11 pontos turísticos de Recife, além das praias

por Polly Batista

11 pontos turísticos de Recife, além das praias

Os principais pontos turísticos de Recife são daqueles que aquecem o coração! Eu sou bem suspeita para falar, pois apesar de ter nascido em São Paulo, morei em Pernambuco grande parte da minha vida e Recife sempre foi minha segunda casa. E a cidade não é só destino preferido por mim, mas segundo pesquisa da Empetur, a Empresa de Turismo de Pernambuco, entre janeiro e setembro de 2019, Recife recebeu 5 milhões de visitantes.

Na lista de turistas que vieram conhecer os melhores pontos turísticos de Recife estão em primeiro lugar os pernambucanos do interior, seguidos dos paulistas, com 20,12%; e cariocas, com 9,35%. Entre os estrangeiros estão os argentinos, com 51,53%;; e uruguaios, com 12,71%; ocupam o topo da pesquisa.

Por isso, trago neste post as dicas de quem já morou na cidade e também turistou muito por aqui, para você descobrir os motivos pelos quais essas 5 milhões de pessoas escolheram Recife para passar as férias. É praticamente um mapa turístico da cidade com os melhores lugares de Recife para conhecer. Além das praias, claro 😉

Dito isso, a primeira coisa que você precisa saber é: Recife não é só praia, como Porto de Galinhas ou Boa viagem. Essa cidade do Brasil é viva e conta com um centro pulsante, histórico e cultural. E tudo isso você descobrirá agora neste blog de viagem!

Planeje sua viagem => Onde ficar em Recife

Seguro viagem para viajar no Brasil »

 

O que fazer em Recife, Pernambuco?

  1. Percorrer o Marco Zero
  2. Conferir o Centro de Artesanato de Pernambuco
  3. Navegar no Rio Capibaribe
  4. Visitar o Parque de Esculturas de Brennand
  5. Explorar o Museu Cais do Sertão
  6. Apreciar o Museu do Frevo
  7. Entrar na Sinagoga mais antiga das Américas
  8. Caminhar pela Rua Bom Jesus
  9. Atravessar as pontes holandesas
  10. Conhecer o Instituto de Ricardo Brennand
  11. Oficina Cerâmica Francisco Brennand
O que fazer em Recife, Pernambuco
Recife Antigo.

Além das suas belas praias ou da encantadora Olinda (que fica na Região Metropolitana), a capital de Pernambuco tem um vasto acervo cultural e histórico, que sem dúvidas é um dos principais do Brasil. É fácil montar roteiro pela capital pernambucana com pontos de interesse incríveis, porque a maior parte dele é bem próximo.

Veja o que fazer em Recife e os passeios que valem a pena fazer!

CLIQUE AQUI para reservar os melhores passeios em Recife »

 

Principais pontos turísticos de Recife

Principais pontos turísticos de Recife
Centro de Recife | Foto: A. Júnior, via Wikimedia Commons.

Ainda não conheço todas as capitais do Nordeste, mas posso falar com propriedade que Recife é uma das cidades mais apaixonantes, quando o assunto são pontos turísticos culturais e históricos.

A melhor parte disso tudo é que os pontos turísticos do Recife que trago neste post ficam todos no Recife Antigo, exceto o Instituto Ricardo Brennand. Ou seja, dá para fazer a maior parte disso tudo a pé.

Se você estiver de carro, ônibus, táxi ou Uber é só partir para o Marco Zero. É onde começa o passeio. Conheça agora detalhes de cada um dessas atrações turísticas de Recife.

Descubra => Passeio de barco por Recife

 

1) Marco Zero

Pontos de interesse de Recife
Marco Zero | Foto: Chilipe, via Wikimedia Commons.

O Marco Zero é uma praça ampla cercada de um lado por prédios históricos do final do século 17 e do outro pelo Rio Capibaribe (que corta a cidade). Ele está entre os principais pontos turísticos de Recife com certeza!

No chão, está pintada a emblemática “Rosa dos Ventos” e, no seu centro, uma peça em metal avisando que é ali que começa a contagem das distâncias entre Pernambuco e outras regiões do estado.

Durante o carnaval, essa praça (chamada oficialmente de Rio Branco) se transforma em um grande palco cultural que reúne as maiores atrações da Folia de Momo.

Nos demais meses do ano, o Marco Zero recebe muitos turistas que se impressionam com a vista do local: rio, mar, arquitetura holandesa, arte, gastronomia. Tudo fica ao redor dessa praça. Vale a pena sentar-se com calma e apreciar o cenário.

Minha dica de visita para o Marco Zero são duas: ou você visita o local no final da tarde (principalmente durante o verão). Depois daquela praia. É ideal! Você já leu o post sobre as melhores praias de Recife?

Então, depois de uma delas, você curte o final do dia nesse lugar especial. Ou você chega logo cedo da tarde no Marco Zero para conhecer tudo o que tem nos arredores (museus, praças, ruas antigas) e no final da tarde já estará no local para emendar para um happy hour.

Nas tardes dos finais de semana, esse espaço é compartilhado entre jovens, famílias, esportistas e muita gente para curtir esse vibe do centro do Recife. Durante a semana, o local também fica bem movimentado por conta das dezenas de escritórios que funcionam nos arredores.

À noite, o Marco Zero também é bastante visitado, pois possui alguns bares e restaurantes bem turísticos. E, vale lembrar, que à noite não se distancie do foco central, pois as ruas nos arredores são bem esquisitas e até perigosas.

Marco Zero

Funcionamento: Praça pública, todos os dias.

Acesso gratuito

Confira => Tour por Recife e Olinda

 

2) Centro de Artesanato

Onde comprar artesanato em Recife
Foto: Centro de Artesanato de PE.

Os antigos armazéns portuários que ficam ao lado do Marco Zero foram transformados em espaços voltados para o turismo. Um deles é o Centro de Artesanato de Pernambuco.

Esse ponto turístico de Recife funciona em dois sentidos: é uma grande galeria que expõe as obras dos artesãos e artistas de todo o estado e também uma central de vendas, pois você pode comprar tudo o que está exposto no local.

Mesmo que a ideia não seja levar nada, entre e confira. Tem peças em barro, algodão, tecido, madeira, palha, couro e inúmeros outros materiais.

É impossível não querer levar alguma coisa para casa. O espaço reflete bem o que o Pernambuco é: diverso, colorido, alegre e cheio de emoção. É muita peça linda! Se você gosta de decoração e objetos regionais, se prepare!

Centro de Artesanato de Pernambuco

Funcionamento: de segunda a sábado, das 8 às 19h; aos domingos, das 8 às 16h

Entrada gratuita

Não perca => Tour para Olinda

 

3) Rio Capibaribe

O que fazer em Recife
Foto: Sec. de Turismo.

Recife é chamada por alguns de a “Veneza brasileira”, por conta dos canais que cortam a cidade. A navegação é oferecida por algumas empresas privadas.

Existem algumas opções que saem do próprio Marco Zero que lhe leva direto para o Parque das Esculturas Francisco Brennand, que fica do outro lado do rio. Mas, esse parque é uma área mais “abandonada”, falo mais sobre isso no próximo tópico.

Outra alternativa é uma navegação mais completa que inclui no roteiro as três ilhas do Recife Antigo, passando por baixo de cinco pontes: a 12 de Setembro, Ponte Maurício de Nassau, Ponte Manuel Buarque de Macedo, Ponte Princesa Isabel e Ponte Duarte Coelho.

Esse City Tour Fluvial passa por monumentos turísticos de Recife relevantes como: Teatro Santa Isabel, Rua da Aurora (casinhas coloridas), Paço da Alfândega (shopping), Assembleia Legislativa, o próprio Marco Zero e também passa pelo Parque das Esculturas (mas sem parar).

Durante o city tour aquático, os visitantes apreciam belas paisagens de vários pontos turísticos, tais como o Parque de Esculturas de Francisco Brennand, a Praça do Marco Zero, o Paço Alfândega, o Ginásio Pernambucano, a Assembleia Legislativa, o Teatro de Santa Isabel e o casario da Rua da Aurora.

Você também pode navegar de noite pelo Rio Capibaribe e até fazer um tour assombrado ou ainda conhecer os bairros da cidade. Tudo por água. As crianças também têm um passeio especial aos domingos.

Navegação pelo Rio Capibaribe

Navegação rápida até o Parque das Esculturas R$ 5

Navegação no Recife Antigo R$ R$ 55 adultos – R$ 25 crianças

Navegação Assombrada R$ 60 adultos – R$ 30 crianças

Navegação infantil R$ 60 adultos – R$ 30 crianças

Navegação  pelos bairros do Recife R$ 60 adultos – R$ 30 crianças

Prático => Transfer do Aeroporto de Recife para hotel

 

4) Parque das Esculturas Francisco Brennand

Parques para conhecer em Recife
Parque das Esculturas | Foto: Karla Vidal, via Wikimedia Commons.

Com vista para o Marco Zero, o Parque de Esculturas de Francisco Brennand é acessível de barco a partir da praça ou de carro, por um bairro chamado Brasília Teimosa, que sedia a Praia do Pina.

A melhor forma de chegar até ele é pela navegação no Rio Capibaribe. Não são nem 5 minutinhos para ir do Marco Zero até o local, que fica à beira-mar, no molhe do porto. No local, 90 esculturas são distribuídas no espaço que oferece uma vista privilegiada do Recife Antigo.

Destaque para a Torre de Cristal, inspirada em uma flor descoberta por Burle Marx, que já dá para ser vista à distância e outras esculturas de ovos, tartarugas, pássaros etc.

O local já foi mais preservado e alguns visitantes reclamam do aspecto de abandono que se encontra hoje em dia. Ainda assim é um bom passeio para ser feito de dia e nunca sozinho. Além do Parque existe a Oficina de Cerâmica Francisco Brennand (tópico 11 desta lista de pontos turísticos de Recife).

Parque de Esculturas de Francisco Brennand

Funcionamento: todos os dias, das 7 às 17h

Entrada gratuita. Se for de barco paga R$ 10 (ida e volta)

Prefere praia? => Excursão para Porto de Galinhas de Recife

 

5) Museu Cais do Sertão

Melhores museus do Recife
Foto: Cais do Sertão.

Moderno e interativo, o Museu Cais do Sertão coloca lado a lado a vida simples do povo sertanejo com a tecnologia. O resultado é um primor! Toda a riqueza do Sertão Nordestino é revelada por meio de peças, fotografias, textos e música.

Vale muito a pena visitar esse ponto turístico do Recife e ver, ouvir e se emocionar com a sensibilidade do espaço.

Na minha opinião, se você só tiver tempo para visitar um desses pontos turísticos do Recife, além das praias, o lugar é esse (embora ele fique a poucos metros do Marco, Zero e do Centro de Artesanato). Então, dá para fazer tudo mesmo!

Entre todas as sugestões deste post, ele é o meu preferido! Dá muito orgulho do Nordeste, do povo do sertão, da arte, cultura, do modo simples de vida do homem sertanejo. Enfim, coisas do nosso Brasil que nos dá orgulho!

A visita começa com a projeção de um curta metragem em uma sala e depois o passeio segue pelo ‘Mundo do Sertão’, a exposição fixa. Os territórios temáticos são chamados de Ocupar, Viver, Trabalhar, Cantar, Criar, Crer e Migrar.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom BNOVEMBER, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Destaque para o primeiro andar com depoimentos e peças tradicionais dos sertanejos: roupas, acessórios de trabalho e instrumentos musicais. Tem túnel, karaokê e outras formas de interagir com a cultura do sertão.

O Museu ocupa um antigo armazém do porto, ao lado do Centro de Artesanato de Pernambuco, que fica por sua vez, ao lado do Marco Zero. Dá para fazer tudo isso a pé, tranquilamente. Eles ficam literalmente lado a lado.

Museu Cais do Sertão

Funcionamento: às segundas é fechado; às terças é gratuito.

Nos demais dias da semana, das 9h às 17h e aos finais de semana das 13h às 17h.

Preço: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Caribe brasileiro => Excursão para Maragogi de Recife

 

6) Paço do Frevo

Museu do Frevo em Recife
Foto: Sec. de Turismo PE

Outro museu dedicado às tradições nordestinas é o Museu Paço do Frevo. Ele fica no Recife Antigo, a poucos metros do Marco Zero, na Praça da Torre Malakoff.  O frevo, que vem do verbo “ferver” é considerado um Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco, e um grande ritmo pernambucano.

O espaço tem várias salas com exposições de letras, composições, trajes dos passistas e discos de frevo no centro de documentação. Há também Escola de Música, de frevo e uma exposição fixa com a história de todas as agremiações recifenses.

Se você tiver a sorte, pode presenciar uma aula aberta ou apresentações culturais, mais comuns aos finais de semana. Se você gosta de música e de uma boa folia de momo, é imperdível!

E aproveite para tirar fotos criativas nas paredes e até no chão, que é de vidro com muitas fotos e estandartes das agremiações por baixo.

Museu Paço do Frevo

Funcionamento: às segundas é fechado; às terças é gratuito.

Nos depois dias da semana, das 9h às 17h. Finais de semana das 14h às 18h.

Preço: R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

Top => Descubra as praias mais bonitas do Brasil

 

7) Centro Cultural Judaico

Como visitar o Centro Cultural Judaico em Recife
Centro Cultural Judaico em Recife | Foto: Sec. de Turismo

A sinagoga Kahal Zur Israel foi fundada no século 17 durante a ocupação holandesa no Recife. Atualmente, o espaço é sede do Centro Cultural Judaico de Pernambuco. O visitante pode conferir escavações arqueológicas, exposições fixas e temporárias e inúmeros documentos do povo judeu.

O espaço funciona na Rua Bom Jesus (é outro ponto turístico que falo abaixo), bem pertinho do Marco Zero. Dá para ir a pé tranquilamente. É uma ótima oportunidade para conhecer esse povo que ajudou a construir o que Recife é hoje.

Centro Cultural Judaico

Funcionamento: às segundas e sábado é fechado. De terça à sexta das 9h às 17h.

Domingo é das 14 às 18h.

Preço: R$ 10 (inteiro), R$ 5 (meia)

Paraíso => Excursão para Praia de Calhetas

 

8) Rua Bom Jesus e feirinha

Lugares turísticos de Recife
Rua Bom Jesus | Foto: Jorge, via Wikimedia Commons.

A Rua Bom Jesus representa bem a época em que Recife virou a casa dos holandeses, durante sua ocupação no Brasil (1630-1654). Ela é uma das ruas mais antigas da capital pernambucana e uma das mais preservadas também.

Os prédios são coloridos e rendem ótimas fotos. Essa Rua Bom Jesus é bem tradicional do Recife Antigo e, durante o carnaval, por exemplo, é passagem obrigatória de muitos blocos.

Aos domingos, uma feirinha movimenta a rua que abre espaço para artesãos mostrarem suas peças. Ela se transforma em um verdadeiro centro cultural, com música, comida e muitos turistas e locais aproveitando o espaço.

A rua fica bem lotada e animada. No final, dela você já depara com a Praça da Torre Malakof, um dos espaços mais alternativos do Recife (onde fica o Museu Paço do Frevo).

Como já avisei algumas vezes, todos esses pontos turísticos ficam muito, muito próximos. Você vai sair de um e já está vendo outro logo ao lado.

A dica é: se estiver de Uber, táxi ou transporte público, desça no Marco Zero. Não tem erro. Se estiver de carro, será bem difícil de estacionar nas proximidades. Use o GPS para te ajudar, pois no Recife Antigo tem muitas vias exclusivas somente para ônibus.

Rua Bom Jesus e feirinha

Funcionamento: Rua aberta. Aos domingos, ela sedia uma feirinha à tarde.

Imperdível => Tour em Recife com degustação de cachaças

 

9) Pontes holandesas

Atrações turísticas de Recife
Ponte Maurício de Nassau | Foto: Mateus Morais, via Wikimedia Commons

O Recife Antigo é unido pelo centro comercial da cidade por diversas pontes. Em um passeio pela região não deixe de apreciar as pontes que cortam a cidade.

Em especial, a Ponte Maurício de Nassau que foi construída exatamente onde existiu a primeira ponte da América Latina em 1643. A construção atual é de 1917.

Quatro estátuas de ferro decoram as extremidades da ponte. Elas foram feitas na França em 1920. São elas: as deusas da Sabedoria, da Agricultura, do Comércio e da Justiça.

 
Sabia que aprender através de cursos on-line nunca foi tão fácil?

Assista seus cursos pelo computador, tablet ou até mesmo pelo celular!

Devido a nossa parceria com a Learn Café, você terá acesso a cursos para todas as áreas do conhecimento, com alta qualidade, comodidade e de forma acessível. Cursos online para você:

  • Aprender rápido e ganhar dinheiro;
  • Se preparar para um novo emprego;
  • Melhorar seu currículo;
  • Continuar aprendendo sempre!
 

No meio da ponte tem outra escultura em concreto fundido do poeta Joaquim Cardoso, que faz parte do Circuito da Poesia na cidade.

Apesar do trânsito, vale a pena caminhar pela parte destinada a pedestres e observar os pescadores, catadores de caranguejos e o vai e vem urbano em uma cidade marcada pelos traços europeus. Esse passeio é para ser feito de dia.

À noite, a região fica bem esquisita, exceto se for carnaval ou dia de domingo, quando algumas vias ficam fechadas para carro, e as pessoas pedalam entre a Praia de Boa Viagem até o centro do Recife. 

Ponte Maurício de Nassau

Funcionamento: aberta

Mais Nordeste => Roteiro em São Luís e Lençóis maranhenses

 

10) Instituto de Ricardo Brennand

Melhor museu da América do Sul
Castelo de Brennand | Foto: Luci Correia, via Wikimedia Commons.

Também conhecido como Castelo de Brennand, o Instituto Ricardo Brennand é o único ponto turístico trazido por este blog de viagem que não fica no Recife Antigo. Mas vale muito a pena o deslocamento até o local. Ele foi eleito o melhor museu da América do Sul pelo TripAdvisor.

O espaço fica em uma reserva de Mata Atlântica, mais afastada da cidade, em um bairro chamado Várzea, bem próximo à Universidade Federal de Pernambuco, a mais ou menos 14 km do centro. Logo na entrada, você será recepcionado com um conjunto de palmeiras imperiais impressionantes.

Uma réplica de um castelo medieval abriga exposições fixas de peças da Idade Média: móveis, tapetes, acessórios, roupas de combate, livros raros, obras de arte.

O destaque é para o Museu de Armas, oficialmente o Castelo São João, com uma extensa coleção de armas brancas, como espadas, canivetes e punhais, alguns até cravejados com pedras preciosas.

A pinacoteca abriga exposições fixas e temporárias. Gosto particularmente da coleção de armaduras de ferro das épocas medievais e das caixas de música do começo do século 20.

Aos finais de semana, o Instituto tem várias atividades como festivais de música, oficinas, amostras, ópera, concertos clássicos entre outras programações.

Vale muito a pena ir, mesmo sendo bem distante do centro. De carro, utilize o GPS, pois você terá que pegar um trecho da BR-101. Nada difícil, mas é uma região nada turística de Recife. E reserve a tarde inteira (não abre de manhã) para o espaço, assim você curte tudo com calma.

Instituto de Ricardo Brennand

Funcionamento: fecha às segundas. Terça a domingo, das 13h às 17h.

A última terça-feira do mês é gratuita.

Preço do ingresso: R$ 30 (adulto), R$ 15 (meia).

Passeio => Olinda e Instituto Ricardo Brennand

 

11) Oficina Cerâmica Francisco Brennand

Museus de Recife para apreciar
Oficina Francisco Brennand | Foto: Marinez Teixeira da Silva, via Wikimedia Commons.

Ao lado do Instituto Ricardo Brennand, fica outro espaço importante entre os principais pontos turísticos de Recife, é a Oficina Cerâmica Francisco Brennand. Percebeu a semelhanças nos nomes?

Ambos são irmãos e são considerados praticamente patronos da cultura no estado, tamanha a contribuição que fizeram por ela (infelizmente, faleceram em 2020 e 2019, respectivamente). Francisco Brennand se tornou, através de seu trabalho, uma referência no trabalho em cerâmica em todo o Brasil.

Um detalhe importante é que você pode planejar visita às duas atrações em um único dia, tanto o Instituto Ricardo Brennand, como a Oficina Cerâmica Francisco Brennand.

Nessa última, é possível observar peças de cerâmica e escultura produzidas por Francisco ao longo de sua vida. É perceptível ainda influências europeias nas obras.

O Parque de Esculturas do artista funciona em outro local (tópico 4 desta lista de pontos turísticos de Recife).

A originalidade das peças que você pode conferir na oficina cativa os turistas e a curiosidade dos visitantes.

No espaço você verá: Os Comediantes; o Salão das Esculturas, o Anfiteatro, Templo Central, a Praça Burle Marx, a Accademia, Cine Teatro Deborah Brennand, Templo do Sacrifício, uma cafeteria entre outras obras da exposição permanente.

Oficina Cerâmica Francisco Brennand

Endereço: Propriedade Santos Cosme e Damião, s/n, Várzea, Recife.
Horários: Segunda a quinta-feira, das 8 às 17 horas; sexta, das 8 às 16 horas;
sábados e domingos, das 10 às 16 horas;
nos feriados, é preciso consultar os horários por telefone.

 

Dicas dos pontos turísticos de Recife

Dicas dos pontos turísticos de Recife
Rua da Aurora no Recife Antigo | Foto: Sec. Turismo

Viu, como Recife não tem só belas praias? Esses 11 pontos turísticos de Recife são apenas as principais indicações, mas também há outros pontos de interesse como a Embaixada dos Bonecos Gigantes, o Caixa Cultural Recife, Rua da Aurora, Torre Malakoff, o Mercado São José, Rua da Moeda, o Porto Digital, Forte das Cinco Pontas, só para ficarmos na região central da cidade.

Ah e não poderia deixar de falar de segurança. Infelizmente, o Recife tem seus problemas com a violência e muitos casos de assaltos. Portanto, se você for à noite para o Recife Antigo, evite entrar em ruas que estejam sem movimento. Só fique onde tem muita gente.

Esteja muito atento ao estacionar nas ruas nos arredores, inclusive, eu aconselharia você a ir à noite para esse região somente de táxi ou Uber, assim ele já te deixa na porta de onde você quer ir e você pode aproveitar os bares da região. Durante o dia também não dê bobeira. Na verdade, eu como turista não usaria o transporte público da cidade (nem ônibus, nem metrô).

E para finalizar, assista esse vídeo institucional lindo produzido pela Secretaria de Turismo de Recife e inspire-se ainda mais.

E se você tem outras dicas de Recife deixe nos comentários! E acompanhe as nossas trips pelo Brasil e pelo mundo pelo Instagram  do Quero Viajar Mais.

 

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Polly Batista

ESCRITO POR

Polly Batista

Penso que todas as coisas são parte de mim. Procuro pelo mundo pedaços da minha alma escondidos em cada novo destino, cada pessoa, cada cultura, cada monumento. Os lugares me revelam o quanto sou pequena, ignorante e humana e, ao mesmo tempo, o quanto somos ricos, parecidos e divinos. Me sinto grata em redescobrir isso em cada viagem.

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Antonio Silva Pinto

    Embarcarei na terça feira para a celebração do 50 anos. Aeeeee Visita de férias, noivado, investigação técnica para migração e lançamento de livro! Grade abraço do Recordista Mundial

  2. Polly Batista

    Que maravilha, Tonheca! Vai adorar Recife!!! Aos domingos, você pode pedalar da zona sul até o marco zero, passando pelas pontes! Boa viagem!

  3. Margareth velosofaria neves

    Com tanta beleza ,podemos trabalhar as placas e sinalizações turísticas existentes nestes locais com pesquisa e tradução.

  4. Margareth velosofaria neves

    Vivenciar nossa cultura turística é apreciar tudo que faz parte do nosso país.temos a beleza do nosso Brasil,ampliando com isto nossa cultura de aprendizagem na memória(ver e ler é a cultura enriquecer).

  5. Paulo

    Dicas maravilhosas, com bastante detalhes. Em breve estarei aproveitando minhas férias nessa cidade linda. Obrigado por compartilhar sua experiência conosco.

  6. Polly Batista

    Olá, Paulo. Nós que agradecemos! Boa viagem!

  7. Neusa

    Boa tarde Polly, gostei muito das suas indicações, tô pensando muito em breve curtir as minhas férias passeando em Recife Tenha certeza que vou a todos esses pontos turísticos, Com essas orientações vou me sentir mais segura, obrigada e tudo de bom. Feliz festas décimo de ano

  8. Polly Batista

    Oi, Neusa! Que máximo! Aproveita bastante e obrigada!

  9. Liliane Amaro Pimentel

    Excelente leitura, parabéns. Recomendo, gostei de todo roteiro. Depois que fizer na prática , volto aqui pra confirmar. Usarei o site como guia turístico. Desde já agradeço a este espetacular site.

  10. Simone

    Excelente. Farei brevemente uma visita ao Recife e seguirei essas dicas.

  11. Polly Batista

    Olá, Adeilda! Tudo bem?! Agradeço por compartilhar a sua opinião!

  12. Adeilda de Mendonça

    Acho que o Recife deveria ter mais pontos turísticos a cidade está abandonada não temos muitas opções que é uma pena. Fico muito triste pela falta de interesse dos nossos governantes por nossa cidade que é tão linda.

  13. Nathalia Sales

    Impossível passar sem deixar um elogio! Que post sensacional! Muito rico de informações, vai facilitar muito minha vida. Estava super em dúvida do roteiro que faria pra conhecer Recife! Muito obrigada e parabéns pelo texto! ????????????????

  14. Polly Batista

    Oi, Nathalia! Muito obrigada pelo elogio! Espero que você curta muito sua viagem!!!

  15. Fernanda Jucá

    Que post mais maravigold para quem ta indo com o objetivo de conhecer a cidade, de preferência a pé. Parabéns pelo trabalho

  16. Polly Batista

    Oi, Fernanda! Tudo bem?! Fico super feliz em compartilhar minhas experiências!!! Muito obrigada!!!

  17. Ana Cristina

    Obrigada pelas dicas mto boas!!! Irei p Recife pela primeira vez baseada nas suas dicas, vc foi bem minusiosa, adorei

  18. Polly Batista

    Oi, Ana Cristina! Que delícia! Aproveita e obrigada pelo comentário!

  19. Karla

    Oi Polly! Adorei as dicas, super explicativas !!! Já me senti até em Recife????????????????

  20. Polly Batista

    Oi, Karla!!!! Que maravilha!!! Muito obrigada! Aproveite Recife!!!

  21. Maria Otavia Veloso

    Olá Polly boa noite Viajei nas suas ricas informações. Sou nordestina, mas resido no Rio de Janeiro, e morei parte de minha vida nessa terra linda. Amo Recife. Obrigada minha querida pelas postagens.

  22. Polly Batista

    Oi, Maria Otavia. Que ótimo saber disso! Ganhei meu dia! Muito obrigada!

  23. Naianny

    Ótima postagem! Parabéns.

  24. Polly Batista

    Oi, Naiannny! Tudo bem?! Que bom que você gostou! Muito obrigada pelo comentário!