Início / Planejamento / Dicas femininas para saber o que levar num mochilão

Dicas femininas para saber o que levar num mochilão

Desculpa rapazes, dessa vez eu escrevo especialmente para as meninas. Viagem marcada, vários destinos diferentes, e junto com a ansiedade de embarcar logo, diante da mala aberta em cima da cama ainda vazia vem a pergunta: “quê que eu vô levá?”

Quando é uma viagem curta, quando já se pisa no aeroporto com o endereço de todos os hotéis/hostels e se tem o dinheiro todo para todos os taxis/ônibus e vôos, talvez não precise se preocupar com o volume das coisas que vai levar, pode arrastar 2 malas de rodinha, uma mochila grande nas costas e umas sacolas extras na mão (fora a bolsa extra no ombro). Agora, se você vai no estilo mais aventureiro de achar um lugar pra ficar quando chegar para poder negociar preços, andar quilômetros para isso e pedir caronas, ou mesmo andar de onibus e cortar a palavra “taxi” do vocabulário, bem… nao é uma boa idéia andar com um peso que você não esteja habilitada para carregar nas costas por aí mais que 15 minutos.

Planeje sua viagem => Dicas para encontrar melhores ofertas no Booking.com

As 10 principais dicas e segredos para acumular milhas aéreas

Pra começo de conversa: esqueça metade da sua vaidade em casa. Pelo menos metade dela. Invista em acessórios, caso queira dar uma trabalhada no visual, mas aquele vestido com brilho, super sexy que não pode ser usado em nenhum outro lugar que não seja uma festa badalada deve ficar em casa. 3 peças de roupa mega estampadas que não combinam entre si devem ir pro paredão e a mais versátil é a que fica, a não ser que você realmente não dê a mínima para misturar uma blusa de coraçãozinho rosa com uma saia de estampa de floresta tropical. Nesse caso voce pode sim jogar qualquer coisa na mala e ser feliz.

Dicas femininas para um mochilão.
Foto by @livia lopes

O tipo de tecido também conta muito! Não leve algo que amasse, que te obrigue a levar um ferro de passar. Tecidos delicados no geral não resistem muito tempo na estrada. Se for para lugares que venta, não adianta levar milhares de casacos: leve um feito de algo que não deixe o vento passar, os quais geralmente também são impermeáveis, outra qualidade que pelo menos uma das suas roupas precisa ter, ainda mais em lugares onde não é fácil secar roupas, como no inverno europeu.

Outro ponto que também deve ser levado em consideração, aliás MUITO em consideração é o conforto. Esqueça aquela calça jeans apertada que vai caindo quando voce anda, ou aquela blusa que vai enrolando pra cima, ou qualquer coisa que quando você tirar vai de deixar uma marca. Casacos que limitam seus movimentos também não são bem-vindos. Tecidos muito pesados, difíceis de lavar e secar também devem ser deixados bonitinhos no seu guarda-roupa.

As cores, isso varia. Peças de verão não há restrição alguma, agora as peças que serão mais para o abate, como a calça que você usará para uma viagem de trem que provavelmente te obrigará a sentar no chão, ou o casaco usado para fazer trilha, é melhor que sejam de cores escuras. São peças que sujam muito, então por mais que você as lave, muito rápido ficarão com aquela cara de que não vê sabão há um ano. Juntando a dica do tecido com a da cor, você não precisa levar 4 calças diferentes “em caso de acontecer algo e sujar”.

Versatilidade é outra coisa que classifica a roupa que você vai usar mais ou menos. O ideal é levar roupas que possam ser usadas entre todas as outras, até mesmo pra você poder criar uns visuais diferentes pra sair da mesmice. Se é muito frio, Leve aquele super casaco de andar na rua e tirar assim que entrar em qualquer lugar. Se é quente, uma saia que vista com todas as blusas, o mesmo para os shortes, e as vezes até para colocar em cima do vestido pra fazer as vezes de uma nova saia. Engraçado que algumas das meninas mais estilosas que conheci eram mochileiras, resultado da criatividade que precisam ter com as poucas roupas que possuem. Por isso, capricha nos acessorios, esqueça seus 4 vestidos favoritos junto com suas 6 blusas maras e as 3 saias maravilhosas e os 3 shorts e as 2 calças para 2 semanas na praia. Eu poderia dizer que uma legging preta te leva da festa badalada em Madrid até o topo do vulcão na Indonésia. Pelo menos no meu caso assim foi!

Leia também => Saiba as reais vantagens de contratar um seguro de viagem

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

 

Pensando na viagem e não sabe como começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, por R$ 14,95 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

Qual o melhor tipo de calçado

Os calçados, bem… eu rodei o mundo, subindo montanhas, cruzando desertos, passando pela praia e pela neve. O último tenho que confessar que não estava preparada e passei perrengue. Todos os demais eu cumpri com honra com 4 calçados: um chinelo, uma sandália rasteira, um tenis e uma bota. Todas extremamente confortaveis, sem problemas de se enfiar na água e bem discretos. Por conta de um tenis não muito bom, perdi as duas unhas em uma trilha de 3 dias que deram trabalho mais tarde. Pena que pantufa nao é muito higiênica pra andar por aí.

E uns últimos truques: – Roupas com bolso são sempre muito úteis; – Se for mudando o guarda roupa durante a viagem, compre sempre algo que possa ser aproveitado no próximo destino, mais leve se for do frio pra praia, algo que caiba por baixo do casado se for da praia pro frio; – Compre de segunda mão. Durante a viagem você vai praticar o desapego em nome da sua coluna, e vai doer deixar alguns euros/dólares abandonados no quarto do hostel ou no banheiro do aeroporto.

Classifique cada coisa que colocar dentro da mala com esses critérios, e sua mala vai diminuir pelo menos pela metade. Garanto!!!

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Aloha Eveline

Meu sobrenome é Silva e Souza, nunca fui melhor aluna da sala nem a mais popular đa rua, não sou malhada, iluminada, rica ou invejada. Porém, usufruo absurdamente do direito de ir e vir. Acompanhe minhas viagens pela FanPage Alo Alo Marciano.

7 Comentários

  1. Graziela Bosco

    Você pode falar um pouco mais sobre os calçados. Estou a fazer dois mochilões. Um na Europa em abril (primavera) e Uruguai, Argentina e Chile em dezembro/janeiro. Normalmente tenho muito problema com conforto de calçados, todos quase me dão algum tipo de dor. Não vou fazer trilha nem nada, somente caminhar o dia inteiro pelas cidades e no deserto do Atacama. Qual tênis/bota você me sugere?

    • Oi Graziela,

      Não gosto muito daqueles tênis de academia para viajar, prefiro calçados de caminhada mesmo. Um ótima marca para comprar no Brasil é a Timberland, tênis e bota mesmo. Não são baratos, mas duram muito e são bem confortáveis.

      Espero que ajude 🙂

      Abraços

  2. Amei a matéria e me identifiquei com vc. Bjs

  3. Legal saber disso, Tania. Justamente o que eu precisava. Tou planejando passar 3 meses mochilando na Europa, entre primavera e verão. Você acha que duas calças jeans e uma ou duas leggins são suficientes? Outra coisa: vc não levou nenhum salto? Sentiu falta ou foi bem dispensável? beijos

    • OI, Liana
      Não senti falta de nada. Como eu não sou de curtir a noite, boates…
      Calça Jeans, já demora mais a secar. Seria bom uma calça de tecido, essas que se encontra em lojas de camping, esportes…Seca rápido..
      Foi bom… Tudo depende do clima, época, …
      Abs.

  4. Não tem como não gostar e não viajar, mesmo só lendo suas postagens…kkk

    Fui ao Chile em Novembro. É claro com seus conselhos.
    Só com uma mochila, que não pesava mais que 8 kg, kkkkk e não senti falta de nada.
    Abs…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *