Início / Américas / América do Sul / Argentina / 15 principais e imperdíveis pontos turísticos de Buenos Aires

15 principais e imperdíveis pontos turísticos de Buenos Aires

Está pensando em viajar para Buenos Aires? Então, aqui vai um alerta: além de souvenires, fotos e muitas lembranças, você voltará da viagem apaixonado pelos principais pontos turísticos de Buenos Aires. É isso mesmo, não há como evitar. Em algum momento da viagem você vai se apaixonar pela capital e maior cidade da Argentina.

Às vezes acontece à primeira vista, quando o avião cruza o Rio da Prata (ou Río de La Plata, como é chamado por lá), que divide a Argentina do Uruguai. A vista aérea da cidade bem arborizada, com ruas retas, um grande porto, prédios modernos e antigos coexistindo enche os olhos de qualquer pessoa.

Mas, há também quem demore um pouco mais e só se renda aos encantos da capital portenha após ter contato com a história, a arquitetura e a cultura diversificada e vibrante ou com a gastronomia e seu povo falante e acolhedor.

Seja qual for o momento, se deixe levar. Curta tudo que Buenos Aires tem a oferecer e de forma intensa, que é como a cidade merece ser curtida. Para te ajudar a aproveitar sua viagem para BUE, vamos listar pontos de interesse imperdíveis da capital da Argentina, aqueles mais visitados pelos turistas

Planeje sua viagem => Onde é melhor se hospedar em Buenos Aires?

Melhor seguro viagem para a América do Sul: cotação do mais barato »

 

Principais pontos turísticos de Buenos Aires

1) Show de tango

Atrações turísticas de Buenos Aires

Quando se fala em tango, logo se pensa na Argentina. A dança é tão tradicional, além de bela, que em 2009 a Unesco declarou o Tango como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Em Buenos Aires há opções para todos os gostos e bolsos também. Desde os espetáculos com pirotecnia, malabarismos e animais em cena, como o Señor Tango, shows com vários dançarinos e atos, caso da Esquina Carlos Gardel e do Madero Tango (que ainda tem uma linda vista do Puerto Madero), até os mais intimistas e antigos, como o que acontece no porão do Café Tornoni, construído na cidade em 1858.

Há ingressos somente para os shows, pacotes com jantar e até com traslado do hotel ao local do show.

Confira mais opções de espetáculos e musicais em Buenos Aires »

 

2) Cemitério da Recoleta

Pontos turísticos de Buenos Aires

Um dos bairros mais sofisticados na capital portenha, a Recoleta reúne diversos pontos turísticos de Buenos Aires que são imperdíveis. O lugar mais famoso e, provavelmente, mais visitado no bairro e da cidade é o Cemitério da Recoleta. Sim, o cemitério!!!

Lá foram sepultados ícones da história argentina como Evita Perón, cantora e primeira-dama do país, e o General Alvear, militar e político que participou da Guerra da Cisplatina, entre Argentina e Uruguai.

A exemplo do Cemitério da Consolação, em São Paulo, o local é visitado por arquitetos e estudantes de Arquitetura por conta das muitas estátuas e grandes mausoléus. É possível circular livremente pelo local ou optar pela visita guiada, que é gratuita.

Uma curiosidade é que em muitos mausoléus os caixões estão dispostos em prateleiras e não em “gavetas” subterrâneas lacradas, como estamos acostumados. Dessa forma, ficam visíveis para quem passa pelas ruas do cemitério.

Não perca => Tour guiado a pé de 2 horas no Cemitério da Recoleta por € 29,00

 

3) Livraria El Ateneo

Mesmo quem não lê em espanhol, não pode deixar de visitar a Livraria El Ateneo, são vários endereços em Buenos Aires e outras cidades da Argentina. São vários andares com uma infinidade de prateleiras contendo os mais diversos livros e filmes, além de um café/restaurante. Mas, apesar de livrarias serem lugares interessantes e até mágicos por conta das centenas de histórias contidas nas prateleiras, a magia aqui é a história do local.

Antes de abrigar a livraria nos anos 2000, o prédio, que foi construído em 1919 pelo austríaco Max Glücksmann, era um teatro. Dá para identificar o espaço onde ficava a platéia, os balcões e o palco, ainda preservado.

Mas, não é só isso. Depois de receber shows de tango por sete anos, inclusive de um dos mais famosos cantores do país, Carlos Gardel, em 1926 o local se tornou um cinema. Foram 70 anos exibindo filmes até a nova transformação, dessa vez em livraria.

Fique de olho nos afrescos pintados na cúpula do prédio pelo artista italiano Nazareno Orlandi.

 

4) Flor Metálica

Lugares para conhecer em Buenos Aires

Lugar perfeito para selfies, a Floralis Genérica (Flor Metálica) é um ponto de parada obrigatório para grande parte dos turistas. Localizada na Plaza de las Naciones Unidas, próxima ao Cemitério da Recoleta e ao Museu de Belas Artes, a flor é um monumento com 20 metros de altura que pesa 18 toneladas.

Foi doada pelo arquiteto argentino Eduardo Catalano, que desenhou a flor, em 2002. Representando “todas as flores do mundo”, a Floralis Genérica, assim como as naturais consegue abrir suas pétalas. Durante o dia a flor permanece aberta, já a noite todas as pétalas se fecham.

 

Ainda com dúvidas sobre as atrações turísticas?
 

5) Biblioteca Nacional

Pontos turísticos de Buenos Aires

Entre a pluralidade de prédios da Recoleta, um grande destaque é a Biblioteca Nacional da República da Argentina. Além de ser a maior biblioteca do país com 2 milhões de itens, chama atenção pelo estilo “diferente” do prédio, que segue a tendência arquitetônica do brutalismo.

Há quem compare o prédio com um animal pré-histórico parecido com um tatu, mas há quem acredite que a biblioteca parece um disco voador, pousado sobre pilastras. O projeto foi desenhado em 1961, após concurso que escolheu o desenho produzido pelos arquitetos Clorindo Testa, Franscico Bullrich e Alicia Cazzaniga, mas só foi inaugurado na década de 1990.

Foi construída sobre o Palácio Unzué, residência oficial do presidente Juan Domingo Perón e sua esposa, Evita. Além da biblioteca, que tem seis andares, nove salas de leitura, auditório, escola de bibliotecários, o espaço ainda possui a Praça do Leitor, Mirante da Memória, Sala do tesouro (com 11 mil volumes raros), Museu do Livro e da Língua e muito espaço verde.

Veja também => O que fazer em Buenos Aires e o melhor para ver

 

6) Catedral Metropolitana

Lugares para visitar Buenos Aires
Foto: Richie Diesterheft, via Wikimedia Commons.

Principal igreja católica de Buenos Aires, a Catedral Metropolitana chama atenção de quem passa pelo centro antigo da cidade. Construída no século XVI, a catedral passou por diversas reformas ao longo dos anos.

O resultado é um mix de estilos arquitetônicos como a fachada em estilo Neoclássico (grandes colunas e uma grande fachada com topo triangular), decoração neo-renascentista e neobarroca, do piso de mosaico inglês e do órgão de origem alemã.

A catedral foi a “casa” do papa Francisco por cerca de 15 anos, quando o pontífice atuava como arcebispo de Buenos Aires. Foi lá onde os católicos de Buenos Aires receberam a notícia que um deles havia sido escolhido para liderar a Igreja Católica mundial.

Visite a Catedral Metropolitana e a escola do Papa Francisco »

 

7) Plaza de Mayo

Plaza de Mayo em Buenos Aires

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 15% de desconto usando o cupom PROTETORSOLAR (até 28/02), é só clicar no botão.
 

Localizada em frente a Catedral Metropolitana e a Casa Rosada (sede da presidência da república) está a principal praça de Buenos Aires, a Plaza de Mayo. É o ponto de encontro da cidade para comemorações e protestos políticos desde a época colonial até os dias de hoje. Certamente um dos lugares turísticos mais visitados de Buenos Aires.

O nome da praça é uma homenagem a Revolução de Maio de 1810, movimento precursor das ações de independência do país. O local também é famoso pelo movimento Mães da Praça de Maio que, desde a década de 1970, reúne centenas de mulheres com as fotos dos filhos desaparecidos durante a ditadura militar no país, em busca de informação sobre o paradeiro deles.

Veja as melhores excursões a pé em Buenos Aires a partir de € 20,00 »

 

8) Casa Rosada

Casa Rosada de Buenos Aires

Sede da presidência da Argentina, a Casa Rosada (sim, ela é sempre pintada em tons rosados que segundo a lenda local são resultado da mistura de vermelho e branco, cores dos partidos políticos antigos) testemunhou diversos movimentos políticos, culturais, protestos e comemorações na Plaza de Mayo, localizada em frente.

Além da bela arquitetura, a Casa Rosada chama a atenção pelo grande acervo de pinturas e esculturas (conheça os tours para visitar a Casa Rosada). Abriga o Museo Del Bicentenário, construído no porão para comemorar os 200 anos da revolução de maio.

O local também foi usado como cenário para as gravações do filme Evita, em que a cantora Madona interpreta a história da vida da primeira-dama Evita Perón.

 

9) Puerto Madero

Pontos de interesse em Buenos Aires

O Puerto Madero (atrativos a partir de € 17,00) é um dos mais belos exemplos de revitalização urbana. Construído pelo engenheiro Eduardo Madero em 1887, o porto foi porta de entrada de bens e insumos até o século XIX.

Com o aumento do tamanho dos navios cargueiros, um novo porto foi inaugurado e o Puerto Madero parou de funcionar. Ficou abandonado até 1990, se tornando um dos locais mais perigosos de Buenos Aires.

Com a revitalização, celeiros e galpões se transformaram em lojas, escritórios e residências. Hoje o bairro é um dos mais caros da cidade, abriga bares, restaurantes famosos, universidade, hotéis de luxo, escritórios de grandes empresas e até um cassino no flutuante.

A partir do renascimento, o Puerto Madero passou a homenagear as mulheres. Além da Ponte de La Mujer, as ruas têm nomes de mulheres famosas em diversas áreas como ciências, artes e política.

 

10) Bosques de Palermo

Pontos turísticos mais visitados de Buenos Aires
Paseo del Rosedal.

Palermo é um dos bairros mais charmosos de Buenos Aires. Grande parte desse charme se deve aos vários parques públicos. Vale a pena separar um dia para conhecer o bairro, seja a pé ou de bicicleta.

Lá estão o Jardim Botânico de Buenos Aires, o Planetário Galileu Galilei, o Jardim Japonês – que abriga um viveiro de bonsai, restaurantes, casas de chá e ainda realiza diversos eventos tradicionais japoneses.

Entre os parques, vale destacar o Parque 3 de Febrero (mais conhecido como Bosques de Palermo). É lá que está localizado o Paseo Del Rosedal, um jardim com mais de 12 mil rosas de várias cores e espécies.

O local ainda tem gazebos, fontes, lagos e uma linda ponte que lembra a famosa Ponte de Giverny, casa do pintor frânces Claude Monet, localizada próxima a Paris.

 

11) Obelisco

Lugares turísticos de Buenos Aires

O monumento El Obelisco é um dos cartões postais mais famosos de Buenos Aires e, por isso, parada obrigatória para fotos. Fica localizado na Praça da República, entre as avenidas Corrientes e 9 de julho.

É lá que foi hasteada pela primeira vez uma bandeira da Argentina. O Obelisco foi inaugurado em maio de 1936 em comemoração ao quarto centenário de fundação da cidade.

Tem 67 metros de altura. Nos lados há inscrições que homenageiam momentos importantes da história do país. E dentro há uma escada com mais de 100 degraus que leva até o mirante, localizado no topo do obelisco.

 

12) Teatro Colón

Teatro Colón em Buenos Aires

Principal casa de ópera de Buenos Aires e considerado um dos cinco melhores teatros do mundo por conta da qualidade da acústica, o Teatro Colón é um ponto turístico que agrada mesmo quem não curte ópera. O prédio foi inaugurado em 1857.

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha 10% OFF para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.
 

No final do século teve início uma reforma que demorou cerca de 20 anos para ser finalizada, sendo inaugurado o novo prédio do teatro em 1908. A platéia comporta quase 2,5 mil pessoas.

Por ali passaram grandes companhias e shows, mas a diminuição no interesse por óperas apontou a necessidade de novas mudanças. O Teatro Colón ficou fechado novamente entre 2006 e 2010, retornando em maio daquele ano.

Agora, além dos shows e das companhias de ópera, o local é aberto para visitação guiada (compre aqui os ingressos e evitas filas), que passa pela galeria e pelos bastidores do teatro.

 

13) Caminito

Pontos turísticos mais visitados de Buenos Aires
Assim como o Puerto Madero, o Caminito, localizado no bairro La Boca, é um exemplo de revitalização urbana. Com alta concentração populacional em pouco espaço (a rua tem apenas 150 metros), essa atração turística de Buenos Aires era considerada um local feio e perigoso, por isso evitado pelos turistas.

A revitalização do espaço aconteceu na década de 1950 por iniciativa dos moradores do local, incluindo o pintor Benito Quinquela Martin que batizou a rua de Caminito em homenagem a um famoso tango da época.

Com a pintura das fachadas, de diversos murais e a instalação de lojas, ateliês e cafés, o Caminito ganhou nova vida e passou a integrar o roteiro de quem visita Buenos Aires.

Nos fins de semana há dançarinos de tango para todo lado, bandas nas ruas, e muitos artesanatos para lembrancinhas. Mas vale o alerta, de circular apenas no Caminito e não sair explorando pelo bairro.

 

14) Feiras de artes e artesanato

Uma dica bacana para quem quer conhecer os costumes da cidade ou país que está visitando é procurando as feiras de artes e artesanatos. E Buenos Aires tem diversas espalhadas em diferentes bairros da cidade.

Feirinha de San Telmo, em Buenos Aires
Músicos na feira de San Telmo.

A mais famosa é a Feira de Antiguidades de San Telmo, que acontece sempre aos domingos na Praça Dorrego, e recebe aproximadamente 10 mil turistas a cada semana.

Nos cerca de 1 quilometros de extensão da feira, há 300 barracas com antiguidades, artesanatos, móveis, pôsteres antigos, moedas e cédulas, souvenirs, além músicos e dançarinos de tango.

É lá também que está a Estátua da Mafalda, personagem símbolo da Argentina desenhada pelo cartunista Quino, que morou no bairro.

Quem procura artesanato para dar de presente deve visitar a Feira da Plaza Francia, conhecida como Feira da Recoleta. Ela acontece aos sábados, domingos e feriados na praça localizada em frente ao Cemitério da Recoleta. Sempre com música ao vivo e bastante área verde para descansar é um ótimo programa para família.

Já quem quer conhecer as tendências de moda e design da cidade deve ir a Feira de Palermo Soho, realizada de quinta a domingo na Plaza Cortázar (antiga Plaza Serrano). É menor, se comparada com as citadas acima, mas se destaca pelo conceito diferenciado dos produtos.

 

15) Galerias Pacífico / Calle Florida

Quem viaja gosta de comprar presentes (para si mesmo ou para amigos e familiares), por isso, a visita a Galerias Pacífico e a Calle Florida é obrigatória. Não são os locais mais baratos da cidade, uma vez que a grande circulação de turistas inflaciona os preços. Mas, vale para conhecer as tendências, observar a arquitetura dos prédios. E, com sorte, encontrar algumas promoções.

Galerias Pacífico em Buenos Aires

A Galerias Pacífico é um shopping construído em um prédio do fim do século XIX na região central. Por isso, além das lojas de marcas famosas e dos charmosos cafés argentinos distribuídos nos 11 mil metros quadrados do shopping, de destaca pela arquitetura, sobretudo o teto, pintado por vários artistas argentinos.

Já a Calle Florida é um calçadão também localizado na região central, entre a Avenida Rivadavia até a Plaza San Martin. São 10 quarteirões com diversos tipos de lojas de roupas, lembranças e até agencias de turismo com passeios diversos na capital e região metropolitana de Buenos Aires.

Gostou das dicas? Conte para a gente qual ponto turístico imperdível de Buenos Aires você acha que ficou de fora dessa lista?

 

Confira mais artigos sobre a Argentina:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Carolina Brusarosco

Jornalista, pós-graduada em Jornalismo Literário, sagitariana e cheia de paixões distintas. De origami a astronomia, de pets a romances de Jane Austen. Uma das maiores paixões é escrever sobre turismo. Sonha em fazer o Caminho de Santiago de Compostela, conhecer todos os continentes e (quando tiver) levar seus filhos para mochilões mundo afora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *