Jalapão, no Tocantins: onde fica, como chegar e o que fazer

Jalapão, no Tocantins: onde fica, como chegar e o que fazer

O Jalapão é daqueles lugares que qualquer viajante com espírito aventureiro sonha em conhecer. São paisagens alucinantes num lugar ainda pouco explorado pelo turismo e na região com a menor densidade demográfica do Brasil. Além disso, o visitante pode explorar chapadas, dunas, rios e cachoeiras, praticando diferentes esportes ou apenas curtindo as belezas do cerrado brasileiro.

É verdade que não é fácil fazer uma viagem por aqui. Primeiro: se quiser fazer tudo por conta, precisa de um bom veículo 4×4 e saber como pilotar na areia fofa…não é para qualquer um. Segundo: as distâncias entre os pontos turísticos do Jalapão podem ser um problema, mais pela precariedade das estradas do que pela distância em si. Terceiro: são poucas as opções para montar uma base…na verdade apenas uma, a cidade de Mateiros.

Na maioria das vezes sou adepto de fazer tudo por conta, alugar carro, reservar hospedagem e pesquisar na internet para descobrir os melhores passeios, mas não foi assim no Jalapão. Apesar de já ter pesquisado muito sobre esse destino e querer fazer a viagem no melhor estilo “perrengueiro-roots”, fiz o roteiro com uma agência e assim tive a chance de descobrir quase tudo sobre o que fazer no Jalapão.

Planeje-se => Seguro para viajar no Brasil

Encontre ofertas de hotéis no Jalapão »

 

Onde fica o Jalapão

Localizado bem no centro e no estado mais novo e desconhecido do país, o Jalapão ocupa uma área de 34 mil km, sendo um paraíso natural de beleza única e com uma das menores densidades populacionais do Brasil.

Roteiro de ecoturismo ainda pouco conhecido pela grande maioria do brasileiros, possui cenários que são difíceis de descrever, diferentes de qualquer paisagem em todo o mundo.

A dificuldade de acesso e pouca divulgação dos destinos turísticos do Jalapão foram os responsáveis pela preservação deste santuário, onde surgem inúmeros rios e cachoeiras de água cristalina e abundante, chapadas e formações rochosas de diferentes cores, em meio a uma paisagem árida e bela.

Estas condições proporcionam vida a uma diversidade incrível de animais e plantas totalmente adaptada a esta região do cerrado.

Neste cenário, destacam-se atrações turísticas como a Prainha Cachoeira da Velha, Cachoeira do Formiga, dunas de areias com até 30 metros de altura, Povoado Mumbuca, Fervedouro, Rio Novo, Serra do Espírito Santo e opções de turismo de aventura, como o rafting. É uma mistura de deserto, atividades aquáticas e paraíso de plantas e animais exóticos.

No passado o Jalapão era desafiado apenas por caravanas de tropeiros que atravessavam em viagens épicas este sertão bravio na direção do Vale do Rio Tocantins.

Hoje, o Jalapão ainda mantém muitas de suas características originais e promete, graças a diversas Unidades de Conservação e ao Turismo Sustentável, se consolidar como a maior área de preservação contínua da savana Brasileira.

CLIQUE AQUI para agendar os melhores passeios para o Jalapão »

 

Como chegar no Jalapão

Turismo no Jalapão - Tocantins

A viagem a partir de Palmas, no Tocantins, é dividida em duas partes: são 300 km divididos em estradas de asfalto e estradas de terra. O primeiro trecho é tranquilo, até chegar no município de Ponte Alta. É aqui que começa a estrada que da acesso ao Parque Estadual do Jalapão.

Logo no início da estrada de terra, pausa para recarregar as energias na Cachoeira da Sussuapara, um daqueles lugarzinhos intocados no meio do nada que por si só já vale todo o esforço de chegar até aqui. Voltei para a estrada renovado, afinal depois de tanto tempo preso na selva de pedra, precisava de um contato intenso com a natureza.

Estava feliz por saber que foi só o começo, pois nos próximos dias iria respirar muito ar puro, tomar banho de rio e aguçar meus sentidos com tudo o que me faz realmente sentido na vida.

O restante da tarde foi sacolejando dentro do caminhão. Apesar do desconforto da viagem, devido à precariedade das estradas de terra que cortam esse pedaço do cerrado brasileiro, o percurso foi leve e divertido.

O Mauro, nosso guia nessa parte da viagem, conhece como ninguém tudo sobre esse cantinho esquecido do Brasil e faz questão de explicar cada aspecto da região. Fauna, flora, geografia, história e até política, uma vez que nasceu aqui e aprendeu desde criança o que é o Jalapão.

Reserve => Excursão para o Jalapão de 5 dias

 

Primeiras impressões sobre o Jalapão

Por do sol no Jalapão

Não poderia estar mais satisfeito. Um calor gostoso e intenso, água trincando de gelada no caminhão, novos amigos e aquela empolgação natural do início de viagem.

o caminho para o acampamento, fui percebendo a mudança na paisagem, as árvores secas do cerrado, oásis formados pelo curso dos rios e alguns animais. Corujas, araras, maritacas e siriemas são facilmente vistas.

No último trecho da viagem fui na parte da frente do caminhão, com visão privilegiada. O sol estava escondido entre as árvores, mas já iluminava o céu com um colorido diferente.

Logo que entramos na estrada que da acesso ao acampamento o motorista parou, parecia que propositalmente num ponto estratégico para apreciar o pôr do sol, que imponente nos dava boas vindas.

Enfim chegamos, numa longa viagem a partir de Palmas. Fomos acomodados no acampamento, houveram instruções de segurança e logo corri para um banho noturno no rio. Fiquei ali curtindo com meus novos amigos, esperando a hora do jantar.

Tocou o sino, jantamos com direito a caipirinhas preparadas com frutas frescas da região e seguimos a noite com uma aula de história sobre como surgiu o estado do Tocantins e histórias sobre o Jalapão.

A noite não terminou aqui. A lua cheia, tão linda, não nos deixava ir embora. Ficamos conversando por horas, sentados na areia da praia que seria nossa companheira pelos próximos dias da expedição.

Depois de um dia tão diferente, fui dormir com uma paz que fazia muito tempo não experimentava. Estava enfim realizando um sonho antigo…o sonho de conhecer o Jalapão.

Garanta => 4 dias incríveis no Jalapão

 

O que fazer no Jalapão

Descobrir o que fazer no Jalapão não é tarefa difícil, afinal o destino ficou bastante popular na internet.

É um lugar que qualquer viajante com espírito aventureiro sonha conhecer. São paisagens alucinantes num destino pouco explorado pelo turismo.

 

Caiaque no Rio Novo

O que fazer no Jalapão
Passeio de caiaque no Rio Novo.

Você já notou como um único dia longe de nossa dura realidade pode transformar uma vida? Sair de férias rumo ao desconhecido, curtir um final de semana diferente, conhecer novos amigos, o que seja.. .aproveitar bem nossos dias de descanso são o primeiro passo para a felicidade. Esse foi meu pensamento, talvez um sonho, após minha primeira noite de sono no Jalapão.

Tudo aqui é contato com a natureza…fotografar a lua e as estrelas, acordar para assistir o nascer do sol, procurar um belo lugar para o pôr do sol, tomar banho de rio e café da manhã com frutas colhidas do pé.

O dia começou assim, mas a primeira atividade em grupo foi um divertido e refrescante passeio de caiaque pelo Rio Novo.

Enfim, o Rio Novo, um dos únicos no mundo com água potável para beber, é super tranquilo e qualquer pessoa consegue terminar as 3 horas de passeio sem muito esforço.

Após uma instrução rápida, todos do grupo pegaram seus equipamentos de segurança, câmeras a prova d’água e começamos a descer o rio. Foi um passeio tranquilo e divertido, sem grandes corredeiras, mas com bastante emoção.

Vale a pena => Tour de 12 dias pelo Tocantins

 

Dunas do Jalapão, um dos lugares mais bonitos

Meu pôr-do-sol mais lindo do Brasil
Meu pôr do sol mais lindo do Brasil.

As Dunas do Jalapão é um daqueles lugares que todos deveriam ter a chance de ver com os próprios olhos.

Formadas pela erosão dos ventos que trazem a areia da Serra do Espírito Santo, está dentro do Parque Estadual do Jalapão. O pôr do sol aqui é tão lindo que ficamos até o último raio de luz no céu, e tivemos que fazer a trilha de volta já no escuro.

Pois é, já sabia que o Jalapão seria um dos destinos turísticos que ficaria para sempre marcado na memória, mas não imaginei que uma de suas atrações estariam entre os lugares mais bonitos do Brasil.

Onde fica o Jalapão

Após uma pausa para o almoço, saímos do acampamento rumo ao Parque Estadual do Jalapão, onde esta localizada a Serra do Espírito Santo, formação de arenito que devido à erosão eólica forma as Dunas do Jalapão.

Além das incríveis paisagens que criam o parque, um cenário que somente com fotos consigo descrever, nosso objetivo foi assistir o pôr do sol do alto das dunas.

Esse é meu momento preferido do dia, para tirar fotos, refletir e agradecer por todas as coisas boas da vida.

Consulte => 6 dias completos pelo Jalapão

 

Os fervedouros do Jalapão

Sempre quis experimentar a sensação de flutuar sob as águas de um fervedouro, fenômeno conhecido como ressurgência, que acontece devido ao fluxo de água dos lençóis freáticos que encontram um caminho até a superfície e deixam partículas de areia em suspensão. A água fica tão densa que é impossível afundar, algo parecido o que acontece ao nadar no Mar Morto.

Anos atrás assisti uma reportagem que mostrava um pouco sobre as belezas do Jalapão, seus rios cortando as paisagens do cerrado, cachoeiras, as Dunas, a Chapada do Espírito Santo e os fervedouros, fenômeno único que são as principais atrações turísticas da região. Desde então fiquei com vontade de viajar ao Jalapão.

Apesar de chover muito pouco durante o ano, principalmente entre abril e setembro, e o cenário ser bastante seco, existe muita água no cerrado e diversas atividades para o turismo.

Rafting, canoagem, banho de cachoeira e a flutuação nos fervedouros do Jalapão. Adorei todos os lugares que conheci, mas confesso que minha ansiedade era para flutuar nos fervedouros.

 

Fervedouro da Glorinha

Fervedouros do Jalapão - Glorinha

O fervedouro da Glorinha é o mais famoso do Jalapão. Por ser aberto ao público, é necessário pagar uma taxa de 10 reais (setembro/2013) para ter acesso e poder brincar de flutuar num dos lugares mais lindos do Brasil. Para garantir a preservação do lugar, apenas seis pessoas podem permanecer lá dentro de cada vez.

Tudo isso tem um preço…fiquei todo cheio de areia. Sabe daquele jeito que descobrimos areia em cada pedacinho do corpo??? Rsrsrs, mas num lugar assim, quem se importa??? Ali mesmo, ainda tomei banho de rio para seguir mais confortável para o próximo passeio.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom VERAO, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

 

Fervedouro do Soninho

Fervedouro do Soninho

O fervedouro do Soninho é exclusivo e somente os turistas da Korubo Expedições podem visitá-lo.

Esse é bem maior e todos os 25 integrantes do grupo puderam entrar ao mesmo tempo, até os que não sabem nadar. A sensação de flutuar é indescritível, literalmente brincadeira de criança, como se estivesse caminhando num lugar sem gravidade.

Almoçamos ali mesmo, na casa que fica na mesma propriedade do fervedouro. Como em todas as refeições, tudo estava perfeito e agora com energia para seguir viagem e visitar a próxima atração.

 

Cachoeira da Formiga

Cachoeira da Formiga - Jalapão
Galera na Cachoeira da Formiga.

Logo na entrada da Cachoeira da Formiga, uma simpática família, que vive ali como se o mundo que conhecemos não existisse, da as boas vindas para quem se aproxima para uma conversa.

Crianças brincavam no chão de terra, mulheres olhavam curiosas os turistas, enquanto o dono da casa assistia a tudo deitado, preguiçoso em sua rede. A cachoeira, é uma das mais gostosas e bonitas que já vi.

A cachoeira é uma delicia, com água transparente, quedas d’água e ambiente ideal para descansar após um longo dia de viagem. Eu saí mais cansado, saltando, mergulhando e nadando para conhecer cada pedacinho desse paraíso.

 

Serra do Espírito Santo

Vista para as Dunas do Jalapão
Serra do Espírito Santo e as Dunas do Jalapão.

A Serra do Espírito Santo é um chapadão com 32 km de extensão que molda as principais paisagens do Jalapão.

Além de sua imponência, por ser formado de arenito, também forma as Dunas do Jalapão, devido a constante erosão eólica que acontece na região. Para quem gosta de caminhadas é um prato cheio, com uma trilha de 8 km com mirantes e cenários sensacionais.

 

Trilha da Serra do Espírito Santo

O destino foi o Mirante da Serra do Espírito Santo, localizado no Parque Estadual do Jalapão, através de uma trilha com 8 km de extensão.

Acordamos as 4 da manhã para fazer o primeiro trecho da trilha, bastante íngreme e com 1 km, antes que o sol estivesse muito forte.

Tudo preparado, entramos no caminhão e antes mesmo que saíssemos do acampamento ouvimos um barulho forte; quebrou uma das molas do caminhão. O passeio foi adiado para o pôr do sol.

Com o caminhão consertado, partimos para mais uma viagem pelas estradas de terra do Jalapão. O trecho até o início da trilha durou cerca de uma hora, cruzando as paisagens do cerrado. Começamos a subir a trilha as 16:30 hs.

O primeiro trecho do trekking para subir a Serra do Espírito Santo não é fácil, mas todos no grupo conseguiram chegar lá em cima.

Demorei uns 40 minutos, num ritmo bem tranquilo, com várias pausas para tirar fotos. Uma vez no topo, há um mirante incrível logo após o término da subida.

Trekking na Serra do Espírito Santo
Foto: Maurício Oliveira (Blog Trilhas e Aventuras).

Agora foi a vez da segunda parte da aventura, uma trilha de 3 quilômetros para chegar ao mirante do pôr do sol, com vista para as Dunas do Jalapão. Estava atrasado, com o sol já quase se pondo…corri!!! Esqueci do cansaço da subida e corri.

A trilha é plana, passando por uma vegetação baixa, com algumas árvores para enfeitar a paisagem. Corri como nunca, pois sabia que seria a única chance na vida de apreciar o pôr do sol num lugar tão especial.

Cheguei ofegante, abraçando os outros que estavam na frente, o Fabio junto comigo e alguns que vinham pouco atrás.

Foi gratificante, emocionante, uma prova de que realmente esse momento do dia é mais que especial. Vimos só um fiozinho do sol, mas o suficiente para que todo o esforço da caminhada valesse a pena.

Fui o último a sair de lá, junto com a Cris e o Mauro, guia da Korubo Expedições. Já estava escuro e fizemos todos o caminho de volta conversando sobre histórias de viagem e, principalmente, sobre o Jalapão.

Viemos devagar, rindo à toa, apenas com a luz das lanternas para nos guiar. O resto do grupo nos aguardava lá em baixo, também num momento especial. Nessa hora, uma das fotos que mais gostei de toda a viagem ao Jalapão.

 

Cachoeira da Velha

Cachoeira da Velha no Jalapão
A Cachoeira de Velha e Lilian (Nerds Viajantes).

O caminho de volta a Palmas é longo, cerca de 300 km divididos entre estradas de terra e asfalto. Além disso, ainda havia alguns lugares a serem visitados…

Cachoeira da Velha e a mais famosa Prainha do Rio Novo. Não imaginei que o último dia ainda poderia proporcionar tantas lindas paisagens e lugares alucinantes desse canto especial do Brasil.

A Cachoeira da Velha é a maior do Jalapão, com uma queda d’água de aproximadamente 20 metros de altura. O acesso é bastante fácil e a estrutura para os visitantes é super segura, com uma passarela de madeira que leva até bem pertinho da cachoeira, proporcionando lindas fotos.

Em alguns pontos é preciso ter cuidado, pois também há uma trilha que leva até pontos mais afastados, mas sem parapeitos ou alguma proteção. Se cair, é tombo feio na certa!!!

 

Prainha do Rio Novo

Praia do Rio Novo
Adventure Bloggers na Praia do Rio Novo.

A praia de rio mais linda que já vi, com areia branca e água cristalina. Falando nisso, o Rio Novo é um dos poucos no mundo com água potável para beber. Você imagina lugar melhor???

Estava um calor gostoso…gostoso pra cair na água. Ver todas as corredeiras e cachoeiras, me deixou com ainda mais vontade de um banho de rio. E assim aconteceu, pois a próxima parada, cerca de 10 km depois, foi a Praia do Rio Novo.

Sabe aqueles lugares que a gente imagina conhecer, sem farofa, sem gente te amolando, só com seus amigos pra te acompanhar??? Pois é, é aqui!!!

 

Korubo Safaris Ecológicos

Via Korubo Expedições: O início desta Viagem de encantos e descobertas é em Palmas, capital do Tocantins. A hospedagem no exclusivo Safári Camp Korubo proporcionará uma experiência única, possibilitando uma completa interação com a Natureza.

Recebemos pequenos grupos e assim se minimiza o impacto ambiental e nos permite oferecer um atendimento personalizado aos visitantes. Dentro de nossa filosofia de trabalho procuramos estar sempre de acordo com as práticas e uso do Turismo Sustentável.

Nossa estrutura não envolve construções de alvenaria sendo a arquitetura integrada à paisagem.Utilizamos também energia alternativa, empregamos trabalhadores nativos e incentivamos a produção e comercialização do artesanato local.

SAFARI, na língua Swahili significa originalmente JORNADA. A Viagem convida à filosofia. Entre no clima, sinta o deserto, faça parte dele, mergulhe na natureza e curta o silêncio, atente para as cenas pequenas e para as coisas extraordinárias.

 

 
Procurando opção de hospedagem mais segura por causa do Coronavírus?

A melhor alternativa é alugar imóveis, para se hospedar com conforto e segurança!

Devido a nossa parceria com a Airbnb, você receberá até R$ 350,00 de desconto na primeira reserva, e o cadastro é sem compromisso. Algumas vantagens do Airbnb:

  • Possibilidade de dividir o imóvel com um grupo de amigos ou família;
  • Tarifas mais baratas que hotéis;
  • Comentários 100% autorais;
  • A comodidade de sertir-se em casa.
 

Fotos do Jalapão

Sou apaixonado por fotografia de paisagens e não há hora melhor do que o nascer ou pôr do sol para conseguir boa luz para fotos alucinantes.

Dessa vez a lista não foi elaborada somente com fotos minhas, mas de alguns amigos que viajaram ao Jalapão. Pedi a foto preferida de cada um, com uma explicação rápida sobre o momento em que foi tirada. Espero que gostem dessas fotos do Jalapão!!!

 

Fabio Pastorello – Viagens Cinematográficas

Pôr do sol no Jalapão
Pôr do sol preferido do Fabio.

“Esse pôr do sol aconteceu no dia de nossa trilha até o Mirante da Serra do Espírito Santo. A trilha foi bem cansativa e nem era para termos ido no final de tarde, e sim pela manhã, mas no final das contas estávamos lá naquele momento.

O dia começou a terminar, quando cheguei no topo da serra. A partir dali, ainda tínhamos mais 3 km de trilha até um outro mirante, de onde veríamos a erosão da serra e a a origem das dunas do Jalapão. Corri pela trilha para tentar chegar no final dela antes do pôr do sol.

Essa corrida contra o tempo, na verdade contra o sol que se punha, revela um pouco da minha paixão por esse momento. No meio do caminho, registrei essa foto. Na continuação da trilha encontrei outro louco correndo atrás do pôr do sol, o Guilherme. Finalmente chegamos no nosso destino.

Em questão de segundos depois de termos chegado, o sol finalmente se escondeu atrás das nuvens. É isso aí, tudo por uma foto e viva ao pôr do sol no Jalapão.”

 

Cris Marques – Raízes do Mundo

Pores do sol no Jalapão
O pôr do sol que a Cris mais gostou.

“Qualquer palavra sobre o pôr do sol no Jalapão será clichê… O que melhor descreve o meu momento é um sentimento. Enquanto o sol se despedia de mais um dia, tirei umas poucas fotos, fechei os olhos e o agradeci. Em profunda conexão reverenciei o sol.”

“Depois, repeti a reverência com o Mauro, nosso guia. Por fim, mais uma vez, com o Gui. O sol se pondo e por três vezes agradeci por finalmente conhecer esse pedaço do cerrado, em uma viagem tão especial. Meu momento foi de gratidão!”

 

Maurício Oliveira – Trilhas e Aventuras

Pôr do sol nas Dunas do Jalapão
Pôr do sol por Maurício Oliveira.

“Um momento para curtir sozinho, a dois ou entre muitos amigos. Foi esta última opção a que escolhemos para curtir esse lindo pôr do sol nas Dunas do Jalapão com os Adventure Bloggers.

Nesta foto, aproveitei esse casal que se afastou do grupo para compor a foto. Os raios do sol fizeram o resto do trabalho, colorindo toda a paisagem. Uma experiência incrível!”

 

Flávia Peixoto – Viajar é Tudo de Bom

Lindas fotos do Jalapão
Pôr do sol escolhido pela Flávia (Viajar é Tudo de Bom).

“Essa foi a minha favorita…e foi do primeiro dia. Apesar do pôr do sol nas dunas ser inesquecível pelo tom alaranjado que fica na areia, o primeiro pôr do sol no Jalapão marcou mais justamente pela realização de um sonho, de estar ali conhecendo um lugar que sempre quis e claro, por ter sido uma pintura.”

 

Lillian Brandão – Nerds Viajantes

Pores do sol no Jalapão do Tocantins
O pôr do sol mais bonito da Lillian (Nerds Viajantes).

“Assistir o pôr do sol do alto das dunas foi emocionante. A combinação das areias douradas das dunas, os reflexos no rio e a vista para a Serra do Espírito Santo foi perfeita. Com certeza foi o pôr do sol mais bonito que vi no Jalapão.”

 

Guilherme Tetamanti – Quero Viajar Mais

Brincando nas Dunas do Jalapão
Meu pôr do sol nas Dunas do Jalapão.

“Depois que o sol enfim se pôs, alguns do grupo e eu fomos andar pelas dunas e tiramos várias fotos. Estávamos ali sentados na beira de uma das barreiras de areia, brincando com as luzes do pôr do sol. Foi quando resolvemos apostar uma corrida rolando pelas Dunas do Jalapão.”

“Na volta para encontrar o restante do grupo fiquei por último limpando a câmera. Foi quando vi a silhueta da galera andando sobre a areia e dei um grito para fazerem uma pose. Aproveitei o restante de luz que ainda coloria o céu para tirar uma de minhas fotos preferidas de toda a viagem.”

 

Gleiber Rodrigues – Andarilhos do Mundo

Entardecer no Jalapão
As dunas no olhar de Gleiber Rodrigues.

“A estrela principal de um por do Sol é, obviamente, o próprio Sol. Mas por incrível que pareça, nas minhas fotografias preferidas ele nem sequer aparece. As cores que o céu e as nuvens assumem depois que Ele já se foi, para mim, são as mais impressionantes. Por isso, não adianta termos pressa.”

“Só teremos a glória de observar a melhor parte se nos permitirmos tempo para observar, com calma, todas as fases deste instante mágico. E nesse dia, lá no alto das dunas do Jalapão, estávamos justamente dispostos a contemplarmos juntos essas cores tão ímpares.”

“Esta fotografia em especial é a minha preferida porque acho que consegui capturar a magia deste lindo momento que não era só meu, mas de todos.”

 

Roberta Martins – Territórios

Fim de tarde no Jalapão
O fim de tarde escolhido pela Roberta.

“Esse foi o primeiro pôr do sol no Jalapão registrado na estrada. De dentro do caminhão em movimento, notamos a bola vermelha encostando na terra e corremos para janela. Foi muito rápido e apenas mais um entre todos os finais de tarde incríveis que passamos por ali.”

 

Guilherme Mainieri – Adventure Bloggers

Fim do dia nas Dunas do Jalapão
Pôr do sol na Dunas do Guilherme.

“Meu pôr do sol preferido foi nas Dunas do Jalapão, aproveitando o finalzinho da luz do dia para conseguir minha foto preferida de toda a viagem.”

 

Jr Caimi – Tip Trip Viagens

Pôr do sol em Palmas, antes de chegar ao Jalapão
Pôr do sol em Palmas, antes de chegar ao Jalapão.

“Estava tão empolgado para a viagem ao Jalapão que cheguei na quinta-feira a capital Palmas. Peguei este pôr do sol logo no primeiro dia. Foi as boas vindas para umas das viagem mais legais que já fiz.”

 

Já sabe o que fazer no Jalapão?

Acompanhe esse vídeo completo sobre a viagem ao Jalapão, com momentos de cada um dos destinos que visitamos. O roteiro pelas estradas de terra é cansativo, são muitos buracos e longas estradas, mas compensa o esforço.

O que achou das atrações do Jalapão??? Sem dúvida é um dos destinos em alta no Brasil e tem muito a oferecer. Se gostou, deixe sua opinião!!! Se tem outras dicas, compartilhe!!!

Até + !!!

 

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

Paulistano de 39 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Paula

    Qual a melhor epoca do ano para visitar essa região?

  2. Guilherme Tetamanti

    Oi Paula, o ano todo é bom. De dezembro a março chove mais, mas os dias raramente ficam fechados. São pancadas de chuva mesmo, o que pode alterar os horários dos passeios, mas sem cancelamentos. Saiba mais nesse link. Abraços

  3. Fabio Pastorello

    Completíssimo, Guilherme. Eu ainda tô meio atrasado nos posts. Gostei de tanta coisa, mas acho que eu acabei gostando mais mesmo foi de ter feito tudo em grupo. Por incrível que pareça, depois de tanto tempo organizando e fazendo viagens por conta, foi ótimo contar com uma viagem em grupo bem organizada. Abraços.

  4. Guilherme Tetamanti

    Fala Fabio, Mas tu fez os vídeos!! :) Tb adorei viajar com a galera, em breve faremos outra!! Abração

  5. Cris Marques

    O Jalapão é surpreendente por natureza... cada lugar guarda belezas naturais únicas! Acho que esse destino merece um flashback versão roots. rsrs Beijos