Como ir ao Cerro Catedral em Bariloche, na Argentina

Como ir ao Cerro Catedral em Bariloche, na Argentina

Você sabia que uma forma de ir ao Cerro Catedral em Bariloche, na Argentina, é de transporte público sem precisar contratar agência? Eu estive por lá recentemente e trago neste blog de viagem todos os preços atualizados e tarifas para ir até a montanha e tudo o que fazer no Cerro Catedral.

O Cerro Catedral é um dos pontos turísticos mais buscados da cidade de San Carlos de Bariloche, ao sul da Argentina. Ele é o destino perfeito para quem quer ter contato com a neve pela primeira vez e quer arriscar de tudo um pouco: esquibunda, esqui, snowboard, contemplação dos picos nevados, andar de teleférico, curtir o visual em uma moto de neve, fazer trilha com raquetes ou simplesmente apreciar os floquinhos caírem e se amontoarem na paisagem.

Eu amoooo neve e, apesar de já ter visto outras vezes, fico paralisada (e não é de frio, tá?) com a imponência de uma montanha congelada. Eu estive no Cerro Catedral em junho de 2018 e o dia foi perfeito: de manhã nevou muito e de tarde o céu ficou lindo, bem azul. Descubra neste artigo, os detalhes para conhecer e ir ao Cerro Catedral.

Planeje sua viagem => Dicas de hospedagem em Bariloche

Seguro viagem para neve e esporte radical »

 

Como chegar ao Cerro Catedral em Bariloche

Apenas 19 quilômetros, separam o Centro Cívico de Bariloche do Catedral Alta Patagônia onde fica o  Cerro Catedral, na Argentina. Essa montanha tem 2.180 metros de altura na sua parte mais alta. A base fica a 1.030 metros. Para chegar até a base da montanha existem algumas formas. Conheça-as agora.

CLIQUE AQUI para agendar os melhores passeios de Bariloche »

 

Agências de turismo

Quanto custa ir ao Cerro Catedral
Centro de Bariloche tem muitas agências | Foto: QVM.

Elas estão espalhadas por toda Bariloche. Afinal, a economia da cidade gira em torno do turismo. Na temporada de inverno, os brasileiros formam mais 50% dos turistas que visitam a cidade.

Logo, grande parte das agências tem alguém que fala português ou que desenvolve bem o “portunhol”. Sem dúvida, é uma opção bem confortável para subir até o Cerro Catedral.

Funciona assim: a agência lhe pega no hotel em uma van, deixa na base do Cerro e marca um horário para você se encontrar com o motorista no mesmo local. A partir da base da montanha é com você! Você escolhe se quer ficar nela ou subir mais a montanha.

As agências de turismo de Bariloche realizam passeios que duram só meio dia. Tem algumas pessoas que contratam para sair de manhã e outras somente à tarde.

Onde contratar passeios em Bariloche
Centro de Bariloche | Foto: QVM.

Em ambos os casos, acho pouco tempo para aproveitar o Cerro Catedral, pois ele é gigante e vale ao menos 3 idas durante uma temporada.

O valor cobrado pelas empresas para ir ao Cerro Catedral é, em média, R$ 85. E lembre-se: chegando lá você ainda vai ter que pagar o passe para a montanha (indo esquiar ou não). Esse passe dá acesso a uma das 6 formas de elevação da montanha.

Se você ficar só na base não precisa pagar pelo passe. Nessa área há diversos restaurantes, lojinhas, escolas de ski e outros estabelecimentos comerciais. Porém, para se divertir na neve e conhecer de perto o Cerro Catedral é extremamente recomendável que você saia da base, compre o seu passe e suba a montanha.

Tour => Circuito Panorâmico de Bariloche

 

Táxis, remises ou carro alugado

Como chegar no Cerro Catedral
Alguns turistas sobem de carro para a base do Cerro | Foto: QVM.

Embora pareçam a mesma coisa, táxi e remises são diferentes. O primeiro costuma circular com o taxímetro ligado. Ou seja, você pagará a corrida pelo que aparece no visor. Já o segundo, é também um táxi ou carro particular, mas cujo preço do deslocamento é fechado antes.

Dessa forma, algumas pessoas costumam subir até a montanha utilizando uns dos dois serviços. Mais o remises, é claro. O valor costuma ser alto, pois é bem exclusivo. O preço médio é 500 pesos.

Mas cuidado com o estado de conservação dos carros. Alguns táxis que peguei em Bariloche eram bem velhos e não há Uber na cidade.

Já o carro alugado funciona bem a Bariloche, pois as atrações são acessíveis. Porém, se estiver nevando ou com gelo na pista, é melhor não arriscar. Cada curva torna-se perigosa.

Monte Tronador => Excursão de 1 dia saindo de Bariloche

 

Transporte público

Como ir ao Cerro Catedral sem agência
Ônibus que leva turistas ao Cerro Catedral | Foto: QVM.

Essa é a maneira mais barata e menos confortável para chegar até o Cerro Catedral. Eu acabei indo dessa forma e não me arrependo. É tudo bem simples. Para ir de ônibus para o Cerro Catedral em Bariloche você precisará comprar o cartão SUBE e recarrega-lo para pagar o transporte público da cidade.

Nos ônibus não aceitam dinheiro. Então, você vai até um local credenciado que venda o SUBE. Ele é comum em toda a Argentina e, para facilitar a sua vida, você já pode até compra-lo em Buenos Aires.

Mas não tem segredo: encontre o centro de informações turísticas no coração do Centro Cívico e no conjunto de prédios de pedras tem um espaço do SUBE. A maioria dos kiokos (espécie de tabacaria) espalhados por Bariloche também vende o cartão SUBE.

Imperdível => Circuito Chico em Bariloche

Como andar de ônibus em Bariloche
Leitor do SUBE do ônibus para Cerro Catedral | Foto: QVM.

Várias pessoas podem utilizar o mesmo cartão, então não precisa comprar um cartão para cada pessoa, exceto se elas não forem juntas pegar o ônibus. Do contrário, basta um SUBE com recarga de passagens para todos.

No mesmo lugar onde você compra o cartão, já recarrega-o. Explique que é para ir ao Cerro Catedral e o atendente já saberá de quanto precisa ser a recarga de ida e volta de todas as pessoas.

Eu recarreguei com o dobro de passagens. Pensei que se perdesse o ônibus na volta ou precisasse pegar mais de um trecho por conta de algum imprevisto, já estaria garantida. Mas a passagem é tão baratinha que nem faz muita diferença.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na Argentina. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

O preço do cartão SUBE é 40 pesos e cada passagem de ônibus local custou, em média, 28 pesos cada trecho por pessoa.

Prático => Transfer do aeroporto de Bariloche para o hotel

Parada do ônibus para ir para Cerro Catedral
Av. Bustillo, local de parada do bus 55 | Foto: QVM.

Com o cartão recarregado é só esperar em uma parada de ônibus que passe a linha 55. Essa parada fica imediatamente por trás do Centro Cívico, na Av. Bustillopertinho da Ferinha de Artesanato local.

O ônibus 55 está previsto para passar a cada 30 minutos, mas demorou bem mais. Confira os horários do ônibus para Cerro Catedral.

De longe você já avistará o número 55 na frente e também há um adesivo grande colado no vidro da frente com o principal destino do coletivo: Cerro Catedral.

Esperei uns 45 minutos. Além disso, o ônibus vinha lotado! Eu disse l-o-t-a-d-o. Então, o trajeto dura uns 30 minutos e você corre um grande risco de ir em pé.

Em compensação, é uma economia enorme e bem prático. Embora tenha ficado bem decepcionada com o tratamento dado aos turistas. Pois se a cidade vive do turismo e mantém uma linha que vai para o Cerro Catedral, devia ao menos colocar mais veículos na rota e ter ônibus mais confortáveis.

Entretanto, o ônibus é velho, sem sistema de vapor para desembaçar o vidro e imagina a situação: um ônibus lotado, com temperatura negativa do lado de fora e todos os vidros embaçados por dentro.

Vista de tirar o fôlego => Excursão para o Cerro Tronador

Ônibus para o Cerro Catedral
Ônibus lotado para montanha | Foto: QVM.

O resultado foi que o motorista estava com a visibilidade comprometida e acabou atropelando um cachorrinho. Para continuar o resto da viagem em segurança, um turista do Uruguai teve que ficar praticamente pendurado na caixa de marcha e, gentilmente, foi limpando com papel o parabrisa para desembaçar.

Por isso, achei um descaso: o único transporte público que leva ao Cerro Catedral está nessas condições, justamente em uma cidade cuja economia gira em torno do turismo!

Logo, se você vai com crianças pequenas que precisam ficar no colo ou pequenas demais para se segurar em pé no ônibus, recomendo não optar por ônibus. O mesmo vale para pessoas com dificuldades de locomoção, gestantes, portando equipamentos de ski ou qualquer outra situação que exija mais espaço ou conforto.

Excursão => San Martín de los Andes por 7 Lagos 1 Dia

 

Como subir para o Cerro Catedral

Dicas do Cerro Catedral
Existem 6 formas de subir da base para o Cerro Catedral | Foto: QVM.

Ao chegar na base do Cerro Catedral (1.030 metros), independente da forma como você foi, terá que pagar o passe para subir até a montanha, exceto se você for ficar somente na base, que conta com muitos restaurantes e lojinhas, mas não vale a pena ficar somente nela.

   

Já se você comprou seu ticket online para o Cerro Catedral deve retirar o seu ingresso na “Boleteria” C, que fica bem no estacionamento da Praça Amancay, local onde o ônibus e os carros estacionam.

Recomendo => Passeio para o Puerto Blasty e Cascada de los Cantaros

Estacionamento do Cerro Catedral
Estacionamento da base do Cerro Catedral em Bariloche | Foto: QVM.

Caso contrário, siga caminhando, suba algumas escadas e você encontrará a bilheteria A.

No dia em que estive, a fila para comprar o passe estava enorme e o atendimento era demorado. Fiquei imaginando em alta temporada como deve ser… O ticket para subir custou 555 pesos argentinos por pessoa. Esse preço aumenta na alta temporada (740 pesos).

Diferente => Excursão para a Isla Victoria e Bosque

Comprar ingresso para Cerro Catedral
Base do Cerro Catedral | Foto: QVM.

Preste bastante atenção: na hora da compra do ticket não há qualquer orientação sobre as formas de subir a montanha. São 6 maneiras de sair da base para a montanha (ao todo, são 34 distribuídas em diferentes níveis de elevação)!

Mas você não precisa comprar um passe específico para cada subida, um passo só é válido para toda região da montanha. O que vai diferenciar é por onde você sobe, tanto o ingresso como o preço é único.

Essa escolha é importante porque se você só tem um dia no Cerro Catedral, sua decisão vai limitar a área que você conhecerá, bem como seus restaurantes e bares que ficam nas diferentes regiões da montanha.

As 6 formas para sair da base do Cerro Catedral para ir até as diversas áreas da montanha são:

 

1) Telecabina Amancay

Preço do passe do Cerro Catedral
Telecabina Amancay é fechada para 4 pessoas | Foto: QVM.

É uma espécie de bondinho pequeno onde cabe 4 pessoas. Foi o que escolhi. Ele é todo fechadinho e não dá medo nenhum. Todo de vidro para apreciar a vista. Se você estiver com equipamentos de ski não tem como subir por ele e se seu grupo for maior e fizer questão de subir todo mundo junto, também deve escolher outro. O limite é 4 passageiros.

Imperdível => Tour para El Bolsón e Lago Puelo

Onde comer no Cerro Catedral
Restaurante La Roca | Foto: QVM.

Percurso: sai da base sul do Cerro Catedral até uma área que fica a 1.700 metros, chamada Base Superior Amancay. Chegando lá, você terá atradicional chocolataria Rapanui, o restaurante La Roca, e uma vista linda do ‘Diente do Caballo’, uma rocha enorme.

Vale a pena => Vila Angostura e Cerro Bayo

Bar no Cerro Catedral em Bariloche
Bar Punta Princesa | Foto: QVM.

De lá, você tem como pegar o Telesilla Diente de Caballo (teleférico aberto) para 3 pessoas e ir até 1.927 metros, onde tem o Bar Punta Princesa.

Argentina e Chile => Neve na América do Sul

 

2) Telesilla Princesa 1

Do centro até o Cerro Catedral em Bariloche
Principal meio de locomoção na montanha | Foto: QVM.

Seu acesso fica do lado direito da Bilheteria A. Nele, só podem ir duas pessoas em um teleférico aberto. Não indico para quem vai a primeira vez à montanha ou tem algum medo de altura.

Percurso: da base do Cerro Catedral a 1.040 metros até uma área a até a Plaza Oertle, a 1.350 metros. Nessa parada, há dois espaços para você se abrigar do frio e comer: o Cabañas de Plaza e o Dinardia.

Da parada Princesa 1, dá para ir mais alto com a Telesilla Princesa 2 (onde tem o restaurante Conexion, a 1.654 metros) e Telesilla Princesa 3 (que faz “baldeação” com a última parada do Amancay, no Bar Punta Princesa, a quase 2 mil metros).

Circuito => Pequeno em Bariloche Excursão de Meio Dia

 

3) Telesilla Sextuple

Como se locomover no Cerro Catedral
Sextuple | Foto: Julián Lausi. Autorizada por Catedral Alta Patagonia.

Seu acesso fica bem por trás do Shopping Las Terrazas. Como o próprio nome já diz, esse teleférico cabe 6 pessoas e é aberto. Aqui fica a Bilheteria B, caso você ainda não tenha comprado seu passe para a montanha na “Boleteria” A.

Percurso: sai da base do Cerro Catedral até as partes mais altas da montanha, a 1.600 metros de altitude onde fica a Confitería Cabaña. De lá, dá para subir mais acima através da Telesilla Lynch para duas pessoas, que vai até a Confitería Refugio Lynch, a 1.929 metros de altura.

 Imperdível => San Martín de Los Andes e Rota dos Sete Lagos

 

4) Cable Carril

Melhor forma de subir o Cerro Catedral
Cable Carril | Foto: Murray Foubister, via Wikimedia Commons.

O acesso ao Cable Carril fica à direita dos Las Terrazas (mais ao norte da montanha). Ele leva 25 pessoas por vez, somente pedestres, sem equipamentos de ski. Ele é todo fechado, tipo a Telecabina Amancay, só que maior.

Percurso: ele sai próximo da Plaza Catalina Reynal e segue até a Confeitaria Punta Nevada e El Cabo, a 1.779 metros de altitude. De lá não é possível subir mais.

Monte Tronador e Geleira Negra saindo de Bariloche »

 

5) Telesilla Condor 1

Transporte em Cerro Catedral
Cerro Catedral | Foto: Julián Lausi. Autorizada por Catedral Alta Patagonia.

O acesso ao Condor 1 é bem próximo ao Cable Carril, perto da Plaza Catalina Reynal. Podem ir 2 pessoas. Ele também é aberto.

   

Percurso: esse teleférico vai da base norte do Cerro Catedral até 1.200 metros de altura, onde também há uma área para alimentação. Se quiser, de lá você sobre mais pela Telessilla Condor 2 e  depois pega a Condor 3, cuja altura final é 1.800 metros.

Bariloche => Isla Victoria e Bosque de Arrayanes

 

6) Telesilla Esquiadores

Teleférico em Bariloche
Foto: Austin Flynn, via Wikimedia Commons.

Apesar do nome, esse teleférico pode ser usado tanto por esquiadores como por pedestres. Seu acesso é vizinho ao Condor 1 e é o último mais ao norte do Cerro Catedral.

Percurso: da base até 1.200 metros de altura, uma área ideal para iniciantes no ski. Para quem prefere somente admirar a paisagem, pode fazer isso de dois bares: T-bar Corto y T-bar Largo.

Incrível => Tesouros Escondidos do Museu e da Catedral

 

Primeira vez no Cerro Catedral em Bariloche

Cerro Catedral em Bariloche
Acesso a Telecabina Amancay | Foto: QVM.

Se é a sua primeira vez no Cerro Catedral e seu objetivo não é esquiar, use o Cerro Carril ou a Telecabina Amancay para subir a montanha. Ambas são fechadas, dão uma sensação de maior segurança e protegem do frio (mas lembre-se que cada uma vai para um lugar diferente da montanha).

Para famílias com crianças pequenas também aconselho esses dois meios de elevação no Cerro Catedral. As outras 4 formas de ascender da base do Cerro Catedral são teleféricos abertos que variam entre 2 e 6 lugares.

Programe-se => Excursão para San Martín de Los Andes

Valor do passe para Cerro Catedral
Um das três bilheterias para comprar 0 passe para montanha | Foto: QVM.

Como falei anteriormente, eu subi e desci pela Telecabina Amancay. É a primeira opção, ao sul da montanha, do lado esquerdo da primeira bilheteria. Estávamos em 3 pessoas e foi ideal. Logo na metade da subida, começou a nevar. Lindo demais. As árvores todas branquinhas.

Neve em Bariloche
Quanto mais alto, mais neve | Foto: QVM.

Essa ascensão leva cerca de 15 minutos. Ao chegar na primeira parada da montanha, o visual era esse:

Vista da montanha de Bariloche
Alto do Cerro Catedral em Bariloche | Foto: QVM.

O restaurante La Roca serviu de abrigo e também almocei no estabelecimento. O serviço é bom, mas a comida nem tanto. Para você ter uma ideia dos preços, o prato do dia que era bife à milanesa por 750 pesos, garrafa vinho Malbec 310 e água 65 pesos.

Onde comer no Cerro Catedral
Almoço no Cerro Catedral | Foto: QVM.

Nesse ponto da montanha, as pessoas costumam brincar bastante e como a temporada não tinha começado oficialmente (era junho de 2018) não havia ainda atividades oficiais de neve.

Uma vez na Base Superior do Amancay, aproveitei e peguei o segundo meio de elevação para ir mais alto: a Telesilla Diente de Caballo, que vai até 1.927 metros de altitude.

Como se locomover no Cerro Catedral
Telesilla Diente de Caballo | Foto: QVM.

Estava nevando e nem preciso dizer que fazia muitooo frio. Na verdade, fiquei com um pouco de medo, pois fui sozinha no teleférico aberto para três pessoas e, sinceramente, não me senti segura. Logo, se você tem medo de altura, acho melhor procurar outra forma de se divertir na montanha.

Dicas do Cerro Catedral
Bar Punta Princesa | Foto: QVM

Chegando lá no topo da Diente de Caballo, há o bar Punta Princesa. O espaço é uma delícia: bem aconchegante, mas com um cardápio mais para petiscos do que de refeições, diferente do La Roca na parada anterior da Telecabina Amancay.

Vale a pena ir ao Cerro Catedral
Acima das nuvens: céu azul e sol | Foto: QVM.

Tive uma sorte enorme de encontrar lá em cima, um clima diferente. Bem acima das nuvens (quase 2 mil metros), o céu estava azul e o sol brilhante! Incrível o contraste, parecia um novo dia. Enquanto lá embaixo estava o maior nevoeiro, lá em cima estava tudo azul! Até esqueci o medo que foi subir sozinha!

Onde brincar com neve em Bariloche
Pessoas brincam com neve na Base Superior de Amancay | Foto: QVM.

Depois de aproveitar o visual, desci para a Base Superior de Amancay. Ao redor do La Roca, fica muita gente estava brincando na neve, fazendo bonecos etc.

Fotos no Cerro Catedral
Vista dos fundos do restaurante La Roca | Foto: QVM.

Aqui vai uma dica de ouro: vá até os fundos do La Roca e aproveite um mirador que rende lindas fotos, com a vista do Lago Gutierrez.

Passeio de 1 dias no Cerro Catedral em Bariloche
Cerro Catedral.

Bem, essa foi minha experiência na primeira vez no Cerro Catedral indo de ônibus desde o centro de Bariloche até a subida da montanha por meio da Telecabina Amancay. E, em seguida, indo a um dos pontos mais altos para não-esquiadores através da Telesilla Diente de Caballo. Se preferir mais conforto, opte também por um transfer até o Cerro Catedral em Bariloche.

Espero muito logo voltar para aproveitar outras áreas da montanha, pois ficou uma sensação que o Cerro Catedral tem muitas outras opções e um dia é muito pouco para aproveitar. Quando estiver montando o seu roteiro, lembre-se disso: reserve mais dias para esse ponto turístico de Bariloche.

Para animar ainda mais, confira esse vídeo feito pelo site oficial de turismo de Bariloche:

E você, já esteve no Cerro Catedral? Como chegou até a base e subiu a montanha? 

 

ESCRITO POR

Polly Batista

ESCRITO POR

Polly Batista

Penso que todas as coisas são parte de mim. Procuro pelo mundo pedaços da minha alma escondidos em cada novo destino, cada pessoa, cada cultura, cada monumento. Os lugares me revelam o quanto sou pequena, ignorante e humana e, ao mesmo tempo, o quanto somos ricos, parecidos e divinos. Me sinto grata em redescobrir isso em cada viagem.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Hotéis na Neve

Hospede-se em hotéis exclusivos para curtir destinos de neve

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Hotéis na Neve

Hospede-se em hotéis exclusivos para curtir destinos de neve

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Renata C

    Olá! Pode parecer uma dúvida nada a ver, mas meu coração doeu qdo li esse artigo no blog, enquanto pesquisava sobre Bariloche... você disse que o motorista do ônibus atropelou o cachorrinho... ele sobreviveu? Deu tempo para alguém socorrer? Ou morreu msm? Agora fiquei nessa angústia...

  2. Polly Batista

    Oi, Renata. Ele nem cogitou parar. Alguns passageiros disseram que o cachorro saiu andando, mas eu não vi.

  3. Luan Mello

    Olá, muito informativo esse post! Porém ainda tenho uma dúvida: o bilhete que compro, já é o que uso pra subir o teleférico? Quero subir no Telesilla Esquiadores. É necessário comprar um ticket na Bilheteria A para acessar a montanha e mais um ticket para subir no Telesilla Esquiadores?

  4. Polly Batista

    Oi, Luan. Tudo bem?! O ingresso é um só. Você compra na Bilheteria A, mas procura a Telesilla Esquiadores para subir. Vou fazer uma analogia: a Bilheteria é como a portaria de um prédio. Porém, o elevador para usar quem escolhe é você. Você paga na "portaria" (que é no caso é uma bilheteria), mas a forma de ascensão é você quem escolhe. Mas o ticket só dá acesso a uma subida. Caso você suba e desça, para subir novamente terá que pagar. Cada elevador te levará para uma parte diferente da montanha, não tem como de uma área ir para outra, exceto se você descer e comprar outro ticket e escolher outro elevador para subir. Deu para entender? Boa sorte!

  5. Patricia Gailland

    Oi Polly, ótimo post!! Veja se consegue me responder uma dúvida? Eu entendi que tem algumas hospedagens perto da base da montanha, e estou pensando em alugar lá, sem fechar pacote com agência. Você sabe se por ali eu vou ter tbm estrutura de restaurantes e supermercado? Porque os ônibus param cedo, e talvez complique pra voltar do centro. Obrigada.

  6. Polly Batista

    Oi, Patricia. Tudo bem? Restaurantes, sim. Supermercado não vi. Embora, me falaram que há uma pequena mercearia. Sugiro que você faça uma compra maior na cidade para recorrer somente a pequenas compras na base, para isso volte de táxi, pq o ônibus é sempre lotado, inviável utilizá-lo com bolsas (ah, na Argentina não usa sacolas plásticas, vc deve comprar uma reutilizável no próprio mercado). Boa viagem!

  7. Patricia Rosa

    Oi Polly, Gostaria de tirar uma duvida quanto as roupas, você ja alugou direto na cidade e já foi vestida com as roupas de neve impermeável ou alugou na chegada ao cerro?

  8. Polly Batista

    Oi, Patrícia. Tudo bem? Eu não precisei alugar. Mas tem inúmeras opções para aluguel tanto no Centro como no Cerro. Eu sugiro no Centro, pois os preços tendem a ser mais em conta. É bom consultar a previsão do tempo para ver se realmente tem muita neve para precisar de roupa. Para indicações de lojas, pega na recepção o seu hotel, às vezes, tem parceria e desconto! Boa sorte!

  9. Mariana

    Oi, Polly, td bem? Obrigada pelas dicas, Estive em Bariloche no final de agosto. Fui ao Cerro Catedral de ônibus tb. O intervalo entre um ônibus e outro mudou: agora ele está passando de hora em hora. Pelo site dá para conferir os horários. Foi super pontual tanto na ida quanto na volta. Os valores tb mudaram. Comprei um SUBE por 190 pesos e paguei mais 190 pesos para ir e voltar. Fui até o escritório do SUBE no Centro cívico e pediram para eu comprar e carregar em um kiosco da Mitre. Vai lotado, mas foi super de boa. A volta é mais tranquila. Ah, na ida não parou na Calle Moreno, como estava muito cheio o ônibus foi direto. Sugiro pegar em uma parada anterior.

  10. Thais

    Olá tudo bem? Adorei o post... fiquei só com uma dúvida: o teleférico Amancay sobe mais ao topo da montanha do que o cable carril? O ingresso que pago na base para subir no amancay já está incluso o segundo teleférico que pegamos para subir até o topo? o Diente de Caballo?

  11. Polly Batista

    Oi, Thaís. Tudo bem?! Sim, a partir do Amancay você consegue ir mais alto que o Cable Carril. O ingresso é um só. Você paga para chegar, vamos dizer assim, no nível 1. Uma vez estando no nível um, você sobre para o Diente de Caballo sem pagar. O pagamento é só na base. Depois que você sobe para o primeiro nível de qualquer uma das 6 subidas, você tem passe livre para continuar subindo, sem pagar. Boa sorte!!!

  12. RaniF

    Adorei seu post, foi muito completo. Pretendo comprar o mesmo passe que você comprou para subir a montanha (Telecabina Amancay). Gostaria de saber se no valor do passe está incluindo apenas a subida, pois existem atrações que eu gostaria de fazer, como o ski bunda, caminhadas com raquetes, circuito de quadriciclo e motos de neve do “La Cueva”. Se não, como faço para contratar essas atrações? Você saberia o valor dessas atividades?

  13. Polly Batista

    Oi, Rani. Tudo bem? Muito obg. Que bom que você gostou. O valor que se paga é só para subir a montanha, não tem nada incluso. Quando eu fui foi em meados de junho e não havia começado a temporada de inverno com essas atividades. Mas, com certeza, são pagas à parte. Na base da montanha, antes de você subir, tem várias lojas e escolas de esqui que alugam equipamentos, dão aulas e tem as próprias atividades oferecidas pelo Cerro Catedral. Os valores sobem à cada temporada. No site do Cerro Catedral tem os valores das atividades. Dá uma olhada e aproveita bastante!!!

  14. Jailton Ferreira

    Olá, bom dia? Gostei muito desse post e com certeza seria minha referência para minha primeira vez, mas também fiquei com algumas dúvidas. Eu que amo esporte como surf, skate entre outros que pratico, certamente iria querer praticar snowboard e fiquei com uma curiosidade em relação aos equipamentos e vertes para frio. Também no post você especifica sua opção por não a prática do espote como o esqui e/ou snowboard, se foi o que entendi. E você saberia me dizer se tem lojas que aluga esses equipamentos durante o percurso ou eu tenho que adquirir antes de começar subir a montanha? Muito grato.

  15. Polly Batista

    Oi, Jailton! Tudo bem?! Muito obrigada! Vamos lá... na base do Cerro Catedral, antes de subir, tem muitas lojas para alugar e vender acessórios. Na cidade, também tem. Porém, se você for de ônibus é melhor deixar para alugar no Cerro mesmo, pq o bus é lotado e para você entrar com equipamentos vai ser difícil. Minha amiga comprou um meia na base do Cerro, mas os preços não são nada convidativos... acredito que na cidade seja mais barato. Enfim... ou você economizar no aluguel e leva da cidade ou você economiza no ônibus e aluga aos pés da montanha. Mas não se preocupe que tem muita infraestrutura na base do Cerro Catedral, inclusive com hotéis, apartamentos, restaurantes etc... Boa viagem!!!!

  16. Luciana

    Olá, excelente post, me tirou bastante dúvidas. Estou indo em junho, nos dias 09 até o dia 12. Será se nesse dias já encontro neve no cerro catedral?

  17. Polly Batista

    Oi, Luciana! Tudo bem?! Que bom que você gostou! Eu fui nessa mesma época no ano passado e tinha neve, sim! Inclusive, nevou um pouco até embaixo, na cidade. Mas você sabe como é imprevisível, na semana anterior que eu fui, nevou muito mais e era comecinho de junho... A temporada costuma começar em julho ou na metade de junho. Ah, como eu amo neve eu fiquei acompanhando as câmeras ao vivo de Bariloche. Hihihihihi. Faz isso também, assim você já tem uma ideia do que irá encontrar. Boa viagem e aproveita bastante!