Tiahuanaco: ruínas de uma civilização antiga perto de La Paz

Tiahuanaco: ruínas de uma civilização antiga perto de La Paz

Próximo a La Paz, cerca de 70 quilômetros ou 1h30 de distância, há um ponto turístico imperdível para conhecer na Bolívia, o sítio arqueológico chamado Tiahuanaco, localizado na cidade de mesmo nome as margens do Lago Titicaca – não à toa um dos atrativos turísticos mais procurados no país.

Também conhecido como Tiwanaco, Tiwanaku, Tiahuanacu e Tihunaco, na cidade há um complexo de ruínas de uma civilização pré-colombiana, que, na verdade existia e dominava a região andina antes mesmo dos Incas, e sumiram do mapa no ano de 1.200 (na mesma época que os Maias no México).

Nesse complexo há monólitos, paredes de um grande templo que existia nesse local (cujo encaixe das pedras impressionam), totens, e bastante construções curiosas. Neste artigo você saberá tudo sobre Tiahuanaco, um dos patrimônios mundiais da Unesco. Vem comigo!

Leia também => Onde ficar em La Paz

Vantagens de contratar um seguro viagem »

 

Tudo sobre Tiahuanaco, sítio arqueológico na Bolívia

Tudo sobre Tiahuanaco
Templo semi-subterrâneo e ao fundo o Templo Kalasasaya | Foto: rodoluca, via Wikimedia Commons.

O sítio arqueológico de Tiahuanaco é um dos principais pontos turísticos da Bolívia, sendo visitando por viajantes de todo o mundo. Está localizado na cidade de Tiahuanaco, conhecida como capital arqueológica do país, e fica no departamento de La Paz, onde também está a capital administrativa, a cidade de La Paz.

É considerado um dos sítios arqueológicos mais importantes do país, já que muitos arqueólogos acreditam que a região é uma das áreas mais importantes no que diz respeito a formação do povo Inca, além de ser cercado de mistérios e lendas. Não à toa está na lista da Unesco de Patrimônios Mundiais.

Para você conhecer mais sobre o sítio arqueológico de Tiahuanaco, neste artigo falarei sobre os seguintes temas:

  • História de Tiahuanaco
  • Como chegar a Tiahuanaco
  • O que ver no sítio arqueológico
  • Dicas para aproveitar Tiahuanaco
  • Curiosidades do sítio arqueológico e do povo Tiahuanaco

Antes de conhecer as opções para escolher onde ficar em La Paz veja este vídeo sobre as cidades que fazem parte do Departamento La Paz, onde fica a capital administrativa da Bolívia, região conhecida como Departamento Maravilla. O vídeo foi produzido pelo site oficial do Gobierno Autónomo Departamental de La Paz.

CLIQUE AQUI para agendar os melhores passeios em Tiahuanaco »

 

História de Tiahuanaco

História de Tiahuanaco
Desenho de Tiahuanaco – fora de escala – feito por Ephraim Squier em 1877 | Foto: Domínio Público, via Wikimedia Commons.

Localizada entre o Lago Titicaca e o planalto, a mais de 3850 metros de altitude, a região de Tiahuanaco sempre foi uma terra muito fértil, sendo uma vila agrícola por volta de 1500 a.C., que ao longo dos anos foi crescendo em tamanho e poder. De 300 a.C. até por volta de 300 d.C a região também era conhecida como Centro Cosmológico e recebia peregrinos de todo canto.

Essa fama tem ligação com o nome da cidade, uma vez que Tiahuanaco está relacionado ao termo aimará “taypiqala” que significa pedra do meio, uma vez que onde hoje é o sítio arqueológico era considerado o meio do mundo. Tudo isso fez com a cidade não parasse de crescer, sendo construída uma cidade planejada protegida por muralhas, onde vivia a elite local.

Muitos arqueólogos acreditam que os tiahuanacotas foram uma das sociedades que deu origem ao povo Inca, mas há quem acredita apenas que a terra onde habitava o povo de Tiahuanaco foi ocupada pelos incas quando, em 1445 o imperador inca Pachacuti conquistou a região do Titicaca.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na Bolívia. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Antes disso, Tiahuanaco já vinha em decadência. A queda da cidade teve início por volta do ano 950 com a grande seca que deixou, inclusive, o Lago Titicaca sem suas famosas águas, acabando com a fertilidade da terra e o sustento de sua população. Infelizmente ao longo dos anos, o local sofreu muitos saques e vandalismo, apagando parte de sua história.

De La Paz => Tour guiado para Tiahuanaco

 

Como chegar em Tiahuanaco

Existem três opções para conseguir chegar em Tiahuanaco. A mais cara, porém, é a mais fácil para quem não fala espanhol, que  é contratar esse passeio com uma das agências de turismo em La Paz. A maioria das agências fica na Rua Sagarnaga.

Não é preciso agendar com antecedência, geralmente agendando o passeio com um dia de antecedência já é suficiente. Como se gasta só meio período conhecendo Tiahuanaco, há opções de passeios combinados com outro meio período no mesmo dia, como a subida ao Monte Chacaltaya ou Vale da Lua.

A outra opção é tomar um táxi de seu hotel até o Terminal de Ônibus do Cemitério (chamado Terminal de buses del cementerio), localizado a pouco mais de 1 quilômetro do Mercado das Bruxas. No local há vans que saem diariamente entre 6 e 18 horas com destino a Tiahuanaco.

Tiahuanaco onde fica
Cidade de Tiahuanaco, onde fica o sítio arqueológico.

Há uma terceira opção, mas que considero um pouco mais arriscada que é pedir para o taxista te deixar na cidade de El Alto, que é uma cidade anexa de La Paz e caminho para Tiahuanaco, pedindo para te deixar onde se pegam as vans (que chamam de mini-bus) que partem para o sítio arqueológico.

   

Cuidado com essa última opção, pois a cidade de El Alto parece perigosa, pois é uma “favelona”. Essa última alternativa é para quem quer ganhar tempo, pois quanto mais cedo você chegar, melhor. Mas, lembrem-se que, assim como na sua cidade ou região, devemos pensar na nossa segurança ao se locomover. Isso vale para viagens também.

Se forem fazer essa opção, saiam do táxi e entrem direto na van, sem ficar passeando ou parado sem fazer nada em um lugar desconhecido. Não marquem bobeira em El Alto (foi o único lugar que me senti um pouco inseguro na Bolívia).

Privado => Tour de um dia para as ruínas de Tiahuanaco

 

O que ver no sítio arqueológico

O que ver no sítio arqueológico Tiwanaco
Porta del Sol, um dos símbolos da Bolívia. No centro, há o desenho do Deus Sol (chamado Inti).

No sítio arqueológico há diversas ruínas que formavam a cidade de Tiahuanaco, na sua maioria feitas com pedras vulcânicas. Um dos destaques é a Porta do Sol que possui no seu centro a estátua do Deu Sol. Outros atrativos são o Templo de Kalasasaya, um observatório astronômico, o Templo semi-subterrâneo, que fica a mais de 2 mil metros de profundidade e a Pirâmide Akapana com 18 metros de altura e Pirâmide de Pumapumku.

A Pirâmide de Akapana é o monumento mais impressionante do local, cercada de canais para transporte e armazenamento de água.  Originalmente continha sete plataformas sobrepostas com muros de contenção de pedra que chegam aos 18 metros de altura. Era todo revestido de arenito.

Foras as ruínas propriamente ditas, há um museu e um lugar onde há outros totens que ficam abrigados. Também vale a pena visitá-los. Do lado de fora do complexo arqueológico, há uma mini feira de artesanato andino (com peças bem interessantes) e algumas vendinhas se precisar comprar água ou comida.

Caminhando 15 minutos fora da área arqueológica, há o povoado (uma mini cidade). O “centro da cidade” tem alguns alojamentos e restaurantes, umas três mercearias, uma praça e uma igreja. O templo foi construído pelos espanhóis com materiais provenientes da destruição das obras dessas ruínas.

Aliás, os espanhóis fizeram uma grande me*** maldade com essas ruínas e monólitos, como quebrar os narizes das estátuas porque elas eram pontiagudas e isso parecia diabólico para os cristãos quando chegaram lá, mas isso é outra história. Os guias te contam.

Opção => Excursão para Tiahuanaco e lago Titicaca

 

Passeios para Tiahuanaco

1. De La Paz: Tour guiado de Tiwanaku: esse passeio explora o sítio arqueológico de Tiwanaku e dá informações sobre uma das civilizações mais antigas da América do Sul. A visita inclui monumentos como o templo Puma Punku, Portão da Lua, uma pirâmide em forma de cruz de Akapana e o Templo Semi-Subterrâneo. Uma minivan com ar condicionado sai de La Paz até a cidade de Tiwanaku, às margens do Lago Titicaca.

  • Cancele com até 24 horas de antecedência e obtenha reembolso integral
  • Voucher eletrônico ou impresso
  • Duração 8 horas
  • Horário de início 07:00
  • Evite a fila da bilheteria
  • Em Espanhol, Inglês
  • Serviço de busca em hotéis no centro da cidade de La Paz

2. Passeio privado de ruínas de Tiwanaku de La Paz: esse tour passa pelo museu de cerâmica, Museu Litic, Pirâmide de Akapana, Kantatalite, templo semi-subterrâneo, Templo de Kalasasaya (Puerta de Sol), Templo de Putuni, Moon Gate e Pirâmide de Pumapunku. Um guia especializado irá explicar toda a história desta cultura em sua visita guiada ao sítio arqueológico. O que levar:

  • Passaporte ou carteira de identidade
  • Calçados confortáveis
  • Óculos de sol
  • Chapéu de sol
  • Protetor solar

3. De La Paz: Excursão 1 Dia Tiwanaku e Lago Titicaca: esse passeio inclui almoço e dura o dia inteiro, com visita às misteriosas ruínas do Império Inca com seu monolito, “Puerta del Sol”, “Puerta de la Luna” e o “Templo de Kalasasaya”. Há paradas no Museu Arqueológico de Tiwanaku, Depois no almoço, a excursão segue até Huatajata, uma vila localizada às margens do Lago Titicaca. Você poderá fazer o passeio pelas pelas águas do lago nos “barcos totora”. O ingresso ao parque não está incluso. O que está é:

  • Guia local
  • Traslado de ida e volta de seu hotel
  • Almoço
  • Transporte em carro particular com ar-condicionado
  • Lanches
  • Bebidas quentes, chá de coca
  • Água

4. La Paz: excursão privada de 6 dias ao melhor da Bolívia com voos: esse tour é bem completo e inclui visitar La Paz, Lago Titicaca, Salar de Uyuni, Tiwanaku, Sucre, Potosi etc. Veja o passo a passo abaixo:

  • Dia 1: translado do Aeroporto para hotel / À tarde, passeio pela cidade pela cidade urbana de La Paz com visitas à Murillo, o Palácio Presidencial, Vale da Lua e passeio de teleférico;
  • Dia 2: voo para Sucre, tour pela cidade com visita às ruas coloniais de Sucre, La Recoleta, Parque Cretacico e outras;
  • Dia 3: de Sucre um passeio até Potosi e suas minas. Depois, o tour segue para Uyuni com a noite no Hotel de Sal;
  • Dia 4: Cemitério de trens com exploração do Salar de Uyuni e a Ilha Incahuasi. Depois disso, tem um voo de volta para La Paz;
  • Dia 5; de La Paz sai o passeio para o Lago Titicaca, localizado em Copacabana. Você pode visitar as ilhas flutuantes: Moon Island e Sun Island;
  • Dia 6: No último dia do passeio, seu guia o levará a Tihuanacu, onde você visitará as ruínas arqueológicas.

 

Dicas para aproveitar Tiahuanaco

Curiosidades de Tiahuanaco
Minha principal dica é: chegue cedo.

Bom, a minha primeira dica: chegue cedo ao complexo arqueológico; Tiahuanaco abre às 9 horas. Então, saia às 7h30 de La Paz para estar lá nesse horário. Se você chegar cedo, como eu fiz, pegará o complexo arqueológico vazio, e isso é bem melhor para conhecer as ruínas, pois as outras pessoas atrapalham. Ao longo do dia Tiahuanaco fica muito cheia.

   

Se você fizer o passeio por conta própria, chegando na rua principal do lado de fora do complexo, é preciso pagar uma taxa de entrada de 80 bolivianos (a moeda se chama bolivianos, cerca de 0,30 real em dez/12, o que daria 27 reais pela entrada) – atualmente essa taxa está por volta de 100 bolivianos.

Essa entrada dá direto ao local onde estão as ruínas e templos ao ar livre, um museu, um outro lugar onde ficam alguns totens cobertos e um quarto lugar que eu esqueci qual era – e, por isso, acredito que não deve ser relevante, rsrsrs.

Porém, além desses 80 bolivianos da entrada, recomendo que gastem mais 60~80 bolivianos para contratar um guia. Você os encontrará ao lado do guichê onde se compram os bilhetes de entrada. Aliás, você pode deixar sua mochila com a associação de guias, se você não quiser carregar, pagando um boliviano.

O guia vai te acompanhando e explicando os detalhes da Ruína (em espanhol, mas talvez você ache algum que fale inglês se preferir). Não é obrigatório estar junto com um guia, mas vale totalmente a pena porque sem um guia você não vai entender nada do que são aquele monte de ruínas.

E, assim vai perder vários detalhes que passarão desapercebidos durante sua visita, principalmente o significado dos desenhos que existem nos monólitos. Acredito que sempre vale a pena ter um guia local contando histórias da cidade e/ou país que você está visitando, sobretudo estando num sítio arqueológico.

Completa => Excursão de 6 dias para o melhor da Bolívia

 

Curiosidades do sítio arqueológico e do povo Tiahuanaco

porta do sol tiahuanaco
Muro no entorno do Templo de Kalasasaya | Foto: LBM1948, via Wikimedia Commons.
  • De acordo com a Unesco, Tiahuanaco foi um poderoso império que durou vários séculos e se caracterizou pelo uso de novas tecnologias e novos materiais pra arquitetura, cerâmica, têxtil, metais e cestarias;
  • A potência agrícola, ainda segundo a Unesco, pode ser comprovada pelos mais de 50 mil campos para plantio identificados na região do sítio arqueológico;
  • Não há história escrita sobre o povo de Tiahuanaco, apenas alguns desenhos que relevam um pouco do cotidiano da cidade;
  • Em 2013, arqueólogos marinhos encontraram no Lago Titicaca, no recife Khoa, um local que acreditam que era onde aconteciam cerimoniais, uma vez que no lago havia artefatos de lápis-lazúli, estatuetas de cerâmica, medalhas e incensários;
  • Perto do templo principal a um buraco que forma uma espécie de lago, onde era possível observar o reflexo das estrelas. Era o local que peregrinos buscavam para encontros cosmológicos;
  • O povo tiahuanacota tinha um calendário próprio que começava em 21 de junho, no solcístico de inverno, quando um raio de sol passava pela Porta do Sol e iluminava outro templo;
  • Para construir os monumentos e templos, acredita-se que o povo de Tiahuanaco percorreu 70 quilômetros para extrair as pedras, que foram lixadas a mão até ficarem totalmente lisas – esse processo todo durava cerca de um ano.
  • O resultado era pedras tão perfeitamente lisas que elas não precisavam de nenhum ingrediente (um tipo de cimento de hoje em dia) para colar, só precisavam sobrepor as pedras e formar os templos. O vão era tão mínimo que não é possível colocar uma folha de papel entre as pedras;
  • O templo dedicados aos mortos, o semi-subterrâneo, tem mais de 150 cabeças esculpidas que representavam a etnia do povo local. Quando os espanhóis chegaram a região, acreditaram que as estátuas eram deuses demoníacos e decapitaram muitas delas;
  • Há quem acredite que uma grande enchente deu origem a queda do império, mas a lenda mais famosa diz que em castigos as pessoas más e pecadoras, um certo dia o sol não nasceu e a região ficou um longo tempo no escuro. Isso resultou em diversos problemas, sobretudo a seca do Lago Titicaca, tornando as terras inférteis;
  • Outra curiosidade é que muitos bolivianos sempre acreditaram que o povo de Tiahuanaco tinha contato com seres de outros planetas. “As provas” seriam que bússolas não funcionam no sítio arqueológico e as diversas marcas brancas nas montanhas, que seriam a sinalização de orientação para o pouso de naves espaciais.

 

Procurando os pontos turísticos da Bolívia?

A Bolívia é uma país ainda pouco explorado por turistas brasileiros, mas possui pontos turísticos impressionantes, que encantam por sua história e beleza. Tiwanaco, é mais um excelente tour para quem está procurando o que fazer em La Paz.

Eu adoraria ver sua participação aqui no blog, tirando suas dúvidas ou compartilhando algo que pode ajudar outros viajantes. Se também tiver dicas sobre outros pontos turísticos na Bolívia, ou quiser contar uma experiência, deixe seu comentário abaixo.

Até + !!!

 

 

ESCRITO POR

Leonardo Castro

ESCRITO POR

Leonardo Castro

Paulistano, casado, auditor, 31 anos. Sou tão viciado em viajar que não troco de carro (que já está ficando velho) para ter dinheiro e fazer mais viagens durante o ano. Estas são minhas metas de vida atual: viajar o máximo que puder e fazer esportes de adrenalina. Tento ir a destinos não batidos ou mais exóticos, pois nesses lugares é que encontramos coisas inesperadas, que nos surpreendem. Também prefiro viagens que conjuguem natureza, história e que dê para praticar esportes de aventura.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *