Início / Américas / América do Sul / Chile / Trabalhar no Chile: como encontrar emprego no país

Trabalhar no Chile: como encontrar emprego no país

Se você quer trabalhar no Chile, veio ao artigo correto. Sendo um dos países mais desenvolvidos da América do Sul e com uma economia estável, o Chile já não é novato nas listas de melhores destinos para viver.

A economia chilena tem sido um exemplo para muitos países em desenvolvimento, uma vez que sobreviveu às crises dos últimos anos e aos desastres naturais, seguindo forte e em constante crescimento.

O país também conta com uma das taxas mais baixas de criminalidade e corrupção. Além dessas fortes afirmações, o Chile tem a vantagem da estabilidade política e de um mercado comparativamente livre, o que torna fácil entender porque é muito visado pelos investidores estrangeiros, multinacionais e outras empresas e trabalhadores que buscam se consolidar no mercado.

Planeje sua viagem => Onde ficar em Santiago

Melhor seguro viagem para a América do Sul »

 

Como trabalhar no Chile?

Emprego no Chile

Independente da sua área profissional e sua formação acadêmica, para trabalhar no Chile você precisa de três coisas: um visto que te permita estar no país legalmente para exercer a função; já ter algum conhecimento do espanhol e muita vontade de trabalhar.

Conheça => Melhores passeios pelo Chile

 

Onde procurar trabalho no Chile?

Trabalho temporário no Chile
Você pode procurar oportunidades ainda no Brasil.

Talvez, a parte mais angustiante de todo o processo é de fato encontrar um trabalho. A boa notícia é que você pode procurar oportunidades ainda no Brasil. Grandes empresas chilenas publicam vagas em seus sites e vale a pena ficar de olho.

Jornais locais e páginas de anúncios classificados também têm oportunidades de emprego, incluindo o El Mercurio. Outra possibilidade é o jornal quinzenal El Rastro e os sites a seguir, que também são boas fontes para os brasileiros.

Obviamente, para aqueles que têm a sorte de trabalhar com uma empresa internacional que tenha conexões com o Chile, uma transferência seria a solução mais simples.

Existem empresas bem conhecidas no campo da tecnologia e setores de alimentos e bebidas que estão investindo diretamente no Chile e que podem ter vagas disponíveis para funcionários de outros países. É importante estar atento aos editais.

Uma outra opção é chegar no país e procurar trabalho pessoalmente, batendo de porta em porta, em indústrias, estabelecimentos e restaurantes. Existe uma infinidade de possibilidades de trabalho, especialmente nas cidades grandes, para aqueles que não têm medo de trabalhar.

Outra forma de procurar e conseguir um trabalho é no boca a boca e indicação. Se você conhece alguém que já esteja no Chile, peça para que a pessoa te ajude te informando as oportunidades que aparecem e que te indique quando conveniente e necessário.

Internet => Chip de celular no Chile

 

Em que áreas trabalhar no Chile?

Visto de trabalho Chile
Turismo é uma área bem forte no Chile.

As duas áreas mais fortes e que geram muitos empregos aos estrangeiros são as atividades mineradora e o turismo, esse último sempre investindo na contratação de brasileiros por conta da alta demanda de guias que falam português. O Chile também abre um grande espaço aos cientistas. Vale a pena a pesquisa.

Mas voltando ao assunto do turismo e a indústria hoteleira, que principalmente nas cidades mais visadas, como Valparaíso, San Pedro de Atacama, Pucón, Antofagasta e até mesmo a própria capital Santiago, já são setores bem consolidados economicamente e ainda mostram que a tendência é crescer. Por isso, essa é uma boa hora para investir em um negócio relacionado ao turismo no país ou buscar oportunidades nessa área.

Além disso, nos últimos anos, o país tem estado sob pressão para transferir o centro industrial da extração mineral e da dependência econômica das exportações de cobre para um setor de negócios de mais sucesso.

Essa questão atraiu investimentos de grandes multinacionais como Coca-Cola ou Nestlé e gigantes da tecnologia como Microsoft e Intel, especialmente em Santiago. Com isso, a oferta de empregos triplicou. Para economizar mais, descubra quais são as cidades mais baratas do Chile para morar.

Confira => Dicas do Chile

 

Mais áreas com vagas de trabalho no Chile

Vagas de emprego no Chile para brasileiros
Mineração também é uma área muito forte no Chile.

Uma outra área bastante interessante de se aventurar devido à demanda e a insuperável globalização é o ensino de idiomas. Os institutos e escolas de idiomas chilenos geralmente não são tão exigentes com relação à qualificação quanto em outros países.

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5, é só clicar no botão.
 

No entanto, aqueles que querem ensinar, caso não sejam nativos do idioma que darão aulas, precisam de um certificado de ensino ou um grau equivalente, sendo nesse caso importante ressaltar que você deve procurar saber se é necessário validar seu diploma, como acontece com as carreiras que demandam uma formação acadêmica universitária.

Como já dito, o Chile possui uma atraente consolidação econômica em muitos setores. Por isso, essa economia em desenvolvimento precisa de empresas e pessoas inovadoras que ajudem a manter e alavancar ainda mais essa forte posição do Chile.

Portanto, se você é empresário, investidor ou trabalha no setor de TI, tenha o Chile como ótimo destino para se aventurar.

Descubra => Trabalhar no México

 

Como se candidatar a um emprego no Chile

Como trabalhar no Chile
Você precisa de um visto para trabalhar no Chile.

Primeiramente, você precisa de uma autorização de trabalho para trabalhar legalmente no Chile, ou seja: um visto. Isso deve ser baseado em um contrato com um empregador com sede no Chile, quando você já possui um trabalho garantido, e assim obtendo o visto de trabalho, ou através do visto Mercosul, caso ainda não tenha um emprego certo ao chegar no país. Leia também o artigo sobre visto no Chile (em breve).

Para se candidatar a algum trabalho, isso quer dizer, apresentar seu currículo, alguns dados você debe levar em consideração:

  • Resumir as qualificações e a experiência de trabalho relevante para o cargo.
  • Os cargos em áreas técnicas, da saúde e outros profissionais são especialmente rígidos em qualificações e um diploma no ensino superior é geralmente necessário.
  • Mostre o quão determinado, interessado e competente você é.

Saiba também => Emprego na Itália

 

Mais dicas para arrumar um emprego no Chile

Como garantir um emprego no Chile
Saber espanhol é o que vai te diferenciar dos seus concorrentes.

Lembre-se que os contatos profissionais (também chamado de pitutos) desempenham um papel importante em influenciar o mercado de trabalho. É nessa parte que saber espanhol vai fazer toda a diferença.

Ter conhecimento do idioma abrirá muitas portas, seja na hora da entrevista de emprego ou até mesmo antes, quando estiver batendo de porta em porta oferecendo seus serviços e procurando um emprego.

Saber espanhol (e eu não estou dizendo que precisa ser perfeito, mas que seja mais que um portunhol) é o que vai te diferenciar dos seus concorrentes. Mas não se preocupe, isso não é motivo para desespero.

Você pode começar em um cargo ou um trabalho mais simples, que talvez não ganhe muito, mas ainda sim extremamente digno e que compensa, caso você não fale nada do idioma. Assim, com o tempo você vai aprendendo e buscando oportunidades melhores.

Descubra também => Trabalho no Uruguai

 

Vale a pena trabalhar no Chile?

Como conseguir um emprego no Chile
Trabalhar no Chile vale a pena se você busca uma boa condição de vida.

Com toda a certeza a resposta é sim. O Chile é um país lindo, organizado, com paisagens de tirar o fôlego de norte a sul, um povo educado, uma economia forte e estável e, principalmente, um mercado que só cresce.

Trabalhar no Chile vale a pena se você, como a grande maioria do mundo, busca uma boa condição de vida e está disposto ao desafio da adaptação de morar em outro país e conviver com outro idioma.

É bom lembrar que o Chile não é um país barato, muito pelo contrário, é um dos países mais caros da América do Sul, onde sua capital Santiago só perde para São Paulo. Entretanto, apesar do custo de vida alto, os salários médios de profissões comuns são bem razoáveis. Saiba mais sobre o custo de vida no Chile.

Por exemplo, levando em consideração que o salário mínimo é de aproximadamente 288.000 pesos chilenos, uma empregada doméstica que trabalha de segunda à sexta, 6 horas por dia, pode ganhar um valor médio de 400.000 pesos chilenos, o que equivale a R$2.100 na cotação atual.

Como encontrar? => Emprego em Portugal

 

Vantagens de trabalhar no Chile

Trabalhar fora do Brasil
Chile é o destino perfeito para quem pretende trabalhar fora do Brasil.

Trabalhar no Chile tem suas vantagens e é o destino perfeito para quem pretende sair do Brasil para viver em um país em alguns aspectos superior, mas não quer ir muito longe.

Mesmo após desastres naturais, ditadura e algumas crises, o país conseguiu manter uma sólida economia e soube lidar muito bem com o mercado de trabalho dos setores em ascensão. Por isso, vale muito a pena, ler sobre as melhores cidades para morar no Chile.

Com o idioma similar e facilidades concedidas aos brasileiros na hora de tirar o visto por conta de acordos entre os dois países, o Chile sempre foi um destino muito visado e querido, e entender o porquê realmente não é difícil.

Com tantas vantagens, é impossível não cogitar a ideia de se mudar e trabalhar em terras chilenas. Basta, antes de tudo, analisar suas prioridades e competências para começar a procurar um bom trabalho e poder desfrutar da vida nesse lindo país.

Quer trabalhar no Chile e ficou com algum dúvida? Diga nos comentários e vamos bater um papo.

 

Artigos relacionados ao Chile:

 

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Redação QVM

A redação do Quero Viajar Mais está sempre em busca das melhores dicas para você conseguir planejar sua viagem, seja um simples final de semana na praia ou mesmo uma volta ao mundo. Siga nossos perfis nas redes sociais: @QueroViajarMais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *