O que fazer em Myanmar: Roteiro de 6 ou 9 dias

por Eduardo Q.

O que fazer em Myanmar: Roteiro de 6 ou 9 dias

Evidentemente, “quantos dias ficar” num destino é uma questão bastante relativa, que depende de fatores que são subjetivos para cada viajante (quanto tempo você tem, qual é seu grau de interesse, a sua disposição para bater perna, etc). Mas, para que se tenha uma base, recomendo duas alternativas sobre o que fazer em Myanmar, ambas para o mesmo roteiro: 6 dias, sendo 2 em cada uma das 3 cidades abordadas nesta matéria; ou 9 dias, com 3 em cada uma delas.

Eu fiz a primeira opção, que obviamente, é mais corrida – mas factível. Claro que o ideal é fazer tudo com mais calma (e por isso a opção de diluir a programação em 3 dias para cada cidade é uma boa), mas muitas vezes somos limitados pelas circunstâncias! No meu caso, eu tinha 1 mês para viajar pelo Sudeste Asiático, e apesar de Myanmar ser minha prioridade, eu também queria muito conhecer outros países na região…

Planeje sua viagem => Encontre hotéis nos principais destinos de Myanmar

Vantagens de contratar um seguro viagem + 5% de desconto »

Praticamente todos os ocidentais que viajam para essa parte do mundo também visitam mais de um país na mesma viagem, então, se for para Myanmar, cabe a você escolher a opção que melhor se encaixa em seus planos!

Para maiores detalhes sobre as principais atrações de cada uma, acesse o artigo com as principais cidades e 11 pontos turísticos imperdíveis em Myanmar!

 

Yangon

DIA 1: pronto para ficar de queixo caído logo em seu primeiro dia em Myanmar? Começando pelos pontos de interesse que ficam mais ao norte da área turística da cidade, e fazendo todos os percursos de táxi, visite primeiro o pagode (“paya”) Chauk Htat Gyi, que guarda um impressionante Buda reclinado. Dali, siga para o Bogyoke Park, que tem um lago onde fica ancorado o belíssimo Karaweik (Barco Real birmanês). Já no meio da tarde, vá para a maior joia de Myanmar: o pagode Shwedagon. Fique lá até de noite, para poder conferir seu esplendor tanto sob a luz do sol, quanto da iluminação artificial.

Primeira parada: o Buda reclinado!

 

A beleza inacreditável do Shwedagon Paya.

 

DIA 2: dia de caminhar pelo centro de Yangon! Comece visitando a catedral anglicana Holy Trinity (herança dos tempos de colonização britânica). Em seguida, caminhe algumas quadras na direção oposta da mesma avenida (Bo Gyoke Rd.), até a bela catedral de St. Mary (esta, católica). Voltando pelo mesmo caminho, vire à esquerda na avenida principal (Sule Pagoda Rd.) e siga até o templo de mesmo nome, que também é muito antigo e sagrado para os birmaneses, mas fica encravado bem no meio do trânsito caótico! Logo ali ao lado, visite a praça Mahabandoola Garden, na qual estão o Independence Monument e alguns edifícios coloniais britânicos, além do prédio da prefeitura. Continue no sentido sudeste e termine a exploração de Yangon em mais um pagode incrível e único, já na beira do Rio Irrawady: o Botataung.

Poço de oferendas do pagode Botataung.

 

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide em Myanmar. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 
O Rio Irrawady, que atravessa Myanmar.

 

Mandalay

DIA 3: Como a cidade é bem esparsa, alugue um táxi ou moto-táxi e passe o dia com ele. Tendo o Royal Palace como referência, comece o passeio por duas atrações que ficam a sudoeste dele: o impressionante monastério de madeira Shwe In Bin Kyaung e o importante pagode Maha Myat Muni, com seu enorme Buda de ouro maciço e pedras preciosas.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom BWEEK, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Volte para a zona central e visite o próprio Royal Palace, que apesar de bonito, não tem nada de muito especial por dentro de suas construções (as quais não são originais, uma vez que o complexo foi destruído na 2ª Guerra Mundial). Junto à sua ponta nordeste, fica a Mandalay Hill (Colina de Mandalay). Mas antes de subi-la para ver a linda vista e o pôr-do-sol, visite os diversos monastérios e pagodes que estão concentrados ao pé da colina e todos próximos uns dos outros.

Cada um tem uma peculiaridade: o Shwenandaw tem um trabalho em madeira primoroso e é a única parte que restou do Royal Palace original; o Shwe Kyi Myin tem 2.000 anos; o Sandamuni tem o maior Buda de ferro do mundo; o Buda do Kyauk Taw Gyi foi esculpido a partir de uma única e enorme pedra de mármore; e o Kuthodaw tem 729 estupas brancas que contêm, cada uma, uma parte gravada em pedra do “Tripitaka”, o texto mais sagrado do budismo Theravada.

Cerimônia no Maha Myat Muni Paya.

 

Vista panorâmica de cima de uma das torres do Royal Palace.

 

DIA 4: dia de viajar um pouco por terra! Novamente em seu táxi ou moto-táxi, vá para Sagaing, ao sul de Mandalay. Você passará por uma grande ponte sobre o Rio Irrawady, que corta todo o país, e do outro lado da margem subirá a Sagaing Hill (Colina de Sagaing), que tem vistas espetaculares da região, além de vários pagodes (o principal é o Soon Oo Pon Nya Shin). Depois, vá para Amarapura, onde fica a famosa ponte U Bein, e permaneça lá até o pôr-do-sol.

Refrescando com uma cerveja Myanmar na frente da ponte U Bein!

 

Pôr-do-sol visto de cima da ponte U Bein.

 

Bagan

DIA 5: A bordo de algum veículo motorizado alugado por todo o dia, explore a região visitando todos os templos que conseguir, aproveitando para ir aos mais distantes e deixando para fazer um circuito menor de bike no dia seguinte.

 
Sabia que aprender através de cursos on-line nunca foi tão fácil?

Assista seus cursos pelo computador, tablet ou até mesmo pelo celular!

Devido a nossa parceria com a Learn Café, você terá acesso a cursos para todas as áreas do conhecimento, com alta qualidade, comodidade e de forma acessível. Cursos online para você:

  • Aprender rápido e ganhar dinheiro;
  • Se preparar para um novo emprego;
  • Melhorar seu currículo;
  • Continuar aprendendo sempre!
 

Como existem cerca de 3.000 pagodes, é óbvio que você só conseguirá conhecer uma parcela mínima deles, mas a boa notícia é que a maioria das construções são pequenas e semelhantes entre si – o que dispensa sua visitação e te permite focar nos templos mais importantes. A lista destes está na seção 11 pontos turísticos imperdíveis em Myanmar!

Apenas um dos 3.000 templos de Bagan…

 

Em cima de um templo, tirando uma selfie com Buda!

 

DIA 6: Alugue uma bike e visite os templos principais faltantes, fazendo um percurso menos extenso que o do dia anterior.

Descansando um pouco da imensidão de Bagan…

 

O fantástico pôr-do-sol em Bagan.

– Observação – passeio de balão em Bagan: caso você queira voar de balão pela região, o recomendado é fazer isso no seu último dia em Myanmar, para fechar a jornada com chave de ouro! Mas saiba que eles ocorrem bem cedo, com o dia nascendo, e que são indicados para quem tem mais tempo (já que conhecer os principais templos por terra, subindo e entrando neles, é fundamental), e, principalmente, para quem não se importa em desembolsar de US$ 300 a US$ 400 por pessoa – lembrando que, como tudo quando se trata de viagens, é bom pesquisar e reservar antes, para garantir as melhores condições. As principais empresas são a Bagan Ballon e a Oriental Ballooning.

Roteiro de viagem em Myanmar

Gostou do artigo? Se você tem dicas sobre como planejar o roteiro, ou o que fazer em Myanmar, deixe aqui nos comentários! Claro, fique à vontade para tirar suas dúvidas!

 

O que fazer em Myanmar:

ESCRITO POR

Eduardo Q.

ESCRITO POR

Eduardo Q.

Brasileiro/italiano, bacharel em Direito pela USP, músico, blogueiro... Mas acima de tudo, um CIDADÃO MUNDIAL - é assim que eu me definiria! Depois de ter vivido a maior parte da minha vida no Brasil e, por períodos menores, na Argentina, nos EUA, na Itália e na Nova Zelândia, atualmente eu moro numa das minhas cidades favoritas no mundo: Barcelona, na Espanha. Ao longo do tempo, essas experiências, somadas à tradição da minha família em explorar o mundo (meu avô e meu pai também foram grandes viajantes), me tornaram um total viciado nisso... E como eu também curto muito escrever, acabei virando colaborador da revista Viagem & Turismo (da Editora Abril) e de sites como o Whiplash.net e QueroViajarMais.com, até que em 2017, finalmente criei meu próprio blog/perfil de viagens: o CIDADANIA MUNDIAL!

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Pablo Garcia

    Muito boas as dicas, só fiquei com uma dúvida, como ir de uma cidade a outra? Qual a melhor e mais rápida opção?

  2. Guilherme Tetamanti

    Oi Pablo, Leia o artigo com informações gerais sobre Myanmar. Abraços