O que visitar em Chamonix, quando ir, quantos dias, custo etc

por Thais Batista
5/5 - (6 votos)

O que visitar em Chamonix, quando ir, quantos dias, custo etc

Chamonix é uma cidade linda dos Alpes que você deve incluir no seu roteiro pelo interior da França ou até mesmo se estiver na Suíça ou Itália. Uma vez que Chamonix fica na região fronteiriça dos 3 países europeus. Mas o que visitar em Chamonix com tantas atrações incríveis?

Obviamente, é preciso escolher entre as melhores, pois como toda região de Alpes é um destino caro.

Neste artigo, você sabe quanto custa esquiar em Chamonix, a melhor época para ir a Chamonix e confere os detalhes de como foi minha experiência em atrações, como o Mer de Glace e o imperdível Teleférico da Aiguille du Midi.

Estive em Chamonix no mês de março, finalzinho do inverno na Europa. Fiquei 3 dias conhecendo as principais atrações da cidade e compartilho com você tudo isso.

Te mostro agora os principais pontos turísticos de todo o Vale de Chamonix Mont Blanc e gostaria de te inspirar a conhecer e vivenciar momentos inesquecíveis nessa bela região francesa.

Planeje sua viagem => Onde se hospedar em Chamonix

Seguro viagem para viajar para França »

Melhor época para ir a Chamonix

O que visitar em Chamonix
Chamonix em março | Foto: QVM.

Chamonix tem essencialmente um clima de montanha. Portanto, o inverno é rigoroso com incidências de nevascas. Já no verão, as temperaturas podem alcançar os 30º.

Pra mim, acredito que o maior charme de Chamonix é durante o inverno. As paisagens nevadas das montanhas e vales é algo que deixa tudo mais bonito.

Mesmo no inverno há as épocas de alta e baixa temporada e os preços de hospedagem variam conforme os meses do anos.

Os meses mais frios em Chamonix são janeiro e fevereiro, os mais quentes julho e agosto e os mais chuvosos maio a julho.

Estive em Chamonix Mont Blanc em março e adorei o clima (sou suspeita em falar, pois adoro o inverno), a média de temperatura era -2/-3º e, desde que você esteja bem agasalhado, é bem agradável turistar nesse clima.

Minha maior expectativa era ver a neve caindo em Chamonix, mas não rolou durante a minha viagem. Mas só o fato de ver a neve na montanha e nas encostas me deixou bem feliz.

Aliás, o clima é um fator importante para quem visita Chamonix. Atrações como o Teleférico da Aiguille du Midi, dependem de boas condições climáticas para funcionar. Portanto, antes de comprar os ingressos acompanhe a previsão do tempo.

Quantos dias passar em Chamonix?

A quantidade de dias ideais para ficar em Chamonix, depende das atividades que você pretende fazer. Se a sua intenção não for esquiar ou aprender o esporte, ideal é ficar entre 2 a 3 dias em Chamonix.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 22% de desconto usando o cupom CONSUMIDOR, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Será tempo suficiente para fazer pelo menos 2 ou 3 atrações e curtir a cidade, que é muito bonitinha e agradável de caminhar por ela.

Para quem pretende esquiar são muitas as opções e tipos de pistas de esqui, portanto indico ficar no mínimo 5 dias em Chamonix. E para saber onde ficar hospedado em Chamonix, leia meu post completo.

O que visitar nos Alpes franceses?

O Vale de Chamonix-Mont-Blanc compreende além da própria Chamonix, vilarejos como Servoz, Les Houches, Argentière, Vallorcine e o Monte Branco, o pico mais alto da Europa Ocidental com 4.810,45 m.

E quando você pensa em listar o que visitar em Chamonix e nos Alpes franceses, vê que a lista de pontos turísticos é bem extensa, com atrações para todas as idades.

Desde atrativos com muita aventura, como montanhismo, caminhadas, voo panorâmico, snowbord, esqui, passando por passeios para famílias com crianças pequenas até uma viagem romântica.

Para quem gosta disso tudo vai amar visitar o Vale de Chamonix- Mont- Blanc e fará uma viagem surpreendente.

Veja os pontos turísticos de alta atitude mais importantes para fazer no Vale e outras atrações imperdíveis:

Teleférico da Aiguille du Midi

Aiguille du Midi em chamonix
O teleférico Aiguille du Midi em Chamonix.

Essa é a atração mais desejada para quem visita Chamonix. Ao escolher meus passeios na cidade, o Teleférico da Aiguille du Midi era o número 1 da lista e eu não via a hora de fazê-lo.

A atração existe há mais de 60 anos. A Aiguille du Midi é uma das montanhas mais altas de Chamonix, sendo uma das rotas dos aventureiros para chegar ao grande Mont Blanc.

Ao subir no ponto mais alto, numa altitude de 3.842m é possível ter uma linda vista panorâmica dos Alpes franceses, suíços e italianos. 

E não é só a vista de cima que é espetacular, a subida do teleférico também é surpreendente. É incrível visualizar de pertinho as grandes montanhas a bordo de um teleférico.

Embora muito alto, o percurso é tranquilo, a bela vista vence o medo da altura, e você só consegue enxergar imagens lindas ao redor.

A subida leva 20 minutos com duas paradas. Primeiro, você desce no Plan de l’Aiguille, nessa parada você está a 2.310 m acima do nível do mar. Há um restaurante onde vende-se comidas e bebidas, caso você queira ficar mais tempo nessa plataforma.

A vista do Plan de l’Aiguille é legal, mas eu não perderia tanto tempo aqui, pois o que está acima é mais interessante.

Dessa plataforma, é preciso pegar mais um teleférico para subir mais a Aiguille du Midi, dessa vez você chegará a uma altitude de 3.777 m acima do nível do mar. A partir daí, a paisagem vai ficando cada vez mais incrível.

Demore um pouco aqui, tire muitas fotos e observe as montanhas ao redor.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na França. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Depois, é necessário subir mais um pouco, para chegar ao ponto mais alto do Aiguille du Midi, os 3.842m de altitude. A subida aqui é feita através de um elevador. De cima você apreciará as vistas espetaculares do Mont Blanc.

cabine de vidro em chamonix
Minha foto na Step into the Void, a sensação de pisar no vazio | Foto: QVM.

Nesse piso do Aiguille du Midi, existe uma atração incrível que você não pode deixar de fazer, a Step into the Void que é uma cabine de vidro suspensa a mais de 1.000 metros do chão. As fotos da cabine ficam show!!

Para essa atração há sempre uma filinha básica e um funcionário do complexo fica à disposição para organizar a vez e tirar as fotos.

Aproveite todos os cantinhos do Aiguille du Midi e se distraia admirando a vista das montanhas. Te garanto é espetacular! Veja todas as minhas dicas do Mont Blanc.

CLIQUE AQUI para comprar o ticket do Teleférico Mont Blanc »

Teleférico Panorâmico do Mont Blanc

Do Aiguille du Midi é possível embarcar em mais uma atração incrível em Chamonix, que é o Teleférico Panorâmico do Mont Blanc, que alcança 3777m.

Esse teleférico passeia sobre o Glaciar du Géant até a Pointe Helbronner na Itália durante 50 minutos. Uma viagem espetacular através das geleiras. 

Ou seja, você estará indo da França para a Itália a bordo de um teleférico, não é demais?!

Uma dica importantíssima: como o passeio inclui uma passagem de fronteira é necessário levar passaporte.

Montenvers Mer de Glace

 Montenvers Mer de Glace
O glaciar Mar de Gelo em Chamonix | Foto: QVM.

Embora toda minha expectativa fosse subir no Aiguille du Midi, o Montenvers – Mer de Glace me surpreendeu positivamente e fiquei tendenciosa a elegê-lo como o melhor passeio em Chamonix.

Teleféricos são maravilhosos, mas subir uma montanha a bordo de um trem é fantástico!

O trem do Montenvers é vermelho e super charmoso. Percorre a montanha em meio a florestas e pradarias num cenário muito lindo!

Ao desembarcar você dá de cara com o Mer de Glace ou Mar de Gelo, um dos glaciares do Mont Blanc em uma atitude de 1.913 m.

O Mar de Gelo é considerado o terceiro maior glaciar do Alpes e é um lugar belíssimo para muitas fotos.

Após admirar essa parte do passeio, a atração é visitar a Ice Cave ou Caverna de Gelo. Siga as placas indicativas e suba num pequeno teleférico que te deixa até um certo ponto.

É necessário fazer uma trilha de cerca de 20 minutos descendo mais de 500 degraus para chegar na entrada da caverna.

A Ice Cave é escavada todos os anos e no sei interior retrata a vida nas montanhas no início do século XIX.

Essa é uma atração bastante interessante, apesar do esforço da ida e, principalmente, da volta subindo os degraus, vale muito a pena fazer a visita a caverna.

Tramway du Mont Blanc

Para fazer essa atração é necessário se deslocar até o vilarejo de Saint-Gervais-les-Bains, que fica vizinho a Chamonix.

 
Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a America Chip, você ganha 10% de desconto com o cupom QUEROVIAJARMAIS para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão 4G de ALTA VELOCIDADE em diversos países. Conheça as vantagens:

  • Receber o chip na sua casa ainda no Brasi;
  • A configuração do chip é extremamente fácil;
  • Os planos têm excelente custo-benefício, com preço a partir de USD 31,00;
  • Muita economia, porque você contrata apenas os dias que for usar;
  • É sem dúvida a opção mais fácil, prática e segura para ter a melhor internet 4G;
  • Já falei internet ilimitada? ;)
 
   

O Tramway é considerado o mais alto da França, leva os turistas para um passeio que percorre os pés do Mont Blanc a uma altitude de 1047m.

A linha férrea passa por paisagens belíssimas com florestas e pradarias alpinas. Ao chegar, é possível caminhar até o Bellevue. Os esquiadores poderão acessar a área de esqui Le Prarion e ter uma vista panorâmica de geleira Bionnassay.

Teleférico de Brevent

Nesse passeio. o teleférico faz duas paradas: a primeira no Planpraz a 2.000m e depois para Le Brévent, a 2.525m com uma excelente vista para Mont Blanc.

Durante o verão na Planpraz é onde ocorre o ponto de partida para voos em parapentes e em Le Brévent acontece uma trilha que vai para Aiguillette des Houches.

Nas duas paradas do teleférico, esses lugares oferecem refeições em restaurantes com uma vista panorâmica do Mont Blanc.

CLIQUE AQUI para agendar um voo de parapente em Chamonix »

 Les Houches / Saint Gervais 

les houches chamonix
Les Houches. Foto: eGuide Travel, via Wikimedia Commons.

É um vilarejo vizinho a Chamonix que possui pistas de esqui com 55 km de extensão entre as florestas.

Quando não há neve, existem máquinas que fabricam a neve artificial.

Les Houches – Saint Gervais possui 27 pistas de esquis, dentre elas de cores preta, vermelha, verde e azul e 1 snowpark. Alguns turistas também costumam se hospedar em Les Houches, pois encontram onde ficar mais em conta que Chamonix.

Os vilarejos são facilmente acessados de ônibus a partir de Chamonix e vice e versa.

Vallorcine

É mais uma aldeia do vale de Chamonix-Mont-Blanc. No inverno, a atração principal são os esportes de neve como esqui, cães de trenó, esqui cross-country ou caminhadas com raquetes de neve.

No verão, as atrações de Vallorcine são para desfrutar de caminhadas, mountain bike, pesca ou escalada. 

Vallorcine está aos pés das Aiguilles Rouges e a melhor forma de chegar até ela é através do trem Mont-Blanc Express.

O vilarejo dá acesso a pista de esqui de Balme.

Servoz

É uma comuna francesa que pertence ao Vale de Chamonix Mont Blanc. No vilarejo de Servoz está uma linda igreja barroca chamada Saint Loup de Servoz, construída em 1537.

Em Servoz parece que o tempo parou! O lindo lugar tem nada menos que cinco cachoeiras que são a principal atração da vila.

Agricultura e cultura são as fontes de sustento de Servoz e, anualmente no mês de outubro ocorre uma feira de ovelhas.

Servoz é um lugar muito tranquilo e acolhedor para visitar nos Alpes Franceses.

Argentière

Argentière é mais um vilarejo do Vale e tem como principal atração o icônico pico Aiguille Verte. Possui um charme típico de uma aldeia de montanha.

A área de esqui Les Grands Montets estão em Argentière.

A história dessa aldeia do Vale de Chamonix se confunde com a de grandes exploradores do Mont Blanc que passaram anos estudando o maciço.

Chamonix Mont Blanc

estação central de chamonix
A Estação Central de Chamonix é um dos prédios mais icônicos da cidade | Foto: QVM.

A cidade de Chamonix Mont Blanc é cosmopolita e glamurosa. Ao caminhar pela cidade a gente não tira os olhos de cima, seja para admirar as montanhas que a cercam e as grandes fachadas de prédios, lojas e hotéis.

Chamonix é um encanto de lugar! Nem dá pra imaginar que a cidade no século 18 vivia da agricultura, mesmo sendo um lugar com inverno tão rigoroso.

Foram os ingleses, William Windham e Richard Pococke que, em 1741, foram explorar o vale e acabaram descobrindo o hoje conhecido Mar de Gelo, na Geleira des Bois.

Eles não só descobriram os encantos de Chamonix como também trataram de divulgar tudo que a região oferecia através de jornais da época. E o resultado disso tudo, foi a enxurrada de gente querendo conhecer o lugar.

Dessa forma, Chamonix ingressou de vez no mundo do turismo, deixando de lado a agricultura.

Praça Jacque Balmat
A Praça Jacque Balmat | Foto: QVM.

Num passeio pelo centro da cidade não deixe de ver os pontos de interesse de Chamonix, como a Praça Jacque Balmat, onde fica as estátuas dele e do médico Paccard. Os dois primeiros a subir o Mont Blanc.

Na imagem, os desbravadores apontam para o Mont Blanc em referência à enorme aventura que foi subir a grande montanha.

Aliás, Paccard também é a rua principal de comércio e restaurantes de Chamonix, passear por ela é uma delícia, mais gostoso ainda é poder apreciar a culinária em algum dos vários restaurantes presentes nessa rua.

Outro lindo ponto turístico da cidade é Igreja de St. Michael, o tempo católico foi classificado como monumento histórico em 1979.

Ela foi construída em 1119 pelos beneditinos e passou por várias reformas até chegar no estilo barroco.

Ainda na sua caminhada pelo centro, não deixe de observar prédios lindos, tais como o do Cassino, do Hôtel de Ville (a prefeitura da cidade) e a Estação Central de Chamonix (Gare de Chamonix).

CLIQUE AQUI para agendar um sobrevoo por Chamonix »

   

Expresso do Monte Branco

Esse comboio percorre todo o Vale de Chamonix. As saída de St Gervais les Bains-le Fayet faz paradas Les Bossons, Les Houches e Servoz.

E do lado suíço, até Martigny com paradas em Les Praz, Argentière e Vallorcine.

O trem foi criado em 1906 e é outro excelente ponto de interesse para conhecer todo o Vale. O trem pode sair de graça, caso o visitante tenha recebido do seu hotel o cartão de transporte.

Esquiar no Vale de Chamonix

quanto custa esquiar em chamonix
Há muitos esquiadores em todo o Vale de Chamonix.

O Vale do Chamonix possui muitas áreas de esqui com diversidades de pistas. Le Houches, Le Brévent, La Flégère, Les Grands-Montets e Balme são elas.

É incrível a quantidade de esquiadores que a cidade recebe durante o inverno e até na primavera, quando ainda é possível esquiar.

Aliás, qual esquiador não deseja ter o Mont Blanc como pano de fundo?

Mas não é apenas para os feras no esporte que Chamonix é um paraíso, não. A cidade oferece também pistas de baixa altitude ideais para crianças e adultos que estão começando a se aventurar.

São as Le Tourchet, Le Savoy, Les Panards, Les Chosalets, La Vormaine ou La Poya, pois essas pistas têm um grau de dificuldade bem menor.

Além disso, Chamonix possui diversas escolas de esqui com professores para ensinar para quem não tem prática alguma no esporte de alta montanha.

E Chamonix oferece durante o inverno, aulas de esqui grátis mediante inscrição antecipada.

Quanto ao aluguel dos equipamentos apropriados para esquiar, em Chamonix existem várias lojas especializadas nisso.

Quanto gasta em Chamonix?

Quanto gasta em Chamonix?
Ingresso do Mont Blanc Unlimited | Foto: QVM.

É sempre difícil responder essa pergunta, pois os gastos em qualquer lugar dependem do estilo de viagem de cada um. Baseado na minha experiência no local, posso afirmar que é uma cidade cara.

Mas para quem quer conhecer, vale a pena fazer um esforço e buscar as alternativas de baratear a viagem. Compartilho algumas dicas para economizar em Chamonix:

  1. Pesquisei hospedagem com muita antecedência, pois quanto mais próxima a data da viagem, sobram poucas opções encarecendo o valor da hospedagem;
  2. Me hospedei em apartamento pelo Booking (R$ 1.130 por 3 diárias para casal) com uma cozinha compacta para economizar com alimentação. Os pratos nos restaurantes em Chamonix são super caros;
  3. Alguns viajantes, optam por se hospedar em Le Houches, uma das aldeias vizinhas a Chamonix. No vilarejo as opções de hospedagem podem ser mais baratas que a própria Chamonix;
  4. Comprei alimentos nos supermercados. É comum os mercados da Europa venderem comidas prontas, além de opções congeladas. Essas refeições são infinitamente mais baratas que em restaurantes. As redes de supermercados da cidades são Carrefour, Super U e a rede Casino. Todos no centro e fácil de serem encontrados;
  5. Adquira o ingresso Mont Blanc Unlimited, pois você pode fazer até 3 atrações pelo preço de 1. (72 para 1 dia, incluindo 3 atrações).

Para a galera do esqui os gastos em Chamonix são bem maiores, uma vez que para cada pista há um preço de ingresso diferente:

  • Le Chamonix Le Pass: Adquirindo esse ticket o turista tem acesso a 3 áreas de esquis diferentes em Chamonix e 120 km de pistas. Os ingressos podem ser de 4h até 6 dias e vão de 51 a 292.
  • Le Mont Blanc Unlimited: Com esse ingresso o visitante tem acesso ilimitado às áreas de esqui de Chamonix, Les Houches, Megève-Evasion Mont-Blanc, Courmayeur e Verbier. Ou seja, será possível esquiar nos territórios de 3 países a França, Itália e Suíça. Com esse ingresso também é possível usar os transportes públicos para uma estadia mais confortável em Chamonix. O mínimo é 1 e máximo de 6 dias de atividade do Le Mont Blanc Unlimited, e vão de 72 a 345.
  • Passe de esqui Les Houches: Nesse ticket o turista tem acesso a 55km de pista na região de Les Houches em St Gervais, além de poder fazer o passeio do Tramway du Mont Blanc. Mínimo de 4h e máximo de 6 dias a um custo de 42 a 235.
  • Mont – Blanc Rapidcard: É o tipo de ingresso para o visitante frequente. Válido por 1 dia a um preço de 19€ a 42€. O preço varia de acordo com a área escolhida.
  • Multipass exclusivo para o verão: Esse pass dá acesso a esquiar nas áreas de Chamonix , Les Houches e Megève (dependendo das condições) a um custo de 72€ por dia.

O levantamento dos preços é referente a março/22. Consultar valores atualizados em www.en.chamonix.com (site oficial de Chamonix Mont Blanc).

Quando começa a nevar em Chamonix?

neve em chamonix
Neve em Chamonix em março | Foto: QVM.

Em qualquer época do ano os cumes das montanhas em Chamonix terão neve. Mas para quem quer ter a experiência de ver a neve caindo na cidade deve viajar no inverno, especificamente entre os meses de dezembro e março.

Mas sabemos que isso muda de ano pra ano. Minha viagem aconteceu em março e não tive a sorte de vê-la caindo nos dias que estive em Chamonix.

Apesar disso, havia muita neve acumulada nas ruas e telhados das casas e as montanhas estavam branquinhas.

Encante-se pelo Vale de Chamonix

O Vale de Chamonix Mont Blanc é um ótimo destino de férias não somente aos que são amantes dos esportes radicais, mas para quem gosta do frio, da neve e, acima de tudo, para quem curte cidadezinhas pequenas aos pés de uma montanha.

Chamonix é isso, um lugar cosmopolita com atividades de inverno, verão e lazer para todas as idades. Passei 3 dias muito agradáveis nesse lugar e com certeza entrou para lista de lugares mais lindos que já visitei.

Minha viagem pelo interior da França continuou visitando Annecy, outra cidade dos Alpes e Colmar na região da Alsácia e você pode conferir os posts em breve.

Dúvidas frequentes sobre Chamonix

Onde se localiza o Mont Blanc?

O Mont Blanc se localiza na região de Auvergne-Rhône-Alpes, embora esse lugar seja na França, é uma região que faz fronteira com a Itália e a Suíça.

Qual a altitude do Montblanc?

O maciço do Mont Blanc hoje tem uma altitude de 4.807 m. Mas anualmente ocorre variação na altitude em função da ação do vento e das chuvas. Veja como é o passeio ao Mont Blanc.

Chamonix onde fica?

É uma cidade dos alpes franceses que fica aos pés do Mont Blanc. Leia mais sobre os atrativos de Chamonix.

Como se locomover em Chamonix?

Há diversas formas de se locomover em Chamonix: ônibus gratuito Le Mulet, o Expresso do Monte Branco e o o Le Petit Train.

Onde fica o aeroporto Chamonix Mont Blanc?

Chamonix Mont Blanc não possui aeroporto. Para quem deseja chegar à cidade de avião, deve optar pelo aeroporto de Genebra na Suíça, que fica 68km de distância de Chamonix.

Como ir do aeroporto de Genebra para Chamonix?

É possível fazer o percurso entre Genebra para Chamonix de ônibus, transfer ou aluguel de carro.

Ficou faltando algum ponto turístico importante para visitar em Chamonix Mont Blanc? Compartilhe sua experiência na cidade ou deixe um comentário sobre o destino.

ESCRITO POR

Thais Batista

ESCRITO POR

Thais Batista

Sou apaixonada por lugares do mundo! Viajar me traz uma felicidade incrível e me faz enxergar a vida com mais leveza e força.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.