O que fazer em Buenos Aires: todas as dicas para sua viagem

por Guilherme Tetamanti

O que fazer em Buenos Aires: todas as dicas para sua viagem

Se você está buscando o que fazer em Buenos Aires, saiba que há muitas opções e que agradam os viajantes de todas as idades vindos de todo o mundo. A capital da Argentina é uma das cidades mais importantes de toda América Latina e o turismo tem papel fundamental na economia do país.

Como as opções de passeios na cidade são praticamente infinitas, fazer o planejamento da viagem é super importante.

Afinal, você não quer perder tempo descobrindo o que fazer em Buenos Aires e como chegar a determinadas atrações já estando na cidade, sobretudo se você, assim como muitos brasileiros fica apenas 3 dias na Argentina.

A cidade possui incríveis encantos e atrações, mesmo para quem visita o destino por mais de uma vez. É claro que vale a pena fazer todo o roteiro turístico, visitar La Bombonera, conhecer a Casa Rosada e passar uma noite apreciando um espetáculo de tango.

Porém, existe muito mais para viajantes bem informados, ainda mais com dicas de quem já morou na cidade.

O melhor de tudo é que existem opções para todos os gostos e bolsos em Buenos Aires e certos bairros concentram públicos diferentes. Palermo e Recoleta são bairros mais chiques, com restaurantes mais caros, boas lojas e agitada vida noturna.

Já San Telmo, é o lugar ideal para procurar relíquias nas galerias ou feiras de rua.

Neste artigo há um resumo geral sobre como fazer turismo a capital argentina, desde como chegar e se locomover na cidade, dicas de pontos turísticos e passeios, além de comidas e restaurantes portenhos e, claro, o que fazer em Buenos Aires. Vem comigo!

Planeje sua viagem => Onde se hospedar em Buenos Aires

Seguro viagem América do Sul »

Tudo sobre o que fazer em Buenos Aires

O que fazer em Buenos Aires
Capital é cheia de atrativos e uma das cidades mais importantes da América Latina.

A capital da Argentina, é uma cidade fantástica: cheia de pontos turísticos interessantes, com beleza natural e arquitetura histórica, gastronomia deliciosa e ainda muitos restaurantes típicos e de culinária internacional.

É a maior da Argentina, com quase 3 milhões de habitantes, sendo muitos desse total estrangeiros, além de ser a 2ª maior área metropolitana da América do Sul. Está na lista de 20 maiores cidades do mundo, junto com São Paulo e Cidade do México.

Com tantas opções, muitas vezes, parece difícil organizar sua viagem para Buenos Aires e decidir onde ir durante viagem na cidade. Mas, pode ficar tranquilo que vou te ajudar nessa tarefa, começando, claro, por como chegar na cidade.

Antes de saber o que fazer na cidade, dá só uma olhada nesse vídeo com passeios diferentes para fazer na cidade, produzido pelo site oficial de turismo:

CLIQUE AQUI para reservar passeios turísticos em Buenos Aires »

 

Como chegar e se deslocar em Buenos Aires?

Aeroporto de Buenos Aires
Aeroporto Ezeiza | Foto: Martin St-Amant, via Wikimedia Commons.

Buenos Aires é um distrito federal (ciudad autônoma), como Brasília, e a principal porta de entrada do país. Na capital há dois aeroportos, mas desde abril de 2019, somente o Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, conhecido como Aeroporto de Ezeiza, recebe voos do Brasil.

Caso você chegue vindo do Uruguai ou de outra cidade da Argentina, aí poderá utilizar o outro aeroporto, o Jorge Newbery, mais conhecido como Aeroparque. Neste artigo você conhece as opções de como ir do aeroporto de Buenos Aires até o Centro.

Mais recente, com voos saindo de São Paulo desde o início de 2020, há a opção do Aeroporto El Palomar, que fica na cidade de El Palomar a cerca de 18 quilômetros da capital. O pequeno aeroporto recebe apenas voos de companhias aéreas low cost, como a Flybondi.

Para você conhecer o estilo de vida dos portenhos e também economizar na viagem, uma sugestão é utilizar o transporte público disponível na cidade. Leia este artigo e entenda como funciona o transporte de Buenos Aires, utilizando ônibus, trem e metrô, mas também táxi, caso você prefira um pouco mais de conforto.

Mas, saiba que é possível e muito seguro se locomover de bicicleta. Outra opção muito bacana é caminhar pela cidade, sobretudo em bairros como Palermo e a Recoleta, onde há lojas, restaurantes, intervenções urbanas. E um “plus” a capital é uma cidade bem plana, ótimo para caminhar e pedalar.

 

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na Argentina. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Quando ir para a capital da Argentina?

O que conhecer em Buenos Aires
Outono é uma das melhores épocas para visitar Buenos Aires.

Buenos Aires é uma cidade úmida por conta do clima oceânico – que sofre grande influência de massas de ar quente e frio vindas do Oceano Atlântico por meio do rio da Prata, que marca a fronteira da Argentina com o Uruguai. Mas, no geral, as estações do ano são bem definidas.

E isso é uma grande vantagem para quem tem liberdade de datas, mas ainda está na dúvida de quando ir para Buenos Aires. Embora as temperaturas sejam mais intensas do que na maior parte do Brasil, tanto para frio quanto para calor, se assemelhando com a região sul brasileira, elas não são extremas. A média anual é de 18°C.

Assim, você pode escolher o clima da época do ano que mais gosta, seja frio ou calor. No geral, a dica és: aproveite o outono ou a primavera, pois são estações de transição, tendo temperaturas mais amenas. Assim, você não corre o risco de se programar para conhecer alguns dos atrativos turísticos da cidade e o clima estragar o roteiro.

 

Onde se hospedar em Buenos Aires

O que tem pra fazer em Buenos Aires
Recoleta tem hotéis com 5 estrelas.

Uma capital grande como Buenos Aires, é claro, é cheia de opções de hospedagem. Há tipos de hotéis para todos os gostos, bolsos e para os perfis de viajantes, desde os chiques 5 estrelas na Recoleta até hostels e Airbnb em outros bairros da cidade.

Por isso, é bacana conhecer o estilo de cada bairro da cidade para identificar qual mais te agrada e também se há opções de hotéis dentro do seu orçamento.

A cidade tem muitas opções de hospedagem espalhadas na maior parte dos bairros, mas alguns deles são mais indicados para turistas: Recoleta, Palermo, Centro, San Telmo e Puerto Madero.

A Recoleta, por exemplo, é o melhor bairro da cidade e também o mais caro; já o Centro é cheio de opções baratas e facilidade de deslocamento, mas é cheio e barulhento.

O que fazer em Buenos Aires em 4 dias?
Hostel em Palermo com opção de quarto compartilhado e privativo.

Já Palermo tem três subdivisões – Palermo Soho, Palermo Hollywood e Palermo Viejo, mas no dia a dia é tudo Palermo – e é um bairro conhecido pelos restaurantes e bares, lojas de artes e design, além de vários pontos turísticos bacanas e intervenções artísticas por todo canto.

Para saber um pouco mais de cada um dos bairros e opções de hotéis nessas áreas veja o artigo melhores hotéis de Buenos Aires, com uma lista com os top 10 melhores hotéis da cidade de acordo com as notas dadas pelos usuários do Booking.

Se você preferir não ficar em hotel ou hostel poderá encontrar boas opções de Airbnb em Buenos Aires. No artigo há imóveis em diversos bairros da cidade, de vários preços e tamanhos. Com certeza você achará alguma que é o seu perfil.

   

 

Roteiro e atrações na capital argentina

Pontos turísticos de Buenos Aires

Passeios em Buenos Aires
Floralis Genérica fica na Recoleta.

Já citei que a capital argentina é uma das cidades mais importantes da América Latina, com muita cultura e cheia de pontos turísticos incríveis, mas também passeios fora do roteiro tradicional que são muito interessantes e recomendados. Veja algumas opções para seu roteiro e descubra o que fazer em Buenos Aires.

Se é sua primeira viagem para a capital da Argentina, recomendo fazer o tour tradicional para conhecer e entender como a capital da Argentina “funciona”. Confira as algumas dicas de viagem para Buenos Aires, essenciais para a primeira visita mas saiba que mesmo se ficar uma semana ou 10 dias na cidade ainda haverá muito para conhecer.

Para escolher o que fazer entre as atrações mais tradicionais, veja este artigo com as principais atrativos turísticos de Buenos Aires, como a Recoleta, Puerto Madero, o Caminito, os maravilhosos Jardim de Palermo, Obelisco, show de Tango, entre outras opções.

Tour e passeios
Puerto Madero é um dos imperdíveis bairros da cidade.

A lista de atrativos da cidade inclui ainda a Biblioteca Nacional, a Livraria El Ateneo, a Flor Metálica, a Catedral Metropolitana, a Plaza de Mayo (palco de tantas manifestações políticas, esportivas e qualquer outro fato que motive a reunião do povo argentino).

Enfim, a lista de atrativos da cidade é enorme, mas no artigo há apenas os 15 locais que considero imperdíveis na cidade. A cidade ainda tem uma programação cultural extensa, por isso, outra sugestão é conhecer as casas de tango.

Leia também este post com tudo sobre a vida noturna em Buenos Aires e as atrações para que vai a Buenos Aires com crianças.

 

O que fazer de diferente em Buenos Aires?

O que conhecer em Buenos Aires
Visitar o Cemitério da Recoleta é um passeio diferente, mas muito popular entre os viajantes.

Mesmo se você é um visitante “habitual” e já conhece a maior parte dos atrativos de Buenos Aires parece não fazer sentido estar na cidade e não dar uma passada em lugares históricos como a Plaza de Mayo, o Obelisco, a Catedral Metropolitana, a Casa Rosada.

É que eles são tão tradicionais e bacanas que vale sempre uma espiadinha. Por isso, além de sempre tentar conhecer lugares novos na cidade, você pode aproveitar e ver “lados” diferentes desses atrativos. Por exemplo, se você já viu a troca de guarda na Casa Rosada, mas nunca fez a visitação interna, na próxima viagem priorize esse passeio.

Há vários museus bacanas como o Museu Nacional do Cabildo, que tem no acervo peças históricas ligadas à Revolução de Mayo, que deu início as ações de independência do país, o Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (Malba), o Museu Nacional de Bellas Artes, o Museu de Arte Moderna (MAMBA), entre outros.

Um dos passeios que considero mais diferente na cidade, embora seja extremamente popular entre os viajantes e faça parte do artigo de pontos turísticos de Buenos Aires é a visita ao Cemitério da Recoleta. A princípio, para mim, assim como o Cemitério da Consolação, em São Paulo, o local seria visitado por arquitetos e estudantes de Arquitetura por conta das muitas estátuas e grandes mausoléus.

Turismo em Buenos Aires
La Bombonera | Foto: Diego Delso, via Wikimedia Commons.

Mas a realidade é bem outra. Talvez porque no local foram sepultados ícones da história argentina como Evita Perón, cantora e primeira-dama do país, e o General Alvear, militar e político que participou da Guerra da Cisplatina, entre Argentina e Uruguai. O que torna o passeio diferente para mim é que em muitos mausoléus os caixões estão dispostos em prateleiras.

Ao contrário do que estamos acostumados no Brasil, que são em “gavetas” subterrâneas lacradas. Dessa forma, ficam visíveis para quem passa pelas ruas do cemitério. É diferente para você ou achou a ideia de conhecer o Cemitério da Recoleta muito bacana?
Já para os amantes de futebol, uma dica é assistir um jogo no estádio La Bombonera, casa do Boca Juniors. É possível ainda visitar o estádio e o museu, mas também o Boca Experience, com preços que variam entre 150 e 400 dólares, dependendo do jogo.

Para os viajantes mais aventureiros há diversos roteiros de passeios de bicicleta em Buenos Aires e tours guiados a bairros da cidade. Além de diversos tipos de aula: como fazer empanada, como fazer churrasco argentino, degustação de matte e até aulas de tanto. O que você acha?

Completo => Ônibus Turístico em Buenos Aires

 

O que fazer perto de Buenos Aires?

Dicas da Argentina
Passeio no Delta do Rio Tigre.

Fora da cidade e do roteiro tradicional na cidade, há também muito o que se ver. Por isso, recomendo ler o artigo sobre os arredores de Buenos Aires com sugestões como o passeio no Delta do Rio Tigre, na cidade de Tigre; San Isidro; La Plata e até ir ao Uruguai, na cidade de Colonia del Sacramento.

Tigre é uma cidade simpática e acolhedora, que fica nos arredores de Buenos Aires – são cerca de 30 quilômetros da capital argentina. O carro-chefe entre as atrações encontradas na cidade são os passeios de barco, mas há outros locais interessantes para conhecer.

Às margens do Rio de La Plata, apenas 21 quilômetros de distância de Buenos Aires, está a cidade colonial de San Isidro. A principal atração é aCatedral de San Isidro, que serviu de cenário para uma das cenas mais bonitas do filme “O filho da noiva” (2001).

Outra opção bacana é Colônia Del Sacramento, que fica a 50 quilômetros de Buenos Aires, separada apenas pelo Rio da Prata. Colônia é uma das cidades mais charmosas da República Oriental do Uruguai e considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

Para chegar a cidade você deve utilizar o Buquebus na Argentina, uma espécie de barca que atravessa o Rio de Prata – lá dentro há lojas e até mesmo cassino.
 

Comidas típicas e onde comer em Buenos Aires

Gastronomia argentina
Carne é o prato principal dos argentinos.

A gastronomia portenha é mais um atrativo, como se fosse um ponto turístico também. O saudoso chef Anthony Bourdain disse uma vez que Buenos Aires não “era o local ideal” para os vegetarianos, uma vez que a carne vermelha era a estrela da gastronomia local.

   

Hoje em dia há muitas opções vegetarianas e veganas por todo canto cidade, ainda assim, o que argentinos e turistas mais procuram na hora de escolher o que comer em Buenos Aires é a carne vermelha – com destaque para os bifes de ancho e chorizo.

Por isso, há um artigo exclusivo listando comidas típicas de Buenos Aires, com dicas dos pratos mais famosos e deliciosos, como o bife de Ancho, que acabei de citar, as milanesas, empanadas, medialuna, pizzas, além de doces imperdíveis como os sorvetes e o doce de leite.

Dá água na boca só de lembrar de cada uma dessas delícias. Além dos pratos, veja também dicas de onde comer bem em Buenos Aires com boas avaliações em diferentes bairros da cidade.

 

Roteiro: o que fazer em Buenos Aires em 3, 4 e 5 dias

Dicas de roteiro
Livraria El Ateneo é imperdível e deve estar no seu roteiro em Buenos Aires.

Com uma lista tão grande opções, dá para ficar em dúvida sobre o que ver e onde ir durante visita à cidade portenha. Por isso, fizemos uma sugestão de roteiro por Buenos Aires para auxiliar na organização da sua viagem. Inclui todos os passeios tradicionais e alguns que considero diferente.

No artigo há sugestões de passeios para até 5 dias na cidade. Por exemplo: o que fazer em 3 dias em Buenos Aires? Vá conhecer o Centro no primeiro dia, a Recoleta no segundo e fique entre Puerto Madero e Palermo no terceiro dia. Ah, você precisa saber o que fazer em 4 dias em Buenos Aires: inclua alguns passeios guiados.

E se você precisa de sugestões para saber o que fazer em 5 dias em Buenos Aires recomendo incluir o Caminito, no bairro La Boca, e San Telmo. Se tiver 7 dias ou mais aproveite aqueles passeios nos arredores de Buenos Aires que citei ao longo do artigo como Tigre ou Colônia del Sacramento.

Claro que mesmo com poucos dias você pode conhecer os bairros citados de táxi ou de ônibus turístico, mas saiba que quanto mais tempo em Buenos Aires é melhor.

Outro roteiro é o de compras inteligentes em Buenos Aires, com dicas de produtos típicos e onde fazer compras na capital portenha – esse roteiro pode ser mesclado no outro, seja de 3 ou 7 dias na cidade.

E, por falar em organização você pode  escolher quando ir a Buenos Aires, de acordo com seu gosto pelo clima. Saiba ainda que brasileiros não precisam de visto de turismo e nem passaporte para visitar Buenos Aires, apenas do documento de identidade (RG).

Reforço apenas que o documento de identidade deve estar em bom estado de conservação e ter sido emitido há menos de 10 anos – cheque bem esses detalhes para não perder a viagem.

 

Dicas sobre o que fazer em Buenos Aires

Essas dicas de viagem deste artigo trazem um apanhado geral para a organização da sua viagem, assim como os pontos turísticos mais tradicionais e outros que considero diferentes. Mas, eles são apenas algumas das alternativas sobre o que fazer em Buenos Aires, pois como citei, a cidade é grande e possui muitas atrações.

Minha recomendação é sempre pedir conselhos aos locais, conversar nos restaurantes, albergues e hotéis. Quando definir a data de sua viagem pesquise também no site oficial de turismo da Argentina ou na página de Buenos Aires qual a programação cultural daquele período.

Você pode se surpreender com um festival de dança ao ar livre, show de projeções em locais desativados ou mesmo ter a sorte de estar na cidade quando todos os museus estão com entrada gratuita. Assim, sempre consegui fazer os melhores passeios na capital portenha e conhecer mais afundo a cultura do local que você está visitando.

É bacana e vale sempre a pena seguir as recomendações, uma vez que tendo contato com os moradores você conhece melhor a cultura e os costumes locais, além de receber dicas de lugares fantásticos, mas que estão fora do roteiro turístico mais tradicional. É uma economia no orçamento da viagem e uma riqueza cultural ao mesmo tempo.

Quer saber o que fazer em Buenos Aires? Ainda tem dúvidas para planejar seu roteiro na capital da Argentina? Deixe suas dicas e comentários abaixo.

Até + !!!

 

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

Paulistano de 39 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Vera Wines

    Oi Guilherme! Que otimo receber tua resposta! Olha seria fantastic promocionar a loja de vinhos Vera Wines, muito obrigada pela sua atencao! Atenciosamente Vera Wines

  2. Blau Jones

    Tuas "dicas" são 10. Voltei esse mês da Patagônia e sempre utilizo seu blog p; me informar sobre os lugares que irei visitar. Descobri, um lugar que poucos turistas frequentam. Um restaurante que nos finais de semana os "portenhos" frequentam. Chama-se EL YUGO - Atacucho 1629 - BS. As. ( Recoleta). Sucesso e Paz Abração! Blau

  3. Guilherme Tetamanti

    Patagônia estou planejando pro final do ano que vem...vou pedir suas dicas!!! Não conheço esse restaurante...vou marcar pra ir na próxima vez. Valeu...abraços

  4. Lillian Brandão

    Ei Guilherme! Essa lista aí é muito boa! Eu preciso voltar a Buenos Aires para assistir um jogo em La Bombonera. Infelizmente quando fui não tinha jogo lá. :( Estive no MALBA e achei muito legal! O passeio do Tigre eu achei bem fraquinho, mas vale a pena conhecer uma vez pelo menos! :P Abraços, Lillian.

  5. Guilherme Tetamanti

    Oi Lilian, O que gostei do Tigre por ser algo diferente, mas recomendo só para quem tenha tempo sobrando. Obrigado pelas dicas, Até + !!!