Início / Américas / América do Sul / Argentina / Quando ir para Ushuaia: clima e temperatura na cidade argentina

Quando ir para Ushuaia: clima e temperatura na cidade argentina

Até para quem curte uma friaca como eu, precisa saber quando ir para Ushuaia. Isso porque, no inverno, a cidade mais austral da América do Sul tem temperaturas rigorosas que podem atrapalhar o seu roteiro pela cidade da Patagônia argentina. Por isso, você tem que compreender como funcionam o clima em Ushuaia e as temperaturas da região no inverno, verão, outono e primavera, para escolher qual é a melhor época para ir a Ushuaia.

De antemão, já aviso: vale muito a pena conhecer a “Cidade do Fim do Mundo”, como ela é conhecida. Pois, embora distante de Buenos Aires – mais de 3 mil quilômetros! – ela é a capital da Província da Tierra del Fuego e oferece paisagens de tirar o fôlego: montanhas, glaciares, lagoas e muita diversão! Descubra agora quando viajar para Ushuaia.

Planeje sua viagem => Hotéis em Ushuaia com os melhores preços »

Melhor seguro viagem para América do Sul: cotação do mais barato »

 

Melhor época e quando ir para Ushuaia

Quando ir para Ushuaia
Baía de Ushuaia.

Para usufruir de tudo o que Ushuaia, na Argentina, tem a oferecer para os seus visitantes, é preciso acertar bem a época para visitar a região. As paisagens mudam totalmente durante o inverno, verão, primavera e outono. Confira o mapa dos 9 principais pontos turísticos de Ushuaia, para já descobrir algumas de suas principais atrações.

Mas mesmo dentro de uma única estação, é possível se deparar com uma nevasca em pleno janeiro (quando é verão em Ushuaia), ou ainda com dias mais abertos no outono, por exemplo.

Entenda alguns fatores que influenciam nessas características e como decidir qual é melhor época para visitar Ushuaia, na Argentina:

 

Quando é inverno em Ushuaia?

Quando é inverno em Ushuaia
Ushuaia, na Patagônia argentina.

Tanto o Brasil como a Argentina estão no mesmo hemisfério do planeta: o sul. Isso significa que quando é inverno por aqui, lá também o é. Dessa forma, fica fácil decorar: junho, julho e agosto são os meses de frio na cidade do Fim do Mundo.

Mas seria leviano comparar qualquer estação brasileira com o clima da Patagônia argentina. A região fica bem próxima à Antártica, apenas mil quilômetros. E é o suficiente para entender como a cidade sofre com as intempéries do clima do Polo Sul.

Nos meses de inverno, a temperatura em Ushuaia pode chegar a -10º C nos altos dos cerros. E é justamente para lá que você deve ir nessa época: são nas montanhas onde ficam os melhores atrativos nos dias mais frios do ano.

É possível esquiar e praticar outras atividades invernais na temporada de inverno. O Cerro Castor, que fica a apenas 26 km de Ushuaia, é o mais procurado por turistas, graças à sua estrutura para receber bem os visitantes e sua proximidade do centro.

Na parte baixa da cidade, a temperatura média no inverno em Ushuaia é de 5ºC. No ápice do inverno, o Fim do Mundo chega a ter somente 7 horas de luz solar. Na prática, isso quer dizer que você vai curtir menos as atividades, pois vai demorar a clarear e escurecerá cedo.

Isso tem impacto significativo no seu aproveitamento dos atrativos do destino. Outra interferência é nas atividades oferecidas pelas agências. Por ser um destino de aventura, muitas delas não são oferecidas nos dias mais frios.

 

Ainda com dúvidas sobre as atrações turísticas?
 

O que fazer no inverno em Ushuaia

Quando viajar para Ushuaia
Inverno em Ushuaia: esportes de neve.

No inverno, você pode fazer atividades nas montanhas, como esqui e snowboard. Na temporada que se estende de junho a agosto, os cerros se preparam para receber visitantes de várias idades e níveis esportivos.

Logo, pode se planejar para se divertir bastante com trenó na neve, caminhadas com raquetes de neve, passeios em motos, escaladas, patinação em lagos congelados e sobrevoos.

 

O que não fazer no inverno em Ushuaia

Clima e temperatura de Ushuaia no inverno
Inverno em Ushuaia: não tem pinguins.

Possivelmente em muitos dias de inverno não será possível fazer a navegação do Canal de Beagle, um importante ponto turístico da região. Se o dia estiver mais claro e algum barco zarpar não será para a pinguinera, pois eles migram nessa época do ano.

Outros atrativos, como o trekking para a Laguna Esmeralda também é suspenso, por conta da dificuldade em acessar o local com muita neve. Por falar nisso, saiba como ir para a Laguna Esmeralda nesse meu relato completo. Mas é uma ótima oportunidade para fazer o passeio em trenó com cães Huskies.

Além dessas, outras programações ao ar livre também são canceladas: como mountain bike, campos de golf, pesca esportiva e arvorismo. Logo, vá a Ushuaia no inverno se você quer praticar os esportes de neve sem sentir falta dos demais passeios para os pontos turísticos da cidade, que poderão estar parados nessa época do ano.

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5, é só clicar no botão.
 

Descubra =>  Seguro para esportes de neve e aventura: qual é o melhor?

 

Quando é verão em Ushuaia?

Quando é verão em Ushuaia?
Vista do porto de Ushuaia.

No verão, entre dezembro e março, a paisagem da cidade muda totalmente. Ela vive o ápice da sua lotação, pois não só os visitantes estrangeiros procuram a cidade, como os próprios argentinos e sul-americanos a colocam nos seus roteiros.

Nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, a temperatura média da cidade fica em 11ºC. Porém, você está na cidade mais austral do planeta e nem pense que o clima será tão tranquilo assim: é nessa época que as correntes do Polo Sul mostram toda a sua força e o resultado são ventos bem fortes!

Portanto, posso dizer que o frio é constante na cidade, pois mesmo com uma temperatura mais amena, os ventos influenciam na sensação térmica. Por isso, pode deixar suas roupas mais leves em casa, mesmo no verão. As possibilidades de precipitações também aumentam, é a época mais chuvosa na região.

Por outro lado, o dia rende muito mais. Em dezembro, por exemplo, o tempo de luz solar pode chegar a 17 horas! Dessa forma, dá para aproveitar muito as atividades turísticas da Tierra del Fin del Mundo.

E elas são muitas: excursão Marítima Ilha dos Lobos pelo Canal de Beagle e visita à Pinguinera – Sim!!! Dá para ver os pinguins mais fofos da América do Sul! – lago Fasano, trekking até a Laguna Esmeralda, subida até o Glaciar Martial e diversos outros passeios em meio à natureza exuberante da Patagônia argentina. Conheça algumas das melhores opções de atrações em Ushuaia.

Veja como é o trekking em Ushuaia: subida ao Glaciar Martial no post com a minha experiência.

 

O que fazer no verão em Ushuaia

O que fazer no verão em Ushuaia
Farol do Fim do Mundo no Canal de Beagle.

Além dessas atividades citadas anteriormente, tem uma bem exclusiva: no verão dá para fazer uma expedição para a Antártica (ou Antártida, as duas nomenclaturas são consideradas corretas, tá?)! São 1.000 km de travessia pela famosa Passagem do Drake até chegar à península.

O cruzeiro até esse paraíso ecológico da terra não custa tão barato. Os pacotes com cerca de 15 dias de duração são comercializados a partir de 4.700 dólares. Mas é uma experiência única no continente mais frio, isolado, seco, inóspito e único no planeta!

 

O que não fazer no verão em Ushuaia

Melhores trilhas em Ushuaia
Trekking até a Laguna Esmeralda em Ushuaia.

Por mais que o clima próximo à Antártica seja mais instável, não espere ver neve nas partes mais baixas da cidade durante o verão. Pode ser que alguns picos estejam branquinhos, mas nada que envolva esportes de neve.

Portanto, se você quiser ir a Ushuaia nos meses mais quentes, você aproveitará bem os passeios de aventura e contato com a natureza típicos dessa estação do ano: caminhadas, escaladas, arvorismo e navegações. Mas lembre-se: nessa época os hotéis, restaurantes e passeios ficam mais caros, pois é alta temporada na região.

Confira => Aerolineas argentinas é boa? Veja minha opinião se vale a pena voar

 

Quando é primavera e outono em Ushuaia?

Quando é outono em Ushuaia
Foto: Jerzy Strzelecki, via Wikimedia Commons.

Essas duas estações são sempre uma boa pedida, principalmente em lugares com climas extremos. Na primavera, que se inicia em setembro e vai até dezembro, as estações de esqui fecham suas “portas” e a cidade fica mais vazia.

O frio permanece, mas a neve já começa a derreter, mas é possível avista-la na paisagem. Os dias começam a ficar mais longos e de cara você vai adorar fazer praticamente todos os passeios que Ushuaia tem a oferecer.

Já o outono, que ocorre entre março e junho, tem duas facetas: no começo ainda é possível pegar chuva. E se tem uma condição meteorológica que atrapalha o turismo é ela! Dá até para se divertir na neve, mas na chuva, tudo fica mais complicado! Nessa época a probabilidade de chover é de 22% durante o dia.

Mas, se você for nos meses de outono mais avançados, vai fugir dessa possibilidade. Eu fui no mês de maio e amei a experiência: a temperatura estava mais ou menos em 9ºC, não choveu, todos os passeios estavam disponíveis (exceto os esportes de neve), as montanhas ainda estavam branquinhas e de bônus nevou na cidade!

Logo, a dica para visitar Ushuaia é fugir das altas estações: tanto no verão como no ápice do inverno. Prefira a primavera ou o outono. Eu gostei particularmente no outono, pois pude aproveitar as belezas da cidade nevada, sem o risco de ter algum passeio impedido por conta do excesso de gelo, nem sofri com as lotações do verão.

 

Como aproveitar ao máximo o clima de Ushuaia

Quando viajar para Ushuaia
Euzinha, no outono em Ushuaia.
  • Em qualquer época do ano, Ushuaia venta muito. Principalmente no verão: invista em proteção adequada;
  • Mesmo no inverno, proteja sua pele e os seus olhos dos raios solares e do branco da neve;
  • No alto verão, agende seus passeios com antecedência para não perder os melhores devido à lotação da cidade;
  • Se você quer esquiar, Ushuaia tem a temporada mais longa da América do Sul, graças à proximidade com o Polo Sul. Uns cerros encerram em agosto, mas alguns ficam até setembro. Isso depende muito do ano, para saber como está a temporada de cada ano consulte o site oficial de Ushuaia.
  • O Cerro Castor é o destino mais famoso para esportes invernais. Ele tem 650 hectares e 31 pistas, mas também oferece atividades amadoras para “brincar” na neve;
  • O passeio chamado pelas agências de ‘Neve e Fogo’ é um dos mais interessantes: um trenó leva os visitantes em meio a um bosque nevado até uma cabana iluminada por fogueiras e servida de saborosos aperitivos. Mas ele só está disponível no inverno.

 

Leia nossos posts anteriores sobre Ushuaia:

 

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Polly Batista

Penso que todas as coisas são parte de mim. Procuro pelo mundo pedaços da minha alma escondidos em cada novo destino, cada pessoa, cada cultura, cada monumento. Os lugares me revelam o quanto sou pequena, ignorante e humana e, ao mesmo tempo, o quanto somos ricos, parecidos e divinos. Me sinto grata em redescobrir isso em cada viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *