O que fazer em Chiang Mai: templos, cachoeiras e muito mais

por Guilherme Tetamanti

O que fazer em Chiang Mai: templos, cachoeiras e muito mais

Chiang Mai é a sexta maior cidade da Tailândia, com cerca de 700 mil habitantes e ficou conhecida como a capital cultural da região norte do país. Também é um destino turístico bastante procurado por turistas atraídos inicialmente pela espiritualidade que envolve a cidade, com seus trezentos e tantos templos budistas. Mas hoje, com uma infinidade de atrações e crescimento do turismo, há muito mais o que fazer em Chiang Mai.

Chiang quer dizer Cidade, em tailandês. E Mai, Nova. Mas Chiang Mai, a Cidade Nova, tem mais de 700 anos de história, uma cultura fascinante, festivais culturais e tradições que promovem uma grande mistura entre a população local e comunidades de diversas partes do mundo que se instalaram aqui. O maior encanto de Chiang Mai é ser uma cidade moderna e cosmopolita, sem ter perdido seu charme tradicional.

Planeje sua viagem => Onde ficar em Bangkok

Hotéis nas principais ilhas da Tailândia »

 

Um pouco sobre a história de Chiang Mai

Centro de Chiang Mai
Centro de Chiang Mai.

É também conhecida por Rosa do Norte. Ou Shangri-lá, o paraíso mítico do Himalaia e parada obrigatória em qualquer roteiro pela Tailândia. Chiang Mai era nova quando 90 mil homens a construíram entre 1292 e 1296, no reino de Lan Na, o “país do milhão de arrozais”.

Foi a primeira capital independente no Triângulo de Ouro, onde o rio Mékong banha as fronteiras do Laos, Myanmar e Tailândia, hoje uma encruzilhada famosa pelo tráfico de ópio.

A Rosa do Norte floresceu à margem do rio Ping, num vale de colinas verdejantes, isolada (e protegida) do mundo, a 700 quilômetros ao Norte de Bangkok. Até 1920 só era acessível por barco ou em lombo de elefante. Agora, está aberta aos aviões, carros e trens.

Considerada umas das cidades com melhor qualidade de vida na Ásia, Chiang Mai concentra um número cada vez maior de empreendedores e nômades digitais, atraídos por sua excelente infra-estrutura, agitada vida noturna e custo de vida baixíssimo.

Todo esse desenvolvimento e prestígio aconteceu porque Chiang Mai foi um importante centro comercial no Sudeste Asiático, com privilegiada posição estratégica na rota da seda, que eram caminhos utilizados no comércio entre Europa e Oriente.

Enfim, existem diferentes motivos para fazer Chiang Mai estar num roteiro de viagem para a Tailândia. A culinária saborosa, mercado noturno cheio de surpresas e centro histórico com diversos bares, restaurantes e boates para agitar a noite de qualquer um. Para quem procura um destino que oferece atividades culturais, além de muito esporte e contato com a natureza, certamente encontrará muito o que fazer em Chiang Mai.

 

O que fazer em Chiang Mai

O turismo em Chiang Mai é bastante movimentado pela quantidade de templos budistas existentes nos arredores e na própria cidade, são mais de 300, sendo considerada a capital espiritual da Tailândia. Caminhando pelo centro histórico, um quadrado cercado de muros da época onde se fazia necessário esse tipo de proteção, é possível encontrar vários desses templos, além de muito comércio e agências de turismo oferecendo tours e passeios pela região.

Chiang Mai também é local estratégico para visitar o extremo norte do país, caso de Pai, Chiang Rai e Mae Hong Son, ou até mesmo para quem pretende seguir viagem para o Laos ou Mianmar. Os arredores da cidade também oferecem muitas opções aos turistas, como rafting, trekking, tomar banho de cachoeira, visitar os orfanatos de elefantes (Maesa Elephant Camp) e a tribo das mulheres com “pescoço de girafa” (Leia o relato do blog 360 Meridianos aqui).

*Não faça tours e passeios que exploram os animais.

 

Tiger Kingdom

O que fazer em Chiang Mai
Filhote de tigre no Tiger Kingdom de Chiang Mai.

O Tiger Kingdom, também conhecido como templo dos tigres, é uma das atrações mais procuradas de Chiang Mai. Muita gente desaprova a atividade e acusam os proprietários de maltratar e sedar os animais, mas não acredito que seja verdade, pois os tigres são muito bem tratados. A melhor maneira de chegar lá, é através dos tuk-tuks. Pechinche e combine o preço antes de entrar no veículo.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da Get Your Guide em Chiang Mai. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 48 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

O acesso aos tigres é categorizado pelo tamanho dos animais

  • Filhotes (2 a 5 meses): US$ 15,00 / pessoa / 10 minutos;
  • Jovens (6 a 9 meses): US$ 9,00 / pessoa / 15 minutos;
  • Adultos (10 a 20 meses): US$ 9,00 / pessoa / 15 minutos.

 

Wat Phra That Doi Suthep

Templos de Chiang Mai
O templo dourado de Wat Phra That Doi Suthep.

O templo dourado é um dos mais impressionantes que conheci na Tailândia, localizado no alto de uma das montanhas que rodeiam a cidade (15 km de distância), sendo parada obrigatória para todos os turistas. Existem outros templos e até um zoológico no caminho, além de vilarejos que valem a pena serem explorados, caso sobre algum tempo.

Aluguei uma moto e com um simples mapa foi bem fácil rodar pela região, e realmente recomendo ter seu próprio veículo para esse dia de passeio, pois além de ser barato alugar, terá liberdade de parar em qualquer lugar que interessar.

Não perca => As melhores atrações em Chiang Mai

Turismo em Chiang Mai
Tailandeses posando para minha foto na entrada do Wat Phra That Doi Suthep.

A história diz que o templo foi construído no alto da montanha, pois foi lá que morreu um elefante branco que carregava ossos de um Buda. Logo na entrada, uma escada de 300 degraus te deixará de boca aberta, não só pelo cansaço, mas porque para mim é a parte mais linda do templo, com os corrimãos em formato de dragão.

Conhecer os templos e todo o misticismo que envolve a Tailândia, é provavelmente um dos principais motivos para atrair tantos turistas. Conheça outros destinos para visitar templos tailandeses:

 
Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a America Chip, você ganha 10% de desconto com o cupom QUEROVIAJARMAIS para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão 4G de ALTA VELOCIDADE em diversos países. Conheça as vantagens:

  • Receber o chip na sua casa ainda no Brasi;
  • A configuração do chip é extremamente fácil;
  • Os planos têm excelente custo-benefício, com preço a partir de USD 31,00;
  • Muita economia, porque você contrata apenas os dias que for usar;
  • É sem dúvida a opção mais fácil, prática e segura para ter a melhor internet 4G;
  • Já falei internet ilimitada? ;)
 
   

 

Os templos de Chiang Mai

Dicas de viagem e templos em Chiang Mai
Buda dourado em Chiang Mai.

São tantos templos em Chiang Mai e ao redor da Tailândia, que visitar muitos deles é ter aquela sensação de “mais do mesmo”, mas alguns são realmente imperdíveis. Antes de tudo, saiba que para entrar nos templos, homens e mulheres precisam estar vestidos apropriadamente, sem mostrar ombros e pernas (calça para nós, e saia que cubra os joelhos para elas), além de tirar os sapatos.

O Wat Phra Singh é o mais importante e famoso de Chiang Mai. Outros bem conhecidos são Wat Patping, Wat Chiang Man (o mais antigo), Wat U Mong, Wat Suan Dok e Wat Chedi Luang, onde você poderá trocar uma ideia com os monges de plantão, basta seguir as placas indicando “monk chat”.

Só dentro de Chiang Mai existem 84 templos. O mais importante é o que guarda a estatueta do Buda Leão, fundida no ano de 157, no Sri Lanka, por ordem do rei Sihala Patima. Vagou séculos pela Ásia, refém de conquistadores. As estátuas sequestradas eram prova de uma vitória, símbolo de conquista. Até que vencidos, mas espertos, passaram a entregar cópias, guardando originais.

Tour Particular => Templos de Chiang Mai e Centro Artesanal

Wat Phra Singh em Chiang Mai

O Wat Phra Singh, ou Templo do Buda Leão, ganhou um chedi em 1334. É um marco. Às vezes, sagrado, uma lembrança de Buda. Ou comemorativo de uma vitória militar. Como as pirâmides no Oriente Médio, também pode ser um túmulo. Sua cúpula tem a forma de um ovo — o “Enio cósmico” contendo o mundo. Uma haste com sete sombrinhas superpostas simboliza as etapas para se alcançar o Nirvana, a sábia e pacífica plenitude.

Roteiro em Chiang Mai
O templo dourado de Wat Phra That Doi Suthep.

Do topo dos 300 degraus do Wat Doi Suthep, zela-se pela Cidade Nova, a 12 quilômetros. No lugar de corrimão, a escadaria tem duas cobras najas gigantescas, em cerâmica. Foi lá no alto, no século XIV, que um elefante branco carregado de relíquias deu três voltas, e morreu.

Para homenageá-lo, levantou-se um chedi. Outros 15 elefantes estão no chedi Rodeado de Elefantes, ou Chang Lom, de 26 metros, no templo Chiang Man, o mais antigo de todos e santuário de um precioso Buda de cristal, com o discípulo Ananda e o elefante Nalagiri.

Os elefantes vivos, treinados, estão 56 quilômetros distantes da Cidade Nova, na floresta, à margem do rio Ping. Exibem-se aos turistas todos os dias, às 9 horas. Nalagiri faz parte da lenda. O rei Rajkrout o usava para esmagar os condenados à morte. Mas Devadhatta, um diabo, queria usá-lo para executar o próprio Buda, que tanto invejava.

Mesmo prevenido, Buda saiu à rua. E quando o elefante se aproximou, permaneceu tranquilo, “coberto com a luz da verdade, o coração pleno de bondade e generosidade”. Surpreso, Nalagiri se ajoelhou. “Moral: se você é bom e generoso, ninguém pode-rá lhe fazer mal.”

Que não se pense que na Rosa do Norte o programa é ver elefantes ou contemplar Buda. Há templos para os consumidores ao longo da “Rota dos Artesãos”. São antiquários, arte-sãos de prata, madeira, couro, bronze, rubis, safiras e cerâmica. É um famoso mercado noturno, na rua Chang Klan.

Em Bo Sang, perto de Chiang Mai, estão os ateliês das folclóricas sombrinhas pintadas em papel. Suas lojas competem pelas vendedoras mais bonitas. E todas devem sorrir sempre, dóceis e gentis. Grutas, museus, casas de massagens, fazenda de orquídeas e festas — festas para a água, as frutas, os pagodes, o inverno, a beleza, as luzes e as flores. Como repetem os tailandeses, Sawasdee! Bem-vindo!!!

Imperdível => Templo Doi Suthep e Tribo Hmong 4 Horas

 

Onde ficar em Chiang Mai

Hotéis e onde ficar em Chiang Mai
Le Meridien Chiang Mai, localizado em Cahng Khlan.

São quase 700 opções de hotéis na cidade, isso pesquisando onde ficar em Chiang Mai apenas através do Booking. São opções desde poucos dólares, até mesmo redes super famosas, como o Four Seasons de Chiang Mai, que não fica exatamente em Chiang Mai, mas sim em Mae Rim, cidade onde está localizado o Tiger Kingdom e outras importantes atrações! => Conheça outros hotéis em Mae Rim!

Centro Histórico | Dentro das muralhas construídas no passado para proteger a cidade, hoje reservam as principais atrações turísticas de Chiang Mai, e certamente a melhor opção para quem preza por uma boa localização! => Hotéis no Centro Histórico de Chiang Mai!

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom PAI, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Night Bazzar | É aqui que todos se encontram nas noites agitadas de Chiang Mai, com opções de comidas típicas, artesanato, roupas e tudo mais. A localização dos hotéis é ideal para quem pretende aproveitar bastante os bares, boates e se afundar na vida noturna! => Hotéis nos arredores do Night Bazzar!

   

Chang Khlan | Uma área bem próxima ao Centro Histórico e Night Bazzar, mas afastada o suficiente para fugir um pouco das regiões mais turísticas. Ótima opção para quem pretende conhecer Chiang Mai, mas também quer paz e descanso! => Dicas de hotéis em Chang Khlan!

Nimmanhaemin | Também próxima ao centro, mas no lado oeste dos muros, fica a mais famosa rua de Chiang Mai, com muitos bares, restaurantes e muita agitação. É uma região jovem e descolada, excelente para quem não se importa tanto com as principais atrações turísticas! => Veja hospedagens em Nimmanhaemin!



Booking.com

Mais opções => Veja aqui os preços de hotéis em Chiang Mai

 

Como chegar em Chiang Mai

Saindo de Bangkok as maneiras mais comuns de chegar em Chiang Mai é de trem, ônibus ou avião (saiba mais sobre como funciona o transporte na Tailândia). Por terra certamente é mais barato, mas as viagens de duram de 10 a 15 horas podem assustar.

Prefira o trem noturno, pois além de ser mais confortável, com opções de cabines e camas, também sofrem menos atrasos que os ônibus.

Se puder gastar um pouco mais, certamente chegar através do aeroporto de Chiang Mai é a melhor escolha, com voos vindos de diversas cidades tailandesas e sudeste asiático.

 

Já sabe o que fazer em Chiang Mai?

São tantas atividades que fica difícil indicar quantos dias ficar em Chiang Mai, depende muito de cada roteiro. Em geral, de 3 a 4 dias são suficientes, mas muita gente fica semanas curtindo a vibe positiva do lugar.

Existem dezenas e dezenas de opções para quem pretende passar mais dias na cidade, mas é preciso colocar a mão no bolso, pois muitos passeios são superfaturados. Como tive a sorte de visitar a cidade junto com a galera da Stray Travel, consegui fugir dessas furadas, pois eles sabem indicar os melhores passeios.

Planejando o que fazer em Chiang Mai? Ainda tem dúvidas? Foi e gostaria de contar uma história? Deixe suas dicas e comentários!

Até + !!!

 

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

Paulistano de 39 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Praias e Ilhas

Não se esqueça de incluir as praias mais lindas no roteiro

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Melhores Hotéis

Descubra as melhores opções de hotéis para se hospedar

#02
Icone
Praias e Ilhas

Não se esqueça de incluir as praias mais lindas no roteiro

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Pedro Silva

    Olá Guilherme Duas perguntas: Na Tailandia circula-se pela direita ou esquerda? Faz ideia se a carta de condução Europeia é aceite? Obrigado Pedro Cerqueira da Silva

  2. Guilherme Tetamanti

    Oi Pedro, Na Tailândia circula-se pela esquerda. Sinceramente não sei dizer sobre a carta de condução, mas acredito que seja válida sim. Abraços

  3. Edmo

    Olá Guilherme. Moro em Brasília e Estamos planejando ir p a Tailândia a partir do dia 23 de Dezembro e voltar no dia 27 de janeiro/2016. Vc pode me dar algumas dicas? 1) Qual a melhor época para comprar as passagens? Será que escolher sair de SP ou RJ sai mais barato? 2) Na sua opinião, qual o segundo país a ser visitado por lá? abraços

  4. Guilherme Tetamanti

    Oi Edmo, É difícil prever quando as passagens estarão mais baratos e sair de SP ou RJ também depende das promoções. Eu acabei de comprar voo para a Europa e só paguei barato porque estava atento às ofertas que apareceram. Cadastra seu email aqui no blog, que dou essas dicas no ebook gratuito. Sobre outro país, se você procura praias e um país menos turístico, sem dúvida as Filipinas. Porém, pela proximidade o Vietnã é mais comum. Se tiver interesse em lugares mais históricos, Laos e Camboja são mais indicados. Abraços e obrigado pela visita!

  5. José

    Olá, Guilherme! Parabéns pelo post! Se possível, gostaria de umas informações... - É possível conhecer o tiger kingdom e o templo dourado num mesmo dia? Quanto tempo gasta-se em cada um, aproximadamente? Desde já, muito obrigado!

  6. Guilherme Tetamanti

    Oi José, É possível sim. No Tiger Kingdom você ficará cerca de 1 hora. No templo, provavelmente mais, pois é bem grande e muito bonito. Obrigado pela visita! Abração

  7. Guilherme Tetamanti

    Ulisses, Compre voos para as regiões. Para rodar por lá é muito fácil através dos "joint tickets", bilhetes vendidos para ir de lugar A para B, usando vários meios de transporte...é bem fácil comprar, muito conhecido por lá. ness Não conheço esse Day Trip, mas pelos lugares que passa, imagino que seja bom. Em Chiang Rai, veja se visita o White Temple...muito top! No sul, eu prefiro Krabi...Phuket é mais turística, bem bagunçada. Se tiver tempo, melhor mesmo dormir em cada ilha. Eu por exemplo, não fiz base em lugar nenhum, fui pulando de ilha em ilha. Bem fácil também pegar os barcos...muitas vezes reservei hotel nesses traslados, pois tem gente dos hotéis buscando clientes por todos os lados. Mesmo assim, acho melhor reservar antecipadamente, pois pode chegar em algum lugar e não haver vaga...já fiquei em pulgueiros por isso kkkkk Abração

  8. Ulisses

    Me desculpe mas tenho outras dúvidas: Estou montando a minha viagem e gostaria de saber se eu preciso comprar bilhete aéreo para varios ligares ou posso comprar somente para as regioes? Ex; Bankoc 4 dias para a cidade ou região? norte, Ching Mai como Base para a região, como conhecer os outros lugares? Conhece um passeio que chama Day Trip? passa por chiang Rai, pelo triangulo dorado (Fronteiras da Tailandia, Myianmar e Laos) e pela tribo das Long Neck! Sul, Krabi, Ko Samui, Phuket ou Koh Phi Phi como base ou ficar nas duas. e para conhecer as ilhas, voo ou barco? Vc sugeriu Krabi como base, algumas pessoas sugerem Phuket e outras dizem que se tem um pouco de tempo, para ficar em Kon Phi Ph também! Compro tudo antecipado? Sempre viajo, alugo um carro e faço meu roteiro (mesmo comprando heteis antecipados) pelo caminho, mas na Tailândia fica difícil né? Por isso estou com dificuldade de montar um roteiro para 3 semanas. Aguardo, Desde já, Muito Obrigado! Abç Ulisses

  9. Ulisses Sh

    Olá Guilherme, muito boa suas dicas! Preciso de + algumas: Em fev/15 desembarco em Bankoc onde vou ficar por 3 dias e depois tenho + 15 dias de viagem. O passeio com os elefantes tb é em Chiang Mai? Prais do Sul, quantos dias? onde ficar como base? Mais algumas opçãos de passeios? Vale um visita ao Camboja? Valeu! Abç Ulisses

  10. Guilherme Tetamanti

    Oi Ulisses, Existem passeios com elefantes por toda a Tailândia. Apesar de já ter feito, não gostei da maneira como exploram os animais para ganhar dinheiro. Hoje eu recomendo que faça visitas apenas a lugares que realmente cuidam dos animais...se eles ficam acorrentados, pule fora. Eu fiquei 30 dias nas praias do sul, ficaria 1 ano kkkkk. Krabi é uma boa base...de preferência para Railay Beach, Ao Nang e Koh Phi Phi. Eu adorei o Camboja, lindas praias e ainda os Templos de Angkor Wat...mas você precisaria de mais tempo. Não conheci Myanmar! Abração

  11. Ulisses Sh

    Myianmar?

  12. Gabriela

    Olá Guilherme! Estou de passagem comprada para a Tailândia para passar o mês de fev/2015 com meu namorado, e seu blog está ajudando muito! Gostaria de saber qual seria a melhor forma de ir das praias do sul até Chiang Mai - levando em conta que somos mochileiros estudantes, então o dinheiro é escasso! Além disso, gostaria de saber o que é necessário para alugar moto pela Tailândia, já percebi que você fez isso em várias cidades e ilhas... É necessário ter a carteira de moto aqui do Brasi? Desde já, agradeço!

  13. Guilherme Tetamanti

    Oi Gabriela, No post sobre os meios de transporte na Tailândia, falo sobre os joint tickets, basicamente um bilhete vendido em todos os lugares, para te levar do lugar A para B. Aí vc escolhe ônibus ou trem. É perrengue e cansativo, mas funciona e é barato. Pesquise um voo de Krabi ou Phuket até Chiang Mai, eu acho q vale a pena. Abraços

  14. Iza

    Adorei Guilherme! Embarco para a Asia na próxima quinta e estou louca para ver ao vivo o que você indicou aqui!

  15. Guilherme Tetamanti

    Oi Iza, Que massa, vc se encantará por Chiang Mai, tem tanta coisa pra ver!! Aproveite e obrigado pela visita :) Beijos e boa viagem