Início / Nepal

Nepal

Vantagens de contratar seguro viagem internacionalO turismo no Nepal é sempre associado ao turismo de aventura. E isso tem um bom motivo: o Monte Everest! O pico mais alto do mundo, que fica na região do Himalaia fronteira com o Tibet (região autônoma da China), atrai viajantes de todo o mundo que buscam vencer o desafio de subir os mais de 8,8 mil metros da montanha.

Além de ser o Centro de Montanhismo mundial, o Nepal possui outros atrativos para os viajantes de aventura, mas que não querem subir a montanha gelada. São eles, trekking, canoagem, mountain bike, bungee jump, voos, entre vários outros. Mas o Nepal não é apenas aventura. Entre os atrativos do país que nasceu Buda estão vários templos hinduístas e budistas, observação de pássaros, safári e mais.

Mesmo com tantos atrativos, a infraestrutura no Nepal ainda é um pouco precária. Por isso, pesquise bem na hora de organizar sua viagem para o país. Para te ajudar, leia este artigo até o final. Nele, falarei do turismo no Nepal e te ajudarei a montar o roteiro ideal para seu perfil de viajante.

Planeje sua viagem => Melhores hotéis e preços no Nepal

Melhor seguro viagem para a Ásia e Sudeste Asiático »

 

Turismo no Nepal

Turismo no Nepal
Nepal faz fronteira com Tibet (China) e Índia.

O turismo de aventura no Nepal, com a primeira vez que o Monte Everest foi vencido por um escalador data dos anos de 1950. Por falar nisso, conheça um voo panorâmico pelo Monte Everest.

Em geral, o turismo vem crescendo no país desde a década de 1990. É que nessa época a democracia foi restaurada e, com ela, abolidas algumas restrições a entrada de estrangeiros em 18 áreas do país.

Com isso, cada vez mais viajantes tem viajado para a Ásia para conhecer o Nepal. Além das montanhas, existem muitos templos pelo país, 9 parques nacionais, três reservas selvagens, uma reserva de caça, além de seis áreas de conservação.

Para viajar ao Nepal, assim como em outras regiões da Ásia, é preciso entender como funcionam as monções asiáticas, que são aqueles períodos entre junho e setembro com chuvas intensas. Para te ajudar, fiz esse guia das monções asiáticas, assim você saberá qual é a melhor época para viajar pelos países do continente.

Brasileiros que viajam para o Nepal precisam de visto, mas ele pode ser obtido no guichê de imigração na chegada a Catmandu, a capital do país, não havendo necessidade de providenciar com antecedência. Para você organizar sua viagem, veja os pontos turísticos do Nepal e suas principais cidades.

Descubra => Passeios guiados no Nepal

 

O que fazer no Nepal

Catmandu

Dicas de viagem no Nepal
Praça Durbar, em Catmandu.

Catmandu é a capital do Nepal e porta de entrada dos viajantes estrangeiros no país. Como a maior parte das grandes cidades asiáticas, Catmandu é um caos: há pedestres, vendedores, carros, motos, bicicletas e vacas disputando o espaço dos ruas.

A cidade também é agitada culturalmente, uma vez que em Catmandu são realizados ao longo do ano diversas atividades como festivais tradicionais e apresentações modernas de arte e música, principalmente no bairro Thamel, o mais turístico da cidade. A mistura também pode ser vista na arquitetura que tem casarões antigos e tradicionais, no geral pouco cuidados, com prédios mais modernos.

Em Catmandu, está um dos belos pontos turísticos do país, o Vale de Catmandu ou Vale dos Reis. O conjunto arquitetônico reúne diversos palácios e templos, na Praça Durbar. Conhece um tour guiado pelo Vale de Catmandu.

Muitos deles tiveram as estruturas bastante afetadas pelo terremoto que atingiu o país em 2015 e a maior parte das rachaduras e pedras tombadas ainda estão à mostra – que foram declarados pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

Vá também a Swayambhunath, o templo dos macacos; Boudhanath, o templo budista tibetano mais importante fora da região do Tibet; Pashupatinath, o templo hindu mais importante do Nepal, dedicado ao Lord Shiva; entre outros.

Interessante => Aula de culinária no Nepal

 

Outras cidades para conhecer no Nepal

Tudo sobre o Nepal
Templo em Lumbini | Foto: tearsxintherain, via Wikimedia Commons.

Fora da capital Catmandu, há outras cidades bonitas e interessantes para se conhecer no Nepal. Uma delas é Pokhara, conhecida como cidade-lago. É a segunda maior cidade do país, mas é bem mais tranquila que Catmandu. Faça rafting em Pokhara.

Do centro, se tem uma vista linda dos picos nevados das montanhas Dhaulagiri, Manaslu e Annapurna I, algumas das maiores do mundo, e é saída para Circuito Annapurna, onde são realizadas atividades esportivas. Não deixe de visitar o lago Begnas, a 12 quilômetros do centro.

Outra cidade que vale a visita é Lumbini, onde nasceu Sidarta Gautama, o Buda. Há muitos monastérios e templos budistas, além de centros de meditação. Considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, Lumbini recebe muitos viajantes e peregrinos em busca da origem do budista. Conheça uma excursão de 3 dias em Lumbini.

Além de Patan, uma das três cidades-estado que formavam o Vale Catmandu durante o período medieval. O conjunto arquitetônico de Patan é impressionante, com diversos templos e palácios. As casas são altas, de tijolos à vista e coladas umas às outras. Vale muito a pena caminhar por lá.

Como ter? => Internet durante uma viagem

 

Dicas de turismo no Nepal

O Nepal é um país lindo e cheio de atrativos turísticos. Embora seja mais famoso pelo Monte Everest, há várias outras atrações que encantam aos olhos e valem a visita. Espero ter, neste artigo, conseguido mostrar um pouco das belezas deste país asiáticos.

Outras informações sobre o Nepal podem ser encontradas no site da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem (RBBV) que reúne artigos sobre o país escritos por diversos viajantes brasileiros. É só procurar no post índice da RBBV.

 

Leia os últimos artigos do blog​:

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!