Como chegar em Machu Picchu: dicas de trem, guia e a pé

por Carlos Santoro

Como chegar em Machu Picchu: dicas de trem, guia e a pé

Que a cidade perdida dos Incas e, recentemente eleita uma das Maravilhas do Mundo Moderno, é um dos lugares mais visitados do mundo, você já sabe. Mas, e como chegar em Machu Picchu, quais as formas mais baratas, quanto tempo ficar  na cidade inca?

Bom, essas e outras informações, é o que você descobrirá agora neste artigo entendendo onde fica Machu Picchu e os melhores caminhos para chegar a este maravilhoso destino peruano.

Machu Picchu é o maior e mais conhecido templo e sítio arqueológico da cultura Inca, revestido de história e uma beleza indescritível.

Não é tão simples contemplar esta maravilha arquitetônica e da engenharia antiga. Descubra agora como chegar em Machu Picchu  e quanto isso irá lhe custar.

Planeje sua viagem​ => Onde ficar em Cusco nos melhores bairros

Melhor seguro viagem para países da América do Sul »

 

Como chegar em Machu Picchu?

Para saber como chegar a cidade perdida dos incas, antes é preciso descobrir onde fica Machu Picchu? Fincada em meio à natureza, Machu Picchu está localizada próxima à cidade de Águas Calientes. E qual aeroporto mais próximo de Machu Picchu?

O aeroporto mais próximo é o de Cusco, no Peru. Machu Picchu Pueblo se localiza a 130 km de Cusco – a maior e mais importante cidade da região – e a 6 km de distância da cidade perdida dos Incas, as ruínas de Machu Picchu.

Águas Calientes, porém, é a base para quem vai ao sítio arqueológico, seja dormindo lá ou apenas partindo da cidade. Vale destacar que Machu Picchu é um dos 11 destinos com monumentos mais famosos do mundo e ainda um dos lugares místicos do mundo.

Antes de detalhar as informações sobre como chegar em Machu Picchu, assista esse vídeo feito pelo site oficial de turismo do Peru sobre Cusco e Machu Picchu:

CLIQUE AQUI para agendar passeios em Machu Picchu »

 

Como ir do Brasil para Machu Picchu?

Os dados contabilizados pelo governo do Peru sobre o turismo em Machu Picchu revelam que o Brasil é o 2º país a enviar mais turistas para lá, logo atrás dos Estados Unidos.

Além de ser (relativamente) perto, não precisamos de visto (e nem de passaporte, na verdade) para entrar no Peru, o câmbio para os Nuevos Soles costuma manter-se próximo ao do real.

Do Brasil, você deve entrar no Peru de avião pela capital do país, Lima, uma vez que não há voos diretos de terras brasileiras para Cusco. Pode aproveitar a oportunidade para conhecer os atrativos turísticos de Lima, seja na conexão de ida ou de volta.

De Lima, pegue outro voo para Cusco que, como citei acima, fica mais perto de Águas Calientes que é a cidade mais indicada como base para ir a Machu Picchu.

Abaixo, citarei os meios de transporte para Machu Picchu, sendo a primeira etapa de Cusco para Águas Calientes e a segunda de Águas Calientes para a cidade inca.

 

Meios de transporte para Machu Picchu

1. Trem para Águas Calientes

Como chegar em Machu Picchu de trem
Há vários horários e tipos de trem.

A forma mais conhecida e rápida para chegar em Machu Picchu é de trem e você tem algumas opções. O trem saindo da estação de Poroy, em Cusco.

Neste caso, o ideal é contratar um táxi particular para te buscar no hotel e levar até a estação de trem de Poroy, de onde partem os trens para Águas Calientes. A distância entre Cusco e Poroy é de aproximadamente 10 quilômetros e o trajeto leva 20 minutos.

O primeiro trajeto você faz de carro. Chegando na estação de trem, você perceberá que são várias as opções de trem para o traslado até Águas Calientes.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da Get Your Guide em Machu Picchu. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 48 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

No site oficial Peru Rail tem as informações precisas em relação a horários e valores, uma vez que variam de acordo com a categoria do trem e dias de partida.

 

Tipos de trem até Águas Calientes

Qual trem para Machu Picchu
Há várias opções de Trem para Águas Calientes.
  • Belmond Hiram Bingham, o mais luxuoso, que leva o nome do descobridor de Machu Picchu. Possui saídas apenas da cidade de Cusco (Poroy), com partidas às 9h05 e chegada às 12h24. O retorno de Águas Calientes é às 17h50 com chegada a Poroy às 21h16.
  • Perurail Sacred Valley, com saídas apenas da cidade de Urubamba. As partidas são às 10h30 com chegada às 13h34. O retorno para Urubamba é às 19h30 com chegada às 22h37. .
  • Perurail Vistadome, possui saídas das cidades de Cusco, Urubamba e Ollantaytambo com diversos horários de partida e retorno.
  • Perurail Expedition, possui saídas das cidades de Cusco e Ollantaytambo com diversos horários de partida e retorno.

Os preços acima são por trecho e as viagens saindo de Cusco duram aproximadamente de 3 a 4 horas. Para melhor conhecer os serviços de cada trem e ver o que está e o que não está incluído na viagem é importante ver a descrição das linhas no site da Peru Rail.

Em minha viagem optei pelo trem Expedition, pelo valor, obviamente, mas apesar de ser o mais em conta dentre todos, era bastante confortável, com opções de poltronas individuais ou sofás com mesas para quem viaja em grupo.

Possuía ainda janelas amplas, banheiros e serviço de lanches (cobrados à parte). Caso você prefira ir de trem, mas não quer organizar seu tour sozinho, pode agendar antecipadamente uma excursão de Cusco para Machu Picchu de trem.

 

Percurso do trem para Águas Calientes

Percurso do trem para Águas Calientes
Estação de trem em Águas Calitentes | Foto: Martin St-Amant, via Wikimedia Commons.

Quase todo o percurso é à margem do rio Urubamba e a paisagem é realmente um alento para a viagem. Ainda mais no retorno que é sempre mais cansativo, principalmente para quem faz o bate-volta para Machu Picchu, sem dormir em Águas Calientes.

Há opções de trem para quem está fora de Cusco também. O Trem de Ollantaytambo é indicado apenas para quem ficar hospedado nesta cidade, uma vez que fica a 60 quilômetros de Cusco e as opções de horários de partida e retorno dos trens são bem mais reduzidos.

Pode se chegar em Ollantaytambo por Chinchero ou Pisac, ambas cidades que possuem sítios arqueológicos Incas e que também valem o passeio.

O Trem de Urubamba, assim como o de Ollantaytambo é indicado apenas para quem já está hospedado na cidade de Urumba, devido à menor oferta de trens e horários de partida e retorno da cidade de Águas Calientes.

   

 

2. Trekking

Dicas para chegar em Machu Picchu
Trekking também é uma opção para chegar em Machu Picchu.

Antes de te falar sobre a segunda etapa da viagem para os turistas que vão de trem de Cusco para Águas Calientes, ressalto que muitos viajantes preferem chegar à Machu Picchu por meio de trekking (caminhada), o que pularia esse trecho citado acima.

As trilhas Incas são bastante conhecidas e os pacotes oferecem tanto a alimentação quanto o acampamento, bastando ao viajante levar apenas seus objetos pessoais.

A presença de um guia é obrigatória nas trilhas que levam a Machu Picchu. Diversas empresas oferecem o serviço para os viajantes mais dispostos.

Dentre as opções disponíveis tem-se a trilha clássica que dura 4 dias em um percurso de 45 quilômetros, partindo da cidade de Piscacucho, à beira do rio Urubamba e a trilha curta que dura 2 dias em um percurso de 15 quilômetros.

Veja uma excursão de 4 dias para Machu Picchu com trekking e viagem de trem.

 

Partindo de Águas Calientes

Ponto de partida para Machu Picchu
Águas Calientes | Foto: Diego Delso, via Wikimedia Commons.

As opções de trens acima te levam para a cidade de Águas Calientes. Chegando lá é necessário adquirir o ticket de um micro-ônibus que leva o viajante até a entrada de Machu Picchu.

O percurso dura aproximadamente 20 minutos, por uma estrada sinuosa até o alto da montanha

 

Bilheteria

Caso você seja daqueles que tenha disposição é possível subir a montanha caminhando, o que não indico, uma vez que o percurso leva 1h30 e certamente chegará cansado para andar pelas ruínas de Machu Picchu.

E, para piorar pode até perder o nascer do sol, caso chegue na primeira hora da manhã. Ainda mais se chegar em Águas Calientes por trekking também.

Para entrada em Machu Picchu é necessário ainda adquirir o ingresso.

É possível ainda carimbar o passaporte com a foto da cidade sagrada. Esse ingresso pode – e deve – ser comprado com antecedência nas agências de turismo ou na base em Águas Calientes.

Importante lembrar que, por determinação das autoridades locais, desde 1 de julho de 2017 os tickets para ingresso em Machu Picchu possuem 2 horários.

Você pode escolher conhecer a cidade inca entre 6h30 e 12 horas ou das 12 horas às 17h30 e somente podem ser utilizados para o exato dia que foram comprados.

 

Qual o jeito mais barato de chegar em Machu Picchu?

Meios de transporte para Machu Picchu
Passeio pode ser feito por meio de agências.

Dentre as formas para chegar a Águas Calientes e, em consequência a Machu Picchu, certamente a mais barata é por conta própria, comprando e negociando tudo separadamente.

Mas, você pode optar por uma agência que é o meio mais prático, entretanto, mais caro para o viajante. Você pode contratar o passeio por meio de agências de viagens desde o Brasil ou nas diversas opções que se encontram na Plaza das Armas, em Cusco.

Seja qual for a opção escolhida, com um pacote o viajante já garante o traslado hotel – estação de trem, ticket do ônibus que leva o mesmo de Águas Calientes à entrada de Machu Picchu e o ingresso para Cidade Sagrada de Machu Picchu.

Além de guia local com opção de explicações em português e todo o caminho de volta até o hotel, seja em Cusco (mais comum) ou outras próximas aos diversos sítios arqueológicos da região.

 

Quantos dias ficar em Machu Picchu?

Como chegar em Machu Picchu meios de transporte
Quantidade de dias fica a escolha do viajante.

Esse é sempre um tema muito pessoal. Em minha viagem preferimos fazer a um bate-volta saindo da cidade de Cusco e retornando a ela. É, com certeza a opção mais cansativa, sobretudo devido às 8 horas dentro do trem (ida e volta), mas achamos suficiente e nos atendeu bem.

   

Claro que, Machu Picchu merece ser visitada em horários diferentes do dia e até mais de um dia, então para quem busca o nascer ou o pôr do sol para tirar aquela foto especial ou simplesmente contemplar a beleza do local, dormir em Águas Calientes por uma noite compensa.

Assim você consegue descansar o corpo após a visita e os longos trechos de caminhada em Machu Picchu e, no dia seguinte observar outros pontos da cidade ou mesmo os principais atrativos sob uma luz diferente (nascer ou pôr-do-sol, por exemplo).

Quem optar por subir o ponto mais alto da cidade sagrada, o Huayna Picchu, certamente precisará de um descanso maior e mais tempo para visitar todos os pontos interessantes das ruínas e aí, pode sim valer a pena ficar um dia a mais na região.

Para você organizar melhor essa parte da viagem, vale a pena ler o artigo com detalhes sobre o que fazer em Machu Picchu. Assim, saberá todas as informações sobre atrações e passeios na cidade perdida da civilização inca para analisar quantos dias prefere ficar no destino.

 

O que fazer em Águas Calientes

Vale a pena ficar em Águas Calientes
Foto: Diego Delso, via Wikimedia Commons.

Dito isso, uma noite em Águas Calientes para uma segunda visita a Machu Picchu entendo já ser o bastante. O povoado de Águas Calientes pouco tem a oferecer ao viajante, fora algumas piscinas termais (que dão nome ao local) é conhecida mesmo apenas por ser a base e ponto de chegada para os visitantes da atração maior.

Já a estadia em Cusco merece pelo menos 3 noites, considerando que 1 dia será exclusivamente para a visita à Machu Picchu, nos outros dias poderão ser feitos passeios em Cusco que considero imperdíveis para quem está na cidade, além de tours para as ruínas de Pukapukara, Ollantaytambo, Chinchero, Pisac.

Reforço que não deixe de explorar a própria cidade de Cusco, que possui diversas atrações e opções de restaurantes, igrejas, museus e baladas. Preferimos realizar esses passeios de forma privativa, contratando um motorista de táxi, pagando uma diária.

Nos levou a todos os sítios arqueológicos próximos a Cusco e em cidades em que é possível observar ruínas e cultura Inca. Saindo pela manhã, retornamos ao final da tarde.

Ainda nos levou a um restaurante típico peruano, menos turístico, em que pudemos apreciar a culinária local – neste artigo há outras sugestões de restaurantes em Cusco. Aproveite e veja dicas das atrações do Peru, além de Machu Picchu.

 

Dicas de como chegar em Machu Picchu

Dicas para chegar em Machu Picchu
Sítio arqueológico de Machu Picchu.

Por fim, é válido destacar alguns itens. Machu Picchu é um ponto turístico visitado por muita gente, então, se você quer uma foto exclusiva, deve chegar nas primeiras horas da manhã, seja pegando o primeiro trem de Cusco ou já dormindo em Águas Calientes e subindo a montanha logo no amanhecer.

Não tem como evitar, afinal, da mesma forma que você quer visitar, outras pessoas também querem. É assim em Maya Bay, na Tailândia; na Times Square, em Nova York; ou na Fontana de Trevi, em Roma. Pontos turísticos concorridos sempre terão aglomeração de pessoas, mas nada que atrapalhe a viagem ou os encantos que Machu Picchu pode dar a seu visitante.

E, por falar em foto, veja dicas para fotografar quando se está viajando sozinho, afinal é legal aparecer nas fotos, não é. E, quando voltar, como transformar suas fotos de viagem em vídeo. O resultado fica maravilhoso, ainda mais com um cenário como Machu Picchu.

Visitar a cidade inca no Peru, é uma viagem imperdível, mas lembre-se que para isso é necessário ter um certo planejamento. Os cusquenhos tratam os turistas muito bem – dependem deles para sua subsistência – e auxiliam quem tem dúvidas. Mas, lembre-se de não ser um turista predatório, que entra em locais não permitidos, retira itens como souvenirs, deixa lixo pelo caminho.

Para finalizar, além de Machu Picchu, atrações de Cusco como a linda Igreja de Ouro, a Praça das Armas, a culinária, o pisco, e outras atrações peruanas, tudo isso fará com que sua viagem seja lembrada por muito tempo.

E você, como chegou a Machu Picchu e o que faria de diferente se pudesse? Deixe sua experiência nos comentários.

Até + !!!

 

ESCRITO POR

Carlos Santoro

ESCRITO POR

Carlos Santoro

Brasileiro. 34 anos. Brasília-DF. Advogado por formação, viajante por paixão. Viajar pra mim é auto-conhecimento, desprendimento, minimalismo, conhecer culturas, pessoas e sabores; também é conhecer bares, cervejas e festas diferentes; é, sobretudo, aproveitar a vida. Viajar é a única coisa que você compra que te deixa mais rico.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#05
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#06
Icone
Atrações

Explore os lugares turísticos mais famosos entre os turistas

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Como Chegar

Descubra o melhor trajeto e meios de transporte

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#05
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#06
Icone
Atrações

Explore os lugares turísticos mais famosos entre os turistas

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Como Chegar

Descubra o melhor trajeto e meios de transporte

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *