Cadastre seu email para receber nossas atualizações!
Início / Américas / América Central / El Salvador / El Salvador: dicas, curiosidades e o turismo no país

El Salvador: dicas, curiosidades e o turismo no país

O menor país da América Central (21 mil km²) surpreende pelas belezas naturais, gastronomia e história, trazendo infinitas curiosidades para quem está procurando dicas de viagem para El Salvador. O destino mistura cultura ancestral com florestas tropicais exuberantes e vulcões imponentes com vista para o pacífico. E tudo isto pode ser visto em poucas horas.

Por outro lado, há tanto o que fazer em El Salvador que é preciso escolher ou passar semanas explorando o território, afinal, de pequeno El Salvador só tem as distâncias. São 300 quilômetros de costa ao sul e mais de 700 vulcões* (26 ativos) divididos entre as regiões ocidental, central e oriental.

Planeje sua viagem => Encontre as melhores ofertas de hotéis em El Salvador

As 10 principais dicas e segredos para acumular milhas aéreas

Turismo em El Salvador
Parada na estrada para ver o Vulcão Chingo na divisa entre El Salvador e Guatemala.

O turismo em El Salvador é relativamente recente, começando a se desenvolver a partir dos anos 2000 por causa dos doze anos de guerra civil. Hoje El Salvador está preparado e parece seguro para receber turistas do mundo todo. A maioria vem motivado pelos resquícios da civilização Maia, depois pelo ecoturismo. Nós brasileiros, quer dizer os surfistas, vieram pelas ondas e fizeram a primeira propaganda boca a boca. Em geral todos chegam com um objetivo e se encantam com o conjunto das novas descobertas, tanto naturais quanto culturais.

A culinária foi uma deliciosa surpresa com variedade em frutos do mar misturados com abacate ou banana frita e a tradicional pupusa, uma torta compacta feita de milho e muito bem recheada. Os sabores são diversos como queijo, feijão, loroco (flor local e saborosa) e há pupuserias em cada esquina, com preços populares. Milho, banana, mandioca e feijão são os alimentos mais consumidos e esse costume vem direto da cultura indígena local.

Cultura de El Salvador
Flor de loroco vendida nos mercados de rua.

Os sítios históricos e a influência indígena vêm de diferentes povos que habitaram a região no período pré-colombiano. Entre eles os Maias, os Nahuas e os Lencas. El Salvador faz parte dos cinco países na rota da civilização Maia e tem um dos sítios arqueológicos mais importantes para desvendar como era o cotidiano das pessoas comuns. Motivo pelo qual Joya de Cerén entrou rapidamente na lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO.

*A informação sobre os 700 vulcões não é oficial, mas tem sido considerada por muitos. Nosso guia explicou que, tirando as cadeias de montanhas, toda colina ou morro avistado é um vulcão. Alguns estão em formação, outros nem aparecem porque já viraram cidades como Concepcíon de Ataco. Ainda existem os únicos vulcões com dois bicos ou um vulcão dentro de outro.

 

Informações úteis para visitar El Salvador

A porta de entrada no país é San Salvador, com posição central e fácil acesso para todas as demais regiões. O aeroporto internacional, distante 40 km do centro de San Salvador, é um dos mais importantes da América Central e hub da Avianca, que conecta a capital a 29 destinos na América e Europa. Ainda não há voos direto do Brasil, mas a rota mais comum é fazendo conexão em Lima partindo de São Paulo, diariamente.

E uma dica para quem esta viajando para outros destinos e se interessou por El Salvador é o stop over (Saiba mais sobre o que é, e como aproveitar o stop over em El Salvador). Se o voo faz escala no país, pode aproveitar até 48 horas sem pagar taxas de entrada ou valor a mais pela passagem. O programa é um incentivo do governo de El Salvador e trade turístico para fomentar o turismo nacional. Logo, operadoras de turismo têm pacotes prontos para estes viajantes e a Avianca permite o stop over.

El Salvador não exige visto prévio, este é feito no momento da chegada. Depois de pegar as malas, basta ir até a fila para entrar oficialmente no país e pagar a taxa de US$ 10,00. O certificado internacional da Febre Amarela é obrigatório, além do passaporte com validade superior a seis meses.

Pela localização, as temperaturas são quentes o ano todo. Contudo, de maio a outubro chove sempre no final do dia. Por isso, a alta temporada é considerada de novembro a abril, sendo a melhor época para viajar.

Vai viajar e ainda não contratou seu Seguro Viagem?

A moeda oficial em El Salvador é o dólar, então não é preciso procurar casas de câmbio para trocar dinheiro por lá.

El Salvador pareceu seguro e bem policiado, mas os problemas existem assim como acontece no Brasil. Alguns lugares são perigosos, outros não. O melhor é contratar uma agência de viagens para fazer os passeios e se informar com os locais onde pode ou não pode ir. Nossos passeios e traslados foram organizados pela Salvadorean Tours sempre acompanhado pelo guia Eduardo. O governo recomenda as empresas Tours Universales, Ecomayan e Epic Tours, esta última especializada em surf, com muitas dicas de surf trips em El Salvador.

 

Onde ficar em El Salvador

Durante a viagem por El Salvador nos hospedamos em dois hotéis Boutique na capital San Salvador e na região serrana Concepción de Ataco. Além deles, visitamos um resort de águas termais próximo a Ahuachapán e um hotel muito aconchegante na tranquila Suchitoto. São dicas valiosas para quem está procurando onde ficar em El Salvador.

 

Misión de Ângeles | Hospedagem charmosa e acolhedora com vista para as montanhas e decoração de muito bom gosto, tudo original feito por artistas locais e a própria dona. Ela que nos recebeu e preparou os deliciosos pratos do restaurante, o melhor tempero de toda a viagem. Localizado em um ponto alto nos arredores de Ataco, proporcionou o privilégio de acordar pra ver o sol nascer sem precisar sair do quarto, e o visual do café da manhã dá vontade de ficar horas por ali.

São 10 suítes temáticas inspiradas em anjos ou arcanjos, todas com TV a cabo, ar condicionado, amenidades e telefone, acomodando casais ou até quatro pessoas. A internet é livre, mas só funciona na recepção e área do restaurante, a la carte e aberto ao público.

Onde: no alto de Concepción de Ataco.

 

Sal & Luz | Hotel novinho e cheio de estilo localizado em bairro nobre de San Salvador. São apenas 7 suítes diferentes, cada uma decorada com muita elegância em cada objeto. A minha tinha o nome de Alegria e era bem moderna com mesa de trabalho, frigobar, televisão com Netflix, cafeteira, secador de cabelo, chapinha e boas amenidades.

Tem serviço de spa e restaurante aberto ao público. O café da manhã é a la carte com opções típica, americana, integral e francesa. O sinal WiFi é ótimo e funciona em todos os ambientes.

Onde: na capital San Salvador.

 

Termales de Santa Teresa | É um resort spa com tratamentos medicinais a base de águas termais. São diversas piscinas térmicas naturais, alguns restaurantes e tratamentos como banhos de lama ou enxofre e a sauna a vapor. Oferece 7 tipos de cabanas, algumas com piscina privativa e cozinha, outras com varanda e todas tem dois quartos e banheiro. O café da manhã e tratamentos de beleza estão inclusos na tarifa.

Onde: 2 km do centro de Ahuachapán, na província de Ahuachapán.

 

Onde ficar em El Salvador
Pátio do hotel Los Almendros | Foto: divulgação.

Los Almendros de San Lorenzo | Uma hospedagem charmosa para combinar com o clima artístico e colonial da cidade. As habitações estavam todas lotadas para visita, mas os dois proprietários nos recebem com muita simpatia no bar e contaram como gostam de recepcionar os hóspedes e estar presentes no dia a dia do hotel. No pátio central e na recepção tem uma coleção encantadora de objetos de arte históricos e contemporâneos. As suítes ficam ao redor do jardim e algumas possuem dois pisos com vista para piscina, lago Suchitlán e as montanhas.

Onde: em uma rua tranquila de Suchitoto.

Roberta Martins viajou a convite do Governo de El Salvador. A viagem foi patrocinada, mas as opiniões aqui publicadas são de livre expressão do autor.

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Roberta Martins

A blogueira viajante do Territórios é gaúcha do extremo sul do Brasil. Uma aquariana apaixonada por conhecer pessoas, incentivar e trocar experiências sobre viagens, ecoturismo e cultura. Há 5 anos escolheu São Paulo para morar e cada vez gosta mais dessa metrópole. | Facebook | Google+ | Instagram | Twitter | Pinterest | Flickr |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *