Início / Europa / Irlanda / Roteiro de viagem para 1, 2, 3, 4 e 5 dias em Dublin

Roteiro de viagem para 1, 2, 3, 4 e 5 dias em Dublin

Basicamente, as atrações turísticas mais importantes da capital irlandesa estão concentradas na parte central da cidade, tendo poucos pontos de interesse a uma certa distância. O que facilita na montagem de um roteiro de viagem em Dublin, seja de 1, 2, 3, 4 ou 5 dias.

Para aproveitar bem cada momento no destino, eu indico fazer passeios a pé. É a chance que você tem de conhecer locais “perdidos”, não tão famosos. Afinal, cada ponte ou rua de Dublin pode lhe render belas fotos. E para os pontos turísticos mais distantes, a dica é utilizar o excelente transporte público local.

Planeje sua viagem => Onde é melhor se hospedar em Dublin?

Veja quanto custa o seguro viagem obrigatório para a Europa »

 

Roteiro de 2 dias em Dublin

O roteiro de 2 dias é indicado para quem não terá muito tempo na cidade e necessita conhecer apenas os principais pontos turísticos de Dublin. Seguindo as dicas citadas nesse artigo que acabei de indicar, é possível ter uma ótima visão histórica e cultural da Irlanda.

 

Dia 1

Roteiro de 2 dias em Dublin
Trinity College é um dos destinos do seu 1º dia em Dublin.

Comece pelo centro, justamente na rua mais famosa de Dublin, a O’Connell Street. Em seu canteiro central há um monumento de 120 metros de altura em forma de agulha chamado Spire. Ele funciona como um ponto de encontro e localização. O Spire está próximo ao General Post Office, histórico prédio dos correios que foi um dos lugares tomados pelos rebeldes que fizeram o levante em 1916.

Siga a O’Connell Street até a O’Connell Bridge, ponte que corta o rio Liffey e que divide Dublin 1 de Dublin 2, e chegue na Trinity College. Seu interior está aberto aos turistas. Depois de se encantar com esse complexo do ano de 1592, siga pela Dame Street até o Dublin Castle. Visite, também, seus jardins na parte posterior do edifício.

Nessa região está o Temple Bar, área destinada a dezenas de pubs. Conheça o mais famoso deles, o The Temple Bar. Minha dica é tomar uma pint de Guinness fora dali, em um pub mais “roots” e com menos turistas.

Roteiro de viagem em Dublin
Parque St Stephen’s Green é o meu lugar preferido em Dublin.

Que tal relaxar em um parque? Atravesse a famosa Grafton Street e chegue no St Stephen`s Green, meu lugar preferido em Dublin. Aproveite para caminhar pelo parque e depois sentar-se em seus bancos para comer algo.

Baterias recarregadas, caminhe pelas ruas próximas como a Harcourt Street e George Street para apreciar a arquitetura vitoriana. Ou até mesmo ande às margens o rio Liffey. Há muito o que ver e fotografar nesse trajeto.

Para a noite é dica é simples: encontre um pub para comer um Fish & Chips e tomar uma Guinness. A entrada costuma ser gratuita, mesmo se houver bandas tocando. Quem sabe você não dá sorte e encontra artistas tocando a tradicional música irlandesa.

 

Dia 2

o que conhecer em dois dias por Dublin
St Patrick’s Cathedral é a cereja do bolo.

É o dia de visitar a área medieval de Dublin, que fica próxima ao Temple Bar. Comece por a Christchurch Cathedral, magnífica igreja de 1038, e Dublinia, um museu focado nos vikings, que é interligado a Christchurch por uma ponte. Circule pelas proximidades e fique doido com as maravilhas medievais do local, como a St Audoen’s Church, por exemplo.

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

A cereja do bolo é a majestosa e imponente St Patrick’s Cathedral, a casa do padroeiro da Irlanda. Gaste todo o tempo necessário para conhecer esse que é um dos maiores símbolos da Ilha Esmeralda. A catedral possui um agradável jardim onde podemos curtir um descanso e contemplar esse edifício erguido entre os anos de 1254 e 1270.

Chip x Wi-Fi portátil: quanto custa usar a internet na Europa?

Roteiro de 3 dias por Dublin
Visita à cervejaria é um dos pontos altos do 2º dia.

Agora chegou o momento de visitar outro grande símbolo desse país: a Guinness Storehouse. Aprenda como a cerveja é produzida e prove uma pint da bebida no Gravity Bar, um bar redondo cercado por vidros que fica no sétimo andar do prédio, oferecendo uma visão panorâmica da cidade.

Ainda sobrará tempo para uma visita ao Phoenix Park, o maior parque urbano da Europa. Alugar uma bike é minha dica. Caso contrário, você conhecerá bem pouco desse enorme lugar. Termine seu dia na Henry Street, acessada através da O’Connell Street, passeando por seu calçadão e visitando suas lojas.

À noite, já sabe: escolha entre os melhores pubs  de Dublin e experimente a variedade de cervejas que eles oferecem.

 

Roteiro de 3 dias em Dublin

Vai ficar mais tempo em Dublin? Ótimo!

Roteiro de 4 dias em Dublin
Malahide fica a 16km de Dublin.

Para o terceiro dia a dica é pegar o Dart, trem que corta a costa de Dublin, e seguir 16km na direção norte até Malahide para conhecer o Malahide Castle. Aproveite para passear pela região e conhecer sua praia. Eu sei que o frio irlandês nos impede de dar um mergulho no mar, mas molhar os pés já está valendo.

 

Roteiro de 4 dias em Dublin

Seguindo de Dart para a direção sul, encontramos locais belíssimos com praias diferentes as quais estamos acostumados no Brasil. Separamos três dos mais visitados. Escolha um deles. Ou que tal todos?

Pensando na viagem e não sabe por onde começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, compre por R$ 29,90 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 
  • Howthuma vila portuária a 15km do centro da capital irlandesa. Siga até o Howth Summit e encontre seus cliffs e trilhas, além de contemplar uma linda vista do mar. Também pode ser acessada através de ônibus circular;
  • Dalkey: vilarejo distante 18km do centro de Dublin, que abriga as casas dos músicos mais famosos da Irlanda: Bono Vox e The Edge, da banda U2;
  • Bray: fica a 20km do centro de Dublin e possui uma praia de pedras bem peculiar. Suas ruas são cheias de pousadas, lojas e restaurantes. Essa cidade abriga diversos festivais durante o ano todo.

 

Roteiro de 5 dias em Dublin

Vou aproveitar o último dia para indicar alguns locais interessantes para completar seu roteiro em Dublin. E o primeiro deles é o Hanover Quay Studio, no Grand Canal Dock, local que esconde o estúdio onde a banda U2 costumava ensaiar. Como nem todas as pessoas se interessam por esse tipo de passeio, deixei a dica para o último dia. Nada impede de você, fã do U2, de fazê-lo já nos primeiros dias.

Outro parque legal para conhecer em Dublin é o Merrion Square. Lá, encontra-se uma estátua de Oscar Wilde, o mais famoso escritor da Irlanda, além de tantas outras esculturas. Pela região ainda podemos visitar o The National Gallery of Ireland e o National History Museum.

Ainda falando de esculturas, nas margens do rio Liffey está o Famine Memorial, conjunto de estátuas que representam ‘A Grande Fome’, evento que ocorreu na Irlanda entre 1845 e 1849 e matou mais de um milhão de pessoas. Está bem ao lado do belo Custom House, prédio clássico da era Geogiana, construído entre 1781 e 1791.

 

Dicas sobre roteiro de viagem em Dublin?

Roteiro em Dublin
Luas pode te levar para lugares maravilhosos em Dublin | Foto: Carlos Fernandes.

Eu sou meio desordenado quando procuro visitar uma cidade, e muitas vezes não gosto de seguir um passo a passo. Todas as vezes que me perdi fazendo turismo, encontrei lugares incríveis. Se você quiser fazer isso em Dublin, pegue o Luas (VLT) e se perca nas regiões mais distantes do centro.

Há igrejas medievais magníficas espalhadas pela cidade, pubs frequentados apenas por irlandeses e, se for inverno, procure por passeios com estudantes brasileiros nas páginas do Facebook para o Tickcnock Forest, parque voltado ao mountain bike onde costuma ter bastante neve.

Mas se você já conheceu Dublin, aproveite e conte aqui suas experiências. Caso esteja planejando seu roteiro de viagem pela Irlanda, e possua alguma dúvida, deixe abaixo seus comentários.

 

Confira os últimos artigos sobre a Irlanda:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Carlos

Carlos Fernandes, 39 anos, é jornalista e publicitário viciado em rock and roll, futebol europeu, NBA e arquitetura e história medieval. Já viveu em Dublin, na Irlanda, onde ficou cara a cara com Bono Vox na noite de Natal e fez figuração em um filme de Daniel Radcliffe. E morou também em Santiago, no Chile, onde se viu no meio de um terremoto de dois minutos de 8.3 na escala Richter. Tanto na Irlanda e no Chile, quanto em outros países que visitou, aprendeu que essas surpresas são riquezas para sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *