9 tipos de intercâmbio: como estudar e trabalhar fora do país

por Marian Marchiori

9 tipos de intercâmbio: como estudar e trabalhar fora do país

Pesquisar sobre os tipos de intercâmbio disponíveis é o primeiro passo para quem deseja viver essa experiência. De fato, são inúmeras as possibilidades, ainda que muitos pensem que exista apenas uma modalidade.

Além dos países, que vão de EUA e Canadá à Malta e África do Sul, há muitas categorias diferentes. Na verdade, são feitos pacotes específicos para a necessidade do estudante, atingindo assim diversos públicos.

Há opções próprias para trabalho, idiomas, jovens, graduandos e voluntários, dentre as quais é possível encontrar todos os preços. Dos gratuitos aos mais caros, essa é uma experiência que combina com todos os gostos e bolsos!

Sabendo disso, é importante entender melhor cada um dos tipos de intercâmbio para tomar a melhor decisão. Para te ajudar, abaixo explico mais sobre o que é, como funciona o intercâmbio estudantil e outros tipos existentes. Confira!

Planeje sua viagem => Melhor seguro viagem para estudante

O que é e como funciona o intercâmbio?

De acordo com dicionário da língua portuguesa, intercâmbio se refere à ação de trocar, permutar. Aqui, no entanto, focamos em outro de seus significados, mais ligado à educação e viagens.

Nesse contexto, intercâmbio é um programa educacional em que você passa um tempo de fora de seu país de origem ou residência. Geralmente, esse tempo que você passa em outra nação é destinado ao aprendizado de um novo idioma.

Existem, porém, diversos tipos de intercâmbio, sendo que cada um apresenta um foco diferente. Não necessariamente, portanto, o estudo de uma nova língua seja sua prioridade em todos eles.

Cada um desses tipos exige um processo distinto, assim como uma organização e planejamento. Dessa forma, o funcionamento de cada modalidade se distingue por conta de seu objetivo principal.

Independente de seu foco, entretanto, alguns aspectos estão presentes em todos os tipos. Dentre eles, encontram-se conhecer novas culturas e lugares, relacionar-se com outras pessoas e entender o mundo por um novo prisma.

CLIQUE AQUI para enviar dinheiro para o exterior »

Quem pode fazer um intercâmbio?

O mais legal da experiência de morar fora é que ela pode ser feita por qualquer pessoa que esteja disposta. Dos mais novos aos mais velhos, com formação ou não, com ou sem domínio do idioma local.

Ainda que haja uma ideia que somente pode ser feito por jovens, a aventura abrange todo mundo. Isso se dá, principalmente, porque existem diversos tipos de intercâmbio, cada qual com um foco.

Dessa forma, talvez o curso de idiomas pode não ser o indicado a você, mas há outras opções. É possível, por exemplo, fazer algo mais ligado à sua área de atuação, com objetivo de melhorar seu vocabulário profissional.

Se quiser algo menos ligado à carreira, pode optar por um intercâmbio voluntário. Essa é uma ótima maneira de conhecer novos países e culturas enquanto ajuda diversas pessoas. Como pode ver, alternativa é o que não falta.

Por conta disso, posso dizer que já pessoas das mais diversas idades se jogando nessa experiência. De adolescentes de 13 anos a pais de amigos meus, acima de seus 60 anos. Independente de sua idade e objetivo, com certeza há um intercâmbio especial para você.

Qual é o melhor tipo de intercâmbio?

  1. Curso de idiomas
  2. Au pair
  3. Trabalho + estudos
  4. High School
  5. Graduação
  6. Especialização
  7. Voluntariado
  8. Internship e trainee
  9. Profissional

Existem diversos tipos de intercâmbio disponíveis para você atualmente. Eles contemplam os mais variados perfis quanto a preço, duração, nível de conhecimento, acomodação e objetivo. Veja aqui as principais dúvidas sobre intercâmbio.

Agora, veja os tipos de intercâmbio mais indicados hoje em dia são:

1. Curso de Idiomas

tipos de intercâmbio Canadá
Campus Kaplan na Califórnia | Foto: Reprodução Site Kaplan

O curso de idiomas é um dos tipos de intercâmbio mais comuns atualmente. Aqui, o foco está exclusivamente no aprendizado de uma nova língua, sendo o inglês a mais usual.

Nessa modalidade, não há um período fixo de aulas. Sendo assim, tudo depende muito de sua disponibilidade financeira, tempo vago e nível de idioma. Há pessoas que fazem o programa por uma semana, enquanto outras optam por ficar seis meses.

Essa flexibilidade, aliás, é um de seus pontos fortes. Por conta dela, é possível ter a experiência durante suas férias, o que atrai muitos profissionais do mercado.

Em sua maioria, as aulas são ministradas em escolas próprias para isso, onde você encontrará outros estrangeiros. O lado bom disso é que você conhecerá muitas pessoas de todas as partes do mundo. Além disso, terá foco total no aprendizado do idioma escolhido, tendo aulas de gramática, vocabulário e conversação.

O lado ruim, entretanto, é que seu contato com os moradores locais é bastante limitado. Normalmente, apenas seu professor e funcionários da escola são naturais de seu destino. Seus amigos, em geral, acabam sendo outros intercambistas.

Além das aulas em sala, você também terá experiências fora do ambiente acadêmico. É comum que haja passeios, encontros em bares e cafeterias e até festas, tudo organizado pela escola. Assim, é também uma ótima forma de socializar e conhecer outras pessoas e lugares.

2. Au pair

O intercâmbio au pair é um intercâmbio um pouco mais longo, geralmente com duração de um ano. Aqui, você mora com uma família no país de destino, geralmente cuidando das crianças e ajudando na organização da casa.

Esse é um dos tipos de intercâmbio remunerado, ou seja, o intercambista recebe pelos seus serviços. Dessa forma, tem dinheiro para aplicar de outras formas, como fazendo um curso de idiomas ou mesmo viajando.

Esse é um intercâmbio mais duradouro, o que permite uma imersão ainda maior no país de destino. Também te dá chance de adquirir um conhecimento mais aprofundado da língua, uma vez que estará interagindo com uma família. Esse contato com nativos durante todo o período do intercâmbio faz toda a diferença.

Mas, por outro lado, não é um intercâmbio indicado para quem não dispõe de muito tempo. Dificilmente uma família aceita um au pair por períodos menores do que um ano. Por estar em contato com crianças e a rotina da família, é preferível alguém que permanece por um tempo maior.

O au pair é um dos programas mais baratos que existem, pois normalmente o intercambista arca apenas com as passagens. Além disso, também paga os custos de visto e documentações necessárias, e a taxa para a agência realizar o intermédio entre você e a família.

Normalmente, a hospedagem é gratuita, dada pela família anfitriã. As demais despesas podem ser cobertas com o salário que o intercambista fará como au pair.

Confira => Quanto custa um intercâmbio na Califórnia

3. Trabalho + Estudos

Work and Travel

Outra modalidade que tem feito bastante sucesso ultimamente é a qual você pode estudar e trabalhar. Diferente do au pair, entretanto, aqui você pode exercer cargos que não sejam em casas de família.

Esse é um dos tipos de intercâmbio mais procurados porque permite que você trabalhe e ganhe seu salário na moeda local. Em geral, as funções são de atendimento ao público, como garçom, vendedor e recepcionista.

Não são todos os países, porém, que oferecem essa opção, na verdade, a grande maioria veta tal prática. Os que oferecem essa modalidade e acabam sendo os mais escolhidos são Austrália, Irlanda e Canadá. Se quiser ter essa experiência os Estados Unidos, há uma forma.

O Work and Travel, também conhecido como Work Experience, é um tipo de intercâmbio que acontece somente nos EUA. Ele é destinado a alunos de graduação e pós-graduação.

É preciso contratar o intercâmbio através de uma agência especializada. Ainda assim, o valor do pacote é bem abaixo do salário recebido durante o período. Este, por sinal, costuma ser de 2 a 3 meses, normalmente nas férias entre dezembro e fevereiro.

   

Para saber mais acompanhe o canal no Youtube da Tarsila Ceruci, especialista em Work and Travel.

4. High school

O intercâmbio do tipo High School é aquele feito durante o Ensino Médio e é muito comum nos Estados Unidos. Nessa opção, o estudante geralmente passa um dos anos do colegial em uma escola no país de destino. Ao voltar, esse ano conta como um ano escolar no Brasil.

Existem intercâmbios High School mais curtos, com duração de um mês, três meses, ou seis meses, dependendo do pacote escolhido. Mas o objetivo é sempre o mesmo: que o intercambista consiga vivenciar a cultura do país de destino. Assim, ele pode se integrar na comunidade como um estudante local e, é claro, aprender o idioma do país.

Geralmente o estudante fica na casa de uma família previamente selecionada por uma agência, com concordância dos pais. Ficará sob responsabilidade dessa família pelo período que permanecer fora de casa.

Por conta de ser durante o colegial, esse é um dos tipos de intercâmbio em que o estudante é mais novo. Algumas pessoas veem isso como uma desvantagem, já que ele não pode aproveitar ao máximo a experiência.

Para mim, entretanto, essa é uma grande vantagem, visto que ele realiza essa aventura ainda novo. Você tem seus horizontes expandidos, perde timidez e conhece novas culturas, tudo com pouca idade.

Mais destinos => Cidades da Austrália para fazer intercâmbio

5. Graduação

graduação fora do brasil

O intercâmbio feito durante a graduação é uma opção bastante comum. O motivo é que as pessoas estão em uma idade que elas ainda não trabalham fixo nem constituíram família. Assim, tem menos laços e menos responsabilidades, mas já possui idade e maturidade suficientes para aproveitar as oportunidades.

Normalmente, a experiência dura um ano, o que também é conhecido como Graduação Sanduíche. O estudante passa um ano em uma instituição de ensino fora do país, fazendo matérias relacionadas ao seu curso no Brasil e aperfeiçoando o idioma local.

A Graduação Sanduíche pode, no entanto, ter duração menor, de seis meses, ou um pouco maior, de 18 meses. Tudo depende da modalidade e das instituições participantes.

A maioria das universidades superior exige que o candidato já possua certo nível de proficiência na língua do país. Algumas até oferecem um curso intensivo no idioma para que o estudante aprenda antes de iniciar as aulas.

Esse é um dos tipos de intercâmbio mais caros, pela sua duração e pelo custo das matrículas nas faculdades de destino. Ainda assim, é também um dos mais procurados e que mais oferecem bolsas para os estudantes.

Além disso, é uma ótima forma de melhorar seu currículo, visto que terá nele instituições de fora do país. Se a universidade for conceituada, como Harvard, Stanford ou Cambridge, melhor ainda.

6. Especialização

O intercâmbio do tipo especialização é voltado para pessoas que já possuem um diploma de graduação. Com ou sem experiência de trabalho na área, mas desejam se especializar fora do país.

A especialização escolhida pode ser uma residência médica ou na área da saúde, mestrado, doutorado, PhD ou Fellowship. A duração do intercâmbio irá variar de acordo com o tipo de especialização escolhido e com o programa no qual o intercambista ingressou.

Ele pode variar de seis meses a dois anos, no caso de programas de mestrado e PhD. Neles, o estudante recebe o diploma por completo na instituição do país de destino.

Também é muito comum que esse tipo de intercâmbio ofereça bolsas de estudos para alunos de outros países. Por isso, é interessante se informar com a agência de intercâmbio e com a instituição de ensino sobre essas possibilidades.

Esse intercâmbio é ideal para quem procura um diferencial para ingresso no mercado de trabalho. Afinal, ele enriquece seu currículo com experiências profissionais e acadêmicas em instituições de prestígio. Ao mesmo tempo, adquire experiências pessoais e aprimora o conhecimento de um idioma vivenciando a língua na prática.

Por conta do alto grau de instrução requisitado, esse é um dos tipos de intercâmbio que se destina a pessoas com um pouco mais de idade.

7. Voluntariado

tipos de intercâmbio voluntário

O intercâmbio voluntário tem se tornado cada vez mais comum. Ele funciona basicamente como uma troca. Normalmente, o intercambista trabalha para alguma Organização Não-Governamental ou Instituição Filantrópica e, em troca, ganha auxílios e benefícios. Em geral, tem moradia, alimentação e transporte inclusos.

Esse é um dos tipos de intercâmbio com possibilidade de troca cultural mais rica e intensa. Além disso, traz retornos pessoais que, de acordo com quem já fez, não são comparáveis a nenhuma outra experiência.

Além dos muitos ganhos pessoais e de crescimento individual, traz benefícios profissionais. É um ótimo adicional ao currículo e uma excelente opção para quem deseja economizar.

   

Existem diversas áreas de atuação disponíveis, podendo ou não estar ligadas com sua formação educacional. O ambiental é um dos mais conhecidos, no qual você auxilia, de alguma forma, a cuidar de animais e ambientes. Outro bastante escolhido é o educacional, com foco no trabalho direto com crianças e sua aprendizagem.

Com o mesmo objetivo, há também programas esportivos, nos quais você pode dar aulas de futebol, basquete ou vôlei a crianças carentes. Por fim, uma opção mais complexa é a da saúde, em que o voluntário trabalha em hospitais e centros de recuperação.

Um ponto interessante desse tipo de intercâmbio, porém, é sua localização. Em geral, é feito em países mais carentes e sem tanta estrutura. Dessa forma, se procura por nações de primeiro mundo, talvez não seja o ideal.

8. Internship e trainee

Esses dois tipos de intercâmbio são bem semelhantes, e uma forma de trabalhar no exterior como aprendiz. Seja como estagiário — intern — ou como trainee, o intercambista ganha a possibilidade de trabalhar em grandes empresas internacionais.

Em geral, a experiência dura um curto período, que pode variar de um mês a um ano. Depende muito da companhia e do tipo de programa escolhido.

Os benefícios aqui são inúmeros. Aprendizado adquirido durante o intercâmbio, experiência profissional, upgrade no currículo, rede de contatos criada pelo estagiário. Mas, o melhor é que muitas dessas empresas oferecem oportunidades de contratação para a pessoa que passou pelo programa.

Outra vantagem é que algumas organizações disponibilizam ainda uma colocação no mercado de trabalho no seu país de origem. Mas é exclusivo àqueles que se destacam durante seu período de trabalho.

Esse tipo de intercâmbio é ideal para quem busca uma maior experiência na sua área de atuação. Também para que busca colocação profissional no mercado, aprimoramento das suas habilidades e um diferencial em relação à concorrência.

Existem intercâmbios de internship e trainee, remunerados e não-remunerados. O custo irá depender da opção escolhida, bem como da sua duração e da sua localidade.

9. Profissional

O intercâmbio profissional é bastante semelhante ao curso de idiomas, mas tem algumas importantes diferenças. A principal delas está no vocabulário que você aprenderá durante o curso.

Aqui, o foco está no aprendizado de termos técnicos do mercado profissional, independente de qual. Assim, na hora de sua inscrição, deverá preencher sua área de atuação e o setor que deseja se especializar.

Os mais comuns são Vendas e Marketing, Administração, Comércio Exterior e Direito. Ainda assim, existem opções mais de nicho, como Saúde, Educação, Engenharia e tantas outras mais.

Como o objetivo é melhorar seu vocabulário profissional, todos os materiais serão direcionados a isso. Dessa forma, você aprenderá o idioma como qualquer outro estudante, mas com exemplos e exercícios voltados ao seu mercado.

Esse é um dos tipos de intercâmbio mais procurado por executivos atualmente. Afinal, com um mercado concorrido como o de hoje, é sempre bom investir em novas habilidades profissionais.

O programa, assim como um curso de idiomas, pode ter durações diferentes de acordo com sua necessidade. Em geral, são ofertados pacotes de algumas semanas, nos quais você tem um treinamento mais intensivo. Seu grande benefício é que pode ser feito durante as férias, não atrapalhando sua rotina profissional.

Por que conhecer os tipos de intercâmbio?

Viu quantos tipos de intercâmbio existem por aí? E essas são só algumas das possibilidades disponíveis atualmente! De fato, há muita oportunidade para passar um tempo no exterior, aprender, se desenvolver e vivenciar momentos inesquecíveis.

Existe um tipo de intercâmbio para cada pessoa, independentemente da idade ou da fase da vida. Seja durante a escola ou mais tarde, como um diferencial ou algo novo e excitante, um intercâmbio só tem a acrescentar e a enriquecer.

Por isso, é preciso conhecer bem todos os tipos de intercâmbio disponíveis e verificar qual a melhor opção para seu caso. Muito mais do que o preço, é preciso analisar suas necessidades, vontades e habilidades. Somente assim poderá acertar e aproveitar ao máximo essa experiência!

Você já fez intercâmbio ou sonha em fazê-lo? Deixe nos comentários!

Até + !!!

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Marian Marchiori

ESCRITO POR

Marian Marchiori

Marian Marchiori, 26 anos, Fisioterapeuta residente em Fisioterapia Cardiovascular no Hospital das Clínicas da UFMG. É professora de inglês e escritora nas horas vagas. Tem paixão por viajar, no Brasil e fora dele. Já morou nos Estados Unidos, e atualmente vive na capital mineira, de onde escreve sobre suas experiências de viagens, sobre saúde e anseia conhecer mais do mundo.

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *