caminho pelas ramblas que costeiam o Rio de la Prata. São vias mais rápidas e em geral com menos trânsito, de fato. Pelo que me lembro, peguei um pouquinho de trânsito quando cheguei em Montevidéu, apenas na região do porto. Vai ser um trecho bonito para passar de carro e ver como é esta parte da cidade. A parte que achei mais bonito é de Pocitos até a região de Palermo, depois de um parque de diversões. Espero que tenha ajudado. Boa viagem! Depois volta aqui para contar como foi ;)

  7. Rogerio Cardoso

    Boas dicas! Interessante seu relato do cartão de crédito, talvez foi falta de sorte mesmo. Fui em julho de 2017 para Montevideo e consegui usar meu cartão de crédito bandeira Mastercard em todos os lugares, inclusive naqueles caixas de autoatendimento que tem em alguns Devoto Express que não aceitam o uso do chip. Nos restaurantes em que fui, sempre recebi aquele desconto de IVA para estrangeiros no valor de 18,5%. Uma coisa chata do Tax Free é que muitos lugares tem um valor mínimo para a devolução do imposto.

  8. Guilherme Tetamanti

    Oi Rogério, Obrigado por compartilhar seu relato! Abraços