O que fazer em Joanesburgo: principais atrações do roteiro

por Guilherme Tetamanti

O que fazer em Joanesburgo: principais atrações do roteiro

Joanesburgo é a capital e maior cidade da África do Sul, porém a maioria das dicas de viagem que consegui sobre o país, sempre excluíam a cidade por dizerem ser muito perigosa, além de não possuir as belezas naturais de Cape Town. Resolvi ficar na cidade após 4 dias de safari no Kruger Park para conhecer as principais atividades e ter minha própria impressão após descobrir o que fazer em Joanesburgo.

Após viajar para Cape Town e Johanesburgo, a melhor maneira de mostrar suas diferenças e comparando-as com Rio de Janeiro e São Paulo, respectivamente. Não existem tantas atrações turísticas em Joanesburgo, belezas naturais, praia e principalmente apelo turístico. Já Cape Town é lindíssima, com atividades incríveis como o mergulho com tubarões branco, o maior bungy jumpde ponte do mundo e ainda a fantástica Table Mountain, seu principal cartão postal.

Planeje sua viagem => Onde ficar em Joanesburgo

Seguro viagem para África do Sul »

 

O que fazer em Joanesburgo

Você já teve a chance de visitar uma cidade pela segunda vez, ter uma visão diferente sobre algum destino??? Comigo aconteceu diversas vezes, mas nunca havia imaginado que mudaria tanto minha opinião sobre Joanesburgo.

Eu conheço algumas pessoas que fizerem grandes viagens pela África do Sul, cruzaram a Garden Route e falaram maravilhas sobre Cape Town. Porém, sinceramente não lembro de nenhum que recomendou ficar mais do que um dia em Joanesburgo.

– “A cidade é perigosa, não tem muito o que fazer por lá, eu prefiro Cape Town” – é o que todos sempre dizem. Enfim, é justo comparar São Paulo com a beleza do Rio de Janeiro??? Não é, mas nem por isso deixo de aproveitar as opções de lazer da capital paulista.

Até concordo que dependendo do planejamento de uma viagem para a África do Sul, seja preciso priorizar o que o país tem de melhor, e nesse artigo tentarei mostrar porque essa segunda visita começou a mudar minha opinião, num roteiro de 3 dias em Joanesburgo, para conhecer os pontos turísticos mais importantes.

 

Nelson Mandela e o Apartheid

O que fazer em Joanesburgo
Entrada para o Museu do Apartheid.

Resolvi utilizar meu dia em Joanesburgo para conhecer mais a fundo a história do Apartheid e como foi a luta de Nelson Mandela para acabar com o preconceito e unificar a África do Sul. Visitei o Museu do Apartheid e Soweto, o bairro onde Mandela viveu boa parte de sua vida. O museu é incrível, a história emocionante e essencial para aprender mais sobre a África do Sul.

Falar para um viajante visitar esse museu é como chover no molhado, mas realmente todos deveriam conhecer mais sobre a história da África do Sul antes de embarcar numa viagem para desbravar o país.

Foi minha segunda visita ao museu, já até escrevi um pouco sobre ele no post sobre o que fazer em Joanesburgo, mas não foi por isso que deixei de me emocionar. Ver tanta crueldade, discriminação, odio e toda a luta dos homens, mulheres e crianças liderados pelo idealismo de Nelson Mandela, é inexplicavelmente emocionante.

Para mim o momento mais marcante da visita, foi quando vi uma amiga saindo do “cinema”, onde passava um documentário mostrando em fatos reais a história do fim do Apartheid. Conflitos, mortes, injustiça e toda a revolta dos negros contra um regime de discriminação.

A Cris saiu visivelmente emocionada, e perguntei:

– Forte né Cris, porque está assim?

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na África do Sul. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

– Ao meu lado havia uma menina de uns 10 anos chorando. – Ela me respondeu.

 

Soweto

O que fazer em Joanesburgo
Casa onde Nelson Mandela viveu em Soweto.

Conhecida por seu uma das cidades mais perigosas do mundo, Joanesburgo não possui tantas atrações turísticas com Cape Town, mas o que há é bastante organizado. Aluguei o carro no aeroporto e não senti perigo no trajeto para o museu e depois para Soweto, mas é recomendável fazer os passeios com empresas de turismo em Joanesburgo.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom BWEEK, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 
Tour em Soweto.
Soweto, o maior bairro do mundo.

Soweto é o maior bairro do mundo com cerca de 5 milhōes de habitantes, onde os negros eram obrigados a morar durante o regime do Apartheid. Eu não vejo como seria possível conhecer bem sobre a história da África do Sul, sem ver de perto os moradores de Soweto, conhecer suas histórias, saber sobre suas crenças e entender de fato qual foi a importância de Nelson Mandela para a libertação do país.

Minha última noite em Joanesburgo foi no Lebo’s Soweto Backpackers, um hostel bem no centro do famoso bairro. A principal atividade por aqui é o bike tour em Soweto, com 2 ou 4 horas de duração, mas isso faz parte da história de Soweto.

Recomendo => Excursão turística em Soweto e em Joanesburgo

 

Pôr-do-Sol no Protea Parktonian Hotel

Onde comer em Joanesburgo.
Protea Parktonian Hotel, uma excelente opção para jantar e curtir o fim de tarde.

Joanesburgo é uma cidade alta, com cerca de 2000m acima do nível do mar. Mesmo assim é praticamente plana e de qualquer prédio é possível ver o horizonte 360 graus, perfeito para um magnífico pôr-do-sol na África.

Foi pensando nisso que resolvemos procurar um bar na cobertura de algum prédio de Joburg, para curtir o fim de tarde, jantar e terminar muito bem um dos vários dias mais legais da minha vida. Como nessa semana estava acontecendo o Joburg City Fest 2014, acabamos descobrindo o bar/restaurante do Protea Parktonian Hotel.

Pôr-do-sol do alto em Joanesburgo.
Pôr-do-sol do alto em Joanesburgo.

Além da incrível vista, o restaurante na cobertura do hotel é espetacular, com preço junto. O jantar com vinho saiu por 220 rands / pessoa, ou cerca de 22 dólares.

 

Maboneng, “O” bairro de Joanesburgo

Pontos turísticos de Joanesburgo.
Grafite em Maboneng.

O Curiocity Backpackers foi construído numa antiga gráfica, utilizada na época do Apartheid para imprimir informativos políticos. A história conta que muitas vezes Nelson Mandela fez suas reuniões por aqui.

Mas porque estou te contando isso??? Para mostrar que pequenos detalhes podem nos fazer mudar de opinião e que recomendo conhecer Joanesburgo, além de Cape Town.

O hostel está localizado em Maboneng, um bairro tradicional de Joanesburgo, que começou a ser revitalizado para o turismo em 2010. Um importante empresário, dono de aproximadamente 40 edifícios na região, transformou suas propriedades em galerias de arte, restaurantes, bares e espaços culturais, o que atraiu a população jovem de Joanesburgo, e consequentemente mais turistas.

Night market em Maboneng.
Market on Main, o mercado noturno de Maboneng.

O Market on Main é um mercado semanal de gastronomia e arte, com mais de 100 comerciantes independentes. O mercado acontece na galeria Arts on Main, todos os domingos das 10:00 às 15:00. Tive a sorte de visitar o mercado noturno, que acontece na primeira quinta-feira de cada mês. É uma ótima chance de provar a culinária de diversas partes do mundo, mas principalmente para ver a galera jovem da cidade. O Night Market de Joanesburgo acabou virando uma referência para moradores e turistas.

 
Sabia que aprender através de cursos on-line nunca foi tão fácil?

Assista seus cursos pelo computador, tablet ou até mesmo pelo celular!

Devido a nossa parceria com a Learn Café, você terá acesso a cursos para todas as áreas do conhecimento, com alta qualidade, comodidade e de forma acessível. Cursos online para você:

  • Aprender rápido e ganhar dinheiro;
  • Se preparar para um novo emprego;
  • Melhorar seu currículo;
  • Continuar aprendendo sempre!
 

Tudo por aqui respira arte, inspira idéias, transpira inovação. Diferente de outras regiões de Joanesburgo que dizem serem perigosas, por aqui você pode caminhar tranquilamente pelas ruas enquanto admira paredes pintadas com grafite, toma um café num barzinho construído dentro de um container ou assiste um filme no único cinema independente da cidade, que mostra obras apenas de cineastas sulafricanos.

É tanta arte em Maboneng, que é possível até mesmo dormir numa galeria de arte. O Hotel 12 Decades, possui 12 quartos decorados por 12 artistas, mostrando 12 décadas da história da África do Sul.

Não é a toa que todos aqui dizem ser um bairro “cool”.

 

1 dia em Johanesburgo

Joanesburgo é a principal porta de entrada e saída da África do Sul, com os principais voos internacionais. Para os viajantes que estão de passagem, com viagens para Cape Town ou cidades menores, o melhor é reservar hotéis ou albergues próximos ao aeroporto para economizar com traslados.

Para conhecer a história do Apartheid, basta 1 dia em Joanesburgo. Existem tours guiados, mas alugar um carro com GPS é bem mais barato, mesmo para quem viaja sozinho.

 

Dicas sobre o que visitar em Joanesburgo?

Apesar de não ser tão empolgante, há sim muito o que fazer em Joanesburgo. São diversos museus, restaurantes e bares para ocuparem alguns dias durante uma viagem de férias na África do Sul.

E para te animar ainda mais dá uma olhada também neste vídeo feito pelo site oficial de turismo da África do Sul:

Planejando o que fazer em Joanesburgo? Ainda tem dúvidas? Foi e gostaria de contar uma história? Deixe suas dicas e comentários!

Até + !!!

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

Paulistano de 37 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Isabela

    Oi! Você falou sobre aluguel de carro em Johannesburg! Tem alguma opiniao sobre qual locadora e como fazer? obrigada!

  2. Guilherme Tetamanti

    Oi Isabela, Tenho esse artigo sobre locação de carros. Pesquiso sempre na RentCars e RentalCars. Abraços

  3. Eder Rezende

    Ola Guilherme tambem deixamos nossa impressao sobre este lugar de arrepiar os cabelos aqui: http://quatrocantosdomundo.wordpress.com/2011/11/06/tres-lugares-de-arrepiar-os-cabelos-%E2%80%93-museu-do-apartheid-%E2%80%93-africa-do-sul-%E2%80%93-parte-ii/ abs Eder

  4. Guilherme Tetamanti

    Valeu pela indicação, já tinha lido seu post...kkk Abração Eder

  5. Michel

    Fala Brother, irado o post hein? Pensar em uma entrada com "brancos" e "não-brancos" é algo que representa bem todas dificuldades que o país encarou e infelizmente ainda encara! Você sempre mandando bem, difícil imaginar quantas coisas incríveis você passou nessa volta ao mundo! Abração!

  6. Guilherme Tetamanti

    Ae Michel, O "legal" do museu é que essa entrada realmente separa as pessoas. O início do tour mostra diferentes particularidades do Apartheid. Valeu pela visita, dando força como sempre. Grande abraço