Início / Américas / América do Sul / Brasil / Como se locomover em Belo Horizonte: dicas de transporte

Como se locomover em Belo Horizonte: dicas de transporte

Como se locomover em Belo Horizonte, no Brasil? A capital mineira é repleta de pontos turísticos, lojas, restaurantes e tudo o que uma grande cidade pode nos proporcionar. Portanto é necessário saber a melhor maneira de aproveitá-la sem perder muito tempo nem dinheiro com transporte público.

Para quem não conhece a cidade, é importante saber que é possível realizar muitas rotas a pé, pelas diversas opções em curto espaço nos arredores da Praça Sete de Setembro (centro), na Pampulha, na Savassi e na Praça da Liberdade, que são os pontos de maior interesse entre os turistas. Porém, quando o trajeto é de um até o outro mais distante ou em direção ao hotel, será imprescindível  se locomover de carro ou transporte público.

Neste artigo, você irá conhecer como funciona e quanto custa cada meio de transporte em BH. Além de ver dicas de qual deles utilizar de acordo com o seu destino.

Programe sua viagem => Hotéis em oferta Belo Horizonte

Seguro viagem para viajar no Brasil »

 

Como se locomover em Belo Horizonte

Como se locomover em Belo Horizonte

Caso você não queira desembolsar um pouco a mais com táxi ou aplicativos de carros, as opções de transporte público em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, resumem-se a ônibus (convencional, circular e MOVE) e metrô. Para quem deseja gastar menos,  é possível encontrar boas alternativas de transporte público.

Descubra => Melhores passeios guiados pelo Brasil

 

Andar de ônibus em BH

Em Belo Horizonte, o valor de uma passagem pode variar entre uma linha e outra. Nos veículos convencionais, elas custam R$ 4,05. Enquanto que os circulares (cor amarela), são mais baratos e neles você embarca por R$ 2,85.

De uma forma geral, o serviço tem início às 5h e vai até às 23h50. Mas existem variações entre as linhas, algumas inclusive rodando 24 horas. Tenha consciência que aos finais de semana ambos passam com um intervalo de tempo maior, portanto trata-se de uma opção de transporte que requer mais tempo.

 

Rotas tradicionais dos ônibus BH

Ônibus Belo Horizonte
Foto: Helder Felipe, via Wikimedia Commons.

Abaixo você confere as linhas utilizadas para os destinos mais frequentados pelos turistas:

Rodoviária – Centro: Linha 104, R$ 2,85 (Pegar na Av. do Contorno e descer na av. Afonso Pena).
Centro – Savassi: Linha 5106, R$ 4,05 (Pegar a Av. Afonso Pena  e descer na Rua Cristóvão Colombo;
Savassi – Lagoa da  Pampulha: Linha 5106 (Cristóvão Colombo até a Lagoa da Pampulha;).
Centro – Praça da Liberdade:  Linha 5031, R$ 4,05 (Pegar na av. Afonso Pena e descer  na Praça da Liberdade).

Dicas => O que fazer em Belo Horizonte

 

MOVE

MOVE BH
MOVE em uma das estações de embarque e desembarque | Foto: Cid Costa Neto, via Wikimedia Commons.

Trata-se de um sistema de corredores de ônibus que percorre as principais avenidas da cidade e conta com veículos mais modernos. É possível fazer a integração do ônibus para o MOVE e vice-versa.

O serviço é semelhante ao metrô, pois é mais rápido por não pegar trânsito, conta com ar condicionado e não há rampas ou degraus na entrada. Outra dado interessante é que ele conta com um sistema nas estações de parada que informa o tempo para a chegada do próximo veículo.

Para quem vai pegar o MOVE nas estações do Centro de BH (Av. Santos Dumont e Av. Paraná) e quiser pagar em dinheiro, a pessoa deve se dirigir até aos guichês de venda que ficam do lado externo das estações.

Na dúvida, pergunte aos seguranças das estações que eles mostram onde fica. Após pagar em dinheiro, você receberá um cartão de passagem que será depositado na catraca de acesso a estação. Nas demais estações do MOVE o guichê fica logo na entrada da estação, o que facilita o processo.

Quem tem o cartão de ônibus BHBUS (que falo mais abaixo) basta apresentá-lo nas catracas. Com o cartão o processo fica mais rápido, pois enfrentamos menos filas.

Com a tarifa de R$ 4,05 (valor válido também em caso de integração com uma linha circular), o serviço parte de Venda Nova com destino ao centro, a linhas que passam por locais como Pampulha , Mineirão, UFMG, Hotel Ouro Minas) e Minas Shopping.

 

Como usar o metrô em BH

Como andar de metrô em BH
Metrô de Belo Horizonte | Foto: Companhia Brasileira de Trens Urbanos, via Wikimedia Commons.

Esse é um serviço pouquíssimo utilizado pelos turistas que visitam Belo Horizonte, porque basicamente eles teriam de pedir um táxi ou um carro por aplicativo após descer da estação mais próxima. O metrô é mais útil para os moradores da cidade, pois não atente as necessidades de quem quer chegar a um ponto turístico de BH.

O sistema possuí uma linha que liga as estações Eldorado a Vilarinho e funciona das 5h às 23h. O valor da tarifa é de R$ 3,40, em bilhete comprado em uma das estações. É possível pagar a passagem também com o cartão BHBUS (que falo mais abaixo).

Os paulistas (assim como eu) vão dizer que se parece muito mais com um trem, pelo fato do embarque a céu aberto e dos trilhos, porém os veículos são sim, do serviço de metrô.

Recomendo-o apenas para os turistas que gostam de futebol e pretendem assistir a uma partida do Atlético ou do América na Arena Independência, pois a estação Horto fica a menos de 10 minutos de caminhada do estádio; mas trata-se de uma opção bem povoada de torcedores e você pode se encontrar em situações de aglomeração.

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5, é só clicar no botão.
 

Confira => Lugares para lua de mel no Brasil

 

Cartão de ônibus e metrô: BHBUS

Se você for utilizar muitas vezes o sistema de transporte público de BH, recomendo que adquira o cartão BHBus Usuário. Ele custa R$ 2 e pode ser comprado dentro do ônibus; outro facilitador é que também é possível  recarregá-lo  no veículo, para isso é preciso apenas solicitar a recarga a um funcionário e realizar o pagamento de uma das duas opções (R$ 10 ou R$ 20).

Com o cartão, você evita de ficar tirando dinheiro da carteira toda hora e terá desconto na próxima passagem dentro do período de uma hora e meia; compre a opção “identificado”, pois nela você pode bloqueá-lo em caso de roubo. Para pessoas a partir de 65 anos que desejam passar pela roleta e sentar-se na parte de trás, a opção é o BHBus Master, que pode ser adquirido no posto da Transfácil (Av. Santos Dumont, 363, piso 3 – Centro).

Confira todos os pontos de compra de BHBus segundo a BHTrans:

– Dentro dos ônibus das linhas municipais;

– Transfácil: Rua Pernambuco, 1070, lj 121, Savassi;

– Transfácil: Rua Aquiles Lobo, 504, Floresta;

– Estações BHBUS Barreiro, Diamante, Venda Nova e Vilarinho;

– Estações de Integração, Transferência, Postos ATM e Quiosques do MOVE;

– Bilheterias das Estações do Metrô.

Confira => O que fazer em Ouro Preto e Mariana

 

Pegar táxi em BH

Táxi em BH
Táxi em uma das ruas de BH | Foto: Andrevruas, via Wikimedia Commons.

Esta é a opção para quem busca conforto e pode pagar um pouco mais por isso; mas acalme-se, não estou falando de nenhum valor absurdo, principalmente em bandeira 1.

Por exemplo, um trajeto básico do Mercado Central para a Praça da Liberdade durante o dia custa cerca de R$ 9; se partir da mesma origem até a Lagoa da Pampulha, o valor fica em torno de R$ 30. Já do hotel Ouro Minas você desembolsará R$ 24.

Se você quiser fazer compras no BH Shopping e de lá curtir um jantar ou um barzinho na Savassi o custo fica por volta de R$ 17, mas se for a noite em bandeira 2 sobe para R$ 20.

Digo sempre em valores aproximados, pois o preço pode variar em razão do trânsito. Dê preferencia para os taxistas cadastrados em alguma cooperativa, as mais famosas são Coopertramo, Coopertaxi BH e Vip Taxi BH.

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha 10% OFF para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.
 

 

Aplicativos de transporte em BH

Tem Uber BH
Foto: Tiago Macedo, via Wikimedia Commons.

Caso queira pagar um valor mais acessível, sem abrir mão do conforto, os aplicativos são boas opções. Comparando os mesmos trajetos estabelecidos com os táxis nos aplicativos Uber e 99, existe a seguinte variação de preços:

Mercado Central – Praça da Liberdade: de R$ 6,40 (99) a R$ 6,80 (Uber);
Mercado Central – Lagoa da Pampulha: de R$ 21,44 (Uber) a R$ 22,40 (99);
Lagoa da Pampulha – Hotel Ouro Minas: de R$ 14,20 (Uber) a R$ 15,90 (99);
BH Shopping – Praça da Savassi: de R$ 12,70 (99) a R$ 13,11 (Uber);

 

Alugar bicicleta em BH

Foto: Andrevruas, via Wikimedia Commons.

Eu considero válida a opção de alugar uma bicicleta, principalmente na Lagoa da Pampulha, pois lá existem vários lugares legais próximos e um passeio sobre duas rodas para quem gosta é bem legal. Outros trajetos possíveis é do Mercado Central até a Savassi ou até a rodoviária, por exemplo. Mas fique atento que a cidade ainda tem poucas ciclovias e os veículos ainda são pouco acostumados com ciclista dividindo o espaço.

Para realizar o aluguel você deve baixar o aplicativo de celular Bike BH, preencher o cadastro, fornecer os dados do cartão de crédito e escolher a bicicleta; o valor diário é de R$3.

Confira => Lugares lindos para conhecer no Brasil

 

Dicas de transporte público em Belo Horizonte

Belo Horizonte é uma cidade onde os pontos turísticos são relativamente próximos e possibilitam uma locomoção tranquila. Então, basta escolher o cabe na sua preferência e no seu bolso.

Caso você seja deficiente físico, recomendo que ande de carro, pois o sistema de ônibus e metrô da cidade não tem uma acessibilidade tão boa, sem contar que durante a semana são bem lotados.

Em geral, as pessoas que irão te atender vão ser extremamente simpáticas e a segurança pública não difere muito das demais capitais. Tente apenas não dar bobeira com o celular na mão.

E você, já esteve em Belo Horizonte? Já utilizou o sistema de transporte público da cidade? Deixe sua resposta nos comentários!

 

Leia os últimos artigos do blog:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Redação QVM

A redação do Quero Viajar Mais está sempre em busca das melhores dicas para você conseguir planejar sua viagem, seja um simples final de semana na praia ou mesmo uma volta ao mundo. Siga nossos perfis nas redes sociais: @QueroViajarMais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *