Turismo religioso pelo interior de SP: 3 cidades para expressar fé

Turismo religioso pelo interior de SP: 3 cidades para expressar fé

O turismo religioso pelo interior de SP cresce a cada ano e Aparecida, que antes tinha o foco principal, agora tem que dividir as atenções e com mais dois municípios do Vale do Paraíba: Guaratinguetá e Cachoeira Paulista.

A região se destaca pela localização estratégica, perto da capital paulista e do estado do Rio de Janeiro e a Serra da Mantiqueira.

A primeira cidade a ser mencionada é famosa nacionalmente pelo Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, o maior complexo mariano do mundo e o segundo maior santuário da Terra, perdendo apenas para o Vaticano.

O que algumas não sabem ainda é da importância das outras duas cidades no turismo religioso no estado de São Paulo. Guaratinguetá, ou Guará para os íntimos, já foi conhecida como “terra das garças brancas”.

E, em 2007, Frei Galvão foi oficialmente canonizado pelo Papa Bento XVI e se tornou Antônio de Sant’Anna Galvão, o primeiro santo brasileiro. O município sedia o santuário dedicado inteiramente ao Frei, erguido em 2010, e recebe anualmente mais de 1 milhão e meio de fiéis.

Já Cachoeira Paulista está há décadas no cenário do turismo religioso no Brasil e é reconhecida em diversas partes do mundo, reunindo centenas de pessoas em busca de cura espiritual, agradecimento de bençãos alcançadas ou simplesmente para realizar o sonho de conhecer o idealizador da comunidade, Padre Jonas Abib. Confira agora as paradas de fé no interior de SP.

Planeje sua viagem => Alugue um carro para conhecer o interior de SP

Seguro viagem para explorar o Brasil »

 

Turismo religioso no interior de SP

O Turismo religioso no interior de SP recebe quase 25 milhões de pessoas por ano, contando com todas as cidades. Com isso, a região ganha em empregos, desenvolvimento e investimento em infraestrutura para receber todos os fiéis e romeiros.

O aniversário de Nossa Senhora Aparecida, em 12 de outubro, é o evento religioso que mais atrai público.

Neste artigo, vou falar um pouco sobre a “santíssima Trindade” que se formou em torno de três municípios do Vale. Quer saber quais são e por que atraem tantas pessoas, confira a seguir.

  1. Aparecida do Norte
  2. Guaratinguetá
  3. Cachoeira Paulista

CLIQUE AQUI para reservar os melhores passeios em Aparecida »

 

Aparecida do Norte

O que fazer em Aparecida do Norte
Saiba o que fazer em Aparecida do Norte.

Impossível não começar essa lista com a mais famosa das cidades: Aparecida.

O município é mundialmente conhecido graças ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

A grandiosa construção teve como objetivo aumentar o espaço do templo para receber um número maior de romeiros, já que a Matriz Basílica de Nossa Senhora Aparecida, ou Basílica Velha, já não comportava mais tamanha demanda.

O Santuário Nacional de Aparecida é o ponto turístico religioso no interior de São Paulo e já recebeu três Papas: João Paulo II, Bento XVI e Francisco, este último em 2013. Além das autoridades religiosas, a santa também atrai milhões de fiéis.

Eles buscam milagres tão poderosos quanto os que estão representados no Museu da Basílica de Nossa Senhora Aparecida.

Um deles é uma pedra que teria sido retirada da escadaria de uma igreja. Contam que séculos atrás, um fazendeiro poderoso da região zombava das pessoas que se dirigiam até a padroeira do Brasil.

E que, em forma de demonstrar que tudo não passava de lendas e contos infundados, ousou entrar no templo montado em seu cavalo até que quando o animal pisou no primeiro degrau da escada sua ferradura ficou presa e ele não conseguiu ir adiante.

Turismo religioso no Brasil
Aparecida do Norte | Foto: Antcarlos1960, via Wikimedia Commons.

O segundo objeto representado a corrente de um escravo, que se partiu assim que ele se aproximou da imagem suplicando liberdade. Esta cena foi retratada na novela A Padroeira, de 2001.

Sugiro que você planeje sua viagem fora da temporada de feriados e, principalmente, no mês de outubro, quando é celebrado o aniversário da santa, no dia 12.

Nessa época, a cidade fica lotada de fiéis e romeiros que vem de todo país a pé ou a cavalo em direção ao santuário para pagar alguma promessa ou agradecer.

Ao investir em passeios fora desses períodos, você terá, além de conforto e filas livres, poderá dizer que teve a Basílica apenas para você e sua família, tendo a oportunidade de conhecer com calma e detalhadamente cada espaço do maior complexo mariano do mundo.

Entre tantos meios de locomoção, dê preferência para ir de carro, que você pode alugar um carro em São Paulo.

Ainda assim, prefira dar a maior parte do seu tempo para Aparecida do Norte, que conta com uma estrutura maior de santuário, teleférico, parque, presépios, trenzinho, lojas de artigos religiosos, praça de alimentação, passarela e muito mais!

 

Guaratinguetá

Guaratinguetá SP
Guaratinguetá | Foto: Zééh.mané, via Wikimedia Commons

Por falar em visita dupla, este é um ótimo exemplo de um turismo religioso pelo interior de SP perfeito entre o Santuário de Nossa Senhora de Aparecida e o Santuário de Frei Galvão, construído 3 anos após a canonização do santo, em 2007.

As cidades de Aparecida do Norte e Guaratinguetá são vizinhas, com cerca de 19 quilômetros de distância entre elas e valem um roteiro compartilhado.

Guará foi onde o primeiro santo brasileiro nasceu, viveu e se tornou conhecido por conta das suas pílulas milagrosas, capazes de curar diversas pessoas e salvar muitas mulheres em trabalho de parto.

Uma das grandes histórias revelam que Antônio de Sant’Anna Galvão realizou seu primeiro milagre quando um homem o procurou, dizendo que sua esposa já estava em trabalho de parto. O nascimento estava tão complicado que corria o risco de perder mãe e filho.

O frei escreveu em três papéis pequenos o versículo do Ofício da Santíssima Virgem: “Depois do parto, ó Virgem, permaneceste intacta: Mãe de Deus, intercedei por nós”, os enrolou como se fossem pílulas e entregou ao homem aflito, que por sua vez entregou a sua mulher e ela os ingeriu. Ela teve seu filho sem complicações e com saúde.

Além disso, a cidade tem outras atrações no segmento religioso, como o Mosteiro da Luz, construído por Santo Antônio de Sant’Anna Galvão; a casa onde ele viveu na cidade, participar da Santa Missa ou da Novena Perpétua da Igreja de Frei Galvão e a catedral onde ele foi batizado e realizou sua primeira missa e o Museu Frei Galvão.

 

Como chegar em Guaratinguetá

Evento religioso em São Paulo
Via Dutra, que te levará a Guará com maior facilidade.
De carro

De São Paulo: da capital paulista há duas rotas, sendo que a primeira é a mais conhecida no Vale do Paraíba, a Via Dutra, que te levará a Guará com maior facilidade e você terá Aparecida do Norte como ponto de referência. Assim que avistar o Santuário, seu destino final é o próximo município.

A outra opção é o complexo Ayrton Senna/Carvalho Pinto e você terá Taubaté como referência dentro do Vale, após passar por ela verá as cidades de Pindamonhangaba, Roseira, Aparecida e Guará. Ambas as sugestões contam com asfalto e estradas bem sinalizadas e, claro, pedágios! Cada um cobra um valor médio de 15,10 reais.

Do Rio de Janeiro: cariocas vão ter menos dificuldades para chegar na cidade de Frei Galvão, tendo apenas que pegar a Via Dutra com sentido São Paulo.

Ao passar pelo município de Queluz, já pode saber que está no Vale do Paraíba e terá o município de Lorena como referência. Ao passar a Terra das Palmeiras Imperiais, como também é chamada pelos habitantes, Guará será a próxima parada, fique atento!

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide no Brasil. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 
   

Confira => Dicas para alugar carro para viajar

 

Ônibus
Transporte para Guará
Outra opção é ir de ônibus.

De São Paulo: tendo a Rodoviária do Tietê como referência, basta se dirigir ao guichê das viações Pássaro Marron e Cometa. A primeira tem saídas diárias das 6 horas às 23h40, com aproximadamente 2h45 de viagem e custo de 54 reais.

A segunda empresa sai de segunda à sábado das 6h30 às 20 horas e aos domingos das 6h30 às 20h20, os bilhetes podem ser comprados também no site da viação por volta de 53 reais. Veja também uma excursão para Aparecida.

Do Rio de Janeiro: a partir da Rodoviária Novo Rio, os viajantes devem se dirigir ao guichê da Viação Sampaio, que conta com saídas de segunda à domingo das 8 às 18 horas e preços por volta de 60 reais.

 

Cachoeira Paulista

Cachoeira Paulista SP
Cachoeira Paulista | Foto: HVL, via Wikimedia Commons

Por último, mas não menos importante, Cachoeira Paulista cresceu e se desenvolveu graças ao turismo religioso católico e a fundação da Comunidade Canção Nova, em 1978, pelo Monsenhor Jonas Abib.

Você pode até pensar que Aparecida do Norte Acaba ofuscando as demais cidades, mas vou te contar algo que aconteceu comigo: certa vez em Lisboa, Portugal, fui a uma costureira para ver se ela conseguia salvar minha mochila de todas as viagens e para minha surpresa a televisão estava ligada e em que canal? Da Canção Nova!

Não sei nem te definir em poucas palavras qual foi a minha reação ao reconhecer a voz dos oradores da emissora e vê-la tão compenetrada e emocionada, dizendo que o maior sonho de sua vida era vir ao Brasil e conhecer a Comunidade.

Então, você pode imaginar a cara dela quando eu disse que sou da cidade ao lado e que já fui inúmeras vezes no complexo de Cachoeira Paulista.

Cachoeira Paulista turismo
Cachoeira Paulista | Foto: Mike Peel, via Wikimedia Commons

Quero dizer que mesmo que um lugar ou santuário/igreja se destaque, a fé é a maior motivação para o ser humano, independente de qual seja o seu santo devoto.

A Comunidade Canção Nova, ocupa uma área de 372 mil m² e, de fato, mais parece com uma cidade, tendo casas, restaurantes, capelas, lojas de conveniência, padaria, faculdade, escola, pousada, área para acampamento e livrarias.

A Rede conta com sistema de rádio e televisão de longo alcance e transmite sua programação para países da América do Sul e Europa e Israel.

O maior evento religioso de Cachoeira Paulista é sem dúvidas o Hosana Brasil, que reúne entre os dias 7 e 9 de dezembro, mais de 3 milhões de pessoas em busca de cura interior e palestras.

 

Como chegar na Comunidade Canção Nova

Como chegar em Canção Nova
Saiba como chegar de carro em Canção Nova.
De carro

De São Paulo: da mesma forma que sugeri para Guaratinguetá, paulistas terão a Via Dutra e o complexo Ayrton Senna/Carvalho Pinto como opções. A diferença é que na Dutra você terá como ponto de referência Canas.

Os dois caminhos contam com pedágio com preços que giram em torno de 15,10 reais, porém estes valores são claramente revertidos na manutenção e assistência 24 horas das estradas.

Do Rio de Janeiro: os cariocas terão apenas que pegar a via Dutra e seguir em direção a São Paulo, tendo a cidade de Canas como ponto de referência para o seu destino, mas não durma no ponto, já que costumamos dizer que o município é muito pequeno e que em um piscar de olhos você já o percorreu e nem se deu conta.

 

De ônibus

De São Paulo: a Pássaro Marron é a empresa com maior cobertura no Vale do Paraíba e tem saídas diárias a partir das 6 horas e com preços que variam entre 50 e 57 reais.

Do Rio de Janeiro: tendo como ponto de partida a Rodoviária Novo Rio, vá até o guichê da viação Sampaio conta com horários de segunda à segunda das 8 às 18 horas, em viagem executiva, pelo valor aproximado de 52 reais.

 

Dicas para roteiro religioso pelo interior de SP

Basílica de Lorena
Lorena | Foto: klaudyots, via Wikimedia Commons

Aparecida do Norte, Guaratinguetá e Cachoeira Paulista já são consagradas neste seguimento, mas existe um município vizinho que vem “brigando” para se destacar na rota religiosa: Lorena.

A cidade sedia a Basílica Menor Santuário de São Benedito, a única dedicada ao santo no Hemisfério Sul, a Catedral de Nossa Senhora da Piedade e a Igreja do Rosário. A Igreja de São Benedito foi erguida em 1874, ainda sendo considerada como capela.

Teve sua arquitetura seguindo o estilo neogótico e características barrocas em seu interior; já a cerimônia de inauguração contou com a presença da Princesa Isabel e do Conde D’Eu.

Nesse período, Lorena ainda era chamada de Vila Guaypacaré e em 1918 foi condecorada com o título de Basílica Menor.

Tal reconhecimento foi oficializado com a colocação do Brasão do Vaticano na entrada da igreja. Além disso, em 1917, durante o pontificado do Papa Bento XV, o Santuário Basílica de São Benedito foi agregado à Basílica de São Pedro, em Roma.

   

Isso significa que, seguindo as leis canônicas da Igreja Católica, todos os devotos do santo receberam as mesmas indulgências dos fiéis que visitarem o templo italiano.

A Basílica Menor Santuário de São Benedito conta ainda com um Museu de Arte Sacra, tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico, Paisagístico e Cultural (Comphac).

Igrejas de São Paulo
Este projeto contou com a fiscalização de Francisco de Paula Ramos de Azevedo.

Ela foi erguida em 1705, ainda como capela, pelos Bandeirantes que buscavam um templo católico para pedir a intercessão de Deus em suas vidas, treze anos depois a pequena igreja recebeu o título de Matriz e passou por obras para ampliar o espaço e receber mais fiéis.

Este projeto contou com a fiscalização de Francisco de Paula Ramos de Azevedo, o mesmo arquiteto responsável pelo Theatro Municipal de São Paulo. Seu interior atrai os olhares de qualquer um, dado a grandiosidade nos detalhes do corpo da igreja.

Bem ao centro, na nave central, está o altar principal, com a imagem de Nossa Senhora da Piedade; ao lado direito está a Capela de Nossa Senhora da Guia e à esquerda do altar-mor está situada a Capela do Santíssimo Espírito Santo.

Os detalhes da construção são um capítulo à parte, já que naquela época a grande maioria dos objetos sacros eram importados da Europa (e por aqui não seria diferente): os ladrilhos do piso foram trazidos de Paris, as telhas vieram de Marselha e o travejamento de aço veio da Bélgica.

A título de curiosidade: a face da Igreja Matriz foi planejada em direção ao Rio Paraíba e a Serra, para onde a então Vila Gauypacaré deveria crescer, mas o que aconteceu foi exatamente o contrário e hoje o principal templo de Lorena está voltado de costas para a cidade.

Passeios religiosos no Brasil
Igreja do Rosário foi construída no século XIX, em 1803,

O dia da Padroeira de Lorena é 15 de agosto e durante este período a cidade recebe parque de diversões, shows com artistas da região e renomados no Brasil, além da famosa “barraca do queijo”, atração tradicional que atrai as famílias na tentativa de terem seus números sorteados e então ganharem uma lata (enorme) de queijo tipo Reino.

Já a Igreja do Rosário foi construída no século XIX, em 1803, como uma simples capela de pau a pique a fim de receber os fiéis da comunidade negra da cidade. Serviu por mais de 30 anos como “substituta” enquanto a Catedral de Nossa Senhora da Piedade (Igreja Matriz) estava em reforma.

Foi apenas em 1919 que, ao receber a doação de uma alta quantia em dinheiro, vinda de uma das mais tradicionais famílias de Lorena, passou por uma obra de revitalização.

Hoje chama atenção pela arquitetura, que une a simplicidade do seu interior e altares com detalhes em madeira e a opulência da fachada, em formato de cruz grega e com teto abobadado.

Lorena, ou “Terra das Palmeiras Imperiais” é uma ótima opção para você incluir no seu turismo religioso pelo interior de SP, já que ela fica exatamente entre os municípios de Guaratinguetá e Cachoeira Paulista.

Ao conhecer apenas a Terra de Frei Galvão e a Comunidade Canção Nova você acaba pulando uma grande oportunidade.

Curiosidades de Lorena
Lorena é repleta de capelas e igrejas centenárias.

A grande verdade é que todo o Vale está muito longe de ser apenas conhecido com “interior” ou “zona rural”, é uma região que carrega até os dias atuais um resquício do poder e da grandiosidade econômica que foi no passado.

É repleta de capelas e igrejas centenárias que carregam muitas histórias capazes de a fé e a devoção religiosa de quem mora aqui. Lorena conta com infraestrutura hoteleira e gastronômica que não deixa a desejar em nada para as outras cidades, com hotéis e pousadas renomados e que se encaixam em todos os bolsos!

O Turismo religioso no interior de São Paulo vem para coroar a região que investe a cada temporada em infraestrutura, treinamento e capacitação de profissionais, especializações na rede hoteleira e aumento na economia.

 

Aproveite o turismo religioso no interior de SP

Todos estes municípios estão cercados pela Serra da Mantiqueira, fato que também contribui para belas paisagens e também atividades voltadas para o ecoturismo, apesar disso não se engane, essa “santíssima Trindade” de cidades são verdadeiros caldeirões durante boa parte do ano e no verão propriamente dito, é um sol pra cada um!

Por isso, invista em roupas confortáveis (sem esquecer que você irá para um templo religioso, ok?), calçados apropriados, não deixe de beber muita água, aplicar e reaplicar o protetor solar a cada 2 horas e de preferência traga chapéus ou bonés para proteger a pele do rosto.

Quer fazer turismo religioso pelo interior de SP? Conte sobre os seus planos nos comentários!

Até + !!!

 

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Elisabeth Almeida

ESCRITO POR

Elisabeth Almeida

Jornalista, apaixonada por filmes clássicos e pipoca. Uma garota que nasceu no interior de São Paulo e em 2015 deu seus primeiros passos em direção ao Mundo, morando no País Basco, Espanha. Não contente em 2016 fui para Portugal, onde concluí meu curso de Mestrado em Cultura e Comunicação pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Logo no primeiro dia de aula a professora disse a frase que definiria meu estilo de vida: "VIAJAR é um formador de identidade, hoje é mais importante dizer 'para onde se foi' do que 'o que se tem', é ser cidadão do mundo".

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Cidades do Interior

Conheça as cidades no interior do Estado

#02
Icone
Principais Praias

Descubra quais são as praias mais incríveis para curtir o dia

#03
Icone
Litoral Norte

Conheça as praias mais bonitas do litoral de SP

#04
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#05
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#06
Icone
Viagens para Casal

Conheça destinos para viajar a dois no Estado de SP

#07
Icone
Rota do Café

Não deixe de conhecer o roteiro nas fazendas de café

#08
Icone
Estâncias Turísticas

Conheça as cidades desse roteiro com crianças

#09
Icone
Camping

Explore as regiões para fazer camping selvagem

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Cidades do Interior

Conheça as cidades no interior do Estado

#02
Icone
Principais Praias

Descubra quais são as praias mais incríveis para curtir o dia

#03
Icone
Litoral Norte

Conheça as praias mais bonitas do litoral de SP

#04
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#05
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#06
Icone
Viagens para Casal

Conheça destinos para viajar a dois no Estado de SP

#07
Icone
Rota do Café

Não deixe de conhecer o roteiro nas fazendas de café

#08
Icone
Estâncias Turísticas

Conheça as cidades desse roteiro com crianças

#09
Icone
Camping

Explore as regiões para fazer camping selvagem

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados