Início / Dicas / Tipos de intercâmbio: saiba como estudar e trabalhar fora do país

Tipos de intercâmbio: saiba como estudar e trabalhar fora do país

Este artigo é para você que sempre sonhou em morar fora, mas são tantos os tipos de intercâmbio que acaba ficando na dúvida na hora de escolher. E vale lembrar que essa é uma experiência única na vida, apesar de muita gente achar que intercâmbio é só estudantil… Mas isso não é verdade! Existem diversas variações, como o intercâmbio para trainee, internship, au pair entre outros.

Cada um tem duração diferente, é voltado para perfis únicos e com objetivos distintos. Criei este post para contar para você quais são os tipos de intercâmbio que existem, e como eles funcionam. Depois de ler, você perceberá que um atende às suas necessidades, que é a sua cara!

Descubra quanto custa seguro viagem para intercâmbio »

 

Tipos de intercâmbio que existem

Tipos de intercâmbio que existem

Engana-se quem pensa que só existe um tipo de intercâmbio por aí. A verdade é que existem intercâmbios de várias formas, durações, objetivos, feitos para pessoas diferentes que buscam uma experiência cultural diversa de tudo aquilo que já viveu, além de conhecimento e oportunidades.

Dentre os tipos de intercâmbio que existem, estão:

  • Estudo de idiomas
  • Au pair
  • High school
  • Graduação
  • Especialização
  • Voluntariado
  • Internship e trainee
  • Profissional

 

Melhores tipos de intercâmbio

Estudo de idiomas

Tipos de intercâmbio que existem

Um intercâmbio apenas para o estudo de um idioma geralmente é mais curto do que os outros tipos, sendo constituído por pequenos períodos de imersão total na língua escolhida, com aulas todos os dias e atividades vivenciais.

O principal objetivo desse tipo de intercâmbio é acelerar o aprendizado da língua, para que o aluno tenha a possibilidade de aplicar os conhecimentos adquiridos em situações cotidianas.

A duração média desse tipo de intercâmbio é de cerca de um mês, mas isso pode variar conforme o pacote acordado, com o nível de inglês (ou outros idioma) do aluno, e com os seus objetivos.

Esse tipo de intercâmbio é geralmente feito diretamente com escolas de idioma, sendo vendido como forma adicional de aprendizado com escolas parceiras fora do país.

Aprender outro idioma fora do país

Existe ainda a possibilidade de conseguir um intercâmbio diretamente com uma escola de idiomas no país de origem, que aceite alunos estrangeiros. Embora essa seja uma opção, normalmente, um pouco mais complicada.

Para te ajudar, leia também o artigo que trata de fazer intercâmbio sozinho ou por agência.

Os preços dele variam muito, mas giram em torno de R$ 6 mil  com todas as despesas inclusas.

O intercâmbio para estudo de idiomas é perfeito para quem já possui certo conhecimento da língua e deseja aperfeiçoar e consolidar o idioma, no entanto, dispõe de pouco tempo para isso.

Esse intercâmbio mais curto pode ser feito durante as férias e encaixado com mais facilidade na programação de quem trabalha ou possui família, por exemplo.

Vantagens de contratar um seguro viagem + 5% de desconto

 

Au pair

Trabalho e intercâmbio no exterior

O intercâmbio au pair é um intercâmbio um pouco mais longo, geralmente com duração de um ano, no qual a pessoa fica morando com uma família no país de destino escolhido, geralmente cuidando das crianças e ajudando na organização da casa.

Esse tipo de intercâmbio é remunerado, ou seja, o intercambista recebe pelos seus serviços, tendo dinheiro para aplicar de outras formas, como fazendo um curso de idiomas, ou mesmo viajando.

Esse é um intercâmbio mais duradouro, o que como vantagens permite uma imersão ainda maior no país de destino, e dá chance para a pessoa adquirir um conhecimento mais aprofundado da língua, uma vez que estará interagindo com uma família de nativos durante todo o período do intercâmbio.

Baby sitter no exterior

Mas, por outro lado, não é um intercâmbio indicado para quem não dispõe de muito tempo, pois dificilmente uma família aceita um au pair por períodos menores do que um ano, uma vez que ele estará em contato com as crianças, com o dia a dia da família, sendo preferível alguém que permanece por um tempo ao invés da rotatividade.

O au pair é um dos programas mais baratos que existem, pois normalmente o intercambista arca apenas com as passagens, custos de visto e documentações necessárias, além de pagar uma taxa para a agência realizar o intermédio entre o intercambista e a família.

Normalmente, a hospedagem é gratuita, dada pela família anfitriã, e as demais despesas podem ser cobertas com o salário que o intercambista fará como au pair.

Dicas => 10 coisas que você precisa saber antes de estudar fora

 

High school

Ensino médio no exterior

O intercâmbio do tipo High School é aquele feito durante o Ensino Médio, e é muito comum nos Estados Unidos.

Nesse tipo de intercâmbio, o estudante geralmente passa um dos anos do Ensino Médio em uma escola no país de destino, e esse ano conta como um ano escolar no Brasil. Existem intercâmbios High School mais curtos, com duração de um mês, três meses, ou seis meses, dependendo do pacote escolhido.

Mas o objetivo é sempre o mesmo: que o intercambista consiga vivenciar a cultura do país de destino, se integrar na comunidade como um estudante local e, é claro, aprenda o idioma do país.

No intercâmbio High School, o estudante geralmente fica na casa de uma família previamente selecionada por uma agência, com concordância dos pais, e ficará sob responsabilidade dessa família pelo período que permanecer fora de casa.

Alguns podem alegar que a desvantagem do intercâmbio High School é que o intercambista é ainda muito novo para aproveitar ao máximo essa experiência, enquanto outros dizem que quanto antes, melhor!

Opções => Cidades mais baratas da Inglaterra para fazer intercâmbio

 

Graduação

Intercâmbio de graduação

O intercâmbio feito durante a graduação é o tipo de intercâmbio mais comum que existe, pois pega as pessoas em uma idade que elas ainda não trabalham fixo, não constituíram família, tem menos laços e menos responsabilidades, mas ao mesmo tempo possui uma idade e maturidade suficientes para aproveitar as oportunidades.

Normalmente, esse tipo de intercâmbio dura um ano, o que também é conhecido como Graduação Sanduíche. Nesse tipo de intercâmbio, o estudante passa um ano em uma instituição de ensino fora do país, fazendo matérias relacionadas ao seu curso no Brasil, e aperfeiçoando o idioma local.

A Graduação Sanduíche pode, no entanto, ter duração menor, de seis meses, ou um pouco maior, de 18 meses, dependendo da modalidade.

A maioria das instituições de ensino superior exige que o candidato já possua certo nível de proficiência na língua do país, mas algumas oferecem um curso intensivo no idioma para que o estudante aprenda antes de iniciar as aulas.

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

Esse é um dos tipos de intercâmbio mais caros, pela sua duração e pelo custo das matrículas nas faculdades de destino, mas também um dos mais procurados, e dos que mais oferecem bolsas para os estudantes.

Mais destinos => Cidades da Austrália para fazer intercâmbio

 

Especialização

Fazer especialização fora do país

O intercâmbio do tipo especialização é voltado para as pessoas que já possuem um diploma de graduação, com ou sem experiência de trabalho na área, e desejam se especializar fora do país.

A especialização escolhida pode ser uma residência médica ou na área da saúde, um mestrado, um doutorado, um PhD, ou um Fellowship.

A duração do intercâmbio de especialização irá variar de acordo com o tipo de especialização escolhido e com o programa no qual o intercambista ingressou. Ele pode variar de seis meses a dois anos, no caso de programas de mestrado e PhD nos quais o estudante recebe o diploma por completo na instituição do país de destino.

Também é muito comum que esse tipo de intercâmbio ofereça bolsas de estudos para alunos de outros países. Por isso, é interessante se informar com a agência de intercâmbios e com a instituição de ensino do destino escolhido sobre essas possibilidades.

Esse intercâmbio é ideal para quem procura um diferencial para ingresso no mercado de trabalho, enriquecendo seu currículo com experiências profissionais e acadêmicas em instituições de prestígio, ao mesmo tempo em que adquire experiências pessoais e aprimora o conhecimento de um idioma vivenciando a língua na prática.

Confira => Quanto custa um intercâmbio na Califórnia?

 

Voluntariado

Tipos de intercâmbio como voluntário

Esse tipo de intercâmbio tem se tornado cada vez mais comum nos dias de hoje. Ele funciona basicamente como uma troca. Normalmente, o intercambista trabalha para alguma Organização Não-Governamental ou Instituição Filantrópica e, em troca, ganha auxílios e benefícios como moradia, alimentação e transporte.

O intercâmbio de voluntariado é um dos intercâmbios com possibilidade de troca cultural mais rica e intensa, e traz retornos pessoais que, de acordo com quem já fez, não são comparáveis a nenhuma outra experiência.

Esse tipo de intercâmbio, além de trazer muitos ganhos pessoais e de crescimento individual, traz benefícios profissionais, é um ótimo adicional no currículo, e uma excelente opção para quem deseja economizar, uma vez que tem a possibilidade de trocar os seus serviços por coisas que, de outra forma, trariam gastos consideráveis.

Ele ainda é uma oportunidade de crescer profissionalmente e experimentar um pouco de uma profissão na prática, enquanto ajuda quem precisa e aprende muito.

Pensando na viagem e não sabe como começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, por R$ 14,95 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

Dúvida => Los Angeles x San Diego x São Francisco para intercâmbio

 

Internship e trainee

Internship fora do país

Esses dois tipos de intercâmbio são bem semelhantes, e são uma forma de trabalho no exterior como aprendiz.

Seja como estagiário – intern – ou como trainee, o intercambista ganha a possibilidade de trabalhar em grandes empresas internacionais por um curto período de tempo, que pode variar de um mês a um ano, dependendo da companhia e do tipo de programa escolhido.

Além do aprendizado adquirido durante o intercâmbio, da experiência profissional, do upgrade no currículo, e da rede de contatos criada pelo estagiário durante o intercâmbio, muitas desses empresas oferecem oportunidades de contratação para a pessoa que passou pelo programa.

Outro benefício é que algumas organizações disponibilizam ainda uma colocação no mercado de trabalho no seu país de origem, para aqueles que se destacam durante seu período de trabalho.

Esse tipo de intercâmbio é ideal para quem busca uma maior experiência na sua área de atuação, melhor colocação profissional no mercado, maior aprimoramento das suas habilidades, e um diferencial em relação à concorrência.

Existem intercâmbios de internship, ou estágio, e trainee, remunerados e não-remunerados, e o custo irá depender do tipo de intercâmbio escolhido, bem como da sua duração e da sua localidade.

Melhores cidades do Estados Unidos para fazer intercâmbio »

 

Profissional

Tipos de intercâmbio para adultos

O intercâmbio de trabalho é aquele no qual indivíduos que já possuem uma carreira, em qualquer fase da vida, buscam novas oportunidades de aprimoramento e crescimento, tanto pessoal quanto profissional, em alguma empresa fora do país.

Esse tipo de intercâmbio tem duração muito variada, e custo muito diverso, uma vez que a maioria das posições é remunerada, e que o tempo de experiência na empresa do país de destino pode ser muito diferente de um programa para outro.

Nesse tipo de intercâmbio, o indivíduo tem a oportunidade de criar uma nova rede de contatos, adquirir novas técnicas de trabalho, lidar com tecnologias diferentes, e se desenvolver pessoal e profissionalmente.

Após um intercâmbio profissional, a pessoa ganha maior experiência, um currículo melhor, e melhores oportunidades no mercado de trabalho.

O intercâmbio de trabalho é interessante inclusive para empresas no Brasil, que ao mandar seus empregados para passar um tempo fora, aumentam a visibilidade do nome da sua marca no exterior, além de receber de volta, com o retorno do funcionário, conhecimento e o emprego de novas tecnologias para o desenvolvimento do seu negócio.

Leia também => Dicas para primeira viagem internacional

 

Vale a pena fazer intercâmbio?

Vale a pena fazer intercâmbio?

Viu quantos tipos de intercâmbio existem por aí? E essas são só algumas das possibilidades que as pessoas têm para passar um tempinho no exterior, aprender, se desenvolver e vivenciar momentos inesquecíveis.

Existe um tipo de intercâmbio para cada pessoa, independentemente da idade ou da fase da vida. Seja durante a escola, seja mais tarde como busca de um diferencial e de algo novo e excitante, um intercâmbio só tem a acrescentar e a enriquecer a vida de todos que optam por essa experiência sensacional. É só escolher o tipo de intercâmbio certo para você e aproveitar!

Você já fez intercâmbio ou sonha em fazê-lo? Deixe nos comentários!

 

Leia os últimos posts do blog:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Marian Marchiori

Marian Marchiori, 26 anos, Fisioterapeuta residente em Fisioterapia Cardiovascular no Hospital das Clínicas da UFMG. É professora de inglês e escritora nas horas vagas. Tem paixão por viajar, no Brasil e fora dele. Já morou nos Estados Unidos, e atualmente vive na capital mineira, de onde escreve sobre suas experiências de viagens, sobre saúde e anseia conhecer mais do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *