7 dicas da Coreia do Sul: tudo para você planejar sua viagem

7 dicas da Coreia do Sul: tudo para você planejar sua viagem

Imagem do Autor por Guilherme Tetamanti
4.5/5 - (6 votos)
Atualizado em:
COMPARTILHE

Está à procura de dicas da Coreia do Sul? Vai viajar para esse lindo país e não sabe por onde começar? Este artigo irá solucionar todas – ou quase todas – as suas dúvidas sobre o assunto.

Indo muito além do K-Pop – estilo musical coreano que se popularizou no cenário mundial nos últimos anos – a Coreia do Sul oferece contemporaneidade misturada a muita cultura e tradição.

É o país perfeito para diversos tipos de público. Sua capital contribui para o país ser a terceira maior economia da Ásia, e por aí você já pode imaginar o ritmo de Seul.

Por ainda não ter o apelo turístico de países vizinhos como China e Japão, planejar uma viagem para a Coreia, ou para qualquer outro lugar, pode ser bem difícil, sem pesquisa.

Um bom roteiro para a Coreia do Sul fará toda a diferença quando você estiver lá. Por isso, vou dar dicas práticas de como solucionar algumas dúvidas que sempre pairam na mente do viajante.

Por exemplo, você sabe qual moeda utilizar? Sabe se a Coreia do Sul é um país seguro? Tudo isso e mais um pouco você vai descobrir agora viajando para a Coreia neste artigo.

Planeje sua viagem=> Onde se hospedar bem na Coreia do Sul

Tudo sobre seguro viagem Ásia »

7 dicas da Coreia para você se dar bem

Prepare o Ctrl C + Ctrl V, o caderninho de anotações ou botão do printscren, pois quem está viajando para a Coreia do Sul, vai obter as melhores dicas da Coreia, esse país incrível que vem sendo descoberto aos poucos pelos brasileiros.

  1. Melhor época
  2. Moeda
  3. Visto
  4. Comida
  5. Segurança
  6. Tomada
  7. Internet

CLIQUE AQUI para agendar os melhores passeios na Coreia do Sul »

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom VIAJARMAIS15, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

O que saber antes de viajar à Coreia do Sul

Dica 1: Melhor época para viajar para Coreia do Sul

planejar viagem para coreia do sul
Temperaturas no inverno são baixas, mas as paisagens belíssimas.

Para falar bem a verdade, isso vai de pessoa para pessoa. Essa é a primeira das dicas da Coreia.

Por exemplo, entre abril e maio é primavera na Coreia do Sul e portanto, nessa época, você poderá apreciar as belíssimas cerejeiras e desfrutar de um clima mais ameno.

De junho até agosto, é considerada a alta temporada, pois é verão. Essa estação na Coreia é bastante úmida e abafada, marcando altas temperaturas, momento ideal para quem quer aproveitar a ilha de Jeju, por exemplo.

Em agosto, as chuvas são constantes, sendo praticamente impossível sair sem um guarda-chuva ou capa de chuva.

Setembro e outubro marcam o início do outono, onde a temperatura começa a despencar. A partir do fim de dezembro, a neve começa a cair fortemente. O que pode ser ruim para alguns, mas encantador para outros.

Eu fui a Seul, capital da Coreia do Sul, em fevereiro, e posso dizer que a neve garantiu belíssimas paisagens dignas de filme. Se quiser ir no mesmo período, veja como estarão os pontos turísticos de Seul.

Descubra => Excursão por Seul

Dica 2: Moeda da Coreia do Sul

A moeda utilizada na Coreia do Sul é o won sul-coreano. Não existe uma versão de centavos ou cents no won.

Sendo assim, 100 wons equivalem a cerca de 10 centavos de dólar e 1000 wons a um pouco menos de 1 dólar.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na Coreia do Sul. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos – sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Por exemplo, você consegue comer uma refeição simples por apenas 5000 wons, o que gira em torno de 5 dólares.

A forma mais fácil de garantir que você não terá problemas em trocar seu dinheiro é levar tudo em dólar. Chegando em Seul, troque uma pequena quantia no aeroporto, onde as taxas são mais altas.

O restante você pode trocar em Myeongdong. Por ser um centro comercial bastante movimentado de Seul, há diversas casas de câmbio com taxas menores.

É só dar uma pesquisada quando chegar lá. E já que o assunto é dinheiro, que tal descobrir quanto custa viajar para Seul?

Dica 3: Visto para Coreia do Sul

lugares romanticos na coreia do sul
Brasileiro não precisa de visto, mas deve estar com passaporte válido.

Visto é sempre uma dúvida, por isso está na lista de dicas da Coreia.

Os brasileiros não precisam de visto para entrar na Coreia do Sul se forem permanecer por no máximo 90 dias, mas deve levar seu passaporte com validade maior que o período de viagem.

Entrar no país é muito tranquilo, é quase como se estivesse fazendo uma viagem doméstica, mas recomendo ter sempre à mão a carteira de vacinação com a vacina de febre amarela em dia.

Se você não tem, veja como tirar o certificado internacional de vacinação da febre amarela.

Quem vai a trabalho ou estudos, deve consultar as regras de cada caso em sites oficiais, pois são necessárias várias documentações que comprovem sua situação no país.

Conheça => Tour com Memorial de Guerra da Coreia em Seul

Dica 4: Comida na Coreia do Sul

Quem gosta de sabores picantes se encantará com a culinária coreana, onde a pimenta é usada na mesma – ou maior – quantidade que o sal no Brasil.

Caso essa não seja sua praia, não se preocupe, pois existem várias outras opções não apimentadas tão saborosas quanto.

Uma das principais dicas da Coreia é que quem desembarca por lá não pode deixar de experimentar o tradicional Kimchi.

 
Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a America Chip, você ganha 10% de desconto com o cupom QUEROVIAJARMAIS para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão 4G de ALTA VELOCIDADE em diversos países. Conheça as vantagens:

  • Receber o chip na sua casa ainda no Brasi;
  • A configuração do chip é extremamente fácil;
  • Os planos têm excelente custo-benefício, com preços a partir de USD 31,00;
  • Muita economia, porque você contrata apenas os dias que for usar;
  • O pagamento pode ser parcelado em até 6x, com IOF de apenas 0,38%;
  • É sem dúvida a opção mais fácil, prática e segura para ter a melhor internet 4G;
  • Já falei internet ilimitada? 😉
 

Claro que não terá muito como fugir dessa acelga apimentada, pois o prato é servido como acompanhamento na maioria dos restaurantes.

Também não dá para passar por Seul sem experimentar o famoso Bulgogi, o churrasco coreano.

A carne grelhada em molho de soja, alho e semente de gergelim servida com verduras é um prato típico da Coreia do Sul. A carne vem crua e você mesmo a grelha em um espaço localizado no meio da mesa.

Outras opções de pratos tradicionais são o Bibimbap, arroz com ovo, misturado com diversos legumes; o japchae, macarrão de batata com legumes e carnes; e o jjajjangmyun, macarrão com feijão.

Andando pelas ruas de Myeongdong, você pode pedir um Tteokbokki, um bolinho feito de massa de arroz (com molho bem picante).

Mas, se você quer fugir da pimenta, o Keran Pang é uma ótima opção. Esse bolinho nada mais é que um pão de ovo, porém a massa é mais docinha, remetendo a bolo de milho.

E, para a sobremesa, o Bunggeopang é a pedida. Uma massa em formato de peixe, recheada com feijão vermelho.

Na Coreia, esse tipo de feijão é usado em diversos doces e esse snack assado é um deles. Pode parecer estranho, mas é uma delícia!

Aproveite para conhecer os melhores restaurantes de Seul e preparar o seu roteiro gastronômico pela capital coreana.

Imperdível => Cruzeiro noturno no Rio Han em Seul

Dica 5: Segurança na Coreia do Sul

baixa temporada coreia do sul
Ruas de Seul são umas das mais seguras do mundo.

Já imaginou viver em um país onde você pode esquecer seu smartphone em algum lugar e, quando retornar, ele estará lá esperando por você?

Ou, de repente, andar pelas ruas de madrugada sem medo de ser assaltado? Se sim, saiba que a Coreia do Sul está vivendo uma realidade muito próxima a essa.

É só ouvir relatos de estrangeiros que moram no país para se sentir muito tranquilo em relação à segurança do lugar.

Eu mesma já vivi situações que não teriam tido o mesmo desfecho em outros países mais inseguros, inclusive o Brasil.

Seul está classificada como a 8ª cidade mais segura do mundo. A Coreia do Sul também já esteve ocupando o 1º lugar de país mais seguro.

Portanto, não se preocupe em deixar seu smartphone ou câmera a mostra no momento de turistar, pois as probabilidades de você ser furtado, são bem baixas.

Prático => Entrada rápida para o parque Everland em Suwon

Dica 6: Tomada na Coreia do Sul

Entre as dicas da Coreia está a tomada. O tipo de tomada padrão utilizado na Coreia do Sul é a de dois pinos, porém esses pinos são mais grossos que os usados no Brasil.

Sendo assim, o ideal é que você compre um adaptador universal antes de chegar lá, ou deixe para adquirir um no próprio país (mas faça isso logo que chegar, ok?).

Pesquise => Pacotes de viagem para Coreia do Sul

Dica 7: Internet na Coreia do Sul 

internet em seul
Cafés sempre são uma boa alternativa para usar a internet.

Em tempo de redes sociais, a maioria dos viajantes gosta de compartilhar com os amigos toda a viagem em tempo real.

Por isso, citarei quatro formas de utilizar a internet na Coreia do Sul. A que eu acho mais vantajosa é alugar um roteador de wi-fi portátil.

O serviço custa em torno de 8000 wons por dia e pode ser adquirido antecipadamente pela internet.

Você pode retirar no aeroporto e devolver lá mesmo. Alguns hotéis ou guest houses também oferecem o serviço.

Você também pode adquirir um chip de uma operadora local, porém o valor é meio salgado: cerca de 30.000 wons e pode ser utilizado por um mês. Outra opção é habilitar sua linha para funcionar em outros países, o que eu acho bem caro.

E a quarta forma, e também mais barata é usar a rede wi-fi do metrô e dos estabelecimentos comerciais.

Por ser um país tão tecnológico e desenvolvido, o serviço é disponibilizado gratuitamente na maioria dos lugares. É uma das bacanas dicas da Coreia.

Essa só não é minha opção mais recomendada, pois os aplicativos de mapas disponíveis de forma online serão os seus maiores aliados para chegar nos lugares sem precisar ficar passando sufoco ao ter que pedir informações em um país de fala coreana.

Interessante => Excursão a Zona Desmilitarizada de Seul

Aproveite as dicas da Coreia do Sul

O leitor do Quero Viajar Mais já sabe da importância do planejamento para evitar o máximo de imprevistos em uma viagem.

Se você está chegando agora no blog, saiba que informação e preparação nunca é demais! Assista vídeos, pesquise informações em sites oficiais.

A Coreia do Sul tem uma política bastante estruturada de incentivo ao turismo, então muitas dúvidas poderão ser solucionadas em sites para esses fins.

No mais, a principal dica é: aproveite cada segundo. Compartilhar tudo nas redes sociais é muito legal. Mas, você pode fotografar e filmar e, depois, separar um tempo só para postar.

Digo isso, pois deixamos passar muita coisa na ânsia de mostrar tudo para todo mundo. A Coreia do Sul é uma terra de detalhes.

Se você observar bem, poderá encontrar muita cultura e tradição em cada cantinho do solo coreano ao mesmo tempo em que a modernidade grita aos olhos.

Então aproveite para planejar e planeje para aproveitar! Seguindo essas dicas da Coreia, sua viagem para qualquer destino da Coreia do Sul tem tudo para ser um sucesso.

O que achou das dicas da Coreia do Sul? Se você ainda tem dúvidas sobre o país, deixe sua pergunta nos comentários.

Dicas para ECONOMIZAR MUITO na Coreia do Sul

Quer dicas para economizar com todo o planejamento da viagem para a Coreia do Sul? Então confira quais são os melhores comparadores de preços para sua viagem sair muito mais barata!

  • Hospedagem => recomendo utilizar o buscador de hotéis na Coreia do Sul para encontrar preços – geralmente mais baixos – dos melhores hotéis. É mais econômico devido a negociação em massa feita com as propriedades, além da segurança para reservar online!
  • Aluguel de Carro => ao fazer a pesquisa no comparador de aluguel de carro, você recebe instantâneamente cotações da melhores locadoras de veículos na Coreia do Sul. O pagamento pode ser feito em até 12x sem juros, em reais e com isenção do IOF de 6,38%.
  • Passagens Aéreas => para economizar tempo e dinheiro na compra dos voos para a Coreia do Sul, a dica é usar a ferramenta de pesquisa de passagens para você não precisar entrar no site de cada companhia, além de ter a certeza que está comprando em um dos sites mais seguros do Brasil.
  • Transfer do Aeroporto para o Hotel => nada melhor do que chegar no aeroporto e haver alguém nos esperando para levar até o hotel na Coreia do Sul. Para ter esse conforto – sem gastar muito – indico o pesquisador de transfers para você escolher a melhor opção de trajeto e tipo de carro.
  • Viagens de Trem, Ônibus e Ferry Boat => é muito prático e fácil para planejar os trajetos na Coreia do Sul, e por toda a Ásia, pois mostra as rotas mais populares entre dois destinos e compara os preços. Minha dica para achar as melhores passagens – e mais baratas – é utilizar o buscador de tickets de transporte.

Melhores passeios na Coreia do Sul

O ideal é reservar com antecedência os ingressos para seus passeios na Coreia do Sul, para evitar filas de espera na entrada das atrações e garantir presença em atividades mais concorridas, pois elas podem ficar indisponíveis para compra de última hora.

Recomendo os sites da Get Your Guide e Civitatis, que oferecem os preços mais baixos, cancelamento gratuito até 48hs antes da data agendada e bilhetes otimizados para celular. Além de atendimento disponível 24/7 em português.

Chip de internet na Coreia do Sul

Ter um chip de celular na Coreia do Sul com internet 100% do tempo é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a America Chip, você ganha 10% de desconto com o cupom QUEROVIAJARMAIS para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão 4G de ALTA VELOCIDADE durante sua viagem na Coreia do Sul.

Seguro viagem na Coreia do Sul

Contratar um seguro viagem para a Coreia do Sul é essencial para sua segurança no exterior, pois garante atendimento médico, hospitalar e odontológico para tratamento em caso de acidente ou doença contraída durante a viagem, com um atendimento 24h por dia.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom VIAJARMAIS15.

CATEGORIAS
COMPARTILHE
Imagem do Autor
ESCRITO POR
ESCRITO POR
Guilherme Tetamanti

Paulistano de 40 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quero Viajar Mais