Início / Américas / América do Sul / Brasil / 15 dias em São Miguel do Gostoso praticando windsurfing

15 dias em São Miguel do Gostoso praticando windsurfing

Quer passar suas férias fazendo windsurfing no Brasil? Existe Jericoacoara que é o lugar mais famoso e procurado para esse esporte, inclusive por muitos turistas internacionais. Porém, recomendo São Miguel do Gostoso no Rio Grande do Norte, pelo que vou explicar nessa publicação.

São Miguel do Gostoso, ou só Gostoso como os nativos de lá chamam a cidade deles, fica a duas horas de Natal. É boa opção comparada a Jericoacoara porque é mais barato, mais perto (Jeri são seis horas de Fortaleza) e menos cheio.

Planeje sua viagem => Encontre ofertas de hotéis em São Miguel do Gostoso

As 10 principais dicas e segredos para acumular milhas aéreas

Há duas guarderias que alugam equipamentos e são escolas de windsurf: a do Paolo (Dr. Wind) na qual fiquei hospedado e recomendo, e a do Kauli. Para kitesurf, além dessas duas, há as guarderias/escolas V2 Windcenter e a Escola Gostoso.

Esses lugares oferecem serviços de aluguel, escolas e serviço de resgate (importante). Algum deles tem um bar próprio e hospedaria próxima a guarderia (no caso a do Paolo, onde fiquei). Bom, não fui nas outras guarderias, mas recomendo a Dr. Wind porque a infraestrutura deles é excelente. Vou explicar com mais detalhes porque gostei tanto de minha estadia mais abaixo nesse post.

 

O vento e o velejo – Condições

Além do calor, bela praia e a água quente do mar do nordeste (esqueça sua roupa de neoprene), o vento é side-shore (través com a praia) a maior parte do tempo, e isso é excelente, pois você veleja perpendicular com a praia. O vento, normalmente, é muito fraco antes das 8:00 da manhã, menos fraco das 9:00 às 10:00, e começa a ficar forte das 10:00 às 11:00, atingindo seu pico nesse horário. Venta até umas 16:00, depois disso o vento começa a parar e a ficar off-shore. Então, o melhor horário é das 10:30 às 16:00. Há vento de setembro à março (em agosto há em Genipabu), mas conversando com o pessoal de lá, a melhor época de vento parece ser de outubro até dezembro, quando é quase certeza que haverá vento todos os dias.

Em 15 dias que fiquei lá praticando (outubro/12), ventou todos os dias. Peguei uns quatro dias de vento um pouco off-shore (maral), sendo que dois dias foram de vento rajado, e mais outros dois de ventos um pouco rajados, mas side-shore (través). Os outros onze dias foram de vento perfeito (side-shore e constante). Essas condições eram bem melhores que outros lugares que velejei, como Aruba e Curaçao, ambos no Caribe. A outra vantagem de São Miguel é que o vento é mais “civilizado” que Jericoacoara (que chega a 35~40 nós às vezes). Normalmente em São Miguel fica entre 18 a 25 nós, então com uma vela (de windsurf) 5.5 a 4.8 você se dá bem.

Dá pra fazer velejo no flat (para treinar manobras) na região entre o recife e a praia (cerca de 1 km da margem), que forma uma “piscininha”. Nesse caso, é melhor na maré baixa pois o velejo é mais flat. Depois da maré baixa, o velejo fica mais ondulado (mas nada que atrapalhe muito quem queira fazer velejo flat). As guarderias informam os horários da maré baixa e alta, que mudam todos os dias.

sao-miguel-do-gostoso

A parte rochosa marrom do fundo dessa foto não é a praia, mas sim o recife que limita a área de velejo flat e forma a “piscina”. Se você passar esse recife (ele acaba à esquerda), estará em velejo no começo de alto mar. Mas tome cuidado: recomendo que use botas porque se você cair no recife, vai doer. As guarderias fornecem todo o equipamento.

 

Velejo wave

Passando o recife em direção ao mar aberto, começa a ficar bem ondulado, pois já se pega a ondulação de alto mar. É bem legal essa região para mandar uns pulos (velejo bump e jump).

sao-miguel-do-gostoso-kitesurf

Isso se não tiver ondulação de swell. Se tiver ondulação de swell, aí a coisa muda. Já dá pra fazer velejo wave, e mandar pulos cada vez maiores. É um bom lugar para se começar a aprender esse tipo de velejo porque o vento é través, o tamanho das ondas não é muito grande, e o vento é amigável (mesmo que tenha swell, é possível fazer velejo sem ondas na parte entre o recife e a margem). As guarderias dão aulas de velejo wave.

sao-miguel-do-gostoso-rn

Wiiiiiii!!!! Em São Miguel tem um fotografo profissional para te fotografar se divertindo na água.

 

Ideal para iniciantes

Gostoso também é recomendado para iniciantes porque existe a parte flat (sem ondas) que mencionei antes. Para iniciantes, recomendo velejar no horário em que a maré estiver baixa porque você fará um velejo mais liso (estável) e não haverá o problema de ondas que quebram na praia te pegando e quebrando seu equipamento (caso seja um dia com swell / ondulação, pois nem todos os dias há ondulação).

Cuidados com o shorebreak

Aliás, essa é a primeira coisa que quero chamar a atenção para quem veleja em lagos ou em praias que não sejam de tombo, ou praias sem ondas: em São Miguel existe uma coisa que acontece só na maré alta chamado de shorebreak. Eu nunca tinha tido contato até então com shorebreak, e por falta de experiência tive um problema com isso. Shorebreak são umas ondinhas que quebram exatamente na margem da praia, quando já está raso, e podem pegar em cheio seu equipamento, chegando a quebrar ou rasgar. Só vai “existir” esse shorebreak chato quando estiver com dias de ondulação e na parte do dia da maré alta. Nos outros dias, não há esse problema.

Esse “problema” só dá na maré alta (normalmente à tarde). Então, se estiver acontecendo o shorebreak, entre rápido quando começar a velejar e alcance a parte mais funda o mais rápido que puder, e principalmente tire o equipamento o mais rápido possível na hora que você acabar de sair de cima da prancha. Peça ajuda e instruções com o staff da guarderia. Na verdade, o pessoal da guarderia onde estava alugando equipo (no Dr. Wind) ajudava a entrar, e principalmente a sair da água. Eles vêm correndo e te ajudam a puxar o equipo pra fora da água o mais rápido possível, assim que você acaba de sair da prancha. Mas eu fui cabeçudo, não quis ajuda e fui pego pelo shorebreak. Acabei com uma vela rasgada (quando já estava fora da prancha, a onda virou-a, puxou a vela pra baixo da água, e a quilha rasgou a vela). Um gringo que estava lá (nível médio pra avançado) também foi pego, e o mastro do equipo dele quebrou.

Leia também => Saiba as reais vantagens de contratar um seguro de viagem

 

Mais algumas dicas

Outro detalhe chatinho, mas pequeno, é que você precisa carregar seu equipo por uma faixa de areia comprida, de uns 100 metros, entre as guarderias e a margem do mar (a faixa de areia é larga em São Miguel). Isso pesa um pouco, principalmente na volta quando você está cansado do velejo (como fiquei vários dias, eu paguei uma pessoa de lá pra carregar meu equipamento quando saia da água).

sao-miguel-do-gostoso-kiteMinha segunda dica: a não ser que você seja muito experiente, recomendo contratar o seguro de equipamento se você for alugar equipamento de windsurf (isso em qualquer lugar que você for alugar aliás). Vocês sabem como é. Equipo de windsurf é caro e quebra. Se vocês forem pegos na arrebentação e tiver ondas, ou se for pego no shorebrake como aconteceu comigo, terão que pagar o conserto se não tiverem contratado o seguro com a guarderia. No caso onde aluguei, o valor do seguro era de 15% sobre o aluguel do dia. Definitivamente vale a pena.

Mais uma dica, leve uma luva de windsurf para proteger sua mão. Olha como ficou minha mão depois de seis dias. Levem essa dica á sério se forem velejar mais que quatro dias seguidos.

 

Como chegar em São Miguel do Gostoso

Chegando no aeroporto de Natal, você pode ir de taxi a SM do Gostoso. Acho que vão te cobrar algo entre R$ 200,00 e R$ 250,00. A segunda opção é pegar um transfer em van lá de São Miguel, que irá durar cerca de uma hora e quarenta. É uma opção necessária caso você esteja levando pranchas, velas, etc, porque não vai caber num taxi. Essas vans custam R$ 160,00 se você estiver sozinho, mas se você estiver acompanhado, ou se houver alguém para dividir o custo com você, fica mais barato pois se divide esse valor pelo número de pessoas que tiver na van. Converse com a guarderia onde você for ficar para ver se consegue rachar o transfer com outras pessoas que estão chegando na mesma data que a sua. No caso, eu fui com o Ismael que presta esse serviço (84 9973-3320 ou ismateus30@hotmail.com). Sujeito foi muito simpático, e a van dele era boa. Recomendo.

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 15% de desconto usando o cupom PROTETORSOLAR (até 28/02), é só clicar no botão.
 

A terceira e última opção é pegar um ônibus com a Viação Cabral, que me disseram demorar duas horas e meia. Não há rodoviária em São Miguel. Caso opte por essa opção, você pegará o ônibus no meio da avenida. Pergunte por pessoal de lá onde o ônibus para.

 

Sobre São Miguel, além do vento

Primeiro: São Miguel é muito tranquilo. É bem rústico, há só uma rua principal semi-asfaltada com comércio de mercadinhos e restaurantes, a cidade não parece ter mais que 5.000 habitantes. As praias são bem vazias, com uma bonita natureza. Não existem baladas ou lugares agitados por lá. A maioria dos turistas que visita Gostoso são casais, que costumam ficar uns dois dias e seguir para conhecer as outras praias do RN, ou gringos que estão atrás de vento. Às 23:00, quase todos os restaurantes e bares estão fechando. Só fica um ou dois abertos depois disso, normalmente com pouca gente. Se você quer agito, recomendo que alugue um carro e vá para Natal à noite, mas em SM existem vários restaurantes de qualidade, com preço e cardápios variados, só não espere agito.

Sobre o local, há quatro praias em São Miguel do Gostoso (Ponta do Santo cristo, Cardeiro, Xêpa, e Maceió, nessa ordem) sem uma divisão clara entre elas, pois é uma faixa de areia continua. Acho que compensa muito ficar na ponta do Santo Cristo se seu foco é windsurf ou kitesurf, que é onde estão a maioria das guarderias e onde rola o velejo propriamente dito, porque é perto do recife, que baliza todo velejo. É bom ficar na ponta de Santo Cristo porque você acorda, toma café, pega seu equipamento, veleja, volta pra descansar na sua hospedagem perto do local de velejo, e volta pra velejar de novo. Outra vantagem de ficar na ponta do Santo Cristo é que a barreira de coral fica lá, e ela baliza o velejo.

Mas tem uma desvantagem em ficar na ponta de Santo cristo. Se você quiser ir ao centro de SM onde estão os restaurantes, é uns 15 a vinte minutos de caminhada (apesar que há uns mercadinhos e uns dois restaurantes a uns cinco a dez minutos de caminhada). Há uma opção para trafegar dentro de São Miguel que são os moto-taxis, e te cobram coisa de dois reais para te deixar no centro (eu não andei porque não ando de moto nem a pau, mas todo mundo anda). Apesar dessa distancia do centro, dá para andar à noite tranquilamente porque SM do Gostoso é muito seguro. Não há assaltos. Pode ficar sossegado e andar a pé em qualquer horário que não tem nenhum perigo aparente.

Gringos em São Miguel

Uma coisa curiosa: São Miguel do Gostoso cheia de gringos praticando windsurfing. Nos 15 dias que fiquei hospedado no albergue do Dr. Wind, fui o único brasileiro que havia lá! Passei 15 dias falando inglês dentro do Brasil que estavam hospedados fazendo windsurf. Essa parte achei legal porque fiz amizades com vários estrangeiros e troquei muita experiência de windsurf com eles.

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha 10% OFF para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.
 

 

Onde fiquei esses 15 dias – clube do Dr. Wind

O clube do Dr. Wind (Paolo) fica localizado na ponta do Santo Cristo, com a guarderia que aluga equipamentos, um bar/lanchonete na cara da praia, ideal pra dar uma relaxada e trocar uma ideia com o pessoal que está fazendo wind ou kite, pois eles ficam nesse bar se estão fora da água. É legal que é possível almoçar ou fazer um lanche enquanto você descansa do velejo da parte da manhã. A estrutura do lugar é bonita. Depois do velejo, você pode relaxar, tomar uma cerveja e conversar com o pessoal sobre o velejo do dia. Às vezes rola música ao vivo mais pro fim da tarde.

sao-miguel-do-gostoso-pousada

Vista do lado de fora do bar / lanchonete do Dr. Wind para dar um relax pós velejo (de manhã cedo, antes de abrir).

Eles também possuem duas hospedagens. Uma sendo uma pousada chamada Mi Secreto, um pouco mais sofisticada e uma outra mais simples, tipo albergue (que eles chamam de guesthouse) que fica atrás da guarderia do Paolo, mas com quarto individual, limpo, sendo apenas o banheiro compartilhado. Há uma cozinha coletiva se você quiser economizar dinheiro com refeições. A vantagem de ficar ali é que você está bem na cara da guarderia, então fica fácil pra você descansar depois do velejo e voltar em seguida pra passar mais água, sendo que há algumas redes e pufs do lado de fora.

sao-miguel-do-gostoso-blogs

Lado de fora da guesthouse (albergue) à direita. À esquerda (nos fundos) a guarderia na beira da praia…maravilha!

O que achei legal foi o clima deste albergue / guesthouse ser bem descontraído, poder andar descalço, sem blusa e até molhado. Só haviam windsurfistas ou kitesurfistas lá, e todos conversam (é legal se você falar um pouco de inglês porque a maioria era europeu, apesar que uns poucos falavam português) Sempre saíamos para comer alguma coisa à noite. Eu gostei bastante de ficar no Dr. Wind por esse clima de surf. Daria para ficar em uma pousada mais para o centro, mas ia perder a graça de estar junto do pessoal que velejei durante o dia.

Uma coisa que achei muito boa no sistema de aluguel do Dr. Wind, além dos equipamentos serem bons e novos, é que você fica com um prancha exclusiva enquanto você estiver lá (podendo trocar), e uma retranca exclusiva também para você. Quando você quiser trocar de vela para se ajustar conforme o vento do dia, você troca só a vela e o mastro, e continua com a mesma retranca. Esse sistema é muito bom porque você ajusta o kit trapézio da sua retranca no primeiro dia, e mantém ele ajustado todo o tempo que estiver lá (porque vocês sabem, demora um tempo pra fazer um bom ajuste no kit trapézio). O dono da guarderia (Paolo), um italiano, é bem simpático e ajuda no que precisar. Ele dá aulas e várias dicas de velejo (ele é um ex campeão da categoria wave). A equipe dele da guarderia, do bar e do guesthouse também é bem simpática e bem atenciosa. Por causa desse conjunto de coisas, esse foi o clube de windsurf que mais gostei dos que fui em Aruba, Curaçao, Jeri, Manguinhos (Búzio-RJ) e em Ilhabela-SP. Outro ponto a favor é que a localização do clube é de frente ao reef, que baliza o velejo, porque divide a parte com ondas e a parte mais flat. Então a localização é vantajosa.

sao-miguel-do-gostoso-windsurfing

A guarderia, que fica no meio do bar e do albergue. (foto que tirei de manhã bem cedo, porque durante o dia fica movimentado de wind e kitesurfistas).

Outra coisa que eu gostei bastante é que há serviço de fotografia. Vale muita a pena pois te fotografam no meio da água com câmera profissional (procure por Marcelo Solano, o fotografo, cara muito gente boa), e isso é bem difícil de achar se você quiser recordações.

 

Decidiu visitar São Miguel do Gostoso?

São Miguel é um lugar não só para praticar esportes à vela, pois as praias são lindas, a cidade tem um clima receptivo e bem gostoso…não é a toa que isso vem no nome. Esse mapa dos estabelecimentos comerciais talvez te ajude em alguma coisa, para saber o que fazer em São Miguel do Gostoso.

Gostou do artigo??? Comente e ajude a criar vida no blog!!!

Até + !!!

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Leonardo Castro

Paulistano, casado, auditor, 31 anos. Sou tão viciado em viajar que não troco de carro (que já está ficando velho) para ter dinheiro e fazer mais viagens durante o ano. Estas são minhas metas de vida atual: viajar o máximo que puder e fazer esportes de adrenalina. Tento ir a destinos não batidos ou mais exóticos, pois nesses lugares é que encontramos coisas inesperadas, que nos surpreendem. Também prefiro viagens que conjuguem natureza, história e que dê para praticar esportes de aventura.

14 Comentários

  1. Gostei muito do Leonardo Castro sobre SMG. São as dicas que precisamos para velejar. Parabéns Leonardo.

    Estamos indo para lá em 6, em outubro. Este ano, deste agosto o vento tem estado bom, pelo que vi no W.guru. Já aluguei o material com o Paolo. Agora é a expectativa…

  2. Lívia Pereira

    Ótimo post! Estou querendo organizar uma viagem em no final Julho, mas pelo que vi não é a temporada!
    Recomendaria outro lugar?
    Obrigada!

  3. Obrigado, informou todo necessário e útil. Ajudou muito!

  4. To indo pra gostoso em Agosto, espero que o vento bombe…. Valeu pelo dica de acomodacao estou indo sozinho e provavelmente vou ficar na mesma pousada.

    • Leonardo Castro

      Agosto costuma já dar vento…essa pousada é bem prática porque está na cara da guarderia.
      Abraços

  5. Muito bom, disse tudo!!
    Obrigado

  6. Ricardo Freitas

    Teve vento todos os dias que você foi?
    E para comer? É caro?
    Que pousada que você recomenda pra ficar?
    Valeu

    • Leonardo Castro

      Oi,
      Ventou sim todos os dias em que estive lá.
      Não é caro não pra comer…tem restaurantes de todos os tipos e bolsos. Dá pra comer na guarderia. Mas se você não quer gastar, tem uns PFs lá perto…
      Bom, quanto à pousada, recomendo o albuergue onde fiquei, do Dr. Wind, se você estiver indo sozinho ou com amigos, porque fica na atrás da guarderia. Se for com esposa/namorada, tem a pousada mi secreto que fica do lado, na ponta do Santo Cristo.
      Abs

  7. Pow, bateu aquela vontade de sair correndo pra lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *