Início / Europa / Rússia / 5 cidades perto de Moscou para visitar na Rússia

5 cidades perto de Moscou para visitar na Rússia

Quem viaja para a Rússia com tempo disponível precisa conhecer as cidades perto de Moscou. Como estou falando de um país gigante, que possui território em dois continentes, já dá para imaginar que lugares para visitar não faltam. Existem muitos pontos turísticos e cidades interessantes nos arredores da capital da Rússia, que você conhece fazendo o famoso esquema bate-volta.

Neste artigo, selecionei os atrativos mais interessantes ao redor da capital para quem viajará ao país com um roteiro de vários dias. O ideal é conhecer primeiramente os monumentos de Moscou, para depois curtir as minhas sugestões.

Provavelmente, você precisará reservar um dia inteiro para visitar cada um deles, até por que tem o tempo de deslocamento. Ficou curioso? Então, vamos para a lista!

Planeje sua viagem => Onde ficar em Moscou: dicas de bairros e hotéis

Precisa de seguro viagem para a Rússia?

 

Cidades perto de Moscou para bate-volta

As cidades ou pontos turísticos mais interessantes perto da capital são Kolomenskoye, Arkhangleskoe, Abramtsevo, Sergiyev Posad e Suzdal. Você vai conhecer mais profundamente cada uma delas a seguir.

 

1) Kolomenskoye

 Cidades perto de Moscou
Foto: Marina Lystseva, via Wikimedia Commons.

Kolomenskoye é um ex-estado imperial e está localizado na antiga estrada que levava a Kolomna. Na área de 390 hectares, encontra-se a nascente do Rio Moscou.

Uma das construções mais famosas do local é a Igreja da Ascensão, que foi incluída na lista de Patrimônio Mundial por ser um dos primeiros exemplos da tradicional igreja com teto de madeira com estruturas de pedra e tijolos.

Esse é o ponto turístico mais próximo de Moscou. Você consegue chegar lá de metrô, é só descer na estação Kolomenskaya, o que dá mais ou menos uns 15 minutos, apenas! E o mais curioso é que poucas pessoas vão a esse parque.

Parques perto de Moscou
Foto: Sergey Rodovnichenko, via Wikimedia Commons.

Além de o parque ser lindo, com uma vista maestral do rio Moscou, ele vale a visita em todas as estações do ano. Você não vai se decepcionar!

Além dele, existem outros templos e até mesmo um museu na região. Com apenas uma caminhada você já consegue visitar tudo. A entrada do Kolomenskoye é gratuita.

Passeio => Visita guiada ao famoso Kolomenskoye na Rússia

 

2) Arkhangleskoe

Cidades vizinhas de Moscou que vale a visita
Palácio | Foto: Alexxx1979, via Wikimedia Commons.

Este ponto turístico fica localizado a 25km do centro de Moscou. Lá, você também consegue ter uma visão diferenciada do rio Moscou. O Arkhangleskoe é um palácio do século 18 com um grande parque, onde acontecem muitos ensaios de casamento e até churrascos, no verão.

Esse é um local muito simples de chegar também. Pegue o metrô e desça na estação Tushinskaya, da linha roxa, e depois pegue o ônibus 549 ou 541; ou então a marshrutka 151 (já falei sobre como usar o transporte público em Moscou). Ao pegar veículos terrestres, não se esqueça de avisar onde você quer descer.

O Arkhangleskoe funciona de quarta a domingo, das 10h30 às 17h. O ingresso para visitar o parque e o palácio custa 400 rublos, aproximadamente R$24,70.

Se quiser conhecer apenas o parque, a entrada custa 150 rublos (R$9,26). Se preferir apenas o palácio, você vai desembolsar 300 rublos (R$18,52). Você pode comprar o ingresso lá na hora ou, se preferir, através do site oficial ou ainda

Dúvida => Qual moeda levar para Rússia: rublos ou euro?

 

3) Abramtsevo

Atrações próximas a Moscou
Abramtsevo serviu como colônia de artistas no final do século XIX

Esta é uma propriedade rural que fica a 60km de Moscou e que serviu como colônia de artistas no final do século XIX. Ela foi comprada em 1870 pelo empresário e patrono das artes Savva Mamontov e recebeu hóspedes ilustres, como os pintores Ilya Repin, Valentin Serov, Mikail Vrubel e o escritor Nikolai Gogol.

O local é um complexo com várias construções e a mais bonita é a Tserkov Spasa Nerukotvorny, conhecida como a Igreja Salvador Não-Feita-A-Mão.

Apesar do nome estranho, a estrutura do prédio é uma homenagem ao estilo arquitetônico do século XIV. Lá dentro, você encontra uma maravilhosa chaminé revestida de azulejos, uma obra de Vrubel, considerado o Cézanne russo.

Passeios bate-volta a partir de Moscou

Você também pode visitar a cozinha e a sauna do local. A sauna é uma bela casa de madeira, no estilo das construções tradicionais do Principado de Kiev (séculos IX a XII), e a cozinha segue as mesmas características dessas construções.

Abramtsevo serviu de inspiração para a peça “O Jardim das Cerejeiras”, a última peça escrita pelo escritor e dramaturgo russo Anton Tchecov. Por conta disso, hoje ele é um lugar de peregrinação para jovens artistas, principalmente no verão.

Chegar a Abramtsevo é muito fácil. Você pega um trem, saindo da estação Yaroslavskiy, a cada 30 minutos. A passagem custa 230 rublos (aproximadamente R$14,20), ida e volta, e a viagem dura cerca de uma hora. Para cada prédio, você precisa comprar um ingresso diferente.

Os preços variam de 60 rublos a 400, (de R$3,70 a R$24,70). O horário de funcionamento é de quarta a domingo, das 10h às 17h.

Descubra => Qual é a melhor época para ir para a Rússia?

 

4) Sergiyev Posad

Cidades turísticas perto de Moscou
Sergiyev Posad se desenvolveu a partir do século 15 em torno de um mosteiro.

Esta cidade fica a 70km de Moscou e faz parte do famoso Anel Dourado, circuito de municípios mais antigos da Rússia. Existem muitos tours para o local: passeio a pé por Sergiyev Posad ou excursão de carro pra Sergiyev Posad.

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

A região se desenvolveu a partir do século 15 em torno de um mosteiro fundado no século anterior pelo monge Sérgio de Radonezh, que rapidamente se tornou um dos principais centros de peregrinação da Igreja Ortodoxa Russa.

O Mosteiro da Santíssima Trindade é o ponto turístico mais visitado da cidade. Ele foi declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1993 e recebeu o título de Lavra pela Imperatriz Elizabeth, filha de Pedro, o Grande.

Para quem não sabe, Lavra é a maior classificação que um lugar sagrado pode receber dentro a Igreja Ortodoxa Russa.

O mosteiro é cercado por uma muralha com diversas torres e um portão de entrada, totalmente decorado com afrescos que contam um pouco sobre a vida de São Sérgio. No interior, encontram-se diversas igrejas, palácios, residências dos monges e a casa do Patriarca russo.

Pontos turísticos nos arredores de Moscou
Câmara Metropolitana | Foto: Alex Zelenko, via Wikimedia Commons.

Para chegar a Sergiev Posad, você pode pegar ônibus ou trem. Eu recomendo utilizar o trem, se possível o expresso, que vai bem mais rápido do que o Suburbano. O trem sai da Estação Yaroslavskiy, que fica junto ao metrô de Komsomolskaya, da linha vermelha.

A visita ao mosteiro é gratuita, mas você precisa passar no Centro de Informações para retirar os ingressos e comprar a permissão para fotos, caso queira registrar a visita, que custa 100 RUB (R$6,17). O horário de funcionamento é das 10h às 18h, todos os dias.

Sergiyev Posad também possui outros pontos turísticos que valem a visita, como a Catedral da Assunção, o Campanário, a Catedral da Santíssima Trindade de São Sergio, a Igreja do Espirito Sagrado, a Refectory Church of St Sergius, o Metropolitan’s Chambers e o Csar’s Chambers.

Dúvida => Quanto custa usar internet na Europa?

 

5) Suzdal

Lugares para bate-volta de Moscou
Foto: Pierre André, via Wikimedia Commons.

Localizada a 220km de Moscou, Suzdal também pertence ao Anel Dourado e é uma das mais antigas da Rússia.

O município possui também diversas atrações turísticas e muitas delas são classificadas como Patrimônio Mundial pela Unesco. São muitas igrejas de cúpulas coloridas, estruturas de madeira rústicas e áreas verdes incríveis.

Suzdal se desenvolveu como um importante centro religioso, com a construção de vários mosteiros, especialmente nos séculos XIII e XIV. Você vai se surpreender com a atmosfera deixada pela população russa medieval. Está tudo excepcionalmente preservado em um belo cenário natural.

Pensando na viagem e não sabe como começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, por R$ 14,95 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

Descubra => Como usar WhatsApp na Europa?

O que fazer nos arredores de Moscou
Igreja de Lázaro | Foto: Alex Zelenko, via Wikimedia Commons.

Entre tantos monumentos, o mais importante é o Kremlin de Suzdal. Como todas as outras, esta fortaleza era o centro religioso, militar e civil do governo da cidade. Até hoje é o coração da cidade, onde estão seus principais monumentos.

No seu interior, destacam-se a Catedral da Natividade, com as Portas de Ouro do século XIII, cinco belíssimas cúpulas e admiráveis afrescos que decoram suas paredes.

A entrada para o complexo custa 250 rublos (aproximadamente R$15,36) e seu horário de funcionamento é de quarta a segunda, das 10h às 18h, exceto na última sexta-feira de cada mês.

Para chegar a Suzdal, a melhor maneira é pegar um trem até Vladimir e depois uma van ou um ônibus até Suzdal. A viagem dura uma média de 2 a 3 horas. Também há passeio de um dia saindo de Moscou até Suzdal.

Se a sua trip estiver programada para julho, vá ao Festival do Pepino de Suzdal. Este é um festival folclórico e dizem que o pepino é o melhor da Rússia central.

Outros pontos turísticos interessantes de Suzdal são: Museu de Arquitetura em Madeira, Mosteiro do Salvador e São Eutímio, Igreja de Lázaro e o Convento da intercessão de Maria Pokrovsky.

Por que é tão importante contratar um seguro viagem para Rússia?

 

Vale a pena visitar os arredores de Moscou?

Vale a pena visitar os arredores de Moscou?

Claro que vale, mas só se você for fazer uma viagem longa, com muitos dias para aproveitar. Dessa maneira, você faz um tour pelos principais pontos turísticos de Moscou e depois sai para explorar as cidades próximas. Para te ajudar, você pode ler também minha sugestão de roteiro em Moscou.

Essas cidades próximas a Moscou também oferecem bons passeios e o melhor de tudo é que não são tão concorridos como os da capital.

Outro fator que precisa ser levado em conta é o quanto você está disposto a pagar. Quanto mais longa for a viagem, mais você vai gastar. A cada monumento visitado, você precisa comprar ingresso e pagar um transporte até o local.

Por isso, analise as opções e coloque tudo no papel. No fim das contas, eu só tento te ajudar na construção do seu roteiro, mas quem decide tudo é você.

Já viajou para Moscou? Visitou as cidades próximas? Comente aqui e conte tudo sobre a sua experiência. Vamos trocar informações!

 

Leia os últimos posts sobre a Rússia:

 

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Rodrigo Brisolla

Rodrigo Brisolla, 32 anos, é jornalista, especializado em conteúdo digital. Pós-graduado em Marketing e Design Digital, começou trabalhando em redação de jornal, mas, com o passar do tempo, acabou se aventurando no mundo online. Ama ler e conhecer novos lugares, mesmo que seja sem sair de casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *