Início / Acre

Acre

Vantagens de contratar seguro viagem internacionalSe ao ouvir falar em turismo no Acre, você pensa: tem o que fazer na Acre? Saiba que sim, o estado do Acre tem diversos atrativos turísticos, sendo que a maior parte deles está ligado ao ecoturismo, sobretudo por conta da Floresta Amazônica que ocupa parte do estado.

Uma curiosidade do estado é que ele já pertenceu à Bolívia. Inclusive, por muitos anos se ouviu falar que o Acre havia sido comprado pelo Brasil por um cavalo. É isso mesmo, diziam que a Bolívia trocou as terras pelo animal, o que não é verdade.

O acordo assinado em 1903 previa a cessão de terras do Mato Grosso, o pagamento de 2 milhões de libras esterlinas e a construção da estrada de ferro Madeira-Mamoré. Apesar do acordo ser de 1903, o Acre passou a ser oficialmente um estado em 1962. Talvez por isso, o desenvolvimento de algumas atividades, como o turismo, demoraram para engatar.

Hoje, o ecoturismo é forte na região, mas ainda não é um das maiores fontes de economia do estado. O que, acredito, irá mudar ao longo dos próximos anos por conta da beleza do local e da diversidade de sabores. Ficou curioso sobre o estado? Então, leia este artigo e saiba tudo sobre o turismo no Acre.

Planeje sua viagem => Hotéis em oferta no Acre

Seguro viagem para viajar pelo Brasil »

 

Turismo no Acre

Turismo no Acre
Rio Juruá | Foto: Flaviano Scnhneider/Secom, via Wikimedia Commons.

O Acre está localizado na Região Norte do país e conhecido como o ponto mais ocidental do Brasil, fazendo fronteira com a Bolívia e o Peru. Tem 164 mil km², equivalente ao tamanho do Nepal. O clima no estado costuma ser bem quente, mas com chuvas intensas o ano todo. E o fuso horário é de 2 horas a menos que Brasília, chegando a 3 horas no horário de verão, que não tem no estado.

Como o turismo é ainda recente, o Acre não tem um grande estrutura turística, ficando hotéis, restaurantes e bares mais concentrados na capital, Rio Branco. Mas, isso não é motivo para afastar os viajantes que vão ao Acre para fazer o ecoturismo, como trilhas, pesca esportiva, observação de plantas e animais, como pássaros, jibóias, jacarés, antas, entre outros, conhecer tribos indígenas, além da culinária local.

Uma curiosidade da culinária acreana é a influência de várias culturas. É que o estado é um grande produtor de látex para fabricação de borracha e na “época de ouro” da extração do produto muitos migrantes de vários lugares do Brasil e imigrantes de diversos países do mundo foram para o Acre. Assim, há influência das cozinhas síria, libanesa, paulista, nordestinas e mais.

Entre os pratos mais comuns estão o quibe de macaxeira (mandioca) e quibe de arroz, que são consumidos no café da manhã, carne de sol com pirarucu, saltenha, tambaqui, tacacá e até vatapá.

Qual é a melhor? => Internet na viagem

 

O que fazer no Acre

Rio Branco

Dicas de viagem no Acre?
Calçadão da Gameleira | Foto: JEZAFLU, via Wikimedia Commons.

Rio Branco, a capital do estado, fica na tríplice fronteira, onde se encontram Brasil, Bolívia e Peru. E é onde está a maior parte da população acreana e também um belo centro histórico com pontos turísticos que contam a história do país. Entre eles estão o Palácio Rio Branco, o Palácio da Justiça, a Biblioteca da Floresta, o Parque Chico Mendes, o Mercado Velho de Rio Branco, o Museu da Borracha, a Casa dos Povos da Floresta, várias praças e parques.

Outro local muito visitado na cidade é Quixadá, a cidade cenográfica onde foi gravada a minissérie da Rede Globo, Amazônia. Hoje o espaço está aberto ao público e a entrada é gratuita. E o calçadão da Gameleira, que fica às margens do Rio Acre e foi a primeira rua da cidade. Há monumentos, além de uma árvore centenária, que dizem que foi onde o Acre começou.

A arquitetura, toda restaurada aos longo dos últimos anos, é mais um dos destaques da cidade que tem bons hotéis, restaurantes, bares, além de uma população simpática e hospitaleira. Em três dias dá para conhecer e aproveitar os pontos turísticos de Rio Branco.

Dicas => Como acumular milhas aéreas?

 

Outros destinos no Acre

Roteiro pelo Acre
Cachoeira no Parque Serra do Divisor | Foto: Mário Broering, via Wikimedia Commons.

Cruzeiro do Sul é a segunda cidade mais populosa do Acre e é também um dos destinos mais turísticos do estado. Isso porque, ele é a porta de entrada do Parque Nacional Serra do Divisor, criado em 1989, é muitas pessoas fazem uma “paradinha” antes de explorar o parque.

Mas, se está de passagem, separe um tempo para explorar Cruzeiro do Sul. A pequena cidade preserva muitas das construções históricas do ciclo da borracha, além da bela catedral, do mercado, dos ateliês, além de visitar o Rio Croa.

A área, com quase 3 mil hectares, tem a mata e a flora amazônica bem preservada e ainda é moradia de uma comunidade com 50 famílias, que vivem isoladas na área. Dá para fazer trilha, pescar, ficar na rede e ainda conhecer uma árvore centenária.

Depois de explorar a cidade, siga para o Parque Serra do Divisor (também chamado de Serra do Moa) que é um lugar maravilhoso. O parque é uma unidade de conservação brasileira voltada para a preservação integral da natureza e junto com outras regiões como o parque Cabo Orange (Amapá), as Montanhas do Tumucumaque (Amapá e Pará), o Monte Roraima e o Pico da Neblina (Amazonas) forma o conjunto de Parques Nacionais fronteiriços da Amazônia brasileira.

Mala => Como evitar golpe da cesárea no aeroporto

 

Dicas de turismo no Acre

O Acre, assim como outros estados da Região Norte do Brasil, tem clima, paisagens, costumes e gastronomia bem diferente do que estamos acostumados na região Sudeste ou Sul. Por isso, viajar para o estado é como estar conhecendo um novo país. E, apesar da infraestrutura turística assim ser modesta, os atrativos turísticos compensam.

Em todo a região, é possível observar os animais, praticar a pesca esportiva, ver frutas e flores diferentes e ainda conhecer árvores centenárias e visitar tribos indígenas pelo estado. Neste artigo, destaquei um pouco as duas maiores cidades do estado, Rio Branco e Cruzeiro do Sul e do parque mais famoso, o da Serra do Divisor, mas há outros destinos turísticos para se conhecer.

Para mais informações, sugiro dar uma olhada no post índice da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem (RBBV), que reúne artigo de blogueiros de viagem de todo o Brasil.

O que achou do Acre? Tem curiosidade de conhecer o estado? Conte nos comentários.

 

Leia os últimos artigos do blog:

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!