Início / Dicas / Países que não precisam de passaporte: para onde viajar só com RG

Países que não precisam de passaporte: para onde viajar só com RG

Saber quais são os países que não precisam de passaporte para entrar é fundamental para você planejar sua viagem com tranquilidade. Quando se fala em tirar passaporte, sempre pensamos na documentação burocrática que demandará tempo e dinheiro.

Por isso, você vai descobrir neste artigo para onde viajar só com o RG, sem precisar de passaporte. Assim, você já poderá planejar sua viagem sem esse custo extra ou ainda direcioná-lo para gastos no destino que você escolher.

Quer saber quais os países não exigem passaporte para brasileiros e como viajar para eles? Então dá uma lida neste artigo.

Planeje sua viagem => Hotéis em oferta na América do Sul

Melhor seguro viagem para América do Sul »

 

Países que não precisam de passaporte?

Países que não precisam de passaporte
Para a América do Sul, brasileiros precisam apenas do RG.

Você já deve ter ouvido falar do Mercosul, certo? Pois então, por conta de um acordo entre os países que compõem o Mercosul e que depois foi expandido para todos os países sul-americanos  (com exceção das Guianas), os cidadãos podem circular livremente por esses países portando apenas seu RG original. Assim, se você quer viajar sem o passaporte seu destino será a América do Sul.

Internet => Usar wifi, roaming ou chip de celular em Viagens

 

Como viajar com RG pela América do Sul?

Regras para viajar só com RG

Para viajar somente com RG pela América do Sul, é necessário cumprir alguns requisitos em relação ao RG. Inicialmente, o referido documento de identidade deve ter até dez anos de emissão, registrado com foto atual e estar em boas condições.

Caso ainda o documento gere dúvidas em relação a seu portador e a fotografia for diferente da pessoa atualmente, poderá ser solicitado ao passageiro outro tipo de documento de identificação, também com foto.

Cada país sul-americano tem sua exigência específica em relação aos tipos de documentação a serem apresentadas, como por exemplo, Argentina e Brasil aceitam a Cédula de Identidade Mercosul expedida pela Polícia Federal, os outros países não.

Dica => Aplicativos úteis para viajantes

 

Países que não exigem passaporte

Os países da América do Sul que não precisam de passaporte e que aceitam o RG, como mencionado acima, algumas vezes aceitam outro tipo de documento, como a Cédula de Identidade Mercosul, expedida pela Polícia Federal (nos casos de Argentina e Brasil), ou a Cédula de Estrangeiro expedida pela Polícia Federal, Cédula de Cidadania, dentre outros conforme abaixo descrito:

 

Argentina:

  • Documento Nacional de Identidade
  • Passaporte
  • Cédula de Identidade Mercosul expedida pela Polícia Federal (utilização válida até seu respectivo vencimento)

Bolívia:

  • Cédula de Identidade
  • Cédula de Estrangeiros
  • Passaporte

Brasil:

  • Registro de Identidade Civil
  • Cédula de Identidade expedida por cada Unidade da Federação com validade nacional
  • Cédula de Identidade de Estrangeiro expedida pela Polícia Federal
  • Passaporte

Chile:

  • Cédula de Identidade
  • Passaporte

Colômbia:

  • Cédula de Cidadania
  • Carteira de Identidade
  • Cédula de Estrangeiro
  • Passaporte

Equador:

  • Cédula de Cidadania
  • Cédula de Identidade
  • Passaporte

Paraguai:

  • Cédula de Identidade
  • Passaporte

Peru:

  • Documento Nacional de Identidade
  • Carnê de Estrangeiro
  • Passaporte

Uruguai:

  • Cédula de Identidade
  • Passaporte

Venezuela:

  • Cédula de Identidade
  • Passaporte

Entenda => Como funciona seguro viagem para bagagem

 

América do Sul só com RG

Argentina

Lugares para visitar sem RG
Caminito, em Buenos Aires.

A Argentina é um país com diversas possibilidades de turismo. Sempre que você pensa nele, a primeira coisa que vem à cabeça é: tango! Assim como o samba é o estilo musical que mais se identifica com o Brasil, o tango é o estilo musical nascido em solo argentino e que identifica de forma fantástica sua cultura.

A capital do país, Buenos Aires, possui um famoso bairro, o La Boca, onde fica localizada a rua Caminito, que é sinônimo de tango e futebol (que assim como no Brasil, também é uma paixão nacional). O bairro tem lindas casas coloridas e tabernas, mantendo a tradição do tango por todas as ruas do local e as raízes italianas.

Atualmente, o bairro La Boca é um dos mais importantes centros culturais e atrações turísticas em Buenos Aires e uma excelente parada para curtir a cultura argentina.

 

Mais atrações de Buenos Aires

Países que não precisam de RG
Puerto Madero, em Buenos Aires.

Outro local bastante conhecido e de visita obrigatória é a Plaza de Mayo, que é o coração da capital argentina, em seu centro histórico, já que a cidade começou a crescer a partir desse local. Ao redor, dá para vislumbrar diversos edifícios que datam do período colonial.  Andando por ali, dá para conhecer Puerto Madero, Calle Florida, Obelisco, Café Tortoni, dentre tantos outros lugares famosos.

Viajar só com RG pela Argentina
Casa Rosada, em Buenos Aires.

Além disso, dá para admirar o edifício mais importante e famoso da praça, que é a Casa Rosada. Notória por ser o Palácio Presidencial há mais de um século, a sacada da Casa Rosada se tornou popular pelos discursos de Eva Perón, eternizada inclusive em um filme, chamado Evita, onde foi interpretada pela cantora Madonna. As visitas à Casa Rosada somente são possíveis aos sábados e domingos, e o melhor, são gratuitas.

Ali perto, também com entrada gratuita, há o Museu do Bicentenário, atrás da Casa Rosada, que expõe diversas obras de arte além de documentos audiovisuais que apresentam a história política da Argentina, abrindo de quarta-feira a domingo. Saiba tudo sobre um roteiro em Buenos Aires incrível (em breve).

 

Cataratas do Iguazu

Países que não precisam de passaporte
Cataratas do Iguazú, na Argentina.

Outro local bacana de se visitar são as Cataratas do Iguazú, que não fica bem em Buenos Aires, mas em Puerto Iguazú. No entanto, é uma vista de se apaixonar, além de estar bem na fronteira com o Brasil. Por falar nisso, saiba como é o lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu.

 

Mendoza

Cidades da América do Sul que não precisam de passaporte

Saindo da capital, há Mendoza, uma cidade argentina ao lado da Cordilheira dos Andes. Mesmo ficando no meio do deserto, ela é cheia de árvores.

Além da Cordilheira, as bodegas são um ótimo atrativo da cidade, que oferece restaurantes, museus, praças e cervejarias, além de um circuito de esportes radicais como rafting  e escalada, podendo-se, em alguns desses passeios chegar até o pé do Aconcágua.

Outro ponto turístico notório é Mar del Plata, que, apesar de ter sido muito frequentada pela aristocracia argentina antigamente, nos tempos atuais não tem o mesmo glamour. Apesar da arquitetura fantástica, a praia em si não é tão bonita, mas você ainda pode dar de cara com um pinguim (!!!), por isso os argentinos gostam tanto de nossas lindas praias.

 

Patagônia Argentina

Lugares mais bonitos para conhecer sem passaporte

Também muito conhecida, a Patagônia argentina tem diversos passeios a oferecer, sendo que o mais procurado é a Península Valdés, onde se pode ver orcas, leões-marinhos, pinguins e uma grande extensão de praias desérticas, além de se poder nadar com os golfinhos nas águas cristalinas do Oceano Atlântico nesse ponto turístico da Argentina.

 

Ushuaia

Na Patagônia, dá para passear ainda pela Terra do Fogo, cuja capital é Ushuaia, que é um dos lugares mais procurados pelos turistas justamente por ter neve! É possível praticar esqui e snowboard, além de passeios de barco, podendo-se ainda visitar um Museu chamado Museu do Fim do Mundo. Confira todos os preços de Ushuaia.

 

El Calafate

Precisa de passaporte para viajar para a Patagônia
Parque Nacional Los Glaciares em El Calafate.

Outro lugar que merece muitas visitas é El Calafate. Também localizada na Patagônia Argentina, essa cidade conta com o Parque Nacional Los Glaciares, uma das paisagens mais lindas do mundo. O destino conta com glaciares milenares que juntos somam mais de 200. Tudo isso, pode ser conferido de perto pelas rampas, barcos e trilhas feitas em meio ao gelo eterno. Aproveite e saiba tudo sobre El Calafate.

 

Bariloche

Documentos para viajar para Bariloche
Bariloche.

Mais um destino bem famoso é San Carlos de Bariloche, uma cidade na Província de Río Negro, junto à Cordilheira dos Andes, na fronteira com o Chile, aonde comumente se vai para aproveitar a neve, mas possui diversos outros atrativos, como o Museu de Chocolate que pertence à fábrica Havana (aquela dos doces de leite famosíssimos), as paisagens do lago Nahuel Huapi, ou até mesmo a própria estação de esqui Cerro Catedral. Saiba, inclusive, como chegar ao Cerro Catedral em Bariloche.

Essas são apenas algumas das diversas atrações turísticas da Argentina que você pode conhecer somente com o seu RG.

Descubra => Melhores passeios na Argentina

 

Bolívia

Precisa de passaporte para a Bolívia?
Bolívia, América do Sul.

A Bolívia, ao contrário do que o imaginário popular pensa (um país pobre, feio, perigoso e nada turístico), possui algumas das paisagens mais bonitas da América do Sul, além de cidades cheias de atrações, vulcões, piscinas de água quente e até mesmo neve!

 

La Paz

Viagem sem passaporte

Um dos lugares mais notórios do país é a cidade de La Paz, capital da Bolívia, que encontra-se a 3.600 metros de altitude, estando localizada de forma estratégica entre as imponentes montanhas da Cordilheira dos Andes.

Na cidade, é possível apreciar a arquitetura do imponente Palácio Presidencial da Bolívia, podendo passear ali perto pela Plaza Murillo, onde se encontra a belíssima estátua do presidente Gualberto Villarroel, a Catedral, dentre outros prédios históricos, além de poder apreciar espetáculos como os das cholitas lutchadoras, que são nativas em trajes tradicionais que lutam de forma teatral, atraindo multidões em El Alto, na orla da capital.

O conhecido Mercado das Bruxas com várias lojas e barraquinhas comercializa artigos místicos. O mercado é uma curiosidade local que atrai muitos turistas e faz parte da cultura boliviana, lá você encontrará objetos de todo tipo, desde amuletos, roupas até ervas medicinais, bem como coisas estranhas, como o famoso feto de Lhama (!!!).

Ao redor da cidade é possível acampar para apreciar a beleza única das montanhas Laguna Chiar Khota, ou do Vale da Lua, que possui belíssimas formações rochosas causadas por séculos de erosão. Descubra o que fazer na Bolívia e nos arredores de La Paz.

 

Outros lugares turísticos na Bolívia

A poucos quilômetros do centro de La Paz está Tiwanaku, que é um sítio arqueológico com ruínas fantásticas de templos construídos há mais de mil anos, havendo sido a capital de uma poderosa nação indígena que está tombado pela Unesco.

Outro lugar maravilhoso é a lindíssima Laguna Verde, uma lagoa de água salgada localizada na Reserva Nacional Eduardo Abaroa, no altiplano de San Luis, na fronteira da Bolívia com o Chile. Sua natural cor verde esmeralda se deve ao elevado conteúdo mineral de magnésio na água, o que atrai grandes colônias de flamingos, formando um cenário incrível.

Outro belo lugar que atrai flamingos é a Laguna Colorada, que, com suas águas vermelhas, que são assim devido à alga surirella, rica em betacaroteno e dieta do crustáceo Artemia Salina, que é a comida favorita dos flamingos, que acabam ficando com uma fascinante coloração avermelhada por frequentarem o local para se alimentar.

Um outro ótimo local para passeio no país é o Parque Nacional Torotoro, o qual, apesar de ser um dos menores parques naturais da Bolívia, possui um dos cenários mais interessantes, tendo um grande vale, formado por canyons constituídos pela erosão. Nesses canyons é possível ver várias pinturas rupestres, ruínas pré-incas, labirintos de cavernas de calcário e  até mesmo pegadas de dinossauro!

 

Salar de Uyuni

Passeio no Salar de Uyuni
Museu de Sal, na Bolívia.

Mas quem tem disposição aventureira, vale muitíssimo à pena visitar o Salar de Uyuni, conhecido como o maior deserto de sal do mundo, estando localizado no sudoeste da Bolívia, próximo de cidades como Uyuni e Potosí, havendo sido a planície de sal formada lentamente, ao longo de milhares de anos, após a evaporação da água dos lagos que existiam na região.

O branco do chão de sal é tão incrivelmente forte que é difícil enxergar sem óculos escuros. Durante a maior parte do ano o Salar de Uyuni fica todo seco, mas no verão, quando é a época chuvosa, ele pode acabar alagado, fazendo um espetáculo da natureza extraordinário, já que o deserto acaba se transformando em um enorme espelho, refletindo o céu, as nuvens e até as estrelas à noite.

E esses são apenas alguns dos pontos turísticos incríveis que a Bolívia tem a oferecer que estão acessíveis a brasileiros que não têm passaporte. Saiba como chegar no Salar do Uyuni, a partir do Deserto do Atacama.

Descubra => Melhores passeios da Bolívia

 

Chile

Quais documentos precisa para entrar no Chile
Palácio da Moeda, em Santiago.

O Chile é um dos lugares mais procurados para turismo na América do Sul, sendo considerado por uma das publicações mais importantes de turismo do mundo, a Lonely Planet, como o destino de 2018!

Quando se fala no Chile o primeiro lugar que vem à mente é a cidade de Santiago. Cercada pelos impressionantes picos da Cordilheira dos Andes, a cidade é lindíssima e cheia de pontos turísticos ao gosto do viajante.

Alguns dos pontos principais da cidade é a Plaza de Armas e a Catedral Metropolitana, com arquitetura belíssima que vale lindas fotos, passando pelo Palácio de La Moneda, que ficou marcado pelo golpe militar do ditador Augusto Pinochet, indo até o Mercado Central aproveitar para apreciar o artesanato local e restaurantes, não deixando de comer frutos do mar, em especial a famosa centolla, um caranguejo gigante!

Para quem gosta de história, uma parada obrigatória é o Museu de Arte Pré-Colombina, que apresenta a cultura de povos pré-colombianos e seu legado. É possível ver de perto objetos milenares, como peças esculpidas em madeira e pedra, objetos de uso diário de antigas civilizações, utensílios utilizados em cerimônias, etc.

 

Mais passeios em Santiago do Chile

Pontos turísticos para conhecer sem passaporte
Funicular do Cerro San Cristóbal, em Santiago.

Para apreciar a cidade do alto, é bacana aproveitar o passeio de Cerro San Cristóbal, pois este é um dos pontos mais altos da cidade. De cima é possível admirar os edifícios, a geografia de Santiago e os Andes. No parque onde está o cerro San Cristóbal existem piscinas públicas e um belo zoológico. Lá em cima há ainda uma capela e a imagem da Imaculada Conceição, padroeira da cidade, além do Papa São João Paulo II, que visitou o lugar em sua passagem por Santiago.

Para os amantes da literatura, a famosa casa de Pablo Neruda fica próxima ao Cerro San Cristóbal e acaba passando batido por muitos turistas. A casa do ícone chileno transmite um pouco da essência de seu morador, ela é cheia de objetos usados pelo artista e tem uma decoração e arquitetura que são imperdíveis. Conheça os tours e passeios que valem a pena fazer em Santiago do Chile.

 

Patagônia Chilena

Como entrar no Chile sem passaporte?
Pucón, destino chileno.

Em Santiago do Chile e em outros lugares do país também você pode apreciar o espetáculo da neve, podendo praticar snowboard ou esqui. Alguns desses lugares são Chillán, Púcon e San Martin de los Andes.

Outro lugar magnífico para conhecer é o Parque Nacional Torres del Paine. Saindo de Santiago, indo de avião até Punta Arenas, indo até a cidade de Puerto Natales (que é a cidade mais próxima do parque). Sim, chegar ao Parque Nacional Torres del Paine não é uma tarefa fácil, mas uma vez lá chegando, a dificuldade compensa.

Com uma fantástica e colossal massa de montanhas, que possui incríveis torres de granito que fazem a felicidade de escaladores de todo o mundo. Lá há alguns animais selvagens como ñandu (um tipo de avestruz), guanaco, huemul (animal símbolo do Chile), condor, entre outros.

 

Ilha de Páscoa

Lugares para conhecer no Chile sem passaporte
Ilha de Páscoa. no Chile.

Outro ponto turístico bem conhecido é a Ilha de Páscoa. Conhecida por seus sítios arqueológicos, abrigando 887 estátuas de pedra gigantes (chamadas moai), que tornam o lugar ainda mais fascinante. Esses imensos blocos de pedra, que apresentam figuras de cabeça e tronco, possuem em média quatro metros de altura em sua maioria.

Segundo estudos científicos, o esforço para construir tais monumentos e movê-los ao redor da ilha ainda é pouco explicável, também não tendo ainda explicações para o motivo ou significado das estátuas.

A paisagem da Ilha de Páscoa também inclui campos gramados, campos de lava, praias de areia branca e penhascos à beira-mar. Tirolesas, snorkel em cavernas e passeios a cavalo são algumas das atividades que se pode aproveitar.

 

Deserto do Atacama

Qual documento preciso para ir para o Deserto do Atacama
Atacama, no Chile.

Demonstrando sua eclética fonte de atrações turísticas, o Chile também tem em seus domínios o famoso Deserto do Atacama, conhecido como o mais árido deserto do mundo. Suas paisagens deslumbrantes incluem salinas, vulcões, gêiseres, fontes termais, além do próprio deserto, que é uma visão em si.

Na região vulcânica circundante encontra-se o campo de géiseres El Tatío, além das fontes termais Baños de Puritama, com quedas d’água e piscinas para banhos. Os vulcões, como o Lincancabúr e o Láscar, são conhecidos destinos para praticar trekking e ciclismo de montanha. Há também os sítios arqueológicos pré-incas que incluem a Aldea de Tulor, uma antiga aldeia com perfurações circulares, e a fortaleza Pukará de Quitor. Quer saber tudo sobre esse destino? Comece descobrindo quanto custa viajar para o Deserto do Atacama.

Visitar o Chile vale a pena!

Descubra => Passeios incríveis no Chile

 

Colômbia

Onde ir sem passaporte
Cartagena das Índias.

A Colômbia se tornou um país cheio de atrações incríveis, com destinos literalmente históricos e praias incríveis. Um dos lugares mais conhecidos é Cartagena das Índias ou simplesmente Cartagena. É um lugar com casinhas e prédios que abrigam museus, centros de cultura, lojinhas, cafés, bares e restaurantes. Isso sem falar dos grandes e famosos monumentos turísticos de Cartagena, que a cidade preserva ao longo de séculos.

Um dos programas imperdíveis são as Ilhas do Rosário, um arquipélago de 27 ilhas com ares caribenhos, com diversos passeios divertidos, como o Oceanário, onde é possível ver a alimentação de tubarões, além de show de golfinhos, com piscinas construídas com os corais da ilha, onde nadam os mais variados tipos de animais marinhos.

Outro lugar maravilhoso das Ilhas do Rosário é a Playa Blanca que fica na Isla Barú, que faz parte do arquipélago. Nesse paraíso tropical, onde vivem dez mil pessoas, a água do mar é bem quentinha e sem ondas, além de ter um azul extraordinário.

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5, é só clicar no botão.
 

 

Bogotá

Destinos de viagem sem passaporte

Na Colômbia outra cidade que não se pode deixar de visitar é justamente sua capital, Bogotá. Reconhecida pela Unesco como uma cidade musical, é a expressão de várias culturas sustentadas em suas esquinas.

Uma visita obrigatória é o museu de Fernando Botero, o maior artista plástico da Colômbia, que fica no coração de Bogotá. O prédio inteiro onde fica o Museu Botero é dirigido pela Casa da Moeda. Em seus dois andares, com várias salas e corredores, estão mais de 180 telas e esculturas do artista.

Como uma cidade musical, conhecer seus ritmos também é obrigatório. Em Bogotá, a cumbia, a salsa e o vallenato são quase unanimidade. Na terra de Shakira, a rainha latina do pop é tocada exaustivamente nas baladas. O reggaeton, que eu diria ser o ritmo mais próximo ao nosso tecnobrega, também reina nas baladas bogotanas.

 

Mais atrativos de Bogotá

A cidade ainda possui um fantástico centro histórico, tendo como um dos destaques o Chorro de Quevedo, que foi construído em 1960 para ser uma base militar, mas, hoje, é considerado um dos mais efervescentes pontos culturais da cidade. Lá, ficam os principais museus de Bogotá – são mais de 50. Nessa região, também está a Plaza Bolívar, a Casa de Nariño – sede do governo –, o Capitolio Nacional e a Catedral Primada de Colômbia.

Um belíssimo museu e também um dos maiores museus do ouro do mundo, o Museo del Oro de Bogotá foi inaugurado em 1939. Possui um acervo de obras pré-colombianas que utilizam como matéria-prima fundamental o ouro e estão ligadas ao cotidiano de seu povo. O museu possui três andares tendo como um de seus destaques o Poporo Quimbaya, a primeira peça da coleção do museu, que se encontra exposta há mais de 65 anos.

 

Arredores de Bogotá

Onde viajar sem passaporte
Catedral de Sal.

Uma das áreas mais interessantes do museu está destinada à Lenda do El Dorado. Ela retrata um pouco das histórias contadas a respeito da Laguna Guatavita. Em uma das salas estão guardados vários artefatos em ouro encontrados nas escavações feitas na área da lagoa.

Falando em Laguna Guatavita, essa é outra parada importante a ser feita. Localizada no Parque Natural Laguna de Guatavita, este possui 693 hectares e é considerado sagrado, além de possuir um visual incrível.

Também vale à pena dar uma volta em Zipaquirá, a 50 quilômetros de Bogotá, onde está o que é considerada a primeira maravilha turística da Colômbia: a Catedral de Sal. Ela é composta por um conjunto de corredores subterrâneos, escavados a uma profundidade que chega a 180 metros e tem mais de dois quilômetros de extensão. Neles, estão retratadas as etapas que marcaram o sofrimento de Cristo, com peças esculpidas inteiramente em pedras de sal. Simplesmente imperdível!

 

San Andres

Viajar para fora sem passaporte

Mais um lugar de tirar o fôlego é subir o Cerro de Monserrate de 2.350 metros tendo uma incrível visão de toda a cidade de Bogotá. Outros lugares maravilhosos que valem à pena conhecer é a Ilha de San Andres, com seus recifes de coral e sua música reggae, além das praias de areia branca e água cristalina.

A Colômbia, como pode ver, possui inúmeros motivos para ser um destino certo para sua próxima viagem!

Descubra => Tours guiados pela Colômbia

 

Equador

Dicas de lugares para visitar sem passaporte
Galápagos, no Equador.

Apesar de ser um país consideravelmente pequeno, o Equador, em matéria de turismo, tem uma das melhores experiências do nosso continente, quiçá do mundo, considerando que é lá que se encontra o histórico arquipélago de Galápagos.

Composto por 19 ilhas principais, além de uma infinidade de outras pequenas ilhas que compõe o Parque Nacional de Equador, sua fauna é tão especial que marcaram as ideias de Charles Darwin (e consequentemente, a história da humanidade), posto que os estudos no arquipélago originaram as teorias sobre o desenvolvimento das espécies: a teoria da evolução.

A sua formação é baseada em costas rochosas e montanhas vulcânicas, o que faz do arquipélago um lugar ímpar no mundo inteiro, habitat especial e remoto para inúmeras espécies de vegetações e também de seres vivos. Iguanas, tartarugas gigantes e uma miríade de espécies de aves, entre outros animais, ainda estão lá sendo caçados pelas máquinas fotográficas dos turistas.

 

Quito

Onde viajar só com rg

 

Mas apesar de magnífica, não é só o Arquipélago de Galápagos que pode ser apreciado no Equador. Quito, a capital do país, é uma cidade cheia de lindos monumentos, museus, planetário, além de ter como símbolo natural simplesmente um enorme vulcão, chamado Cotopaxi.

O centro histórico de Quito, capital do Equador, é tombado como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco desde 1978, concentrando galerias, cafés e lojas de artesanato, além da bela arquitetura, como a Catedral no coração de Quito, na Plaza de la Independencia.

Há ainda o Teatro Sucre, o mais nobre espaço cultural da cidade, onde também funciona um dos mais requintados restaurantes do país. A belíssima Basílica del Voto Nacional domina a paisagem da cidade. Totalmente em estilo gótico e neogótico, é a maior do gênero na América Latina. Levou mais de cem anos para ser concluída. Possui em sua estrutura gárgulas de animais autóctones do Equador, tais como iguanas e tartarugas-gigantes de Galápagos.

Outra estrutura que vale à pena conhecer é a Igreja e o Convento de São Francisco compõem um dos conjuntos arquitetônicos mais apreciados em Quito, capital do Equador. Sua construção teve início em 1536 e foi concluída em 1605. Ocupa praticamente dois quarteirões no centro histórico tombado da cidade.

E uma atração turística situada na Linha do Equador divide ao meio o globo terrestre: você está bem na metade do mundo. Ali os viajantes tiram a clássica foto com um pé no Hemisfério Norte e outro no Hemisfério Sul.  Ou seja, um lugar imperdível para visitar somente com seu RG em dia.

Intercâmbio => Melhores países para aprender espanhol

 

Paraguai

Viagem só com o rg
Palácio Presidencial, em Assunção.

Viajar para o Paraguai sempre foi sinônimo de comprar coisas baratas. Ok, isso também, mas não somente! O país possui atrativos naturais, históricos, noites animadas, museus incríveis e até mesmo cassinos! Então, você pode aproveitar muito seu passeio pelo Paraguai, não só indo comprar produtos com preços justos e originais.

Um dos destinos mais conhecidos e imperdíveis é a capital do país, a cidade de Nossa Senhora Santa Maria da Assunção, ou simplesmente Assunção. A Calle Palma está localizada em pleno coração da capital paraguaia.

No centro da cidade está a Calle de Palma, que sua principal rua e onde está a maioria do comércio. Nessa rua também estão alguns dos principais atrativos da cidade e a Casa do Turista, onde é possível conseguir mapas, informações, comprar artesanatos e lembranças, dentre outros.

Outro destino obrigatório é o Panteón de los Heroes, que é um monumento que começou a ser construído originalmente como uma igreja, por ordem do General Solano Lopez (em 1863). Com a Guerra da Tríplice Aliança (conhecida pelos brasileiros como Guerra do Paraguai) a obra foi interrompida e ficou parada por mais de 70 anos, sendo concluída somente após a Guerra do Chaco, que o Paraguai disputou contra a Bolívia em 1936.

O Panteón está na Plaza de los Héroes, uma das 4 praças que formam uma grande área verde em pleno coração de Assunção: Plaza de los Heroes, Plaza de la Libertad, Plaza de la Democracia e Plaza Juan E. O’leary. E uma ótima funcionalidade é que nessa praça existe Wi-Fi gratuito!

Mais um local a se visitar é o Palacio de López, que está localizado às margens da Baía de Assunção, com maravilhosa vista do rio.

 

Mais sobre Assunção

Passeios na America do Sul sem passaporte
Catedral Metropolitana | Foto: Jan Pešula, via Wikimedia Commons.

O Paraguai também possui fantásticos museus, um deles com uma estrutura de mais de 500 anos, o Museu del Cabido, que foi construído em 1578 para ser o órgão administrativo e judiciário da cidade de Assunção, e hoje, funcionando como museu, guarda boa parte da história do país, relíquias de guerra, e várias obras de arte. Nessa visita você pode aproveitar e conhecer a Catedral Metropolitana de Assunção, sede do bispado desde os idos de 1547.

Outro museu imperdível é o Museu da Conmebol, que é um destino imprescindível principalmente para quem gosta de futebol. A Confederação Sul Americana de Futebol, Conmebol, tem sua sede na cidade de Luque, bem ao lado do aeroporto Silvio Petirossi, que fica nessa cidade.

Lá se encontram troféus de todos os campeonatos sul-americanos bem como algumas réplicas das taças dos campeonatos mundiais, diversas galerias com fotos dentre outras relíquias do futebol.

Os turistas também podem aproveitar o país para conhecer os Cassinos de Assunção, especialmente tendo em vista que no Brasil tal tipo de divertimento é legalmente proibido.

 

Compras no Paraguai

Onde viajar só com rg
Assunção | Foto: Tetsumo, via Wikimedia Commons.

Dentre outras atrações do Paraguai, certamente não pode ficar de fora o momento das compras, que é parada obrigatória para qualquer turista que queira aproveitar por inteiro essa viagem. Por falar nisso, leia também 9 dicas para se dar bem nas compras no Paraguai.

Existem várias regiões de compras na cidade, sendo que as principais são as ruas Calle Palma e Villa Morra, ambas em Assunção.

Em Calle Palma é onde se encontram principalmente eletrônicos, como jogos de videogame, câmeras fotográficas, computadores, celulares, televisores, dentre outros.

Já em Villa Morra, existem diversos lugares para fazer compras, sendo os principais dois Shopping Centers, o Mariscal López e o Shopping del Sol, que são os points para comprar roupas de marcas famosas, perfumes, sapatos, bolsas… todos confiáveis com a garantia de que os produtos são originais, possuindo lá dentro inclusive lojas oficiais de diversas marcas conhecidas, a um preço justo.

Algo muito legal de ser turista no Paraguai é que nesses dois shoppings se você é de outro país ganha 10% (em algumas lojas até 20%) de desconto em qualquer compra apresentando o documento que comprove sua entrada no país.

Com todas essas (e outras) atividades, certamente o Paraguai não pode ficar fora da sua rota de passeio pela América do Sul!

 

Peru

Peru precisa de visto?
Machu Picchu, no Peru.

O Peru talvez seja o mais exótico destino de toda a América do Sul.  Local onde uma vez existiu um dos mais fabulosos impérios que já existiu sobre a Terra, o Império Inca, as ruínas de suas antigas cidades, entre elas a misteriosa Machu Picchu, estão espalhadas por todo o território do Peru, havendo se tornado um dos destinos mais procurados, em especial por brasileiros.

 

Machu Picchu

Documentos para viajar para Machu Picchu

Para visitar a menina dos olhos do Peru, Machu Picchu, é necessário ir até a cidade de Cusco. Apesar de a cidade ser notória como a ‘base’ para conhecer as maravilhas do antigo Império Inca, tendo portanto a melhor infraestrutura turística do país, também possui seu charme e vale muito à pena fazer turismo por ali também. Conheça os principais pontos turísticos de Cusco.

A cidade guarda construções coloniais de estilo barroco erguidas sobre restos de edificações incas, como é o caso de quase todas as igrejas de lá. Uma delas é a Iglesia de la Compañia que foi erguida pelos jesuítas no século 16 sobre um palácio inca. Num anexo funciona o Museu de Historia Natural, com mostras sobre os animais e a geologia da região.

Mas realmente a visita ao Peru não é visita se não chegar até Machu Picchu. Considerado um dos sítios arqueológicos mais importantes do mundo, se acredita que a cidadela tenha sido erguida no século XV e abandonada após a chegada dos conquistadores espanhóis ao Peru. Veja o que fazer em Machu Picchu.

A “Cidade Perdida dos Incas” está 2.400 metros acima do nível do mar e foi construída nessa altitude por causa do clima, necessidade de água e pela segurança que a altura proporciona, evitando desmoronamentos. A cidade é feita de pedras trabalhadas, que são todas encaixadas uma às outras. Apesar de a maioria pesar entre 10 e 15 quilos, há pedras que pesam toneladas.

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha 10% OFF para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.
 

Assim, observando a grandiosidade do lugar é muito complexo compreender como pessoas com ferramentas rudimentares conseguiram construir aquele império.  Para aproveitar melhor o passeio não deixe de adquirir um passe turístico de acesso a diversos museus e sítios arqueológicos do lugar.

 

Lima

Viagem sem passaporte só com rg

Além de Machu Picchu o Peru também possui atrativos em sua capital, Lima, com uma culinária imbatível, ruas históricas, o povo acolhedor, falésias gigantescas, além por de um sol incrível.

Um dos lugares imperdíveis é Lima, a capital do Peru. Nela, se encontra a coleção de arte pré-colombiana do Museu Larco e do Museo de la Nación, que traça a história das civilizações antigas do país. A Plaza de Armas e a catedral do século XVI são o coração do centro histórico de Lima.

Só RG vale no Peru?
Lima.

Outros notáveis monumentos do Centro Histórico de Lima são o Convento de San Francisco e o Palácio de Torre Tagle, ambos em estilo barroco. No centro da cidade, o Circuito Mágico das Águas do Parque de la Reserva apresenta 13 fontes interativas coreografadas com música e luz.

Em Lima também se destaca, dentre outros, o elegante Miraflores, onde estão localizados muitos dos bares e restaurantes, bem como o calçadão de Malecón, situado no topo de um penhasco e com vista para o Pacífico. San Isidro é um bairro com lojas de luxo.

À beira-mar, o bairro de Barranco é conhecido pela vida noturna. Lima também é reconhecida por seu animado cenário gastronômico, que abrange especialidades que vão desde o ceviche até refinados pratos internacionais. Saiba onde ficar em Lima (em breve).

O Peru é um país cheio de belezas naturais, além de possuir enorme riqueza arquitetônica, histórica e um extraordinário patrimônio arqueológico milenar, extremamente importante para a história da humanidade.

Confira => Tours guiados no Peru

 

Uruguai

Pode entrar com Uruguai só com RG?
Montevidéu, no Uruguai.

O Uruguai vem se fixando como um destino turístico imperdível. Tendo Montevidéu, Colônia do Sacramento e Punta del Leste como três de suas principais atrações.

Montevidéu, a capital uruguaia, apesar de pequena (cerca de 1,3 milhão de habitantes) possui vários monumentos históricos que valem a pena visitar. Um deles é o Palácio Salvo, no centro da cidade, bem na Praça da Independência, com uma beleza arquitetônica com altas torres de aspecto gótico e misterioso.

Muito conhecido, o bairro Ciudad Vieja ou Cidade Velha, foi onde começou a cidade. Casarões antigos, belos edifícios do período colonial e os resquícios dos muros que cercavam a cidade ainda podem ser vistos pelas ruas. No centro da praça está a estátua em bronze do General Artigas, considerado um herói nacional, montado em seu cavalo.

A praça possui um andar subterrâneo onde se encontra está o mausoléu do General Artigas. Para acessá-lo, basta descer as escadas ao lado da estátua. O ambiente é bem escuro e guardas em uniforme de gala guardam os restos mortais do general. Assim como os famosos guardas que cercam o Palácio de Buckingham, eles ficam imóveis, mesmo sendo alvo constante de fotografias.

Na Cidade Velha, há diversos monumentos para ver e se admirar, do lindo Palácio Salvo, passando pela Puerta de la Ciudadela, resquício da cidade murada de Montevidéu. Em frente à Puerta de la Ciudadela inicia-se a Peatonal Sarandí, uma rua exclusivamente para pedestres. Por ali há várias livrarias, antiquários e prédios históricos.

Outro belo monumento que vale destaque é o Teatro Solis, que é um dos símbolos arquitetônicos não só da cidade, mas de todo o Uruguai.    Seu interior clássico inspirado em projetos de teatros italianos, como o Scala de Milão, pode ser visitado com um tour guiado por atores. A programação vai de apresentações de música clássica até espetáculos teatrais.

A cidade, margeada pelo Rio Prata, oferece também diversos bares e restaurantes, onde se pode apreciar a deliciosa parrilla uruguaya, que também pode ser encontrada em barracas de rua. Veja 5 passeios imperdíveis em Montevidéu.

 

Punta del Este

Praias mais bonitas para conhecer no exterior sem passaporte
Pôr do Sol em Punta del Este, no Uruguai.

Além de Montevidéu, outra cidade bem conhecida e cheia de atrativos é Punta del Leste. Reunindo em um mesmo lugar todos os elementos necessários a um balneário de sucesso, a cidade tem praias para todos os estilos, oferece ampla variedade de lojas de grifes e galerias, sendo conhecida “a Pérola do Uruguai”.

Com infraestrutura de primeiro mundo, com pousadas charmosas, hotéis e resorts com serviço e acomodações impecáveis e restaurantes que, dos mais simples aos estrelados, agradam aos mais variados paladares.

As praias são paradisíacas e um dos pontos altos é observar o por do sol no Píer da Pastora. Em uma das praias, nominada Praia Brava, o artista plástico chileno Mario Irrazábal ergueu o Monumento Los Dedos, como se fosse um homem gigante enterrado nas areias da praia, o qual só se pode ver seus cinco enormes dedos.

A cidade também oferece uma variedade de cassinos, já que lá esse tipo de jogo é legalizado. Com sofisticadas instalações e jogos de alta tecnologia, grandes apostadores internacionais escolhem os cassinos de Punta del Este para se divertirem. Confira tudo o que fazer em Punta del Este.

 

Colonia del Sacramento

Cidades históricas para conhecer na América do Sul
Colonia del Sacramento, no Uruguai.

Mais uma cidade do Uruguai que vale a visita é Colonia del Sacramento, que fica do lado oposto do Río de La Plata de Buenos Aires. Muito conhecida pelo Barrio Histórico calcetado e repleto de edifícios da época em que era uma colônia de Portugal.

Acima do bairro histórico, encontra-se o farol Colonia del Sacramento, do século XIX, que oferece incríveis vistas para o Rio de La Plata. Ali perto, é possível o Portón de Campo, um vestígio das antigas muralhas da cidade.

Lindas praias, monumentos históricos, cassinos, resorts… o Uruguai possui atrações para todos os gostos e certamente compensa o passeio.

Confira => Passeios guiados no Uruguai

 

Venezuela

Onde viajar só com rg
Caracas, Venezuela.

Atualmente, as notícias que permeiam os noticiários sobre a Venezuela dizem somente sobre seu cenário político e a crise histórica que a atinge. Apesar disso, o país é um dos mais bonitos de toda a América Latina, sendo um paraíso caribenho ainda pouco explorado.  Boa parte do país é banhado pelo famoso mar caribenho, com belas praias de águas absurdamente cristalinas como mostram os cartões postais.

Muitos diriam não ser o melhor momento para visitar o país, e de certa forma, as notícias sobre falta de alimentação e estrutura básica realmente não aparenta ser convidativo.

Contudo, há a crença de que estimular o turismo pode ser uma saída saudável para a Venezuela enfrentar seu declínio econômico, recebendo recursos por outras vias já que a produção interna do país.

Além disso, os baixos custos da viagem para o país também são um estimulo a parte, o que aumenta as possibilidades de acesso para os turistas  que queiram conhecer um belo lugar gastando pouco.

 

Los Roques

Onde viajar sem passaporte
Los Roques | Foto: Rodrigo Accurcio, via Wikimedia Commons.

Um dos lugares banhados pelo mar caribenho é o Arquipélago de Los Roques, um paraíso de ilhas de águas cristalinas, com diversas pousadas charmosas com excelente comida e, quase sempre, com todo o serviço incluso e um preço excelente! Além disso tudo, outra grande vantagem é que, considerando o atual cenário do país onde as ilhas se encontram, você dificilmente irá ter que dividir o paraíso com centenas de turistas, ficando a sensação de que ela está lá só para você.

Fora do Arquipélago de Los Roques, tem-se a Ilha Margarida, que está no mar das Caraíbas, cerca de 40 quilómetros a norte do território continental. A ilha tem mais de 50 praias. A Playa El Agua, no nordeste, está repleta de palmeiras, restaurantes e lojas.

A Playa El Yaque, a sul, é bem conhecida pelo windsurf. Praias como La Pared, na península ocidental de Macanao, são mais isoladas. A pesca, o surf e a vela são atividades populares. As excursões de barco exploram os mangais do parque nacional, que albergam flamingos e pelicanos. La Asuncion e Pampatar possuem fortalezas do século XVII. A cidade de Juangriego, voltada para oeste, tem vistas incríveis do por do sol. Todas as compras nessa ilha são isentas de impostos.

Outro belo lugar a se visitar é o Parque Nacional Canaima, considerado patrimônio da humanidade pela Unesco e com uma área de 30.000 km² é considerado o sexto maior parque nacional do mundo.  Possui montanhas íngremes e quedas d’água que em conjunto formam incríveis paisagens.

Além desses espetáculos naturais, claro existe a capital Caracas. Atualmente, é considerada por muitos extremamente perigosa, contudo, possui diversos monumentos históricos e praças bem cuidadas, como o Paseo Los Próceres, que possui um belíssimo espelho d’água que rende lindíssimas fotos.

Assim, apesar dos pesares, a Venezuela é um lugar que pode sim estar em seu mapa de viagem, mas com planejamento e cuidado.

Saiba mais => Tudo sobre viajar para a Venezuela

 

Viajar pela América do Sul sem passaporte

Sim, como você viu é possível conhecer diversos países da América do Sul portando apenas o RG. Seguindo as orientações e respeitando as exigências de cada país (ou seja, é importante pesquisar e saber as regras antes de embarcar), com certeza você terá um passeio agradável, podendo acrescentar conhecimento, cultura e incríveis memórias à sua coleção de viagens.

Você ainda tem dúvidas sobre os países para viajar sem passaporte, somente com RG? Deixe nos comentários. 

 

Leia os últimos artigos do blog​:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Redação QVM

A redação do Quero Viajar Mais está sempre em busca das melhores dicas para você conseguir planejar sua viagem, seja um simples final de semana na praia ou mesmo uma volta ao mundo. Siga nossos perfis nas redes sociais: @QueroViajarMais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *