4 cidades próximas a Campos do Jordão: dicas dos arredores

por Elisabeth Almeida

4 cidades próximas a Campos do Jordão: dicas dos arredores

Não é só a “Suíça brasileira” que encanta o coração dos turistas no inverno, outras cidades próximas a Campos do Jordão certamente chamam a atenção pelo charme, baixas temperaturas, gastronomia e preços mais convidativos.

Por estar localizada no Vale do Paraíba, em meio aos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo, há pelo menos quatro municípios que também se destacam pelas características europeias e que podem facilmente ser visitados por quem pretende ficar mais de dois ou três dias em Campos do Jordão.

Dessa forma, é possível fazer roteiros de bate-volta e conhecer melhor as cidades serranas do Vale – paulistas e mineiras. Elas investem muito no ecoturismo, na gastronomia e nos pequenos centros comerciais com produtos feitos artesanalmente.

Ao contrário de Campos, muito procurada por turistas entre abril e agosto, as cidades localizadas nos arredores, como Santo Antônio do Pinhal, têm público certo o ano todo. Elas possuem eventos como festivais da truta, do pinhão, do tropeiro e festas religiosas na agenda cultural.

Com um pequeno mapa de Campos do Jordão e das cidades vizinhas já é possível ver toda a programação anual e saber o que fazer em Campos do Jordão e arredores. Assim, você pode planejar e turbinar ainda mais sua viagem pelo interior de São Paulo e parte de Minas Gerais.

Planeje sua viagem => Onde se hospedar em Campos do Jordão

Reserve os melhores passeios em Campos do Jordão »

Cidades próximas de Campos do Jordão

  1. São Francisco Xavier
  2. Santo Antônio do Pinhal
  3. São Bento do Sapucaí
  4. Monte Verde

CLIQUE AQUI para agendar passeios em Campos do Jordão »

Dicas cidades próximas a Campos do Jordão

São Francisco Xavier

mapa de campos do jordão e cidades vizinhas
São Francisco Xavier | Foto: Carlos Maciel, via Wikimedia Commons.

Vamos dar início ao roteiro seguindo a parte paulista das cidades próximas a Campos do Jordão.

Nessa região está São Francisco Xavier, que se destaca principalmente pelas cachoeiras e mirantes. A cidade está localizada a apenas 150 km de São Paulo e faz parte do Distrito de São José Campos.

É o principal centro econômico, industrial e tecnológico do Vale do Paraíba. Trata-se de uma cidade pequena, geologicamente favorecida pela formação de escarpas de floresta, por onde os turistas mais corajosos e amantes de esportes radicais em montanhas se aventuram por entre as trilhas e quedas d’água.

Sugiro que seja incluído no seu roteiro antes do almoço. Dessa forma, você poderá aproveitar ao máximo as atrações ecológicas e opções gastronômicas, na rua 15 de Novembro.

O Soberana Comida Caipira é o tipo de restaurante simples e que está sempre cheio por conta dos pratos como a feijoada e as porções de aperitivos – torresmo e pururuca – feitos em fogão à lenha.

Ainda na mesma calçada está o Restaurante e Mercearia João de Barro. Ele oferece cervejas artesanais, comida caseira e conta até com opções de lanches e de hambúrguer.

Já o Yoshi Culinária Asiática serve, também na rua principal da cidade, os principais pratos da Ásia como gastronomia japonesa, chinesa, coreana e outras.

O que fazer em São Francisco Xavier

cidades baratas perto de campos do jordao
Cachoeira Pedro Davi | Foto: Rafael Borges Mundim, via Wikimedia Commons.

Em um roteiro simples por São Francisco Xavier, a poucos minutos do Centro, sentido a Joanópolis, você vai encontrar a Cachoeira Pedro Davi.

Essa é, com toda a certeza, uma das mais famosas e requisitadas cascatas da região. A entrada é gratuita e local tem estrutura para piqueniques e conta ainda com banheiros e fraldários.

Outro passeio para se fazer perto de Campos do Jordão é a Cachoeira do Roncador.

Para chegar, basta sair de São Francisco Xavier com sentido a São José dos Campos e seguir as placas indicativas para o bairro Roncador, te levando para uma curta estrada de terra, a Estrada Rio do Peixe.

Por se tratar de uma área residencial, o acesso é restrito e pago. Incluindo toda a infra-estrutura para receber os turistas é cobrado o valor médio de 15 reais por pessoa.

Se você preferir usar o transporte público, é necessário ir até a rodoviária de Campos do Jordão.

Na rodoviária pegue um ônibus da Pássaro Marron com destino a São José Dos Campos, que custa em torno de 22 reais por pessoa.

Na cidade, pegue a linha 130B, que opera das 5h30 às 13h30 em dias úteis; e aos sábados e domingos das 7h30 às 15h30. A passagem custa mais ou menos 7 reais.

campos do jordão fica perto da onde
Mirante Pouso do Rochedo é uma das trilhas mais famosas.

Entre as trilhas mais famosas das cidades mais próximas a Campos do Jordão está o Mirante Pouso do Rochedo, uma Área de Preservação Ambiental (APA).

Os atrativos vão além da vista panorâmica, visto que o espaço é refúgio de animais como esquilos, cobras, jaguatiricas, lagartos e macacos muriqui, exclusivos da Mata Atlântica.

Outra opção para trilhas é o Mirante Pedra da Divisa, localizada entre os Estados de São Paulo e Minas Gerais.

Tendo como ponto de partida o Centro, a trilha do Mirante Pedra da Onça tem início pela estrada do bairro Ferreiras. Ela pode ser feita por pessoas de todas as idades, não exigindo, portanto, preparo físico.

Outra opção que tem início na principal rua de São Francisco Xavier é o Mirante da Pedra do Porquinho.

Para chegar lá basta sair da cidade e seguir sentido a São José dos Campos. Em menos de 4 km de estrada, pegue a saída pela esquerda com destino ao bairro Rio Manso.

São Francisco Xavier dispõe também de agências especializadas com guias para os percursos a pé. Há ainda roteiros a cavalo ou com carros 4×4.

Além disso, essas mesmas empresas, no centro da cidade, organizam grupos para salto de vôo livre, rapel e escaladas.

Santo Antônio do Pinhal

Outra opção de roteiro ao lado da “Suíça brasileira” é Santo Antônio do Pinhal.

A arquitetura, a gastronomia e as lojas especializadas em bebidas artesanais, que mais parecem castelos medievais, ganham cada vez mais importância na programação dos turistas. Dá só uma olhada no vídeo acima feito pelo Ministério do Turismo sobre Santo Antonio do Pinhal.

Santo Antônio do Pinhal tem custo de vida bem mais barato do que Campos do Jordão e investe principalmente na festa do pinhão. Nessa época, os restaurantes realizam uma disputa para saber qual é o melhor e mais exótico prato com a semente.

Na alta temporada, o inverno, centenas de pessoas de todo o país vão até a cidade em busca de temperaturas abaixo de zero, com menos aglomerações, filas quilométricas e valores mais acessíveis tanto em hospedagem quanto em restaurantes e lojas de souvenir.

O que fazer em Santo Antônio do Pinhal

A produção de orquídea gera grande destaque não só pelas ruas do Centro Turístico, mas em jardins e até cafeterias.

Isso mesmo, em Santo Antônio do Pinhal tem um lugar ainda pouco conhecido (infelizmente) pelos turistas: o Café com Orquídea.

 
Procurando uma agência de turismo confiável para viajar no Brasil?

A melhor alternativa é utlizar os serviços de empresas conhecidas para evitar dores de cabeça ao organizar sua viagem.

Por isso, faça um orçamento sem compromisso com a Koa Viagens, que oferece atendimento diferenciado e personalizado para seu perfil de viajante. Algumas vantagens de viajar com a Koa Viagens:

  • Pagamento em até 12x sem juros;
  • Grupos exclusivos à partir de 2 pessoas;
  • Atendimento 100% online;
  • Suporte total antes e durante a viagem.
 
   

Localizado no circuito das flores, no bairro Renópolis, não se sabe ao certo se é um orquidário que expandiu para a venda e elaboração de cafés especiais, bolos e salgados ou se foi ao contrário. Brincadeira! A família Yamada trabalha no cultivo das flores há mais de 30 anos.

As estufas, que podem ser visitadas, possuem mais de 25 espécies diferentes de orquídeas, como cattleyas, masdevallia, drácula e miltonias. Os curiosos podem conhecer o Café com Orquídea de sexta-feira a domingo, das 9h30 às 18h30.

Aliás, mais uma dica: quando você for, peça um chai-latte e uma fatia de bolo de laranja da casa, eu recomendo!

Cidades turísticas de São Paulo
Experimente o mel e as compotas da região.

Saindo um pouco da rota gastronômica e voltando para o Centro, o carro-chefe das lojinhas são certamente as compotas de doces, a venda de mel e derivados. É possível, por exemplo, comprar um docinho e saboreá-lo na Praça do Artesão.

O espaço chama a atenção de quem passa pelo enorme jardim, inaugurado em 2008 para a festa do centenário da imigração japonesa.

As pontes, flores e esculturas típicas da cultura oriental se misturam em meio às barraquinhas de artesanato regional nos fins de semana.

Já a agenda cultural tem diversas datas especiais que lotam Santo Antônio do Pinhal como o carnaval, a Festa do Pinhão, a Festa Junina, a Feira de artesanato, o Festival da Orquídea, a Temporada de jazz e o Festival da Viola.

Na hora da fome, além dos restaurantes na avenida principal, grande parte dos hotéis abre as portas também para os turistas com cardápios diversos e rodízios de pizza no jantar.

Na entrada da cidade, dentro do Ecco Parque, o Jardim dos Pinhais é sempre cheio de turistas.

Já o D’Arabia fica no centrinho e conta com comida mineira e saladas elaboradas a partir dos frutos da horta cultivada no próprio local de maneira orgânica, que pode ser vista pelos clientes através de uma sacada.

Outra sugestão é o Nonna Pia Trattoria. O espaço fica ao lado da Praça e serve pizzas, bruschetta, risotos, tortelli e massas em geral. Vale a pena a visita.

Passeios junto à natureza

Arredores de Campos, Pico do Agudo
Pico Agudo | Foto: Sidnei Carvalho Martins, via Wikimedia Commons.

Como já falei um pouco da gastronomia e da agenda anual, vou falar agora sobre um dos pontos turísticos mais procurados, o Pico Agudo.

Ele está a mais de 1.700 metros de altitude e certamente é perfeito para a prática do voo livre. O valor aproximado é de 300 reais por pessoa para um voo duplo, com um monitor.

Os passeios podem ser adquiridos e agendados no quiosque ao lado do estacionamento, no topo do Pico. Quem chega neste ponto do Pico Agudo, tem uma visão 360° de todo o Vale do Paraíba. Mas, atenção, não há banheiros no local.

Seguindo os roteiros de ecoturismo pelas cidades próximas de Campos do Jordão, a trilha para o Mirante do Cruzeiro é famosa por ter percurso rápido e fácil, podendo ser realizado por toda a família.

Já a Trilha do Tropeiro entra no roteiro do turismo religioso da região, rota de peregrinos de todo o Brasil com destino a cidade de Aparecida, onde está a Basílica de Nossa Senhora Aparecida. Apesar deste percurso ter apenas 3 km é um trajeto difícil e exige preparo físico.

São Bento do Sapucaí

São Bento do Sapucaí, Campos do Jordão
São Bento do Sapucaí | Foto: Tania Parejo, via Wikimedia Commons.

Continuando nosso roteiro, chegamos a última da “santíssima Trindade das cidades serranas no interior paulista”. São Bento do Sapucaí fica a menos de 200 km de São Paulo e a apenas 45 km da “Suíça brasileira”.

Sem dúvida, é parada obrigatória no roteiro de bate-volta pelas cidades próximas de Campos do Jordão. Entre as opções de turismo dentro do município, uma Capela que foi construída por um artesão local, chama a atenção.

A obra é repleta de mosaicos e dá força ao artesanato, uma das principais fontes de renda da região. Neste seguimento, Ditinho Joana lidera com reconhecimento mundial por suas peças e esculturas feitas em base de madeira.

O que fazer em São Bento do Sapucaí

Se no meio da sua programação por São Bento do Sapucaí bater aquela fome, saiba que a cidade é dotada de vários cafés, restaurantes e cantinas italianas. Uma boa opção no centrinho turístico é o Sabor da Serra, que serve comida mineira no período diurno.

À noite investe no rodízio de sopas e fondues de queijo. Tudo com preços acessíveis para aquecer os turistas nas baixas temperaturas em Campos do Jordão.

Já o Pizzaria Pedra D’Água é referência no quesito pizza. Mas, se você preferir uma refeição mais rápida no centro, procure o Doce Café.

Essa charmosa confeitaria serve tortas doces e salgadas, lanches e sanduíches naturais, cafés especiais e pastéis de diversos sabores.

Trilhas

Dicas campos do Jordão
Pedra do Baú | Foto: Governo do Estado de São Paulo, via Wikimedia Commons.

Depois do almoço uma boa pedida são as atividades de ecoturismo da trilha para a Pedra do Baú, destaque da paisagem do Museu Felícia Leirner, em Campos. O Monumento Natural Estadual da Pedra do Baú tem quase 2 mil metros de altitude.

A partir dele, é possível estacionar seu carro por mais ou menos R$12, ter acesso a outras opções de trilhas, escaladas, rapel e trajetos para bikes.

As placas de sinalização estão espalhadas por todo o complexo, facilitando, dessa forma, a vida dos visitantes.

   

Entre os percursos destacam-se a trilha do Bauzinho, Ana Chata, Pedra do Baú e Cachoeiras dos Amores e do Toldi, grandes pontos turísticos da cidade que podem ser explorados.

Já se você não é muito chegado em aventuras e longas caminhadas pela montanha, reserve um tempo para conhecer o Cinema Paraíso.

Ele foi criado nos fundos da casa do cinegrafista e cinéfilo Manuel Coutinho. É possível assistir filmes antigos, cartazes, fotos e verdadeiras relíquias como, por exemplo, máquinas fotográficas e projetores 35 milímetros. Ademais, a entrada é gratuita.

Monte Verde

Arredores de Campos do Jordão
Monte Verde | Foto: Rafael Vianna Croffi, via Wikimedia Commons.

Outra opção de passeio bate-volta é Monte Verde, uma pequena vila no Sul de Minas Gerais, que fica a cerca de 140 km de Campos do Jordão, via MG-295.

O vilarejo pertence à cidade de Camanducaia e mantém o ar interiorano graças às ruas de terra, charretes, praças e jardins com araucárias.

Esta árvore é típica da Serra, muito popular em cidades de clima ameno. Esta vila próxima a Campos do Jordão também investe e muito no ecoturismo. Tem grande parte de sua extensão territorial protegida como Área de Preservação Ambiental Fernão Dias.

As trilhas mais conhecidas são a da Pedra Redonda, com mais de 1.990 metros de altitude; a da Pedra Partida, com 2.050 metros de altitude e o Pico Selado, com exatos 2.080 metros de altitude.

Todas elas têm percurso extenso e requerem condicionamento físico, não sendo recomendadas para toda a família.

O que fazer em Monte Verde

o que comer em campos do jordao
Fondue é uma das comidas preferidas no inverno.

Na hora do almoço, a avenida principal se enche de gente para disputar as mesas dos restaurantes da cidade, assim como ocorre com os restaurantes em Campos do Jordão.

Como opção de fondue, o Mont Verde – a casa do fondue, com toda a certeza, é a escolha certa para aproveitar o clima serrano.

Outro prato típico, assim como em Campos do Jordão, é a truta com pinhão. Sim, a semente bate cartão nos meses de inverno.

Aliás, ela é responsável por grande parte do turismo local, com festas e festivais gastronômicos voltados exclusivamente para o pinhão.

Por fim, depois de provar o melhor da culinária mineira, caminhe pelas pequenas ruas do centro e garanta sua lembrancinha desde passeio.

Por se tratar de uma vila pequena o comércio é bem restrito, mas também muito charmoso. As lojas e casas têm estilo rústico.

Conforto => Transfer do Aeroporto de Guarulhos direto para Campos do Jordão

Cidades perto de Campos do Jordão

Como mostrado acima, existem muitas cidades próximas que você pode incluir no seu roteiro de 3 dias em Campos do Jordão.

Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São Francisco Xavier e Monte Verde ficam a menos de uma hora de viagem de Campos do Jordão. Permitem, assim, passeios de bate-volta.

Localizadas em meio à Serra da Mantiqueira, o ecoturismo certamente é um dos pontos fortes da região do Vale do Paraíba  Todas as cidades investem em trilhas, cavalgadas, esportes radicais, montanhismo, escaladas e atividades voltadas para o público infantil.

Por reunir tanto verde, montanhas, picos, mirantes, jardins, orquídeas, festas, restaurantes, lojas de artesanato, malhas e chocolates, as cidades próximas de Campos do Jordão sem dúvida merecem serem incluídas no seu roteiro pela “Suíça brasileira”.

Gostou da lista? Então depois me conta qual é seu passeio favorito. Tem algum ponto turístico que poderia ser incluído neste artigo? Deixe seu comentário!

Até + !!!

ESCRITO POR

Elisabeth Almeida

ESCRITO POR

Elisabeth Almeida

Jornalista, apaixonada por filmes clássicos e pipoca. Uma garota que nasceu no interior de São Paulo e em 2015 deu seus primeiros passos em direção ao Mundo, morando no País Basco, Espanha. Não contente em 2016 fui para Portugal, onde concluí meu curso de Mestrado em Cultura e Comunicação pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Logo no primeiro dia de aula a professora disse a frase que definiria meu estilo de vida: "VIAJAR é um formador de identidade, hoje é mais importante dizer 'para onde se foi' do que 'o que se tem', é ser cidadão do mundo".

Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Atrações

Explore os lugares turísticos mais famosos entre os turistas

#03
Icone
Lua de Mel

Todas as dicas para você planejar a lua de mel dos sonhos

#04
Icone
Vida Noturna

Veja tudo sobre o que fazer à noite no destino

#05
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#06
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#07
Icone
Como Chegar

Descubra o melhor trajeto e meios de transporte

#08
Icone
Onde Comer

Dicas de bons restaurantes para saborear a culinária local

#09
Icone
Com Crianças

Descubra tudo sobre o que fazer com crianças

#10
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Atrações

Explore os lugares turísticos mais famosos entre os turistas

#03
Icone
Lua de Mel

Todas as dicas para você planejar a lua de mel dos sonhos

#04
Icone
Vida Noturna

Veja tudo sobre o que fazer à noite no destino

#05
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#06
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#07
Icone
Como Chegar

Descubra o melhor trajeto e meios de transporte

#08
Icone
Onde Comer

Dicas de bons restaurantes para saborear a culinária local

#09
Icone
Com Crianças

Descubra tudo sobre o que fazer com crianças

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Maria

    Jamais que Monte Verde fica a 40min de Campos do Jordão. Dá mais de 2h, a não ser que você tenha ido de helicóptero... Se informe antes de postar.

  2. Polly Batista

    Oi, Maria. Tudo bem? Já corrigimos a informação. Muito obrigada pela contribuição.