Início / Américas / América do Sul / Brasil / Minas Gerais / Os meus caminhos da Estrada Real

Os meus caminhos da Estrada Real

Chegou!!! Finalmente entrei no voo que me levaria para conhecer alguns dos caminhos da Estrada Real, no Brasil. A ida de São Paulo para Belo Horizonte começou bem cedo, quando acordei as 4:30 da manhã de uma terça-feira, para encontrar os amigos e começar logo a viagem.

A Estrada Real é um roteiro que começou a ser traçado junto com a história do Brasil, quando os portugueses encontraram ouro e pedras preciosas onde hoje em dia é o estado de Minas Gerais. Estradas começaram a ser construídas para escoar a produção, o que acabou desenvolvendo inúmeras cidades ao longo dessa rota.

Planeje sua viagem => Dicas para encontrar melhores ofertas no Booking.com

As 10 principais dicas e segredos para acumular milhas aéreas

O trecho que começou a ser utilizado ficou conhecido como Caminho Velho, ligando Paraty a Ouro Preto. Devido à necessidade de agilizar o transporte, outro caminho acabou sendo explorado, nomeado Caminho Novo, começando no Rio de Janeiro. Com o desenvolvimento da mineração e descoberta de diamantes na região, também se formou a estrada até Diamantina, ou o Caminho dos Diamantes. Outra via importante foi o Caminho de Subarabuçu, prolongamento do percurso mais antigo.

Mapa da Estrada Real.

Infelizmente devido ao tempo curto, tive a chance de visitar apenas algumas dessas cidades históricas, que por si já conseguiram me deixar com vontade de ver tudo o que há na Estrada Real. Kkkkk, nem comecei a escrever sobre a viagem e já deixei claro que pretendo voltar!!!

Leia também => Saiba as reais vantagens de contratar um seguro de viagem

 

O Caminho dos Diamantes

É aqui que a viagem realmente começou para os Blogueiros na Estrada Real, no caminho que mais oferece atividades de aventura e ao ar livre. Infelizmente para mim, esse não foi o foco do roteiro que fizemos, mas não por isso deixou de ser encantador.

Caminho dos Diamantes entre BH e Brumal.
Caminho dos Diamantes entre BH e Brumal.

– Brumal | O primeiro trecho entre BH e Brumal foi até bem aventureiro, num veículo 4×4 percorrendo a Serra do Gandarela. O Nerea, guia especializado nesse tipo de viagem, nos levou através de uma estrada de terra, com direito a parada num mirante para apreciar a vista do Pico Itabirito. Logo depois, parada para mergulhar no Rio Caraça e enfim chegar em Brumal, para almoçar e seguir viagem agora numa van.

Santuário do Caraça.
Igreja e janelas dos quartos no Santuário do Caraça.

– Caraça | No fim da tarde chegamos ao Santuário do Caraça (Clique para ler o post), uma antiga hospedagem para romeiros construída no século XVIII, que foi transformada em colégio de padres anos mais tarde. Hoje em dia, funciona como hotel e espaço para eventos, além de ser famoso por atrair lobos-guará.

Logo quando avistei o Caraça de longe, na parada para algumas fotos, senti que passaria momentos especiais. Afinal, um lugar erguido a tanto tempo no meio da floresta, com história para dar e vender e com uma energia tão boa, teria que oferecer uma experiência fora do comum. No dia seguinte, café da manhã bem cedinho com direito a pão de queijo e misto quente feito no fogão a lenha, visita ao museu e partida para Ouro Preto.

 

O Caminho Velho

Ouro Preto, a capital da mineração.
Ouro Preto, a capital da mineração.

– Ouro Preto | Uma das cidades mais importantes na história da colonização do Brasil, não poderia ficar de fora do roteiro. Ouro Preto (post completo) foi o centro de toda extração de Ouro no Brasil e acabou como uma das cidades históricas mais interessantes, com diversas e diferentes atrações. Conhecemos um pouco da história visitando o Museu da Inconfidência, a Igreja do Pilar e a Igreja de São Francisco de Assis, que teve projeto e construção de Aleijadinho. Para terminar o dia com um pouco de diversão, uma visita na Mina de Passagem, com túneis que chegam a 8 km de extensão.

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 15% de desconto usando o cupom PROTETORSOLAR (até 28/02), é só clicar no botão.
 
O teatro de marionetes em Mariana.
O teatro de marionetes em Mariana.

– Mariana | Na verdade essa simpática cidade faz parte do Caminho Velho, mas visitamos a partir de Ouro Preto. A visita foi rápida, porém encantadora, para conhecer o incrível trabalho da Cia Navegante e sua apresentação teatral de Catin Nardi, com seus bonecos de fantoche/marionetes.

Artesanato em Bichinho/MG.
Artesanato em Bichinho/MG.

– Bichinho | Uma cidade que vive exclusivamente da venda de artesanato, com diversos ateliers e diferentes tipos de decoração para todos os gostos. A cidade também é bem gostosa para almoçar, em especial no Restaurante da ângela, e caminho para praticantes de mountain bike. Nosso objetivo foi conhecer a Oficina de Agosto, que utiliza materiais recicláveis para a criação de objetos de decoração, com revendas inclusive no exterior.

Cidade Histórica de Tiradentes.
Uma das ruazinhas muito bem conservadas de Tiradentes.

– Tiradentes | Uma das cidades mais procuradas pelos turistas, oferece muitos restaurantes, ótimas pousadas e boas atrações para preencher os dias dos visitantes. Caminhar pela cidade por si já é suficiente, por preservar tanto de sua arquitetura. Logo em nossa primeira noite em Tiradentes (leia o artigo), tivemos a sorte de prestigiar a Orquestra Filarmônica de Minas Gerias, eleita a segunda melhor do Brasil, na Igreja Matriz de Tiradentes.

Cachoeira da Fumaça.
Cachoeira da Fumaça.

– Carrancas | Partindo de São Sebastião da Vitória, mais um trajeto de 4×4, dessa vez para conhecer as famosas Cachoeiras de Carrancas (Fumaça, Serrinha e Véu da Noiva). Eu adoro passeios assim, no meio do mato, parando para mergulhar e recarregar as bateiras…até atravessamos o rio numa balsa improvisada com motor de trator, entre os municípios de Caquende e Capela do Saco. Dessa vez, guiados pela Eco Adventure.

Maria Fumaça entre São João Del Rei e Tiradentes.
Maria Fumaça entre São João Del Rei e Tiradentes.

– São João Del Rei | Para terminar a viagem em grande estilo, rápida visita na Igreja São Francisco para então embarcar no passeio de Maria Fumaça entre São João e Tiradentes, uma rota turística de trem muito procurada por turistas. A dica é pegar o trem logo cedo em São João Del Rei, pois o caminho contrário e bem mais disputado.

 

O Caminho Novo

Igreja em Chapada / Estrada Real.
Igreja em Chapada, antes de começar a trilha para Lavras Novas.

– Lavras Novas | Aqui fizemos o único trecho caminhando por nosso curto roteiro na Estrada Real. Saindo do Povoado da Chapada, uma trilha de 5 km entre estradas de terra e morros, até chegar novamente em Lavras Novas (saiba mais). Aqui, começou um dos passeios mais legais da viagem, com a Quadricross. Foram 4 horas dirigindo um potente quadricíclo, com paradas na Cachoeira dos Namorados, Mirante do Itacolomi e Represa do Custódio.

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha 10% OFF para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.
 

 

Conhece a Estrada Real?

Já conhece a Estrada Real??? Ficou com vontade depois de ver as fotos, vídeos e ler o artigo???

Comente e ajude a criar vida no blog!!!

Até + !!!

 

Blogueiros na Estrada Real

O projeto Blogueiros na Estrada Real (#BlogueirosnaER) foi uma realização do Instituto Estrada Real e apoio da Bancorbrás Turismo. A viagem foi patrocinada, mas as opiniões aqui expressas são de livre expressão do autor. Veja também os blogs que participaram da viagem: Dentro de Mochilão, Pé na Estrada, Segredos de Viagem, Territórios, Trilhas e Aventuras, Quero Viajar Mais e Viagens Cinematográficas.

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 37 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

14 Comentários

  1. Gratidão Guilherme! Adorei ler o seu post.
    Estarei em Governador Valadares, vc pode me indicar como posso começar o trajeto através de lá?
    Desde já agradeço!
    Abraços

    • Oi Christine,

      Governador Valadares não faz parte da Estrada Real, mas não está longe. Se quiser fazer o mesmo roteiro que fizemos, pode começar em Belo Horizonte. Outra opção é ir até Diamantina.

      Grande abraço

      • Oi Guilherme,

        Andei olhando melhor o mapa e pensei em ir até Diamantina também e começar de lá…meio q de trás pra frente e ir até onde der…oq vc acha?

  2. Show de viagem, também fiquei com vontade de fazer muito mais! Abração!

  3. Gui, que delícia essa viagem né? Lendo seu post me bateu uma saudade…. Minas Gerais é incrível!!!

    Bjo grande!!!

  4. Herbert Monteiro

    Aprecio bastante suas fotos e comentários. Quero recebe-los sempre. Grato,

  5. Muito bom o post. Outro dia até comentei em uma de suas enquetes no Facebook, sobre essa trilha.
    Fazemos muitas trilhas no Reino Unido e algumas na Europa e me pergunto sempre o que é presciso para fazer uma trilha Brasileira ter estrutura equivalente para atender os Brasileiros e até mesmo virar roteiro internacional.
    Imaginem o potencial turístico e impacto econômico para todos na região.
    Hotéis, guias, fotógrafos, restaurantes, armazéns, feiras de artesanato, alimentação em geral, além de valorizar o comércio local, também poderá valorizar a educação, como por exemplo Geografia, História, Biologia, meterologia, entre outras pesquisas humanas, científicas e exatas.

    Pessoas estão buscando esse tipo de atrativo e modalidade de turismo, bom digo isso no Brasil, parece que esta mudando, enquanto na Europa essa modalidade é fortíssima e com certeza essa combinação que mencionei acima irá atrair muitos turístas interessados em até mesmo compartilhar toda a trilha, mesmo que leve meses.
    Próximo passo é promover o comércio local, estruturar com informações e criar guias detalhados.
    Eu topo tirar um ano de sabatical pra fazer a pesquisa e documentar tudo.

    • Oi Rogerio,

      O roteiro da Estrada Real é bastante completo mesmo e posso falar sem dúvida alguma que é o mais organizado do Brasil, o que acaba trazendo benefícios para todos os envolvidos com o turismo.

      Curti essa ideia do sabático…conteúdo tem de sobra!!!

      Valeu, abração

  6. Bem além de você ir pra um lugar lindo e incrível você aprende um pouco da história e cultura do Brasil amei ler esse post amei as fotos principalmente a que tem a cachoeira (ficou maravilhoso o modo como tirada a posição o fundo 😀 ) Obg isso com a gente Gui… Bjao e aguardando novos posts

  7. Barbara Hasse

    Sensacional esse post, deu muita vontade de conhecer a Estrada Real! A parte de quadricíclo deve ter sido uma experiência incrível!
    beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *