Início / Ásia / Camboja / Plâncton luminoso e estrelas cadentes em Koh Rong

Plâncton luminoso e estrelas cadentes em Koh Rong

As praias Camboja são muito procuradas por turistas que estão viajando pelo sudeste asiático. Quando decidi viajar para o Camboja, sabia que iria conhecer as principais atrações, como a terrível história do Khmer Rouge e os templos em Angkor Wat, mas não havia incluído praias em meu roteiro de viagem. Decidi passar alguns dias em Sihanouk Ville e Koh Rong, após ouvir várias recomendações de amigos que fiz durante minha viagem pelo Laos e Tailândia.

Geralmente prefiro planejar e fazer minhas viagens por conta, mas após conhecer a Stray Travel durante minha viagem pela Nova Zelândia, decidi utilizar a empresa que também opera roteiros na Ásia, ainda mais porque recebi o convite para viajar de graça. Como estava viajando sozinho, foi a melhor forma de fazer amigos durante a viagem, uma vez que em diversos lugares não existem albergues. Também é a maneira mais fácil de conhecer as atrações turísticas, pois os roteiros incluem as melhores cidades e os guias são ótimos.

Planeje sua viagem => Dicas de hotéis e onde ficar em Koh Rong

 

O que fazer em Koh Rong

Koh Rong é uma ilha sem muita infra estrutura, com luz elétrica disponível devido aos geradores dos pequenos hotéis, que disponibilizam somente lâmpadas e tomadas dentro dos bangalôs, além do restaurante e recepção. Para quem gosta de natureza, praia, mergulhar e praticar trekking, há muito o que fazer em Koh Rong. São praias paradisíacas interligadas por algumas trilhas, poucos turistas, ideal para quem procura curtir praia e descansar.

Mergulhar não é uma grande experiência, principalmente para quem conhece lugares incríveis como Great Barrier Reef na Austrália, o mergulho com tubarões em Fiji e os mergulhos na Tailândia. Mesmo assim, existe um escola que explora os melhores pontos da região.

 

Procurando o pôr-do-sol

Praias do Camboja
Pôr-do-sol após trilha em Koh Rong.

Uma de minhas maiores realizações durante qualquer viagem, é procurar um bom lugar para tirar fotos e apreciar o pôr-do-sol. No hotel, perguntei ao recepcionista que logo me indicou a praia do outro lado da ilha e disse:

– Tem gente que faz a trilha e volta de barco ou ao contrário…é bem fácil chegar lá, uma caminhada de uma hora.

Ainda com dúvidas sobre as atrações turísticas?
 

Logo pensei em ir a pé e pegar o barco na volta para não fazer a trilha no escuro. Moleza!!! Coloquei meu tênis, peguei a máquina fotográfica, comprei uma garrafa d’água e parti. Estava tudo certo, caminhando tranquilo e curtindo a natureza. Até que a trilha começou a ficar menos óbvia e algumas marcações começaram a aparecer. Fui seguindo sem medo e já conseguia ouvir o som do mar, o sol estava quase se pondo. Até que as marcações sumiram e não podia mais identificar a trilha…estava no meio do mato.

Mesmo assim, ainda queria ver o pôr-do-sol e conhecer a praia que muitos diziam ser uma das mais bonitas da Ásia. Comecei a andar no meio das árvores, seguindo a direção dos raios de sol e do barulho do mar. Encontrei novamente a trilha e cheguei todo arranhado para curtir a praia, que estava incrivelmente vazia, inteirinha pra mim. Caraca, onde estão os barcos??? Me enfiei no mato e cheguei no hotel logo após escurecer.

 

Plâncton luminoso e estrelas cadentes

plankton-estrelas-cadentes-praia-asia
Fonte: via Lucas no Pinterest

Cheguei exausto no hotel, querendo um banho para depois encontrar a galera e jantar. Minha cabana era na areia, de frente pra praia e a Lua fazia aquele reflexo lindo no mar. A noite estava quente e não tive dúvidas: “Essa noite vou tomar banho de mar”.

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

A água estava calma, bem rasinha e comecei a perceber uma luz estranha enquanto me movimentava no mar. Gritei: “Uhuuuuuuuuuu”. Não podia acreditar, uma intensa alegria começou a brotar em mim, estava realmente nadando com plâncton luminoso (Entenda porque os animais produzem luz). Acho que fiquei mais de uma hora mexendo meus braços de um lado pro outro, só pra ver aquele incrível tom de verde florescer do mar…me senti novamente uma criança. Engraçado, hoje estou em casa escrevendo esse artigo, bem no dia das crianças.

Saí do mar e me joguei na areia, de braços abertos, olhando para aquele céu difícil de acreditar. Uma estrela cadente rasgou o céu, mas não achei que merecia um pedido, não queria estar em outro lugar. Duas, três, quatro, cinco…vi seis estrelas cadentes ali na praia, ouvindo o som do mar. Aí não resiste: “Senhor Obrigado, o que eu quero é pra sempre viajar”.

 

Orçamento de viagem em Koh Rong

Dólares USA Hospedagem Alimentação Passeios Transporte
Koh Rong 8,00 15,00 10,00 10,00
  • Hospedagem: gastei US$ 8,00 / dia para dividir o quarto com dois colegas da Stray Travel. Se estiver viajando sozinho, as despesas certamente aumentam.
  • Alimentação: como o acesso é restrito e existem poucas opções, os preços aumentam por aqui. Gastei US$ 15,00 para comer e tomar alguns drinks durante a festa com a galera do hotel;
  • Passeios: US$ 10,00 foi o preço do passeio para fazer snorkeling;
  • Transporte: nesse dia gastei apenas a viagem de barco a partir de Sihanouk Ville, US$ 10,00.

 

Pretende visitar as praias do Camboja?

Turismo nas ilhas do Camboja
Sol nascendo em praia de Koh Rong.

praias-do-camboja-ilhas-koh-rongpraias-do-camboja-ilhas-koh-rongpraias-do-camboja-ilhas-koh-rongpraias-do-camboja-ilhas-koh-rongpraias-do-camboja-ilhas-koh-rong

A ilha é um paraíso quase intocado, existem somente alguns hotéis, com acomodações em cabanas de frente pra praia e uma pequena vila de pescadores. Me senti distante do mundo, pena que somente por uma noite, mas o suficiente para me trazer tantas sensações.

Isso pode não trazer significado para muitas pessoas, mas sinceramente não conheço outra palavra para esse momento em minha vida: FELIZ!!!

cambodia-photosVeja a galeria de fotos do Camboja


Fazendo sua reserva através dos links parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA TAXAS EXTRAS, e dessa forma monetizamos nosso trabalho. Se houver dúvida, leia as políticas do blog, ou deixe um comentário.

Planeje sua viagem => Stray Asia, a melhor agência para contratar passeios no Sudeste Asiático

Aluguel de Carros | Passagens AéreasPasseios no Camboja | Seguro de Viagem


Quando criei o projeto viagem de volta ao mundo em 365 posts, o Camboja, que foi minha casa durante duas semanas, era um dos países que mais despertava minha curiosidade, por ser um destino tão incomum para brasileiros. Este é o 169º artigo da série, veja as dicas de viagem dos posts anteriores:

Planejando visitar as praias do Camboja? Ainda tem dúvidas? Foi e gostaria de contar uma história?

Deixe suas dicas e comentários!

Até + !!!

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 35 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

30 Comentários

  1. Ana Ayres Burnier

    Oi Guilherme estou indo pra Tailândia e Camboja no dia 15/11/2016, queria saber qual a melhor forma para ir de Siem Reap para Sihanoukville ?

    • Oi Ana,

      Eu sugiro o ônibus noturno. O trecho é longo, e nesses ônibus as poltronas na verdade são camas. Melhor comprar a passagem logo que chegar em Siem Reap, para garantir o assento!

      Abraços

  2. Olá! Qual linha aérea vc comprou as passagens para a cidade? Procurei passagens do Rio para a capital e são muito caras!!

    • Oi Nicole,

      Ir do Brasil direto para o Camboja é realmente complicado. O ideal é ir para Bangkok e de lá seguir viagem. No meu ebook gratuito falo mais sobre como comprar passagens mais baratas…basta você cadastrar seu email aqui no blog para receber.

      Uma vez em Bangkok, o artigo sobre os meios de transporte na Tailândia pode te ajudar a encontrar as cias aéreas.

      Espero que ajude 🙂

  3. Olá! Adorei o relato! Quero ir pra Koh Rong em dezembro. Vc lembra o nome do albergue? Obrigada!

  4. Oi td bem?

    Estou amando o blog.. mta coisa.. tentando coletar a maior quantidade possível de informações…

    Você consegue se lembrar em qual hotel(hostel) estava hospedado quando teve esta experiência com Plâncton luminoso… lembra da época do ano?

    Bgda.. e continua dividindo experiências com a gente.. tudo de bom…

    • Oi Thalita,

      Estive lá entre março e abril, mas fui procurar agora e nem existe o hotel na internet kkkk, mas achei a praia. Entre nessa página do Booking e clique no mapa do lado esquerdo, são os hotéis mais ao sul, em Tui Beach.

      Espero que ajude e obrigado pela visita 🙂

  5. Muito Obrigado meu velho!!!
    Ahh mais uma coisa de Siem Reap consigo ir direto p Sihanouk, Quanto tempo, bus ou trem?

    • Consegue sim, eu fiz o caminho inverso. Putz, não lembro exatamente quanto tempo levou a viagem, mas peguei o bus noturno e levou a madrugada toda. Tem um tipo de ônibus com camas, é bem confortável.

      Abraços

  6. Olá tdo bem?
    me diga uma coisa essa ilha que vc ficou… qual delas exata é pq encontrei no mapa duas com o mesmo nome uma só muda um nome a mais
    koh Rong sanloem é esta ou somente Koh Rong?

    valeu

  7. Nossa, que experiência fantástica essa hein! Beleza que a volta ao mundo em si já foi A experiência da vida né, mas nossa.. deve ter sido incrível nadar com plânctons luminosos e ainda ver estrelas cadentes na mesma noite.
    Descobri seu blog hoje e estou um pouco viciada lendo mil posts hahah. É muito bom ver outras pessoas que compartilham essa mesma paixão, só aumenta a vontade e a determinação para viajar cada vez mais!

    • Oi Julia,

      Claro que a viagem toda foi sim uma experiência única, mudou minha vida. Porém, dias especiais como esse proporcionam boas histórias, memórias!!

      Bom saber que consegui te prender com os textos 🙂

      Abraços

  8. Arrepiei lendo isso tudo! Estou programando minha viagem de volta ao mundo e seu blog está ajudando muito, obrigada!

    Bjs

    • Oi Fabi,

      São experiências que só na estrada conseguimos aproveitar.

      Bom saber que o blog está ajudando 🙂

      Quais os planos???

      Beijos

      • Gui,

        meu roteiro é bem parecido com o seu, com algumas modificações porque vou passar mais tempo na Europa! estou na duvida sobre Hawaii porque vou sozinha e sem carro… acho que fica difícil.

        Bjs!

        • Oi Fabiana,

          Hawaii sem carro somente na ilha de Oahu. E outra, tem muita gente por lá que viaja pedindo carona, mas vc tem que ter esse perfil…confesso que não é para mim.

          Beijos, quando parte???

          • Pois é, acho que vou ter que deixar o Hawaii de lado… vou provavelmente em Abril de 2015!!

            Bjs e obrigada

  9. Adorei sua pagina! Da vontade de arrumar a mochila e ir viajar! Guilherme vc sabe me dizer qual seria o melhor pais da europa para fazer conexão para o Camboja? Não consigo encontrar passagem…. abc

    • Oi Cristiane,

      Sinceramente não acho que existam voos diretos para o Camboja, você tem que fazer uma conexão em Bangkok. A partir de lá existem várias maneiras de chegar, depende de onde quiser ir.

      Até + !!! Abraços

  10. Oi Guilherme
    Estou ADORANDO seus artigos! Estou programando fazer essa viagem ( bem parecida com a sua ) no ano que vem… Em abril. Estou lendo tudo e com certezas vou te pedir umas dicasss rs…
    Amo fotografar… Parabens pelas fotos…. Estao lindas!
    🙂

  11. Guilherme,
    Obrigada!
    Comecei a olhar o link que você citou… Já matou algumas dúvidas!! rs
    Vou postando aqui.. assim, de fato, já ajudará outros viajantes 😉
    Bj

  12. Guilherme,
    Estou há meses pesquisando toda a região e sinceramente ninguém comentou sobre este lugar. Adorei ter lido isso!!!
    Sou amiga do Mauro (acho que ele comentou com vc).. estou lendo bastante ainda, mas tenho muitas, inúmeras dúvidas (neste momento estou estudando a viabilidade de iniciar o Laos por Don Det…para encontrar com amigos em Vientiane (eu estaria no Cambodia). Ficarei muito grata se puder me ajudar! Bjo

    • Oi Gisele,

      Ele falou sim, passei o fds com nossa galera num sítio em MG.

      Eu cruzei essa fronteira, mas no sentido Laos-Camboja e foi super tranquilo. Claro que o perrengue é grande, com vans lotadas, barquinhos, carregar mala. É parte do pacote, tem que enfrentar e vale muito a pena.

      Já viu o artigo sobre os vistos de turismo?

      As dúvidas que tiver, pergunte aqui nos comentários do blog. Isso pode ajudar outros viajantes.

      🙂 Até + !!!

  13. Caramba Guilherme, que surpresa ótima essa dos Plânctons não??
    Após ler esse post já coloquei este lugar na lista!!! Só de ler, já me deu uma paz!!! rs
    Abraço,

  14. wau…realmente maravilhoso, por um momento me senti juntinho de ti. Grata pela oportunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *